1|   Apostila – Sentimento Cristão                        SENTIMENTO CRISTÃOJoão White disse: "Ellen, estou profundamente ...
A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |2Grande é a responsabilidade que sobrevém aos que são batizados em nome ...
3|   Apostila – Sentimento CristãoNecessitamos de ter um constante sentimento do poder enobrecedor dospensamentos puros. É...
A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |4Aumenta a resistência física, mental e moral em virtude da atmosfera do...
5|   Apostila – Sentimento CristãoMeu irmão, levantai-vos, eu vos rogo, e deixai que a obra do Espírito de Deusse aprofund...
A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |6princípios da verdade e santidade são levados ao mundo. Seus seguidores...
7|   Apostila – Sentimento Cristãoo nome de Cristo, e é causado incalculável dano ao ser humano. (MM, este DiaCom Deus, 16...
A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |8Se não vos é possível dominar os impulsos, as emoções segundo desejais,...
9|   Apostila – Sentimento CristãoCom fé e oração todos podem satisfazer os requisitos do evangelho. Nenhumhomem pode ser ...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 10Deus nos deu o poder da escolha; a nós cumpre exercitá-lo. Não pod...
11 |   Apostila – Sentimento Cristãodeve entretecer-se em tudo quanto eles façam ou digam. Devem ser um povopurificado e s...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 12Como um homem imagina "na sua alma, assim é". Prov. 23:7. Muitospe...
13 |   Apostila – Sentimento Cristãoacaso em cada assunto que o inimigo das almas possa sugerir. O coração deve serfielmen...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 14O coração imbuído das preciosas verdades da Palavra de Deus é fort...
15 |   Apostila – Sentimento CristãoEstamos perto do fim do tempo de graça, quando cada caso deve passar emrevista perante...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 16vos manchem a alma. Só o poder da graça pode realizar tão desejáve...
17 |   Apostila – Sentimento CristãoMurmuradores crônicos da igreja. Eles lhe causam mais dano, do que doispastores são ca...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 18assemelhar-se a águas profundas, sempre a fluir no trato com vosso...
19 |   Apostila – Sentimento CristãoAmar como Cristo amou significa manifestar altruísmo, através de palavrasbondosas e fi...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 20Os que se tornaram novas criaturas em Cristo Jesus, produzirão os ...
21 |   Apostila – Sentimento CristãoA atenção de Elias foi atraída para Eliseu, o filho de Safate. ... Longe da dissipação...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 22A adoção na família de Deus, porém, faz-nos filhos, não escravos. ...
23 |   Apostila – Sentimento CristãoSuas palavras se aplicam à pessoa que é pronta em discernir um defeito nos outros.Quan...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 24A divisa do cristianismo não é um sinal exterior; não consiste em ...
25 |   Apostila – Sentimento Cristãocolportor encontrará homens de várias opiniões. Encontrará os que são ignorantese corr...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 26Como filhos da luz, Deus quer que cultivemos um espírito alegre, f...
27 |   Apostila – Sentimento Cristãodesamparados e sós - é tempo de o Espírito Santo, em resposta à oração da fé,conceder ...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 28Ali se desvendam os grandes problemas do dever e do destino. O véu...
29 |   Apostila – Sentimento Cristãolado de um apóstata será imbuído de seu espírito no sentido de partilhar com outrosos ...
A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 30desconfiança, todos tendem a consumir as forças vitais, e a convid...
31 |   Apostila – Sentimento Cristãodesgosto. Professores, não seria melhor fazer plena consagração de vós mesmos aDeus? A...
08. sentimento cristão
08. sentimento cristão
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

08. sentimento cristão

1,175 views
1,048 views

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,175
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

08. sentimento cristão

  1. 1. 1| Apostila – Sentimento Cristão SENTIMENTO CRISTÃOJoão White disse: "Ellen, estou profundamente triste por ver-te tão fraca. Umaexperiência probante se acha diante de ti nos serviços fúnebres de amanhã. Deus teajude, minha querida irmã, Deus te ajude nessa ocasião." Disse eu: "Irmão João, tunão me conheces. Quanto mais difícil é a situação, tanto maior é a fortaleza quepossuo. Não me entregarei a manifestações de pesar, se o meu coração se romper.Sirvo a Deus, não impulsivamente, mas inteligentemente. Ele espera de mimimplícita e constante submissão. Exagerado pesar é desagradável a Deus. Tomo acruz que me foi designada e seguirei inteiramente ao Senhor. Não me entregarei aexcessos de pesar. Não transigirei com doentio e melancólico estado emocional.Não me queixarei nem murmurarei da providência de Deus. Jesus é meu Salvador.Ele vive. Nunca me abandonará nem me desamparará." (MM, Este Dia com Deus, 300)Qualquer direção que vos enfraqueça a força física ou mental, incapacita-vos para oserviço de vosso Criador. Cumpre-nos amar a Deus de todo o coração e, seolharmos unicamente a Sua glória, comeremos, beberemos e nos vestiremossegundo Sua divina vontade. Todo aquele que possui certo senso decompreensão do que significa ser cristão, purificar-se-á de tudo quantoenfraquece e contamina. Todos os hábitos de sua vida serão colocados emharmonia com as reivindicações da Palavra da verdade, e ele não somente crerá,mas realizará sua salvação com temor e tremor, enquanto se submete ao processo deaperfeiçoamento pelo Espírito Santo. Review and Herald, 6 de março de 1888.(Cuidado de Deus, 143)Há trabalho importante diante de cada um de nós. Pensamentos corretos, epropósitos puros e santos, não nos vêm espontaneamente. Temos que lutar poreles. Os puros e santos princípios devem lançar raízes em todas as nossasinstituições, nossas casas publicadoras, colégios e hospitais. Se as nossas instituiçõesforem o que Deus deseja que elas sejam, os que com elas estão associados não semoldarão às instituições mundanas. Elas permanecerão peculiares, governadas econtroladas pelas normas bíblicas. Não se harmonizarão com os princípios domundo para conseguir apoio. Motivo algum terá suficiente força para movê-las dosretos caminhos do dever. Os que estão sob o controle do Espírito de Deus nãobuscarão o seu prazer ou divertimento. Se Cristo reinar no coração dos membros deSua igreja, eles atenderão ao apelo: "Saí do meio deles, e apartai-vos". II Cor. 6:17."Não sejas participante dos seus pecados." Apoc. 18:4. (FEC, 502)
  2. 2. A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |2Grande é a responsabilidade que sobrevém aos que são batizados em nome do Pai,do Filho e do Espírito Santo. Esforçai-vos por compreender a significação daspalavras: "Estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus." Col.3:3. Na nova vida que iniciastes, estais comprometidos a representar a vida deCristo. Havendo-se revestido do novo homem "que se renova para o conhecimento,segundo a imagem dAquele que o criou" (Col. 3:10), "revesti-vos... como eleitosde Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade,humildade, mansidão, longanimidade, suportando-vos uns aos outros eperdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim comoCristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos decaridade, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Deus, para a qual também fosteschamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos." Col.3:12-15.E vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundoa imagem (MM, Maravilhosa Graça, 244)Aqueles que verdadeiramente crêem em Cristo sentam-se com Ele nos lugarescelestiais. Aceitemos o emblema do cristianismo. Esse não é um sinal exterior,não é a exibição de uma cruz ou uma coroa, mas algo que revela a união dohomem com Deus. Dispamo-nos "do velho homem com os seus feitos e"revistamo-nos "do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento,segundo a imagem dAquele que o criou". Col. 3:9 e 10. A beleza da santidade érevelada quando os cristãos se aproximam uns dos outros, unindo-se em amor, igualao de Cristo. (MM, Cuidado de Deus, 308)Os cristãos devem ser portadores de luz no mundo, resplandecendo em meio àstrevas do pecado e do crime. No reino deste mundo, os principados e poderes quetêm a Satanás como seu líder devem ser constantemente enfrentados. Seguir oexemplo de Cristo em suportar a cruz e revelar negação própria transforma emfilhos de Deus aqueles que recebem a Cristo. "Mas, a todos quantos O receberam,deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no Seunome." João 1:12. São vencedores na batalha da vida; pois foram revestidospelo novo homem. "Que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagemdAquele que o criou." Col. 3:10. Manuscrito 30, 1902. (MM, Olhando Para o Alto, 69)
  3. 3. 3| Apostila – Sentimento CristãoNecessitamos de ter um constante sentimento do poder enobrecedor dospensamentos puros. É nos bons pensamentos que reside a única segurança paracada alma. O homem, "como imaginou na sua alma, assim é". Prov. 23:7. Afaculdade de se dominar desenvolve-se pelo exercício. O que a princípio pareciadifícil torna-se fácil pela repetição constante, até que os retos pensamentos e açõesacabam por ser habituais. Se quisermos, podemos afastar-nos de tudo o que é baixoe inferior, e elevar-nos para uma alta norma; podemos ser respeitados pelos homense amados por Deus. (CBV, 491)Os servos de Deus não devem ser "vagarosos no cuidado", mas "fervorosos noespírito, servindo ao Senhor". Rom. 12:11. Indiferença e ineficiência não sãopiedade. Quando sentirmos que estamos trabalhando para Deus, teremos um maiselevado senso do que nunca, da santidade do serviço espiritual. Este sentimento porávida, vigilância e perseverante energia no desempenho de cada dever. A religiãopura, a imaculada religião, é intensamente prática. Nada mais que atuação fervorosa,de todo o coração prevalecerá na salvação de almas. Devemos tornar nossos deveresdiários atos de devoção, crescendo constantemente em utilidade, porque vemosnossa obra do ponto de vista eterno. Carta 43, 1902. (C, Evangelista, 77)O amor de Cristo não é um sentimento volúvel, mas um princípio vivo, o qualse manifesta como um poder permanente no coração. Se o caráter e a conduta dopastor são um exemplo da verdade que advoga, o Senhor porá em sua obra o selo deSua aprovação. O pastor e o rebanho serão um, unidos pela comum esperança emCristo. (AA, 516)Os membros da igreja estavam unidos em sentimento e ação. O amor a Cristoera a cadeia de ouro que os unia. Prosseguiram em conhecer o Senhor mais e maisperfeitamente, e a vida deles revelava o júbilo e a paz de Cristo. Visitavam os órfãose as viúvas em suas aflições, e guardavam-se imaculados do mundo, sentindo quedeixar de fazer isto seria uma contradição de sua fé e uma negação de seu Redentor.(AA, 574)A religião pura e imaculada não é um sentimento, mas a prática de obras demisericórdia e amor. Essa religião é necessária à saúde e à felicidade. Penetra nopoluído templo da alma, expulsando, com um açoite, o pecado intruso. Tomando otrono, tudo consagra pela sua presença, iluminando o coração com os brilhantesraios do Sol da Justiça. Abre as janelas da alma em direção ao Céu, dando entrada àluz do amor de Deus. Com ela sobrevêm a serenidade e o domínio próprio.
