Your SlideShare is downloading. ×
0
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
P. Curricular de Turma 2011 / 12
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

P. Curricular de Turma 2011 / 12

2,001

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,001
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
94
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ ÍNDICE 1. IntroduçãoCENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CARNIDE 1.1. Objetivos Gerais 1.2. Objetivos Específicos 2. Caracterização da Faixa Etária PROJETO CURRICULAR DE TURMA 3. Caracterização da Equipa Educativa 2011 / 2012 3.1. Horários 4. Enquadramento das Rotinas Sala de 3 anos 5. Planificação das Atividades 5.1. Fundamentação Teórica 6. Opções Curriculares / Referências Pedagógicas Reunião de Pais – 27 de outubro de 2011 Plano Anual de Atividades 2011 / 12___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 2. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ 1. INTRODUÇÃO É com base nesta abordagem que desenvolverei o Projeto Curricular de Turma ao longo dos próximos três anos letivos fundamentado nos seguintes conteúdos: O tema geral do Projeto Educativo da Instituição intitula-se “De Mãos Dadas com o Mundo”, tem um período de a) Área de Formação Pessoal e Social vigência e continuidade de três anos letivos.  A Família;  A Escola; O tema acima mencionado irá ser trabalhado no Projeto  Educação para os Valores; Curricular de Turma para 2011 / 12, com um grupo  Educação para a Sexualidade; homogéneo de crianças de três anos de idade.  Educação Multicultural;A criança constrói o seu mundo e conhecimento a partir das relações interpessoais  Regras de Convivência.que estabelece e vivências proporcionadas pelos diferentes contextos em que está b) Área de Expressão e Comunicaçãoinserida: família, escola, meio ambiente.Sendo a escola um complemento natural da ação da família, cabe-lhes Domínio da Linguagem e Abordagem à Escrita:assumirem o compromisso de “darem as mãos” na construção de uma relação  Enriquecimento do Vocabulário;mais sólida, com o objetivo comum de melhorar a qualidade da educação nos  Construção de Frases de Vários Tipos (afirmativa, negativa,valores, nas regras, no exercício da cidadania, nas emoções, na intencionalidade interrogativa, exclamativa);do processo educativo.  Introdução ao Código Escrito;Para além do meio social o desafio de “dar as mãos” deve ser alargado ao meio  Iniciação à Leitura;físico, como modo de promover coletivamente uma identidade e consciência  Registos Escritos / Desenho.própria no desenvolvimento pleno da criança.Quanto mais ricas e diversificadas forem as experiências, maior será a Domínio da Matemática:sistematização que a criança fará dos conhecimentos adquiridos no seu processo  As Cores;de estruturação do pensamento.  As Formas Geométricas;O tema privilegia de forma abrangente temáticas no âmbito das áreas de  Noções Espaço-Temporais;conteúdo referidas nas Orientações Curriculares e nas três vertentes acima  Noção de Número;mencionadas.  Resolução de Problemas. 2 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 3. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ c) Área do Conhecimento do Mundo 1.2. Objetivos Específicos  Educação Ambiental; a) Área de Formação Pessoal e Social  O Corpo Humano;  Educação para a Saúde;  Assimilar normas e valores culturais da comunidade escolar e local;  A Descoberta de Si, dos Outros, das Instituições e do Meio Natural.  Estimular a participação ativa do grupo;  Conhecer e respeitar normas e modos de comportamento social da1.1. Objetivos Gerais família;  Valorizar o papel da família na sociedade;  Dar resposta adequada às necessidades educativas da criança e do  Potenciar o desenvolvimento de condutas de hábitos e atitudes pro- grupo; sociais;  Estar disponíveis e escutar a criança e o grupo;  Promover a interiorização de regras de convivência;  Criar situações que despertem curiosidade e desenvolvam a capacidade  Promover o respeito por culturas e modos de ser diferentes; de agir e pensar;  Fomentar a autoestima individual;  Respeitar o ritmo de desenvolvimento individual;  Promover a interação social;  Proporcionar experiências enriquecedoras nas várias áreas: motor,  Estimular a participação do grupo na dinâmica Institucional; social, linguístico e cognitivo;  Promover a consciência individual e coletiva.  