Ultrarromantismo

1,350 views
1,229 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,350
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ultrarromantismo

  1. 1.  Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e ao iluminismo e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os estados nacionais na Europa.
  2. 2.  A segunda geração, também conhecida como Byroniana e Ultrarromantismo, recebeu a denominação de mal do século pela sua característica de abordar temas obscuros como a morte, amores impossíveis e a escuridão.
  3. 3.  As principais características da segunda geração foram o profundo subjetivismo, o egocentrismo, o individualismo, a evasão na morte, o saudosismo (lamentação) em Casimiro de Abreu, por exemplo, o pessimismo, o sentimento de angústia, o sofrimento amoroso, o desespero, o satanismo e a fuga da realidade.
  4. 4.  Noite na Taverna é uma obra de Álvares de Azevedo publicada postumamente no ano de 1855 em uma coletânea de textos do autor em dois volumes. De tons trágicos e cheia de fantasia, a obra é uma autêntica representante da escola byroniana do Romantismo no Brasil.
  5. 5.  O livro está dividido em sete capítulos. O primeiro capítulo faz uma introdução, traça o cenário (uma taverna) e apresenta os personagens. O último finaliza a história anterior e o livro simultaneamente, dando um caráter de realidade às histórias narradas pelas cinco personagens.
  6. 6.  Reunidos em uma taverna, as personagens, descrentes com a vida e o amor, cheios de vícios e amantes do vinho, definem-se como libertinos, admiram Don Juan e contam "histórias sanguinolentas" envolvendo o amor e crimes do passado, todas com fim trágico.
  7. 7.  Uma noite do século é uma espécie de introdução, que mostra o ambiente na taverna, e as bebedeiras em que Bertram, Archibald, Solfieri, Johann, Arnold, e outros estão. Eles estão na taverna conversando enquanto as mulheres ébrias estavam dormindo sobre a mesa. Falavam de suas aventuras, embriaguez e orgias.
  8. 8.  Solfieri então os questiona sobre a imortalidade da alma. Ele não acredita que ela é imortal, e da um exemplo: Fala que a alma não é como a lua, sempre moça, nua, bela, e sua virgindade eterna. O que era um corpo de uma mulher iria se decompor. Archibald caracteriza-o como materialista. Solfieri não crê em Deus, só nas horas de medo, e quando a morte o ronda.
  9. 9.  Bertram, um ruivo, conta seu caso de amor por uma espanhola de Cádiz chamada Ângela. Eles têm um caso amoroso, quando o pai de Bertram, na Dinamarca, adoece e chama o filho. Ele vai, só retornando dois anos depois. Nesse meio tempo, Ângela casa-se e tem um filho. Os dois tentam continuar seu caso amoroso, mas o marido descobre tudo. Antes que o marido a mate, ela mata a ele e ao pequeno filho, fugindo com Bertram.
  10. 10.  Um dia, sem maiores explicações, ela o deixa. Ele passa a viver desesperado tentando esquecê-la, até que cai às portas de um casarão e é atropelado por uma carruagem, sendo socorrido pelos donos da casa. O dono da casa é um velho e tem uma filha de dezoito anos. Bertram e a moça decidem fugir juntos, mas ele logo se entedia dela e a vende em um jogo de cartas para um pirata. A moça envenena o pirata e se joga no oceano.
  11. 11.  Na Itália, o narrador decide suicidar-se, mas quando vai fazê-lo é salvo por um marinheiro a quem mata sem querer. Bertram passa algum tempo no navio, o suficiente para conhecer a esposa do capitão e apaixonar-se por ela, sendo correspondido.
  12. 12.  Em meio a esse caso amoroso, o navio é atacado por piratas e afunda, não sem fazer o outro afundar também. Da tripulação salvam-se o capitão, sua mulher, Bertram e dois marinheiros, todos em uma jangada. Após algum tempo, sem água e sem comida, tendo os dois marinheiros sido levados pelo mar, os três tiram a sorte para ver qual morrerá e servirá de alimento para os outros.
  13. 13.  O capitão perde, mas não aceita seu destino e luta por sua vida. Ele perde a luta e Bertram e a esposa comem o capitão pela falta de alimentos, mantendo-se por dois dias. Quando os dois já estão na praia, já fracos pela fome, a mulher pede por um último momento de amor antes de sua morte, e Bertram acaba sufocando-a por temer a morte.
  14. 14.  Claudius Hermann é um apostador e é em uma corrida de cavalos que ele vê pela primeira vez a bela duquesa Eleonora, por quem se apaixona. Depois, no teatro, a reencontra e passa a segui- la durante uma semana, querendo possui-la. Uma noite, suborna um criado para que o deixe entrar, além de conseguir uma chave do quarto. Ele a deseja tanto que coloca um sedativo no vinho dela e assim, aproveita-se da duquesa, voltando várias vezes.
  15. 15.  Em uma dessas noites, o marido dela, o Duque Maffio, também bebe um pouco do narcótico. Claudius, que estava decidido a matá-lo, muda de ideia e a sequestra. Ao chegarem a uma estalagem, no outro dia, ela acorda e ele lhe conta tudo, forçando-a a ficar com ele.
  16. 16.  Ele lhe dá tempo para pensar. Volta ao quarto mais tarde e vê que a duquesa viu suas cartas, que eram escritas pensando nela, ela muda de ideia e aceita fugir com ele. Alguns dias depois, quando Claudius volta para casa, encontra ela e seu marido mortos sobre a cama.
  17. 17.  Johann estava jogando bilhar e estava perdendo, enquanto para seu adversário, um rapaz louro chamado Arthur, faltava apenas uma. Na sua vez de jogar, Arthur esbarra na mesa, desviando a bola e Johann perde. Irritado, ele desafia o rapaz para um duelo de morte e o outro aceita. Partem para um hotel para pegar as armas e aí o louro escreve dois bilhetes. Vão para uma rua vazia e escura.
  18. 18.  Lá, cada um escolhe uma arma, apenas uma das quais estando carregada. Atiram. Arthur cai e pede que Johann pegue os bilhetes, um endereçado à mãe do perdedor e outro à sua amante, contendo um endereço e uma hora marcada, acompanhado de um anel. Johann resolve se passar pelo outro no encontro marcado.
  19. 19.  Ele dorme com a amante do defunto e quando se retira do quarto pela manhã, é atacado por um vulto. Há uma luta, os dois rolam escada abaixo e ele mata o vulto. Arrastando-o para a luz, descobre que o vulto era seu irmão, e a moça com quem dormira, sua irmã.
  20. 20.  Uma mulher vestida de negro entrou. Procurava por um rosto conhecido, quando viu Arnold, ajoelhou-se e quis lhe dar um beijo, mas a ideia a susteve, em seguida avistou Johann e ergueu-se. Arnold a reconheceu, era Giorgia que voltava depois de cinco anos para vingar-se de Johann que a prostituiu, e fechar sua sepultura. Giorgia prostituta vingou-se nele Giorgia a virgem. Esse homem que a desonrou era seu próprio irmão.

×