  4. 4. A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |4Aumenta a resistência física, mental e moral em virtude da atmosfera do Céu, àmedida que um vivo e ativo poder enche a alma. Cristo é formado em vós, aesperança da glória. Review and Herald, 15 de outubro de 1901. (BS, 38)Necessitamos mais da simpatia natural de Cristo; não somente simpatia pelosque se nos apresentam irrepreensíveis, mas pelas pobres almas sofredoras, emluta, que são muitas vezes achadas em falta, pecando e se arrependendo, sendotentadas e vencidas de desânimo. Devemos dirigir-nos a nossos semelhantestocados - como nosso misericordioso Sumo Sacerdote - pelo sentimento de suasenfermidades. A Ciência do Bom Viver, pág. 164. (BS, 88)Nosso Salvador era profundamente sério e intensamente zeloso, mas nuncasombrio ou enfadado. A vida dos que O imitam revestir-se-á toda de fervorosospropósitos; experimentarão um profundo sentimento de sua responsabilidade.(Caminho a Cristo, 120 e 121)É o amor um dom precioso, que recebemos de Jesus. A afeição pura e santa nãoé sentimento, mas princípio. Os que são movidos pelo amor verdadeiro não sãoirrazoáveis nem cegos. A Ciência do Bom Viver, pág. 358.As boas ações são bênçãos duplas, beneficiando tanto o que pratica como o queé objeto da bondade. A consciência de proceder bem é um dos melhoresmedicamentos para corpos e mentes enfermos. Quando a mente está livre e satisfeitapor um sentimento de dever cumprido e o prazer de proporcionar felicidade aoutros, a animadora influência traz vida nova a todo o ser. (CBV, 257)Cada raio de luz lançado sobre outros refletir-se-á em nosso próprio coração.Toda palavra bondosa e de simpatia dita ao aflito, todo ato para aliviar ooprimido, e toda dádiva feita para suprir as necessidades dos nossossemelhantes, dados ou feitos visando a glória de Deus, resultarão em bênçãospara o doador. Os que assim estão trabalhando, obedecem à lei do Céu, ereceberão a aprovação de Deus. O prazer de fazer o bem aos outros comunica aosentimento um brilho que irradia pelos nervos, apressa a circulação do sangue, eproduz saúde mental e física. Testimonies, vol. 4, pág. 56.
  5. 5. 5| Apostila – Sentimento CristãoMeu irmão, levantai-vos, eu vos rogo, e deixai que a obra do Espírito de Deusse aprofunde além da superfície; que ela atinja as profundezas da fonte de cadaação. O que se deseja é princípio, princípio firme e vigor de ação, tanto nas coisasespirituais como nas temporais. Falta fervor a vossos esforços. Oh, quantos estãobaixos na escala da espiritualidade, porque não negam o próprio apetite! A energianervosa do cérebro é obscurecida e quase paralisada pelo excesso no comer. Quandotais pessoas vão aos sábados à casa de Deus, são incapazes de manter os olhosabertos. Os mais ferventes apelos não conseguem despertar o seu intelecto inerte,insensível. A verdade pode ser apresentada com profundo sentimento, mas nãodesperta a sensibilidade moral, nem ilumina o entendimento. Têm tais pessoasprocurado glorificar a Deus em todas as coisas? Testimonies, vol. 2, págs. 413 e414.Que todo obreiro fiel e honesto de coração seja animado a continuar atrabalhar, tendo em vista que cada um será recompensado segundo as suasobras. Trabalhai com o único objetivo de glorificar a Deus. Não recuseis assumirresponsabilidades, por terdes um sentimento de vossa fraqueza e ineficiência. Deuspode dar-vos força e sabedoria, se sois consagrados a Ele e vos conservais humildes.Que ninguém, por negligência, recuse trabalhar nem se adiante, impondo seusserviços quando não é desejado. (CSES, 70)A condescendência com um único sentimento de vingança pode abrir ocaminho para um cortejo de sentimentos que terminarão em assassínio. Omenor desvio do direito e dos princípios levará à separação de Deus, e poderáterminar em apostasia. ... Exige menos tempo e trabalho corromper os nossoscaminhos diante de Deus do que implantar no caráter hábitos de justiça e verdade.Tudo aquilo a que um homem se acostuma, seja sua influência boa ou má, ele achadifícil abandonar. (CSS, 241)Desde que a reforma de saúde foi introduzida a princípio, tem havidoinvariavelmente uma guerra no coração de alguns. Têm eles experimentado omesmo sentimento de rebelião que os filhos de Israel ao ser-lhes restringido oapetite na viagem do Egito para Canaã. Os professos seguidores de Cristo, quedurante toda a sua vida consultaram os próprios prazeres e interesses, a própriacomodidade e o próprio apetite não estão preparados para mudar o seuprocedimento e viver para glória de Deus, imitando a vida de renúncia de seuinfalível Modelo. Foi dado um exemplo perfeito para ser imitado pelos cristãos. Aspalavras e as obras dos seguidores de Cristo são o conduto através do qual os puros
  6. 6. A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |6princípios da verdade e santidade são levados ao mundo. Seus seguidores são o salda terra e a luz do mundo. Testimonies, vol. 2, pág. 394.Há muitos enganos levados avante sob a capa da religião. A paixão controla a mentede muitos que se tornaram depravados no pensamento e no sentimento emconseqüência da "soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade". Ezeq. 16:49.Estas enganadas almas se jactam de ser dispostas espiritualmente eexcepcionalmente consagradas, quando sua experiência religiosa consiste emum sentimentalismo doentio em lugar de pureza, verdadeira bondade ehumilhação do eu. A mente deve ser desviada do eu; suas energias devem serempregadas em planejar meios para tornar outros mais felizes e melhores. "Areligião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvasnas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." Tiago 1:27. (CSS, 629)"Em Deus faremos proezas." Sal. 60:12. Quanto bem podeis fazer sendo leais aDeus e a vossos irmãos, reprimindo todo pensamento destituído de bondade,todo sentimento de inveja ou presunção! Encha-se vossa vida do ministério dabondade para com os outros. Não sabeis quão cedo podereis ser chamados a deporvossa armadura. A morte pode colher-vos de repente, sem vos dar tempo depreparar-vos para a última mudança, nenhuma força física ou poder mental parafixar em Deus os pensamentos, e fazer paz com Ele. Alguns saberão em breve, porexperiência, quão vão é o auxílio do homem, quão inútil é a justiça presunçosa comque se têm satisfeito. (II, TS, 189)É fora de dúvida que se crermos em Cristo e fizermos Sua vontade, não nosexaltando a nós mesmos, mas andando em humildade de espírito, o Senhorestará conosco. ... Orai para que Ele vos dê um coração de carne, um coração quesinta as tristezas dos outros, que possa ser tocado com os ais humanos. Orai para queEle vos dê um coração que vos não permita fazer ouvidos moucos para com asviúvas e os órfãos. Orai para que tenhais sentimentos de misericórdia para com ospobres, os enfermos e os opressos. Orai para que possais amar a justiça e odiar oroubo, não fazendo diferenças na concessão dos vossos favores, a não ser aconsideração dos casos dos necessitados e desafortunados. (BS, 83)O inimigo sabe muito bem que se não tivermos amor uns para com os outros,ele poderá alcançar seu objetivo, ferindo e debilitando a igreja, por causardesavenças entre os irmãos. Pode levá-los a ter ruins suspeitas, falar mal, acusar,condenar e odiar um ao outro. Deste modo é desonrada a Causa de Deus, vituperado
  7. 7. 7| Apostila – Sentimento Cristãoo nome de Cristo, e é causado incalculável dano ao ser humano. (MM, este DiaCom Deus, 163)O texto não quer dizer que devemos ter grande alegria quando caímos diante datentação, mas quando caímos em tentações. [Isto é, quando nos sobrevêm tentações,sem que nelas caiamos.] Não é necessário cairmos na tentação, pois a tentação nossobrevém para provar nossa fé. E a prova da fé produz a paciência, não irritaçãoe murmurações. Se pusermos em Jesus nossa confiança, Ele nos guardará emtodos os tempos, e será nossa força e escudo. Devemos aprender valiosas liçõesde nossas provas. Diz Paulo: "Também nos gloriamos nas tribulações, sabendo quea tribulação produz a paciência; e a paciência, a experiência; e a experiência, aesperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus estáderramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado." Rom. 5:3-5.(MM, Para Conhece-lo, 279)O Espírito Santo traz o amor de Deus ao nosso coração. Ele satisfaz nossos anseiosde modo que as riquezas, honras e prazeres do mundo não nos atraiam. Tal é anossa alegria, que desejamos que os outros também a tenham. Em nós serácomo uma fonte de água que flui em bênçãos ao nosso redor. (Vida de Jesus, 55)Só podemos amar nosso próximo como a nós mesmos se amarmos a Deusacima de todas as coisas. O amor a Deus dará frutos em amor ao próximo. Muitospensam que é impossível amar ao próximo como a nós mesmos, mas este é o únicofruto genuíno do cristianismo. Amar a outros é revestir-se do Senhor Jesus Cristo; éandar e viver tendo em vista o mundo invisível. Devemos assim conservar-nosolhando para Jesus, o Autor e Consumador de nossa fé. Review and Herald, 26 dejunho de 1894. (BS, 49)Embora as mulheres desejem homens de caráter forte e nobre, a quem possamrespeitar e amar, essas qualidades precisam estar combinadas com ternura ecarinho, paciência e tolerância. A esposa, por sua vez, deve ser alegre, bondosa ededicada, assemelhando seu gosto ao de seu marido até onde for possível, semperder sua individualidade. Os dois devem cultivar paciência e bondade, assim esseterno amor de um para com o outro tornará a vida de casados deleitosa e agradável.(C. J. Namorados, 31)