Promover a adaptação e integração;  Criar um vínculo afetivo e emocional com a criança e respetiva família; b) Área de Expressão e Comunicação  Apelar à participação da família na organização do contexto institucional; Domínio da Linguagem e Abordagem à Escrita:  Fomentar um clima e ambiente de confiança, securizante e estável;  Adquirir vocabulário novo;  Proporcionar condições físicas de segurança;  Proporcionar a leitura de histórias, poemas, lengalengas, adivinhas;  Promover o bem-estar físico e emocional;  Promover o interesse e gosto pela leitura;  Dispor de equipamentos e materiais adaptados e organizados, para  Fomentar jogos de palavras; facilitar o desenvolvimento e promover aprendizagens diversificadas;  Propiciar registos escritos com regularidade;  Valorizar e fomentar o trabalho da equipa educativa. 3 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 4. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________  Estimular o diálogo / comunicação individual e em grupo;  Estabelecer relações com Instituições de caráter educativo;  Valorizar e estimular a escrita como meio de informação e comunicação.  Fomentar as normas básicas de higiene;  Promover as normas básicas de saúde e segurança pessoal;Domínio da Matemática:  Adquirir e aplicar as normas básicas de condutas de alimentação saudável;  Estimular a coordenação visual-motora através de grafismos, tracejados,  Identificar / nomear diferentes partes do corpo humano; ponteados;  Proporcionar o conhecimento de efemérides ao longo do ano letivo.  Descrever propriedades de objetos;  Desenvolver as relações de classificação e seriação;  Desenvolver a noção de número; 2. Caracterização da Faixa Etária  Iniciar a criança no conceito de número e nos seus símbolos gráficos;  Desenvolver a noção de quantidade; A faixa etária da criança de três anos de idade encontra-se diretamente  Introduzir noções espaciais: em cima de / em baixo de, próximo de / relacionada com a fase do pré-escolar. distante de, à frente de / atrás de, ao lado de; Nesta fase, no seu processo de crescimento e aprendizagem continua a fazer uso  Introduzir noções de tempo: ontem / hoje / amanhã, manhã / tarde / da sua capacidade simbólica, mas a dependência das sensações é atenuada. noite, dia / semana / mês / ano; A criança desta faixa etária caracteriza-se pelo egocentrismo, ou seja, permanece  Desenvolver a discriminação visual de formas; tamanhos e cores; a dificuldade em se colocar no lugar do outro e pensa que tudo existe por causa  Identificar e nomear as principais figuras geométricas; dela, para ela, por ela.  Fomentar a expressão pictográfica das principais figuras geométricas; Toda criança acredita que tudo acontece porque ela existe. Só quando ela  Identificar / Nomear cores primárias; aprender a conviver com outras pessoas é que apreende as regras da convivência  Descobrir combinações de cores. e deixa de ser egocêntrica. A sua atenção fixa-se apenas num só tema de cada vez, manifesta alguma c) Área do Conhecimento do Mundo incapacidade em perceber as relações causa e efeito e revela alguma instabilidade emocional devido ao facto da sua estrutura psicológica não  Estimular a curiosidade; acompanhar a grande quantidade de estímulos do meio ambiente.  Estimular atitudes e comportamentos ecológicos; No entanto verificam-se progressos significativos a nível linguístico e das suas  Reconhecer as transformações da Natureza; estruturas cognitivas.  Fomentar regras de respeito e preservação pelo meio ambiente; 4 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 5. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ É a partir desta fase que a criança inicia o processo de socialização. É pelas experiências e vivências corporais que a criança apreende as relaçõesApesar do seu egocentrismo, a interação com os pares surge de modo espaço-temporais, constrói noções matemáticas, princípios lógicos e sistematiza asespontâneo, imita e copia os comportamentos que observa, interessa-se mais suas aprendizagens.pela presença do outro, alarga o seu leque de amigos, sente-se mais integrado no Verifica-se que as capacidades de memorização e interiorização aumentamgrupo e deste modo o conceito de amizade vai-se desenvolvendo. significativamente.Ocorre igualmente um desenvolvimento da consciência de si: refere-se a si O desenvolvimento motor nesta faixa etária caracteriza-se por uma necessidadeprópria como "eu”. de exploração sensorial e motora.O desenvolvimento da linguagem é “explosivo”. A criança evolui no sentido da É capaz de realizar atividades motoras mais complexas, a coordenação motora eexpressão e comunicação, verbaliza os seus sentimentos, desejos e intenções para destreza manual evoluem, movimentam-se mais agilmente e o senso dese fazer compreender. equilíbrio progride.O seu discurso é cada vez mais fluente, a construção de frases demonstra uma A diversificação da forma como utiliza e sente o seu corpo permite-lhe desfrutarmaior complexidade na sua estrutura, o vocabulário aumenta de situações de aprendizagem e facilita a progressiva interiorização do esquemasignificativamente, utiliza com alguma frequência formas e tempos verbais, assim corporal.como sequências temporais (ontem, amanhã), mas nem sempre corretamente.A articulação e prenunciação ainda não são totalmente percetíveis. 