Uploaded on

 

More in: Spiritual
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,420
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
53
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PASTORAL DA JUVENTUDE Data : 30/06/07 Roteiro de Reunião DIOCESE DE MOGI DAS CRUZES Grupos de Base Página 1 de 4 Pastoral da Juventude Diocese de Mogi das Cruzes – www.pjmogi.com.br – pjmogi@yahoo.com.br ESTAR A SERVIÇO DOS IRMÃOS OBJETIVO Perceber-se testemunho de vida no lugar onde vive e trabalha. MATERIAL PARA ESTA REUNIÃO Bíblias para todos os grupos; vela; tapete; um marco de TV; pincéis para escrever, tiras de papel; giz de cera ou lápis de cor. Dicas para o coordenador Ler toda a proposta do encontro, preparar os responsáveis e material para o uso da técnica: “Operação em favor da vida”. Se não estiver na equipe que coordenará, mas que ajude-os e anime para que todos façam com segurança sua parte. Prepare com antecedência o material e o ambiente para acolher as pessoas. Cuidar para que os momentos de uso da Bíblia, sejam bem preparados e vividos com intensidade. No encontro seguinte, refletir em como desenvolver ações que promovam o crescimento do grupo. ORAÇÃO/ACOLHIDA Canto de animação, à escolha do grupo, que tenha ligação com o tema do encontro. Animador: “Iniciemos o nosso encontro recitando três vezes o versículo da nossa reflexão de hoje”. Todos: “Não existe amor maior do que dar a vida pelos amigos”. (É bom recitar o versículo cada vez em um tom: baixo, médio e alto). Em seguida, vamos acolher os companheiros que estão ao nosso lado com um forte abraço, que expresse a nossa vontade de viver e servir aos irmãos. REFLETINDO JUNTOS Técnica “Operação em favor da Vida” Falando por trás de um marco de televisão (a caixa de um televisor velho sem a tela, ou de um desenho de uma TV vazado), o(a) animador(a) ou mais dois jovens apresentam o programa. “Meus caros amigos, nem tudo no mundo é violência, ambição e egoísmo. No meio de tantas pessoas que semeiam o mal, há outras que procuram espalhar o bem. Existe no mundo a chamada “operação em favor da vida” que reconhece as ações heróicas que alguns jovens prestam aos outros. Vamos ouvir o testemunho deles..” Testemunhos: (a seguir, sempre através do marco da televisão, cindo jovens, ou os animadores do encontro, lêem os testemunhos abaixo).
  • 2. PASTORAL DA JUVENTUDE Data : 30/06/07 Roteiro de Reunião DIOCESE DE MOGI DAS CRUZES Grupos de Base Página 2 de 4 Pastoral da Juventude Diocese de Mogi das Cruzes – www.pjmogi.com.br – pjmogi@yahoo.com.br Jorge Luis – 17 anos, paulista: paga a escola com seu salário. Jogando bola com seus amigos, viu uma cadeira de rodas deslizando pela rua na direção de um ônibus. Conseguiu segurá-la, mas o impacto foi tão forte que lhe arrancou um dedo. Cleonice – 18 anos, mato-grossense: salvou uma colega de 16 anos de morrer afogada no Rio São Lourenço. Não sabe nadar, e por isso quase morreu afogada. Pedro – 16 anos, paranaense: usando uma pedra como arma, conseguiu matar uma cobra cascavel que ameaçava seus irmão. José Carlos – 17 anos, catarinense: vendo uma menina de 12 anos em perigo de morrer afogada mergulhou numa represa semi-gelada e conseguiu salvar a garota. Ele passava por lá e respondeu ao apelo de alguns jovens que não tiveram a coragem de fazer o que ele fez. Maria Clara – 20 anos, paraibana: desde criança cuida de seus irmãos mais velhos que são paralíticos. Ela passeia com eles todos os dias. Isto supõe um esforço físico enorme. Sua mãe encontra-se na mesma situação dos filhos. Sugestão: se tiver algum missionário estrangeiro ou de outro Estado, no lugar onde o grupo vive, convide-o a participar da reunião para que dê testemunho e conte suas experiências. No final prestem uma homenagem de agradecimento e reconhecimento pelo trabalho. Diálogo Após a leitura dos testemunhos, o animador propõe uma conversa sobre o tema, fazendo estas ou outras perguntas: a) O que vocês acharam destes cinco testemunhos? b) Alguém saberia contar algum fato semelhante vivido por outros ou por vocês mesmos? VIVENDO A PALAVRA DE DEUS Em pequenos grupos, cada um com uma Bíblia, ler Jo 15, 12-17. Nos grupos: escrever em tiras de papel frases da leitura que mais chamaram a atenção do grupo. (caso consigam tintas, lápis de cor, giz de cera, podem pintar conforme a inspiração de cada um). Depois, realizar a leitura dramatizada, com velas, roupas diferentes, vozes alternadas, de modo que façam bem bonito. O grupo todo conversa, orientado pelo orientador. a) Do que percebemos nos missionários e nos testemunhos dos jovens, que elementos tem a ver com as palavras de João? b) Que desafio a palavra de Deus aponta para nós e para nossa ação missionária? Texto de reflexão para o animador Outubro é o mês missionário, é tempo de refletir sobre as missões, e em tantos homens e mulheres que estão pelo mundo a serviço dos, da vida, como Jesus, que dá a vida pelos seus. “Ninguém tem maior amor do que quem dar a vida pelos seus amigos”.