  8. 8. A p o s t i l a – S en t i m en t o C r i s t ão |8Se não vos é possível dominar os impulsos, as emoções segundo desejais, podeisdominar a vontade, e assim se realizará uma completa mudança em vossa vida.Quando entregais vossa vontade a Cristo, vossa vida fica escondida com Cristo emDeus. Acha-se aliada ao poder que é sobre todos os principados e potestades.Tendes uma força vinda de Deus que vos prende firmemente a Sua força; e umanova vida, a vida da fé, torna-se possível para vós. (MM, Cuidado de Deus, 71)Com sua própria força não pode o homem dominar o seu espírito. Mas porCristo poderá conseguir o domínio próprio. Em Seu poder logrará trazer ospensamentos e palavras em sujeição à vontade de Deus. A religião de Cristo traz asemoções sob o domínio da razão, e disciplina a língua. Sob a Sua influência éabrandado o temperamento precipitado, e o coração enche-se de paciência eamabilidade. (MJ, 136)Vossa parte é pôr a vontade ao lado de Cristo. Quando submeterdes a vontadeà Sua, Ele toma imediatamente posse de vós, e realiza em vós o querer e orealizar segundo a Sua boa vontade. Vossa natureza é posta sob o controle deSeu Espírito. Vossos próprios pensamentos ficam-Lhe sujeitos. Se não vos épossível dominar os impulsos, as emoções segundo desejais, podeis dominar avontade, e assim se realizará uma completa mudança em vossa vida. Quandoentregais vossa vontade a Cristo, vossa vida fica escondida com Cristo em Deus.Acha-se aliada ao poder que é sobre todos os principados e potestades. Tendes umaforça vinda de Deus que vos prende firmemente a Sua força; e uma nova vida, istoé, a vida da fé, torna-se possível para vós. (Temperança, 113)O corpo tem de ser posto em sujeição. As mais elevadas faculdades do serdevem dominar. As paixões devem ser regidas pela vontade, e essa deve, por suavez, achar-se sob a direção de Deus. A régia faculdade da razão, santificada pelagraça divina, deve ter domínio em nossa vida. (CBV. 130)A mais forte tentação não é desculpa para o pecado. Por maior que seja apressão exercida sobre a mente, a transgressão é nosso próprio ato. Não está nopoder da Terra ou do inferno compelir alguém a pecar. A vontade tem deconsentir, o coração tem de ceder, do contrário a paixão não poderá dominar arazão, nem a iniqüidade triunfar sobre a justiça. Signs of the Times, 15 de abril de1913. (Cuidado de Deus, 366)
  9. 9. 9| Apostila – Sentimento CristãoCom fé e oração todos podem satisfazer os requisitos do evangelho. Nenhumhomem pode ser forçado a transgredir. É preciso primeiro obter seu próprioconsentimento; a alma tem de propor-se a praticar o ato pecaminoso, antes de apaixão poder dominar a razão, ou a iniqüidade triunfar sobre a consciência. Atentação, por forte que seja, nunca é desculpa para o pecado. "Os olhos do Senhorestão sobre os justos, e os Seus ouvidos atentos ao seu clamor." Sal. 34:15. Clamaao Senhor, alma tentada! Lança-te, desamparada, indigna, sobre Jesus, e invoca-Lhea promessa. O Senhor ouvirá. Ele sabe quão fortes são as inclinações do coraçãonatural, e ajudará em cada ocasião de tentação. (MJ, 67)Não podemos dar-nos ao luxo de usar o talento da linguagem de um modo quenão seja benéfico a pessoa alguma. A Palavra de Deus regula a fonte de nossossentimentos e ações de uns para com os outros, e o estado do coração regula osprincípios da vida interior. Princípios puros e não deturpados impelirão a palavras eações corretas. Nossos talentos precisam aumentar, senão eles se tornarão menores.(MM, cuidado de Deus, 236)No atual estado da sociedade, com a frouxidão moral, não só dos jovens mas dos deidade e experiência, grande é o risco de tornarmo-nos descuidosos, e darmosespecial atenção aos favoritos, criando assim inveja, ciúme, ruins suspeitas. Poucos,porém, compreendem que afugentam o Espírito de Deus com seuspensamentos e sentimentos egoístas, sua conversa frívola e superficial. ... Se agraça de Cristo se achasse implantada em seus corações e, aprofundasse as raízes atéo solo bom, dariam frutos de caráter inteiramente diverso. ... Só o poder convertedorde Deus é capaz de estabelecer princípios puros no coração, de modo que o malignonada encontre que assaltar. ... A pureza de linguagem e a verdadeira cortesia cristãdevem estar continuamente em prática. Carta 74, 1896. (Filhos e Filhas, 316)Há um trabalho a ser feito pelo povo de Deus. O que é a verdadeira eloqüência navida humana? É um coração cheio de sentimentos puros, a veneração por todosos mandamentos de Deus. Mas não se tem feito trabalho fervoroso. Tem-serealizado certa rotina de deveres, mas isto não basta. Saí do canal comum. Se nãopuderdes alcançar os membros das igrejas não fiqueis desanimados. Levai otrabalho aos caminhos, e se a justiça própria daqueles por quem trabalhais não forpenetrada pelo fermento da verdade, saí da rotina usual para os valados, e aí fazeivosso trabalho missionário (TM, O. Evang, 123)
  10. 10. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 10Deus nos deu o poder da escolha; a nós cumpre exercitá-lo. Não podemos mudar ocoração, nem reger nossos pensamentos, impulsos e afeições. Não nos podemostornar puros, aptos para o serviço de Deus. Mas podemos escolher servi-Lo,podemos entregar-Lhe nossa vontade; então, Ele operará em nós o querer e oefetuar, segundo a Sua aprovação. Assim, nossa natureza toda será posta sob odomínio de Cristo. (CBV, 176)Agi sempre por princípio, nunca por impulso. Temperai a impetuosidade davossa natureza pela doçura e bondade. Evitai toda a leviandade e frivolidade. Quenenhum vil gracejo escape de vossos lábios. Nem sequer aos pensamentos permitaiscorrer a rédeas soltas. Devem ser dominados e conduzidos cativos à obediência deCristo. Que eles estejam ocupados em coisas santas. Então, pela graça de Cristo,serão puros e verdadeiros. (CBV, 491)Necessitamos de ter um constante sentimento do poder enobrecedor dospensamentos puros. É nos bons pensamentos que reside a única segurançapara cada alma. O homem, "como imaginou na sua alma, assim é". Prov. 23:7. Afaculdade de se dominar desenvolve-se pelo exercício. O que a princípio pareciadifícil torna-se fácil pela repetição constante, até que os retos pensamentos e açõesacabam por ser habituais. Se quisermos, podemos afastar-nos de tudo o que é baixoe inferior, e elevar-nos para uma alta norma; podemos ser respeitados pelos homense amados por Deus. (Idem, 491)Nem por estardes entre incrédulos, vos torneis descuidados em vossaspalavras; porque eles estão vos avaliando. Estudai a instrução dada a Nadabe eAbiú, os filhos de Arão. Eles "trouxeram fogo estranho perante a face do Senhor, oque lhes não ordenara". Lev. 10:1. Tomando fogo comum, colocaram sobre seusincensários. "Então, saiu fogo de diante do Senhor e os consumiu; e morreramperante o Senhor. E disse Moisés a Arão: Isto é o que o Senhor falou, dizendo: Sereisantificado naqueles que se cheguem a Mim e serei glorificado diante de todo opovo." Lev. 10:2 e 3. Os colportores devem lembrar-se de que estão trabalhandocom o Senhor para salvar almas e de que não devem trazer a Seu sagrado serviçonada de comum ou baixo. Que a mente esteja repleta de pensamentos puros e santose que as palavras sejam bem escolhidas. Não impeçais o êxito de vosso trabalho,pronunciando palavras levianas e descuidadas. Manual do Colportor, pág. 30.Deus espera que os que usam o nome de Cristo O representem. Seus pensamentosdevem ser puros; suas palavras, nobres e próprias para elevar. A religião de Cristo
  11. 11. 11 | Apostila – Sentimento Cristãodeve entretecer-se em tudo quanto eles façam ou digam. Devem ser um povopurificado e santo, comunicando luz a todos com quem se puserem em contato. ÉSeu intento que, exemplificando esse povo a verdade na própria vida, seja na Terraum louvor. A graça de Cristo é suficiente para efetuar isso. Lembre-se, porém, opovo de Deus, que unicamente quando crer e puser por obra os princípios doevangelho, poderá realizar os desígnios divinos. Só ao consagrar ao serviço deDeus as aptidões que dEle recebeu, há de fruir a plenitude e o poder da promessa emque a Igreja é chamada a firmar-se. (CPPE, 322) O Poder Enobrecedor dos Pensamentos PurosNecessitamos de ter um constante sentimento do poder enobrecedor dospensamentos puros. É nos bons pensamentos que reside a única segurança para cadaalma. O homem "como imaginou na sua alma, assim é". Prov. 23:7. A faculdade dese dominar desenvolve-se pelo exercício. O que parecia a princípio difícil, torna-sefácil pela repetição constante, até que os retos pensamentos e ações acabam por serhabituais. Se quisermos podemos afastar-nos de tudo o que é baixo e inferior, eelevar-nos para uma alta norma; podemos ser respeitados pelos homens e amadospor Deus. A Ciência do Bom Viver, pág. 491.Nenhum de nós deve envergonhar-se do trabalho, por mais servil e menor quepareça. O trabalho é enobrecedor. Todos quantos labutam com a cabeça ou comas mãos, são homens e mulheres de trabalho. E todos honram tanto sua religiãolidando no tanque de lavar roupa ou na pia dos pratos, como o fazem quando vão àsreuniões. Enquanto as mãos se encontram ocupadas nos serviços mais comuns, amente pode ser elevada e enobrecida por pensamentos santos e puros. Quandoqualquer dos obreiros manifesta falta de respeito pelas coisas religiosas, deve serdesligado da obra. Ninguém pense que a instituição depende deles. (CS, 418)Pais, exaltai o padrão do cristianismo no espírito de vossos filhos; ajudai-os aentretecer a pessoa de Jesus em sua experiência; ensinai-os a ter o maior respeitopela casa de Deus e a compreender que quando entram ali devem fazê-lo com ocoração comovido, ocupando-se com pensamentos como estes: "Deus está aqui;esta é a Sua casa. Devo alimentar pensamentos puros e guiar-me pelos mais santospropósitos. ... Este é o lugar onde Deus vem ter com Seu povo e o abençoa." ...(MM, Cuidado de Deus, 66)