3. Caracterização da Equipa EducativaO encontro consigo mesmo marca uma nova etapa, deixa de se referir a si pelonome e passa a usar o pronome pessoal “eu”. O grupo de crianças de dois anos de idade está sob a responsabilidade de umaRevela grande curiosidade por aquilo que a rodeia, quer saber o “porquê” e o equipa educativa constituída por uma Educadora de Infância e duas Ajudantes“como” das coisas. de Ação Educativa. A Educadora exerce a profissão na Instituição desde janeiro de 1991 (vinte anos) eA nível cognitivo as suas competências desenvolvem-se particularmente. tem como funções “organizar e aplicar os meios educativos adequados emA criança raciocina e adianta explicações baseadas na intuição, isto é, naquilo ordem ao desenvolvimento integral da criança, nomeadamenteque lhe parece. Nem sempre aceita o ponto de vista do outro, vê as coisas a psicomotor, afetivo, intelectual, social e moral; acompanha a evoluçãopartir da sua própria perspetiva e assume que todos pensam como ela.A observação e manipulação dos objetos, permitem-lhe verbalizar as ações da criança e estabelece contactos com os pais no sentido de se obter umarealizadas e manifestar o seu processo de reflexão das operações efetuadas. ação educativa integrada.” (BTE, 1ª Série, nº 26, 15/07/2006). 5 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 6. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ Completou o curso de Educador de Infância em junho de 1990, na Escola 3.1. HoráriosSuperior de Educação de Lisboa, com o diploma de Bacharelato em EducaçãoPré-escolar.Entre 2002 / 2004, concluiu o curso de Qualificação para Exercício de Outras Horários 1ª 2ª 3ª 4ªFunções Educativas, na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich, Quinzena Quinzena Quinzena Quinzenacom o grau de Licenciatura. 8hA Ajudante de Ação Educativa 1 exerce a profissão na Instituição desde fevereiro às Educadora Educadora 16hde 2001. 8h 30mConcluiu o 8º ano de escolaridade em 1995, na EB 2,3 n.º 2 de Telheiras. às EducadoraA Ajudante de Ação Educativa 2, exerce a profissão na Instituição desde setembro 16h 30mde 2002. 9h às EducadoraTem incompleto o 4º ano do curso de Educação de Infância, da Escola Superior de 17hEducação e Ciências. 9h A. A. A. A. A. A.As Ajudantes de Ação Educativa têm como funções “participar nas atividades às Educativa 1 Educativa 2 Educativa 1 17h 30msocioeducativas; ajuda nas tarefas de alimentação, cuidados com a 9h 30 A. A.criança; vigia as crianças durante o repouso e na sala de aula; assiste as às A. A. Educativa 1 Educativa 2 18hcrianças nos transportes, nos recreios, nos passeios e visitas de estudo.” 10h A. A. A. A.(BTE, 1ª Série, nº 26, 15/07/2006). às Educativa 2 Educativa 1 19h 10h 30m às A. A. Educativa 2 19h 30m 6 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 7. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ HORAS 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira 7h 30m / 9h Acolhimento Acolhimento Acolhimento Acolhimento Acolhimento Higiene Higiene Higiene Higiene Higiene Comer bolachas Comer bolachas Comer bolachas Comer bolachas Comer bolachas 9h / 9h 30m Reunião de grupo Reunião de grupo Reunião de grupo Reunião de grupo Reunião de grupo Conversar / Contar histórias Conversar / Contar histórias Conversar / Contar histórias Conversar / Contar histórias Conversar / Contar histórias Cantar canções Cantar canções Cantar canções Cantar canções Cantar canções9h 30m / 10h 15m Música Despertar Religioso ---------------------------- Expressão Físico-Motora ---------------------------10h 30m / 11h 15m Atividades dirigidas / Atividades dirigidas / Atividades dirigidas / Atividades dirigidas / Atividades dirigidas /9h 30m / 11h 15m espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres Higiene Higiene Higiene Higiene Higiene11h 45m / 12h 30m Almoço Almoço Almoço Almoço Almoço 12h 30m / 15h Repouso Repouso Repouso Repouso Repouso Levantar camas Levantar camas Levantar camas Levantar camas Levantar camas 15h / 15h 45m Higiene Higiene Higiene Higiene Higiene Vestir batas Vestir batas Vestir batas Vestir batas Vestir batas15h 45m / 16h 15m Lanche Lanche Lanche Lanche Lanche 16h 30 / 17h 15m Inglês Inglês --------------------------- ---------------------------- ---------------------------- Recreio Recreio Recreio Recreio Recreio Sala: atividades Sala: atividades Sala: atividades Sala: atividades Sala: atividades16h 30m / 19h 30m espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres espontâneas / livres Comer fruta Comer fruta Comer fruta Comer fruta Comer fruta Saída Saída Saída Saída Saída 7 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 8. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ 5. Planificação das Atividades Deste modo as atividades planeadas para o ano letivo 2011 / 12 têm caráter flexível, terão em linha de conta o tema do Projeto Educativo “De Mãos DadasA planificação é uma ferramenta de suporte e reflexão do educador para com o Mundo”, as características da faixa etária, as necessidades individuais eorientação da sua prática pedagógica e organização do ambiente educativo e coletivas do grupo, as datas das efemérides previstas na calendarização anual edeve ser entendida como um instrumento de intencionalidade educativa que as atividades Sociopedagógicas do Plano Anual.pressupõe promover um conjunto de aprendizagens significativas e diversificadas. Ainda de acordo com as Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar,Baseado nas Orientações Curriculares (1997, p. 26), “Planear o processo educativo as atividades propostas terão em linha de conta, o desenvolvimento global dade acordo com o que o educador sabe do grupo e de cada criança, do seu criança nas três grandes Áreas de Conteúdo, isto é, Área de Formação Pessoal econtexto familiar e social é condição para que a educação pré-escolar Social, Área de Expressão e Comunicação e Área do Conhecimento do Mundo.proporcione um ambiente estimulante (…)”. Mediante a unidade temática para este ano letivo a planificação seráFace a este fundamento, a equipa pedagógica optou pela planificação mensal desenvolvida e trabalhada em dois períodos semestrais:das atividades para o seu Projeto Curricular de Turma, porque o agenteeducativo pode através deste instrumento, adequar e enquadrar melhor a sua  1º Período: de setembro a janeiro com abordagem às temáticas: aprática pedagógica, as atividades e aprendizagens às necessidades, interesses e Família, a Escola, as Cores.ritmo do grupo e de cada criança.  2º Período: de fevereiro a junho com abordagem às temáticas: aEsta opção deve-se igualmente ao facto de a planificação mensal prever e Descoberta de Si, dos Outros, das Instituições e Meio Natural, ocontemplar a realização de atividades dirigidas e espontâneas, bem como as Corpo Humano.rotinas.Com base no argumento mencionado nas Orientações Curriculares (1997, p.26)de que “O planeamento realizado com a participação das crianças, permite ao 5.1. Fundamentação Teóricagrupo beneficiar da sua diversidade, das capacidades e competências de cada A criança é um ser ativo em constante e progressivo desenvolvimento biológico,criança, num processo de partilha facilitador da aprendizagem e do psicológico e social.desenvolvimento de todas e de cada uma.”, a equipa pedagógica conclui que Cada vez mais curiosas e observadoras as crianças questionam, expressam a suaplanear anualmente não é compatível com o que defende o documento acima opinião, procuram respostas, informações e soluções para entenderem melhor omencionado, porque limita a liberdade de ação do educador bem como a mundo envolvente.participação direta do grupo. 8 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 9. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ A construção da sua personalidade e aquisição de conhecimentos Outro elemento não menos importante no processo natural de evolução dapráticos estão intimamente relacionados com os diversos contextos em que está criança, são as relações que estabelece com o meio envolvente e a forma comoinserida e o entendimento e compreensão que procuram, são realizáveis através o explora, compreende e valoriza.das interações que estabelecem aos mais variados níveis. “(…) é através das relações com os outros que se vai construindo a identidade“É nos contextos sociais em que vive, nas relações e interações com os outros, que pessoal e se vai tomando posição perante o mundo social e físico.” OCEPE, 1997,a criança vai interiormente construindo referências (…)” OCEPE, 1997, p. 51. p. 21. A possibilidade de desfrutar do meio natural constitui em experiênciasA família é o primeiro agente mediador no processo de desenvolvimento da imprescindíveis para o desenvolvimento da sua consciência ambiental.criança, que faculta as ferramentas e instrumentos base para a construção da A criança que explora, descobre e interpreta age sobre o Mundo!sua identidade.A família proporciona múltiplas e exclusivas aprendizagens estruturantes dapersonalidade da criança, que são fundamentais para a aquisição de outros 6. Opções Curriculares / Referências Pedagógicassaberes mais formais. O Decreto-Lei n.º 241/2001 de 30 de agosto, define o Perfil de DesempenhoDepois da família a escola é o agente mais importante de socialização da Profissional de Educador de Infância.criança, ou seja, representa a primeira experiência de relações mais amplas e Com base neste documento o educador é um profissional responsável pela:constantes fora do círculo familiar, a primeira relação com o grupo de colegas ecom figuras de adultos diferentes da família. 