• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Trabalho de Geografia - Vulcões
 

Trabalho de Geografia - Vulcões

on

  • 8,090 views

 

Statistics

Views

Total Views
8,090
Views on SlideShare
8,090
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
46
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Trabalho de Geografia - Vulcões Trabalho de Geografia - Vulcões Presentation Transcript

    • Trabalho de Geografia
      Vulcões
    • O Que É “Vulcão”
      Vulcão é uma estrutura geológica criada quando o magma, gases e partículas quentes (como cinzas) escapam para a superfície terrestre.
      São frequentemente considerados causadores de poluição natural.
    • Tipicamente, os vulcões apresentam formato cónico e montanhoso.
      A erupção de um vulcão pode resultar num grave desastre natural, ás vezes de consequências planetárias.
      Assim como outros desastres dessa natureza, as erupções são imprevisíveis e causam danos indiscriminados.
    • Na Terra, os vulcões tendem formar-se junto das margens das placas tectônicas.
      No entanto, existem exceções quando os vulcões ocorrem em zonas chamadas de Hot Spots
    • Tipos de Vulcões
      Uma das formas de classificação dos vulcões é através do tipo de material que é expelido.
      Se o magma expelido contém uma elevada percentagem em sílica (superior a 65%) a lava é chamada de ácida e tem a tendência de ser muito viscosa (pouco fluida) e por isso solidifica rapidamente.
    • Se, por outro lado, o magma é relativamente pobre em sílica (conteúdo inferior a 52%) é chamado de máfico ou "básico" e causa erupções de lavas muito fluidas capazes de escorrer por longas distâncias.
    • Quanto a forma que o vulcão é, podemos dividi-los em:
      Vulcões-escudo: Vulcões que expelem enormes quantidades de lava que gradualmente constroem uma montanha larga com o perfil de um escudo. A lava destes vulcões são geralmente muito quentes e fluidas, o que contribui para ocorrerem escoadas longas.
    • Cones de escórias: é o tipo mais simples e mais comum de vulcões. Esses vulcões são relativamente pequenos, com alturas geralmente menores que 300 metros de altura. Formam-se pela erupção de baixa viscosidade.
      Estratovulcões: São grandes vulcões com longa atividade, forma geral cônica, normalmente com uma pequena cratera no cume e muito íngremes.
    • Caldeiras Ressurgentes: são os maiores vulcões da Terra, possuindo diâmetros que variam entre 15 e 100 km².
      Vulcões Submarinos: são aqueles que estão abaixo da água. São bastante comuns em certos fundos oceânicos, principalmente na dorsal meso-atlântica.
    • Nascimento dos vulcões
      A maioria dos vulcões terrestres tem origem nos limites destrutivos das placas tectônicas, onde a crosta oceânica é forçada a mergulhar por baixo da crosta continental
      Além dos Limites Destrutivos, os vulcões podem ser formados nos Limites Construtivos e nos Hot Spots.
    • Limites Construtivos são o tipo de formação mais comum mas são também os observados menos frequentemente dado que a sua atividade ocorre maioritariamente abaixo da superfície dos oceanos. São tipos de vulcões que são formados em limites divergentes.
    • Limites Construtivos: Estes são os tipos de vulcões mais visíveis e bem estudados. Formam-se acima das zonas de subducção onde as placas oceânicas mergulham debaixo das placas terrestres.
      Hot Spots: os hot spots são uma pluma isolada de material quente do manto que intercepta a zona inferior da crosta terrestre (oceânica ou continental), conduzindo à formação de um centro vulcânico que não se encontra ligado a um limite de placa.