  12. 12. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 12Como um homem imagina "na sua alma, assim é". Prov. 23:7. Muitospensamentos fazem a história não escrita de um só dia; e esses pensamentostêm muito que ver com a formação do caráter. Nossos pensamentos devem serestritamente guardados; pois um pensamento impuro causa uma profunda impressãona alma. Um mau pensamento deixa uma impressão má no espírito. Se ospensamentos são puros e santos, o homem se torna melhor por havê-los nutrido. Poreles é avivado o pulso espiritual, aumentando a capacidade de fazer o bem. E comouma gota de chuva prepara o caminho para outra no umedecer a terra, assim umbom pensamento prepara para outro o caminho. Mensagens aos Jovens, pág. 144.Ensine-se às crianças que, franqueando elas a mente a pensamentos puros eamoráveis, e praticando ações amáveis e auxiliadoras, estão se vestindo comSuas belas vestes de caráter. Essa as tornará belas e amadas aqui, e será depois suasenha para admissão ao palácio do Rei. Sua promessa é: "Comigo andarão debranco, porquanto são dignas disso." Apoc. 3:4. Educação, pág. 249.Os pensamentos devem ser limitados, restringidos, impedidos de ramificar-se,de se darem à consideração de coisas que só enfraquecerão - e contaminarão amente. Os pensamentos devem ser puros, limpas as meditações do coração. ...(Filhos e Filhas, de Deus, 107)O apóstolo procurou ensinar aos crentes quão importante é guardar a mentede vagar por temas proibidos, ou de gastar sua energia em assuntos triviais. Osque não querem cair presa dos enganos de Satanás, devem guardar bem as vias deacesso à alma; devem-se esquivar de ler, ver ou ouvir tudo quanto sugirapensamentos impuros. Não devem permitir que a mente se demore ao acaso emcada assunto que o inimigo das almas possa sugerir. O coração deve ser fielmenteguardado, pois de outra maneira os males externos despertarão os internos, e a almavagará em trevas. "Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento", escreveuPedro, "sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu revelaçãode Jesus Cristo; ... não vos conformando com as concupiscências que antes haviaem vossa ignorância; mas, como é santo Aquele que vos chamou, sede vós tambémsantos em toda a vossa maneira de viver; porquanto escrito está: Sede santos, porqueEu sou santo." I Ped. 1:13-16. (AA, 518 e 519)Os que não querem cair presa dos enganos de Satanás, devem guardar bem asvias de acesso à alma; devem-se esquivar de ler, ver ou ouvir tudo quantosugira pensamentos impuros. Não devem permitir que a mente se demore ao
  13. 13. 13 | Apostila – Sentimento Cristãoacaso em cada assunto que o inimigo das almas possa sugerir. O coração deve serfielmente guardado, pois de outra maneira os males externos despertarão osinternos, e a alma vagará em trevas. (Atos dos Apóstolos, pág. 518.)Evitem ler e ver coisas que sugiram pensamentos impuros. Cultivem asfaculdades morais e intelectuais. Não deixem que essas nobres qualidades sejamenfraquecidas e pervertidas pela muita leitura, mesmo de livros de contos. Mente,Caráter e Personalidade, vol. 2, págs. 591 e 592.Livros que esboçam práticas satânicas de seres humanos estão a darpublicidade ao mal. Não é necessário deter-se na consideração desses horríveisparticulares, e pessoa alguma que creia na verdade para este tempo deve tomar parteem perpetuar a lembrança dos mesmos. Quando o intelecto é alimentado eestimulado por esse alimento depravado, os pensamentos se tornam impuros esensuais. (PPE, 134)A inatividade da energia física e mental, no que diz respeito ao trabalho útil, éo que mantém muitos doentes em uma condição de fraqueza que eles se sentemincapazes de superar. Dá-lhes também maior oportunidade de condescender compensamentos impuros - condescendência que tem levado muitos deles a suacondição atual de fraqueza. É-lhes dito que eles gastaram muita energia em trabalhoárduo, quando, em nove de cada dez casos, o trabalho que eles realizaram foi aúnica coisa recuperadora em sua vida e foi o meio de salvá-los da completa ruína.Enquanto sua mente estava assim ocupada não puderam eles ter oportunidade tãofavorável para aviltar seu corpo e completar a obra de destruir-se a si mesmos.Permitir que todas essas pessoas cessem de trabalhar com o cérebro e os músculos éoferecer-lhes ampla oportunidade de serem levadas cativas pelas tentações deSatanás. Testimonies, vol. 4, págs. 94 e 95.Desejaria que todos os meus irmãos e irmãs se lembrassem de que é coisa sériaentristecer o Espírito Santo, e de que este é entristecido quando o instrumentohumano procura dirigir-se a si mesmo, e se recusa a entrar no serviço doSenhor porque a cruz é muito pesada ou muito grande o desprendimento. OEspírito Santo procura habitar em cada alma. Caso seja Ele bem-vindo comohóspede honrado, os que O receberem se tornarão completos em Cristo. A boa obracomeçada será terminada; os pensamentos santos, as celestiais afeições e os atossemelhantes ao de Cristo tomarão o lugar dos pensamentos impuros, dossentimentos perversos e dos atos obstinados. (CSS, 561)
  14. 14. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 14O coração imbuído das preciosas verdades da Palavra de Deus é fortalecidocontra as tentações de Satanás, contra pensamentos impuros e contra açõespecaminosas. Youths Instructor, 28 de julho de 1892. (MM, Exltai-O, 131)Que lerão nossos filhos? - eis uma séria pergunta, que requer resposta séria. Aflijo-me ao ver, em famílias cristãs, revistas e jornais contendo histórias em série, asquais não causam boa impressão no espírito. Tenho observado aqueles cujo gostopela ficção foi assim cultivado. Têm tido o privilégio de escutar as verdades daPalavra de Deus, de conhecer as razões de nossa fé; mas chegaram à maturidadedestituídos de piedade verdadeira. Esses queridos jovens necessitam muitíssimo deintroduzir o melhor material na edificação de seu caráter - o amor e o temor deDeus, e o conhecimento de Cristo. Muitos, porém, não possuem uma inteligentecompreensão da verdade como é em Jesus. A mente se tem banqueteado comhistórias sensacionais. Vivem num mundo irreal, e acham-se inabilitados para osdeveres práticos da vida. Tenho observado crianças a quem se permitiu cresceremdessa maneira. Seja em casa, seja fora, elas ou estão desassossegadas ou sonhadoras,e são incapazes de conversar, a não ser acerca dos assuntos mais comuns. As maisnobres faculdades, as que se adaptam às mais altas realizações, foram rebaixadas àcontemplação de assuntos triviais, ou ainda piores, até que a pessoa se satisfaz comesses temas, mal podendo alcançar qualquer coisa mais elevada. Os pensamentosreligiosos e a conversação sobre os mesmos, têm-se tornado desagradáveis. Oalimento mental em que se têm chegado a deleitar, é contaminador em seus efeitos,conduzindo a pensamentos impuros e sensuais. Tenho experimentado sincerapiedade por essas almas, ao considerar quanto estão perdendo com o negligenciaroportunidades de obter conhecimento de Cristo, em quem se concentram nossasesperanças de vida eterna. Quanto tempo precioso é desperdiçado, e que poderia serempregado em estudar o Modelo da verdadeira bondade! (FEC, 162)Foi requerido do povo abstenção de trabalhos e cuidados seculares, e que tivessempensamentos devocionais. Deus requereu também que lavassem suas vestes. Ele nãoé menos minucioso agora do que foi então. Ele é um Deus de ordem e requer queSeu povo sobre a Terra, hoje, observe hábitos de estrita limpeza. Os que adorama Deus com vestes maculadas e eles próprios manchados não se apresentam diantedEle de modo aceitável. Ele não Se agrada da sua falta de reverência, e não aceitaráo culto de adoradores impuros, pois insultam o seu Autor. O Criador dos céus e daTerra considerou a limpeza tão importante que disse: "Lavem eles os seus vestidos."Êxo. 19:10. (HR, 138)
  15. 15. 15 | Apostila – Sentimento CristãoEstamos perto do fim do tempo de graça, quando cada caso deve passar emrevista perante Deus. Agora, no tempo de graça, é a ocasião que Deus nosconcedeu para a formação de um caráter puro e santo. Se este tempo não foraproveitado, se os pensamentos forem impuros, se o coração não for santificado, sese condescender com práticas profanas, estai certos de que a porção desses será comos profanos, os devassos, os abomináveis. (MM, Nos Lugares Celestiais. 196)Pensamentos impuros levam a impuros atos. Se Cristo for assunto decontemplação, os pensamentos ficarão largamente separados de qualquer assuntoque levará a atos impuros. A mente se fortalecerá ao demorar sobre assuntosenobrecedores. Se educada a fluir no conduto da pureza e santidade, tornar-se-ásadia e vigorosa. Se educada a demorar-se em temas espirituais, ela naturalmentetomará esse rumo. Mas essa atração dos pensamentos para coisas celestiais não podeser alcançada sem o exercício da fé em Deus e um fervoroso e humilde apoiar-senEle para receber a força e graça que seja suficiente para qualquer emergência.Testimonies, vol. 2, pág. 408.A força moral está excessivamente enfraquecida, ao entrar em conflito comhábitos estabelecidos. Os pensamentos impuros dominam a imaginação, e atentação é quase irresistível. Estivesse a mente acostumada a contemplar assuntoselevados, a imaginação educada a ver coisas puras e santas e seriam fortalecidascontra a tentação. (Orientação da Criança, 447 e 448)Vosso coração e mente não são puros. Tendes sido prejudicada pela leitura dehistórias de amor e romances, e vossa mente se tem sido fascinada por pensamentosimpuros. Vossa imaginação tem-se tornado corrompida até parecer não terdes forçapara controlar os pensamentos. Satanás vos leva cativa de acordo com sua vontade.... (Orientação da Criança, 453)Deves dominar teus pensamentos. Não será isso tarefa fácil; não o conseguirás semassíduo e mesmo árduo esforço. ... Se condescenderdes com vãs imaginações,permitindo que a mente se demore em assuntos impuros, sereis, em certo sentido,tão culpada perante Deus, como se vossos pensamentos fossem levados à ação.Tudo o que impede a ação é a falta de oportunidade. Sonhar e construir castelos diae noite são hábitos maus e excessivamente perigosos. Uma vez estabelecidos, équase impossível rompê-los e dirigir os pensamentos para temas puros, santos eelevados. Deveis tornar-vos fiel sentinela de vossos olhos, ouvidos e todos ossentidos, se quiserdes dominar a mente e impedir que vãos e corruptos pensamentos