  • 3. PASTORAL DA JUVENTUDE Data : 30/06/07 Roteiro de Reunião DIOCESE DE MOGI DAS CRUZES Grupos de Base Página 3 de 4 Pastoral da Juventude Diocese de Mogi das Cruzes – www.pjmogi.com.br – pjmogi@yahoo.com.br Temos que viver a vida como um serviço aos outros. No dia-a-dia, devemos nos preocupar em fazer bem as pequenas coisas. Isso nos ajudará, à medida que o tempo passa, a nos comprometermos cada vez mais com o serviço em favor dos outros. Trata-se de agir, não só de falar. Num mundo cheio de palavras vazias, os jovens também são chamados a serem fiéis às suas próprias palavras. A coerência pessoal, o testemunho de um missionário leigo ou religioso, jovem ou adulto, fala mais que muitas palavras. A realidade de cada momento provoca, interpela, coloca a pessoa diante de situações que exigem uma resposta, um posicionamento, seja ele qual for. A resposta ao chamado: “Não foram vocês que me escolheram, mas fui eu que escolhi vocês” (Jo 15, 16). Ficar de braços cruzados e passar em frente já é um hábito. Os jovens precisam compreender que sua responsabilidade começa no momento em que descobrem uma situação de incoerência ou injustiça. A partir daí, devem tomar uma posição. A missão de cada dia é um servir gratuito, a exemplo de Jesus Cristo, pessoa totalmente entregue aos outros. A reflexão sobre a ação missionária que cada grupo desenvolve, por menor que seja, tem como referência o Evangelho, a Boa Nova que anuncia que “servir” é o único modo de construir o futuro definitivo. AVALIAÇÃO O(a) animador(a) incentiva todos a dizerem como se sentiram no encontro. a) O que nos ajudou neste encontro? b) Qual parte do encontro podemos melhorar para ter mais participação? c) Em que os testemunhos dos jovens e missionários modificou meu modo de viver e pensar? CELEBRAR É COMPROMETER-SE Alguém acende a vela, abre uma Bíblia e a coloca em cima do tapete no centro do grupo. Um jovem proclama a palavra de Jo 15, 16b-17 e o grupo todo é convidado a rezar a força dessa mensagem de Jesus. Preces: Senhor, proteja e acompanhe todos os seus filhos missionários e missionárias a serviço do teu Reino, em todo o mundo, rezemos... Senhor, escutai a nossa prece. Senhor, daí força a todos os jovens que estão nos grupos, para que possam com alegria estar a serviço de suas comunidades, rezemos... Seguem preces espontâneas. O coordenador(a) recita partes e o grupo repete em coro a oração abaixo. “Ó Maria, Senhora do caminho, assim como servistes a tua prima Isabel, ajuda- nos também a sermos missionários de teu filho Jesus, servindo aos mais pobres, acolhendo, escutando e trabalhando para que o mundo seja mais feliz. Santa Maria, nos abençoe e nos guarde, ilumine o nosso caminho agora e para sempre, Amém. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado”.
  • 4. PASTORAL DA JUVENTUDE Data : 30/06/07 Roteiro de Reunião DIOCESE DE MOGI DAS CRUZES Grupos de Base Página 4 de 4 Pastoral da Juventude Diocese de Mogi das Cruzes – www.pjmogi.com.br – pjmogi@yahoo.com.br NOSSA AÇÃO, NOSSO VIVER a) Alguns do grupo, durante a semana, reunirão para elaborar um roteiro de pesquisa (nº de presos numa cadeia pública, nº de doentes num hospital, as causas das doenças e da prisão, etc). b) Construir um mural para toda comunidade com os dados coletados na pesquisa. c) Entrevistar ou trazer alguém no encontro que trabalhe na comunidade e seja testemunho para os jovens. d) O grupo poderá planejar uma campanha de ajuda material, cesta de alimentos e visita a uma família carente. e) Os membros do grupo passarão um dia num asilo, orfanato, para ajudar na limpeza, fazer uma festa, levar um lanche, cuidar e brincar com crianças ou velhos. f) Passar o filme Missão Jovem para os jovens da comunidade e fazer um debate sobre os desafios da missão. g) Organizar uma Missão Jovem, num bairro da cidade, escola ou zona rural, com diversas atividades de lazer, oração, estudo, em ajuda aos catequistas, irmãs, outros grupos da paróquia. (o livreto Missão Jovem, um jeito jovem de evangelizar, publicado pelo CCJ, pode ajudar bastante nesse projeto). h) Escrever cartas de solidariedade aos familiares de missionários ou para grupos de jovens de outros cantos do Brasil falando da importância da nossa missão. Elaboração: Rezende Bruno Avelar