  16. 16. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 16vos manchem a alma. Só o poder da graça pode realizar tão desejável obra.Testimonies, vol. 2, pág. 5 (Mensagens aos Jovens, 75 e 76)Que advertência posso fazer a um povo que professa ter saído do mundo e deixadosuas obras de trevas? a um povo que Deus tornou o depositário de Sua lei mas que,qual a figueira pretensiosa, espalham seus ramos aparentemente viçosos à própriaface do Todo-poderoso, contudo não produzem fruto para a glória de Deus? Muitosdeles acariciam pensamentos impuros, imaginações ímpias, desejos nãosantificados e vis paixões. Deus aborrece o fruto produzido em semelhanteárvore. Anjos, puros e santos, olham com aversão o seu procedimento,enquanto Satanás exulta. Oh! que os homens e mulheres considerassem o quese ganha pela transgressão da lei de Deus! Sob toda e qualquer circunstância, atransgressão é desonra a Deus e maldição ao homem. Assim a devemosconsiderar, por lindo que seja seu disfarce, e seja quem for que a pratique. (IITS, 36 e 37)Aqueles que hoje murmuram contra os agentes escolhidos por Deus,enfraquecendo a confiança do povo contra eles, estão fazendo a mesma obraque os filhos de Israel fizeram. O Senhor ouve cada palavra de murmuração. Ouvecada palavra que deprecia a influência daqueles que Ele está usando para proclamara verdade que deve preparar um povo para permanecer firme nos últimos dias.Manuscrito 10, 1903 (General Conference Bulletin, 30 de março, 1903). (MM, CT,120) OS MURMURADORESDeus não faz acepção de pessoas, mas em todas as gerações os que temem aoSenhor e praticam o que é justo são por Ele aceitos, enquanto os que sãomurmuradores, incrédulos e rebeldes não obterão o Seu favor nem as bênçãosprometidas aos que amam a verdade e nela andam. Os que possuem a luz e nãoa seguem, mas desatendem os reclamos divinos, notarão que suas bênçãos seconverteram em maldições e em juízo as suas misericórdias. Deus deseja queaprendamos humildade e obediência ao lermos a história do Israel antigo, que foraSeu povo escolhido e peculiar, mas que trouxe sua própria destruição pela fato dehaver seguido os seus próprios caminhos. Testimonies, vol. 3, págs. 171 e 172.
  17. 17. 17 | Apostila – Sentimento CristãoMurmuradores crônicos da igreja. Eles lhe causam mais dano, do que doispastores são capazes de desfazer. São uma sobrecarga à igreja, e grande peso aosministros de Cristo. Vivem numa atmosfera de dúvidas, ciúmes e suspeitas. Sãoexigidos muito tempo e labor dos embaixadores de Cristo para desfazer sua máobra, e restaurar na igreja a harmonia e a união. Isto saca o ânimo e as energias dosservos de Deus, incapacitando-os para a obra que Ele tem para eles - salvar da ruínaas almas que perecem. O Senhor retribuirá a esses perturbadores de Sião segundo assuas obras. (Evangelismo, 371)O Senhor nos deu um guia divino pelo qual podemos conhecer Sua vontade. Os quesão egocêntricos e auto-suficientes não sentem sua necessidade de examinar aBíblia, e ficam grandemente perturbados se os outros não têm as mesmas idéiasdefeituosas e não vêem as coisas do mesmo modo distorcido que eles. Aquele,porém, que é guiado pelo Espírito Santo lançou sua âncora além do véu, aondeJesus entrou por nós. Ele examina as Escrituras com toda a diligência,buscando luz e conhecimento que o guiem em meio às perplexidades e aosperigos que espreitam seu caminho a cada passo. Os que são inquietos,queixosos, murmuradores, lêem a Bíblia com a finalidade de defender sua maneirade agir, e desprezam ou deturpam os conselhos de Deus. Aquele que tem pazcolocou sua vontade ao lado da vontade de Deus, e almeja seguir a orientaçãodivina. Signs of the Times, 14 de agosto de 1893. (MM, RP, 73)É dever de todo casal evitar com atenção ferir os sentimentos um do outro.Devem dominar todo olhar e expressão de impaciência e cólera. Devemconsiderar a felicidade um do outro, nas coisas pequenas como nas grandes,manifestando terna solicitude em reconhecer os atos de bondade, as pequeninascortesias mútuas. Estas pequenas coisas não devem ser negligenciadas, pois são tãoimportantes para a felicidade do homem e da esposa como o alimento é necessáriopara manutenção das forças físicas. O marido deve encorajar a esposa e mãe aapoiar-se nas grandes afeições dele. Palavras bondosas, animadoras e comunicativasde coragem da parte dele, a quem ela confiou a felicidade de sua vida, ser-lhe-ãomais benéficas que qualquer remédio; e os alegres raios de luz que essas palavras desimpatia levarão ao coração da esposa e mãe, refletirão sobre o coração do pai seubrilho de animação. (II ME, 430)Pais, sede alegres, não vulgares e fúteis, mas sede agradecidos, obedientes esubmissos a vosso Pai celestial. Não estais na liberdade de agir segundo vossossentimentos, se surgem circunstâncias que vos irritam. O amor triunfante deve
  18. 18. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 18assemelhar-se a águas profundas, sempre a fluir no trato com vossos filhos. Eles sãoos cordeiros do rebanho de Deus. Levai vossos pequenos a Cristo. Se os paisdesejam educar seus filhos para serem amáveis, jamais devem falar-lhes de maneirabrutal. Educai-vos a vós mesmos de molde a revelar uma fisionomia aprazível, eponde na voz toda melodia e suavidade possíveis. Os anjos de Deus estão sempreperto de vossos pequenos, e vosso tom alto e ríspido de impaciência não lhes agradaaos ouvidos. Manuscrito 126, 1897. (Lar Adventista, 432)Se vos não sentis satisfeitos e alegres, não faleis dos vossos sentimentos. Nãoanuvieis a vida dos outros. Uma religião fria e sombria, jamais atrairá almaspara Cristo. Afasta-as dEle, para as redes que Satanás lança aos pés dos perdidos.Em vez de pensar em vossos desânimos, pensai na força de que podeis dispor emnome de Cristo. Que vossa imaginação se fixe nas coisas invisíveis. Que ospensamentos se dirijam para as evidências do grande amor de Deus por vós. A fépode sofrer a prova, vencer a tentação, suportar o insucesso. Jesus vive como nossoAdvogado. Tudo o que nos assegura a Sua mediação nos pertence. (A Ciência doBom Viver, pág. 488.)Tendes um dever a cumprir, isto é, tornar-vos animosos e alegres e cultivar aabnegação em vossos sentimentos, a ponto de ser vosso maior prazer tornar felizes atodos os que vos rodeiam. (Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, pág. 327.) PALAVRAS BONDOSASQuando vos forem ditas palavras desencorajadoras, destituídas de bondade,não revideis. Não repliqueis, a não ser que possais fazê-lo com palavrasbondosas. Dizei a vós mesmas: "Não desapontarei o meu Salvador." A mulhercristã é uma mulher gentil. Em seus lábios está sempre a lei da bondade. Ela nãoprofere palavras ríspidas. O falar palavras de bondade quando estais irritadas levaráo brilho do Sol para dentro de vosso coração e tornará o vosso caminho mais suave.Uma jovem escolar, quando convidada a definir mansidão, respondeu: "Pessoamansa é aquela que respondeu com brandura a uma pergunta áspera." Cristo disse:"Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a Terra." Mat. 5:5. Serãosúditos aptos para o reino do Céu, pois estão dispostos a ser ensinados. Review andHerald, 7 de abril de 1904. (BS, 153)
  19. 19. 19 | Apostila – Sentimento CristãoAmar como Cristo amou significa manifestar altruísmo, através de palavrasbondosas e fisionomia prazenteira, em todos os momentos e em todos oslugares. Para aqueles que as outorgam não custam nada, porém deixam atrás de siuma fragrância que envolve a alma. Seu efeito nunca poderá ser estimado. São elasuma bênção, não apenas para quem as recebe, mas também para o doador, porqueatuam sobre ele. Genuíno amor é um precioso atributo de origem celestial queaumenta em fragrância, à medida que é dispensado a outros. (Carta a JovensNamorados, 16)As palavras bondosas são como o orvalho e brandos chuveiros para alma. Diza Escritura a respeito de Cristo, que nos Seus lábios se derramou a graça, paraque soubesse "dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado". Isa.50:4. E o Senhor nos pede: "A vossa palavra seja sempre agradável" (Col. 4:6),"para que dê graça aos que a ouvem". Efés. 4:29. (O Colportor Evangelista, 73)Se tendes filhos de natureza peculiar, não caia por tal motivo sobre sua vida o pesodo desânimo. Não deve haver ordens dadas em alta voz, palavras descorteses eiradas, nem expressões ásperas, severas ou sombrias. Auxiliai-os, manifestandoperdão e simpatia. Fortalecei-os com palavras amoráveis e ações bondosas a fim deque vençam seus defeitos de caráter. (CPPE, 116)Deus deseja que Seus servos se lembrem que, a fim de O glorificarem, têm quedemonstrar sua afeição aos que mais necessitam dela. Ninguém, entre aspessoas que entram em contato conosco, deve ser negligenciado. Nenhumegoísmo por expressão, nem por palavra, nem por ato, deve ser manifestado paracom o próximo, seja qual for sua posição, seja ela elevada ou baixa, de rico ou depobre. O amor que só dirige palavras bondosas a uns, ao passo que outros sãotratados com frieza e indiferença, não é amor, mas egoísmo. Não atuará, de maneiraalguma, para o bem da humanidade, nem para a glória de Deus. Não podemoslimitar nosso amor a um ou a dois objetos. (MM, Cuidado de Deus, 52)Tudo com que temos que nos haver, é este dia de hoje. Hoje devemos ser fiéis aonosso legado. Hoje devemos amar a Deus de todo o coração, e ao nosso próximocomo a nós mesmos. Hoje é que nos cumpre resistir às tentações do inimigo, epela graça de Cristo alcançar a vitória. Isto é vigiar e aguardar a vinda de Cristo.Devemos viver cada dia como se soubéssemos ser ele nosso último dia na Terra. Sesoubéssemos que Cristo viria amanhã, não haveríamos então de comprimir no diade hoje todas as palavras bondosas, todos os atos desinteressados que nos fossepossível? Devemos ser pacientes e amáveis, e possuídos de fervor intenso, fazendotudo que está em nosso poder para ganhar pessoas para Cristo. ... (MM, Cuidado deDeus, 194)
  20. 20. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 20Os que se tornaram novas criaturas em Cristo Jesus, produzirão os frutos doEspírito - "amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade,fidelidade, mansidão, domínio próprio". Gál. 5:22 e 23. Não se conformarão pormais tempo com as concupiscências anteriores, mas pela fé do Filho de Deusseguirão as Suas pisadas, refletir-Lhe-ão o caráter e se purificarão, assim como Ele épuro. As coisas que outrora aborreciam, agora amam; e aquilo que outrora amavam,aborrecem agora. O orgulhoso e presunçoso torna-se manso e humilde de coração.O vanglorioso e arrogante torna-se circunspecto e moderado. O bêbado torna-sesóbrio e o viciado, puro. Os vãos costumes e modas do mundo são renunciados. Ocristão buscará, não o "enfeite... exterior", mas "o homem encoberto no coração, noincorruptível trajo um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus". IPed. 3:3 e 4. (CC, 58 e 59)Entre o povo que professa a verdade presente não existe um espírito missionáriocorrespondente com nossa fé. Falta a têmpera do verdadeiro ouro no caráter. A vidacristã é mais do que eles pensam ser. Ela não consiste em mera gentileza, paciência,mansidão e bondade. Estas graças são essenciais; mas há necessidade decoragem, força, energia e perseverança também. Muitos dos que empreendem aobra da colportagem são fracos, apáticos, abatidos, desanimam-se facilmente. Falta-lhes iniciativa. Não têm esses positivos traços de caráter que dão aos homens opoder de fazer alguma coisa - o espírito e a energia que acendem o entusiasmo. Ocolportor está empenhado num negócio honrado e não deve agir como se seenvergonhasse dele. Se deseja que o êxito acompanhe seus esforços, precisa seranimado e esperançoso. (C. Evang, 62)A mente de muitos necessita renovar-se, transformar-se e ser moldada segundoo plano de Deus. Muitos se estão arruinando física, mental e moralmente, em razãode excesso de consagração ao estudo. Estão se prejudicando para o tempo e aeternidade devido a hábitos de intemperança no buscar educação. Estão perdendo odesejo de aprender na escola de Cristo, lições de mansidão e de humildade deespírito. ... (CPPE, 413)As preciosas graças do Espírito Santo não se desenvolvem num momento.Coragem, fortaleza, mansidão, fé, inabalável confiança no poder de Deus parasalvar, são adquiridos pela experiência de anos. Por uma vida de santo esforço efirme adesão ao direito, devem os filhos de Deus determinar o seu destino. (CSE,244)
  21. 21. 21 | Apostila – Sentimento CristãoA atenção de Elias foi atraída para Eliseu, o filho de Safate. ... Longe da dissipaçãoda corte e da cidade, havia Eliseu recebido a sua educação. Tinha sido criado comhábitos de simplicidade, de obediência aos pais e a Deus. ... Mas a despeito de umespírito manso e quieto, Eliseu não revelava caráter volúvel. Possuíaintegridade, fidelidade e o amor e temor a Deus. Tinha as características de umgovernante, mas com tudo isso estava a mansidão de alguém que se dispõe aservir. Sua mente havia sido exercitada para ser fiel nas pequenas coisas; para serfiel em tudo o que fizesse, a fim de que, se Deus o chamasse a agir mais diretamenteem favor dEle, estivesse preparado para ouvir-Lhe a voz. ... (MM, CT, 165)Todos os que quiserem trabalhar para o Mestre devem submeter-se ao jugo deCristo. A submissão envolve sacrifício e inteira consagração do corpo, espíritoe alma. Ao aprenderem de Cristo, Sua mansidão e humildade, descobrem que Seujugo é suave e Seu fardo é leve. Não ficarão cansados em Seu serviço. ... Peçamtodos a Deus, e receberão sabedoria para executar Sua obra sob a ministração doSanto Espírito. ... (Idem, 359)A mudança do coração representada pelo novo nascimento somente poderá serlevada a efeito pela atuação efetiva do Espírito Santo. ... O orgulho e o amor-próprio resistem ao Espírito de Deus; toda inclinação natural do ser humano seopõe à transformação da altivez e soberba na mansidão e humildade de Cristo.Se quisermos, porém, andar no caminho de vida eterna, não devemos escutar asinsinuações do eu. Com humildade e contrição devemos suplicar a nosso Paicelestial: "Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova em mim um espíritoreto." Sal. 51:10. À medida que recebemos a divina luz e cooperamos com ainiciativa do Céu, somos "nascidos de novo" e livres da mancha do pecado pelopoder de Cristo. The Youths Instructor, 9 de setembro de 1897. (MM, Cuidado deDeus, 86)Sobrevirão a toda pessoa coisas de molde a provocar, a suscitar ira, e se nãovos achardes sob o domínio de Deus, ficareis provocados quando issoacontecer. Mas a mansidão de Cristo acalma o espírito irritado, controla alíngua e põe todo o ser em sujeição a Deus. Assim aprenderemos a suportarcensura de outros. Seremos injustamente julgados, mas o precioso ornamento de umespírito manso e quieto nos ensina a sofrer, a ter compaixão dos que proferempalavras precipitadas, imprudentes. (Idem, 127)
  22. 22. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 22A adoção na família de Deus, porém, faz-nos filhos, não escravos. Quando o amorde Cristo entra no nosso coração, esforçamo-nos por imitar o caráter de Cristo. ...Quanto mais Lhe estudamos a vida com o coração disposto a aprender, tanto maissemelhantes a Ele nos tornamos. No coração de todo verdadeiro praticante daPalavra o Espírito Santo infunde clara compreensão. Quanto mais crucificamos aspráticas egoístas mediante o comunicar aos outros nossas bênçãos, e o exerceras faculdades que Deus nos concedeu, tanto mais se fortalecerão e aumentarãoas graças celestes em nós. Cresceremos em espiritualidade, em paciência, emfortaleza, em mansidão, em benignidade. ... Um comboio de vagões não somentese acha ligado à máquina; seguem pelo mesmo trilho que ela. A quem estamos nósseguindo? Carta 135, 1897. (Idem, 144)A vida cristã não consiste apenas em exercício de mansidão, paciência,humildade e bondade. Alguém pode possuir esses amáveis traços, e não obstanteser sem fibra, sem espírito, e quase inútil quando o trabalho se torna duro. Taispessoas carecem de positividade e energia, de solidez e resistência de caráter, o queas habilitaria a resistir ao mal, e delas faria uma força na causa de Deus. (Idem, 146)Precisamos da influência amenizadora, subjugadora, purificadora do EspíritoSanto para nos moldar o caráter, e levar todo o pensamento em cativeiro aCristo. É o Espírito Santo que nos habilitará a vencer, que nos levará a assentar-nosaos pés de Jesus, como Maria, e aprender Sua mansidão e humildade de coração.Precisamos todas as horas de nossa vida ser santificados pelo Espírito Santo, paranão cairmos nas ciladas do inimigo, e ser nossa alma posta em perigo.(Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, pág. 223.)As palavras proferidas e as obras realizadas de maneira simples, humilde eanimadora infundirão fé em outros corações. O Senhor virá em breve, e ocoração natural precisa converter-se diariamente. Temos de aprender a proferirpalavras com a mansidão de Cristo; nossas obras e nosso espírito devem testificarque estamos servindo ao Senhor. Carta 54, 1909. (Cuidado de Deus, 263)Quão grande é a necessidade de cultivar ternura e delicadeza! Ninguém deveriaenvergonhar-se de manifestar um espírito terno e compassivo aos que erram; pois osque pensam que não cometem erros longe estão de não ter faltas diante de Deus.Ninguém precisa pensar que a manifestação de compaixão é algo de que tenha deenvergonhar-se. ... (MM, cuidado de Deus, 259)
  23. 23. 23 | Apostila – Sentimento CristãoSuas palavras se aplicam à pessoa que é pronta em discernir um defeito nos outros.Quando pensa que descobriu uma imperfeição no caráter ou na vida, éextremamente zelosa em buscar apontá-la; mas Jesus declara que o próprio traço decaráter desenvolvido pelo fazer esta obra anticristã é, em comparação com a faltacriticada, como uma trave em comparação com um argueiro. É a própria falta doespírito de paciência e amor que o leva a fazer um mundo de um simplesátomo. Aqueles que nunca experimentaram a contrição de uma completaentrega a Cristo, não manifestam em sua vida a suavizadora influência doamor do Salvador. Representam mal o brando, cortês espírito do evangelho, eferem pessoas preciosas, por quem Cristo morreu. ... (MM, Exaltai-O, 336)Enquanto não vos sentirdes dispostos a sacrificar o amor-próprio e mesmo dara própria vida para salvar um irmão em erro, não tirastes a trave do próprioolho de maneira a estar preparados para ajudar a um irmão. Quando assimfizerdes, podeis aproximar-vos dele, e tocar-lhe o coração. Um espírito brando, umasuave e cativante atitude, pode salvar o errado, e cobrir uma multidão de pecados. Arevelação de Cristo em vosso caráter terá um poder transformador sobre todos comquem entrardes em contato. Seja Cristo diariamente manifestado em vós e Elerevelará por vosso intermédio a energia criadora de Sua palavra - uma delicada,persuasiva e todavia poderosa influência para regenerar outras pessoas segundo abeleza do Senhor nosso Deus.( O Maior Discurso de Cristo, págs. 125 e 126; 128 e129.)Foi Deus quem lhes deu o nome de cristãos. Este é um nome real, dado a todosos que se unem a Cristo. Foi referindo-se a este nome que Tiago escreveu maistarde: "Não vos oprimem os ricos, e não vos arrastam aos tribunais? Porventura nãoblasfemam eles o bom nome que sobre vós foi invocado?" Tia. 2:6 e 7. E Pedrodeclarou: "Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deusnesta parte." "Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois,porque sobre vós repousa o Espírito da glória de Deus." I Ped. 4:16 e 14. (AA, 157)A paciência, assim como a coragem, tem as suas vitórias. Pela mansidão sobre aprova, não menos do que pela ousadia nos empreendimentos, podem almas serganhas para Cristo. O cristão que manifesta paciência e bom ânimo sob aflição esofrimentos, que enfrenta a própria morte com a paz e calma de uma féinabalável, pode realizar para o evangelho mais do que faria por uma longavida de fiel labor. Muitas vezes, quando o servo de Deus é subtraído ao trabalhoativo, a misteriosa providência que nossa curta visão seria levada a lamentar, édesignada por Deus para realizar a obra que de outra forma jamais seria feita. (AA465)
  24. 24. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 24A divisa do cristianismo não é um sinal exterior; não consiste em trazer umacruz ou coroa, mas sim em tudo o que revela a união do homem com Deus. Pelopoder da Sua graça manifestado na transformação do caráter, o mundo seráconvencido de que Deus enviou Seu Filho como Redentor. Nenhuma influência quepossa rodear a alma tem mais poder do que a de uma vida abnegada. O mais forteargumento em favor do evangelho é um cristão que sabe amar e é amável. ACiência do Bom Viver, págs. 469 e 470.Aquele que considera as coisas terrenas como o supremo bem, aquele que gastasua vida no afã de obter riquezas terrestres está realmente fazendo um péssimoinvestimento. Demasiado tarde verá desmoronar-se aquilo em que confiou. Éunicamente pela abnegação e pelo sacrifício das riquezas terrenas que podem serobtidas as riquezas eternas. É por meio de muitas tribulações que o cristão entra noreino do Céu. Ele deve combater constantemente o bom combate, não depondo suasarmas antes que Cristo ordene que descanse. Unicamente dando tudo a Cristopoderá ele assegurar a posse da herança que durará por toda a eternidade. Carta 90,1902. (Este Dia Com Deus, 150)Jesus conhecia a influência da beneficência sobre o coração e a vida do benfeitor, eprocurou imprimir na mente dos Seus discípulos os benefícios a serem derivados doexercício desta virtude. Ele disse: "Mais bem aventurada coisa é dar do quereceber." Atos 20:35. Ele ilustra o espírito de alegre beneficência que deve serexercido no interesse dos amigos, vizinhos e estrangeiros, mediante a parábolado homem que ia de Jerusalém para Jericó. Testimonies, vol. 4, págs. 56 e 57.O ânimo, a esperança, a fé, a simpatia e o amor promovem a saúde eprolongam a vida. Um espírito contente, animoso, é saúde para o corpo e forçapara a alma. "O coração alegre serve de bom remédio." Prov. 17:22. (CBV, 241)A mãe deve cultivar disposição alegre, contente e feliz. Todo esforço nessesentido será abundantemente recompensado, tanto na boa condição físicacomo no caráter de seus filhos. O espírito satisfeito promoverá a felicidade de suafamília, melhorando em alto grau a saúde dela própria. (CBV, 274)A obra da colportagem é o meio de Deus para alcançar muitos que, de outro modo,não seriam comovidos pela verdade. A obra é boa, o objetivo sublime eenobrecedor; e deve haver uma correspondente dignidade de comportamento. O
  25. 25. 25 | Apostila – Sentimento Cristãocolportor encontrará homens de várias opiniões. Encontrará os que são ignorantese corruptos e que não podem apreciar senão o que lhes traga dinheiro. Estesserão abusivos; mas não lhes deve dar atenção. Sua boa natureza nunca devefalhar; ele deve tirar de toda perplexidade um ponto de vista alegre eesperançoso. Encontrará os que estão em privação, desanimados e de espíritoferido. Terá muitas oportunidades de falar a estes palavras bondosas e palavras deânimo, esperança e fé. Ele pode ser uma fonte para refrigerar outros, se o quiser;mas, para fazer isto, ele mesmo precisa tirar da fonte da verdade viva. Testimonies,vol. 5, pág. 405.Todo aquele que se dedicar a esta tarefa correta, alegre e esperançosamente,encontrará nela uma grande bênção. O Senhor não força pessoa alguma a empenhar-se em Seu trabalho; mas aos que decididamente se colocam a Seu lado, dará Elemente bem disposta. Ele abençoará a todos os que manifestarem externamente oespírito em que Ele opera internamente. A tais obreiros Ele concederá favor esucesso. Ao se penetrarem campo após campo, novos métodos e novos planosresultarão de novas circunstâncias. Novos pensamentos virão com os novos obreirosque se dedicarem ao trabalho. Ao procurarem o auxílio do Senhor, Ele Secomunicará com eles. Receberão planos elaborados pelo próprio Senhor. Pessoasserão convertidas, e haverá dinheiro. Os obreiros encontrarão lugares incultos davinha do Senhor ao lado mesmo de campos já cultivados. Cada campo revela novoslugares a serem conquistados. Tudo que for feito mostrará quanto mais ainda restapor fazer. (CSE, 216)Toda mulher prestes a tornar-se mãe, seja qual for o seu ambiente, deveanimar constantemente uma disposição feliz, alegre, contente, sabendo que portodos os seus esforços postos nesta direção será ela recompensada dez vezesmais no caráter tanto físico como moral do seu rebento. E isto não é tudo. Elapode, pelo hábito, acostumar-se a pensamentos alegres, e assim encorajar um felizestado de espírito e lançar agradável reflexo de sua própria felicidade de espírito nafamília e nos que com ela se associam. (CSS, 79)É prerrogativa de Deus ordenar; o dever do homem é obedecer. Nada éimposto a alguém. A honra do dever é algo que lhe é conferido como filho deDeus, como herdeiro do Céu. Ele deve labutar para Deus em serviço interessado,sincero, alegre, honroso. Ao obedecer a todos os Seus mandamentos, é revelado umespírito de amor a Deus. Cristo viveu e trabalhou nessa autêntica atmosfera deamor. (MM, Exaltai-O 222)
  26. 26. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 26Como filhos da luz, Deus quer que cultivemos um espírito alegre, feliz, paraque anunciemos as virtudes dAquele que nos chamou das trevas para a Suamaravilhosa luz. (O Lar Adventista, pág. 432.)Os meios de que dispomos talvez não pareçam suficientes para a obra; mas, seavançarmos com fé, crendo no todo-suficiente poder de Deus, abundantesrecursos se nos oferecerão. Se a obra é de Deus, Ele próprio proverá os meios parasua realização. Recompensará a sincera e simples confiança nEle. O pouco que ésábia e economicamente empregado no serviço do Senhor do Céu, aumentará nopróprio ato de ser comunicado. Nas mãos de Cristo permaneceu, sem minguar, aescassa provisão, até que todos se saciassem. (BS, 265)Por meio do poder de Deus, seu caráter fraco e vacilante transforma-se em umcaráter firme e forte. Ele se torna uma pessoa de princípios sãos, percepção clara ediscernimento equilibrado e digno de confiança. Entretendo ligação com Deus, afonte de luz e entendimento, sua visão, não desviada por preconceitos e opiniõespessoais, amplia-se; seu discernimento torna-se mais penetrante e de maior alcance.O conhecimento de Deus e a compreensão de Sua vontade revelada, na proporçãoem que a mente humana os possa alcançar, uma vez recebidos no caráter, hão defazer homens eficientes. (CPPE, 38)As crianças devem ser exercitadas e educadas de modo a esperarem tentações, acontarem com dificuldades e perigos. Devem ser ensinadas a ter domíniopróprio, e a vencer nobremente as dificuldades. E uma vez que não se precipitemvoluntariamente para o perigo, e se coloquem sem necessidade no caminho datentação, se fugirem às más influências e às companhias viciosas, sendo então, demaneira inevitável compelidas a estar em perigoso convívio, terão suficiente forçade caráter para ficar ao lado do direito e manter o princípio, mantendo, com o poderde Deus, com sua moral incontaminada. Se os jovens que foram devidamenteeducados puserem em Deus a confiança, sua força moral resistirá à mais severaprova. Testimonies, vol. 3, págs. 131-144.O Espírito Santo habita no consagrado obreiro de Deus, onde quer que ele possaestar. As palavras dirigidas aos discípulos são-no também a nós. O Consolador étanto nosso quanto deles. O Espírito concede a força que sustenta a alma que seesforça e luta em todas as emergências, em meio ao ódio do mundo e aoreconhecimento de seus próprios fracassos e erros. Em tristezas e aflições,quando as perspectivas se afiguram negras e o futuro aterrador, e nos sentimos
  27. 27. 27 | Apostila – Sentimento Cristãodesamparados e sós - é tempo de o Espírito Santo, em resposta à oração da fé,conceder conforto ao coração. (AA, 51) ATENÇÃOOs hábitos de negligência devem ser vencidos resolutamente. Muitos apresentam oesquecimento como desculpa suficiente para os erros mais crassos. Não possuem,porém, tanto como outros, faculdades mentais? Por isso devem educar a mente a serretentiva. É pecado esquecer; é pecado ser negligente. Se formardes o hábito danegligência, podereis negligenciar a salvação da própria alma, e finalmenteverificareis que não estais preparados para o reino de Deus. Parábolas de Jesus,págs. 358 e 359. O Homem, Criado com Mente Perfeitamente EquilibradaO Senhor, no princípio, fez o homem reto. Foi criado com a mente perfeitamenteequilibrada, sendo o tamanho e a força de todos os órgãos perfeitamentedesenvolvidos. Adão era um tipo perfeito de homem. Cada uma das qualidades damente achava-se bem proporcionada, cada qual tendo um encargo distinto, e noentanto todos dependentes uns dos outros para o pleno e apropriado uso de qualquerdeles. Testimonies, vol. 3, pág. 72. A Mente Adapta-se Àquilo que lhe Ocupa o PensamentoÉ lei do espírito adaptar-se ele gradualmente aos assuntos de que é ensinado aocupar-se. Se ele se ocupa apenas com coisas comuns, tornar-se-á definhado eenfraquecido. Se nunca lhe é exigido atracar-se com problemas difíceis, quaseperderá depois de algum tempo a faculdade de crescimento.Com força educativa, a Bíblia é sem rival. Na Palavra de Deus a mente encontraassunto para os mais profundos pensamentos, para as mais elevadas aspirações. ABíblia é a história mais instrutiva que os homens possuem. Ela proveio em seufrescor da fonte da verdade eterna, e uma mão divina tem preservado sua purezaatravés de todos os séculos.
  28. 28. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 28Ali se desvendam os grandes problemas do dever e do destino. O véu que separa omundo visível do invisível, ergue-se, e contemplamos o conflito das forças opostasdo bem e do mal, desde a entrada do pecado, a princípio, até o triunfo final dajustiça e da verdade; e tudo não é senão uma revelação do caráter de Deus. Nacontemplação reverente das verdades apresentadas em Sua Palavra, a mente doestudante é levada em comunhão com a mente infinita. Tal estudo não somentepurificará e enobrecerá o caráter, mas também não poderá deixar de expandire vigorar as faculdades mentais. Patriarcas e Profetas, págs. 596 e 597.É lei, tanto da natureza intelectual como da espiritual, que, pela contemplaçãonos transformamos. O espírito gradualmente se adapta aos assuntos com os quaislhe é permitido ocupar-se. Identifica-se com aquilo que está acostumado a amar ereverenciar. Jamais se levantará o homem acima de sua norma de pureza, debondade ou de verdade. Se o eu é o seu mais alto ideal, nunca atingirá ele qualquercoisa mais elevada. Antes, cairá constantemente. A graça de Deus unicamente tempoder para soerguer o homem. Abandonado a si mesmo, seu caminhoinvariavelmente será em direção descendente. O Grande Conflito, pág. 555. A Lei do Desejo SubstituídoGrande mal é ocasionado pela falta de firmeza e decisão. Sei de pais que dizem:Você não pode ter isto ou aquilo, e então cedem, julgando que tenham sido estritosdemais, e dão à criança justamente a mesma coisa que a princípio haviam recusado.Assim é infligido um prejuízo que perdura por toda a vida. É importante lei damente - lei que não deve ser passada por alto - que quando um objeto é negado comtanta firmeza que remova toda a esperança, o espírito logo deixará de almejá-lo e seocupará em outros interesses. Mas enquanto houver qualquer esperança de obter oobjeto desejado, far-se-á um esforço para alcançá-lo. Orientação da Criança, págs.283 e 284.É uma lei de Deus que todo aquele que crê na verdade como esta é em Jesus,torná-la-á conhecida. As idéias e convicções da mente do indivíduo, procurarãoexpressão. Todo aquele que nutre a descrença e a crítica, todo aquele que se julgacapaz de julgar a atuação do Espírito Santo, difundirá o espírito de que é animado.Faz parte da natureza da descrença, da infidelidade e da resistência à graça de Deus,fazerem-se sentidas e ouvidas. A mente movida por esses princípios está sempre seesforçando para abrir um caminho para si, e obter adeptos. Todo aquele que anda ao
  29. 29. 29 | Apostila – Sentimento Cristãolado de um apóstata será imbuído de seu espírito no sentido de partilhar com outrosos seus pensamentos, e o resultado de suas próprias pesquisas, e os sentimentos quelhe motivam as ações; pois não é coisa fácil reprimir os princípios sob os quaisagimos. Testemunhos Para Ministros, págs. 290 e 291.Deus nos deu o poder da escolha; a nós cumpre exercê-lo. Não podemos mudar ocoração, nem reger nossos pensamentos, impulsos e afeições. Não nos podemostornar puros, aptos para o serviço de Deus. Mas podemos escolher servi-Lo,podemos entregar-Lhe nossa vontade; então, Ele operará em nós o querer e oefetuar, segundo a Sua vontade. Assim, nossa natureza toda será posta sob odomínio de Cristo. A Ciência do Bom Viver, pág. 176.As faculdades mentais devem ser desenvolvidas ao máximo; devem ser fortalecidase enobrecidas mediante o demorar-se em verdades espirituais. Se a mente épermitida ocupar-se quase inteiramente em coisas frívolas e em negócios comuns davida cotidiana, ela, de acordo com uma de suas invariáveis leis, tornar-se-á débile frívola, e deficiente em poder espiritual. Testimonies, vol. 5, pág. 272.Os que permitem que o preconceito ponha na mente uma barreira contra arecepção da verdade, não podem receber a iluminação divina. No entanto, aoser apresentado um ponto de vista das Escrituras, muitos não perguntam: Isto éverdade - está em harmonia com a Palavra de Deus? mas: Por que é defendido? e amenos que venha pelo mesmo instrumento que lhes agrada, não o aceitam. Tãoplenamente satisfeitos estão com suas próprias idéias que examinarão a evidênciaescriturística, com o desejo de aprender, antes recusam ser interessados, meramentedevido aos seus preconceitos. Testemunhos Para Ministros, págs. 125 e 126.É teu dever mover guerra aos pensamentos opressivos e sentimentos melancólicos,da mesma forma que é dever teu orar. É teu dever atuar contra os instrumentosdo inimigo, manter firme o freio a tua língua, bem como aos teus pensamentos.De todas as ocasiões em tua vida em que mais precisas um suprimento de graça, équando os sensíveis e inflamados órgãos digestivos estão em operação e estásacabrunhado e exausto. (II, MCP; 410)A relação existente entre a mente e o corpo é muito íntima. Quando um éafetado, o outro se ressente. O estado da mente atua muito mais na saúde do quemuitos julgam. Muitas das doenças sofridas pelos homens são resultado dedepressão mental. Desgosto, ansiedade, descontentamento, remorso, culpa,
  30. 30. A p o s t i l a – S e n t i m e n t o C r i s t ã o | 30desconfiança, todos tendem a consumir as forças vitais, e a convidar a decadência ea morte. (CBV, 241)Para toda aprovação proveu Deus auxílio. Quando Israel, no deserto, chegou àságuas amargas de Mara, Moisés clamou ao Senhor. Este não proveu nenhumremédio novo; chamou a atenção para o que lhes estava ao alcance. Um arbusto porEle criado devia ser lançado na fonte para tornar a água pura e doce. Isto feito, opovo bebeu dela e refrigerou-se. Em toda provação, se O buscarmos, Cristo nos daráauxílio. Nossos olhos se abrirão para discernir as restauradoras promessasregistradas em Sua Palavra. O Espírito Santo nos ensinará a apoderar-nos detoda bênção, que servirá de antídoto para o desgosto. Para toda amargaexperiência havemos de encontrar um ramo restaurador. (Idem, 248)Alimentando o amor de mera distração, a leitura de ficção cria um desgosto pelosdeveres práticos da vida. Por meio de seu poder estimulante e intoxicador, éfreqüente causa de enfermidades mentais e físicas. Muito desgraçado enegligenciado lar, muito inválido por toda a existência, muito interno de asilo dealienados, chegou a esse estado mediante o hábito da leitura de romances. (CBV,446)Devem ser ensinados a pesar suas ações, a raciocinar partindo da causa para oefeito, a comparar a perda ou ganho eterno com a vida dada para servir aospropósitos do inimigo ou dedicada ao serviço da justiça. Devem ser ensinados aescolher como companheiros os que dão provas de correção de caráter, os quepraticam a verdade da Bíblia. Mediante a companhia dos que andam deacordo com os princípios, mesmo os descuidados aprenderão a amar a justiça.E pela prática do correto procedimento criar-se-á no coração um desgosto pelo que évil e banal e discorde dos princípios da Palavra de Deus. (CPPE, 222)Despi-vos de toda manifestação de importância pessoal, pois não vos pode ajudarem vosso trabalho; contudo eu vos imploro que tenhais o mais alto apreço por vossopróprio caráter, pois fostes comprados por preço infinito. Sede cuidadosos,dedicados à oração, compenetrados. Não imagineis poder misturar o santo e oprofano. Isto tem sido feito no passado de modo tão constante que odiscernimento espiritual dos professores ficou obscurecido, e eles não logramdiscernir entre o que é sagrado e o que é comum. Eles têm utilizado o fogocomum e têm-no apreciado, exaltado e louvado, e o Senhor tem-Se afastado com
  31. 31. 31 | Apostila – Sentimento Cristãodesgosto. Professores, não seria melhor fazer plena consagração de vós mesmos aDeus? Arriscaríeis vossa salvação num serviço dividido? (CSE, 145)Ao passo que o desgosto e a ansiedade não podem remediar um único mal,podem promover grande dano; a alegria e a esperança, porém, ao mesmo tempoque iluminam o caminho de outros, "são vida para os que as acham e saúde, para oseu corpo". Prov. 4:22. Signs of the Times, 12 de fevereiro de 1885. (MM, Filhos eFilhas de Deus, 168)Quando o pensamento do mal é amado e nutrido, embora secretamente, disse Jesus,isso mostra que o pecado ainda reina no coração. A alma ainda se acha em fel deamargura e em laço de iniqüidade. Aquele que encontra prazer em demorar-seem cenas de impureza, que condescende com o mau pensamento, com o olharconcupiscente, pode ver no pecado aberto, com seu fardo de vergonha eesmagador desgosto - a verdadeira natureza do mal por ele escondido nas câmarasda alma. O período de tentação sob a qual, talvez, uma pessoa caia em um pecadoofensivo, não cria o mal revelado, mas apenas desenvolve ou torna manifesto aquiloque estava oculto e latente no coração. Um homem é tal quais são os seuspensamentos (Prov. 23:7); porque de seu coração "procedem as saídas da vida".Prov. 4:23. (MDC, 60)

×