1. Conceção e desenvolvimento do Currículo;As relações interpessoais efetivadas ao longo do seu processo de formação 2. Integração do Currículo integrado no âmbito das várias áreasenquanto sujeito e cidadão, o estímulo, a diversidade, o significado e inovação de desenvolvimento;das experiências e vivências ocorridas neste espaço educativo, permitirão à 3. Organização do ambiente educativo;criança desenvolver as suas competências fundamentais de aprendizagem. 4. Planificação, organização e avaliação de atividades;A escola continuará a integrar e ampliar o efeito educativo dos pais. 5. Avaliação formativa da criança;A Lei-Quadro considera a Educação Pré-Escolar como “(…) complementar da 6. Promoção e incentivo da relação e ação educativa com asação educativa da família, com a qual deve estabelecer estreita relação” crianças e parceiros educativos (famílias / comunidade).OCEPE, 1997, p. 15. 9 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 10. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ Cabe ao profissional de educação de infância, fomentar individualmente Segundo Vygotsky, o indivíduo que ficar limitado / condicionado à suae em grupo o desenvolvimento de crianças dos 0 aos 6 anos de idade, a nível condição biológica, não tem o mesmo tipo de desenvolvimento /pessoal, afetivo, emocional, social e cívico. aprendizagens, que aquele que vivência experiências enriquecedorasA ação do educador obedece a orientações curriculares e pedagógicas emanadas proporcionadas pelos diferentes ambientes.pelo Ministério de Educação. Quanto mais expressivas forem as aprendizagens sociais, maior será aNo entanto, este facto por si só não é suficiente para promover a qualidade de construção do conhecimento.aprendizagens / competências da criança ou do grupo. Neste modelo o educador tem como função orientar a criança na descobertaÉ fundamental o educador ter um quadro de referências pedagógicas que das suas capacidades, através de atividades e estratégias que promovamorientem a sua práxis. sapiência.Através da construção do conhecimento que adquiri na formação academizante Nesta linha de pensamento e ação o Trabalho de Projeto funciona comoe com base em três modelos pedagógicos, tem sido possível articular a teoria com método de organização do ato educativo.a prática. De acordo com a pedagogia de projeto a criança não está sozinha no processoDeste modo, os modelos que constituem um instrumento de orientação de construção do saber, esta age em constante interação com os meios ao seupedagógica para mim são: redor. A criança é vista como um ser em constante desenvolvimento, possuidora de a. Modelo Socio-construtivista; vontade e decisões próprias e que adquire conhecimento em função das suas b. Trabalho de Projeto; experiências e contactos que estabelece com o meio ambiente. c. Movimento da Escola Moderna. O mais importante não é a origem do tema, mas a forma como é trabalhado, ou seja, o processo educativo deverá ser criativo e envolver a participaçãoAcredito que mais do que os resultados no processo educativo, o importante é ativa do educador e da criança de forma a permitir aprendizagenscontribuir para a formação de cidadãos autónomos, responsáveis, solidários, justos, globalizadoras.curiosos e participativos na sociedade, através de experiências de qualidade a Ao educador cabe-lhe o papel de desafiar, estimular e criar situações denível pessoal e coletivo. aprendizagem que permitam à criança pensar e agir de modo a resolverNo Modelo Socio-construtivista, a atividade do sujeito enquanto aprendiz é problemas / dificuldades.determinante na construção do seu saber e nas relações / interações intra e O ponto de partida desta interação deve ser sempre o diálogo sobre o queinterpessoais, que estabelece. A criança é vista como um elemento ativo na sua cada um sabe, de modo a que as aprendizagens naveguem sobre as diferentesprópria aprendizagem. áreas de conteúdo. 10 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 11. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ Para concluir, o Movimento da Escola Moderna O MEM considera seis áreas básicas de atividade: um espaço para a Biblioteca complementa a minha práxis através dos seus: e Documentação; uma Oficina de Escrita e Reprodução; um espaço de Laboratório de Ciências e Experiências; espaço de Carpintaria e Construções; a. Princípios Pedagógicos; espaço para atividades de Expressão Plástica e finalmente jogos de “faz de b. Pressupostos do Processo Educativo; conta”. c. Instrumentos de Organização e Regulação Educativa. A minha visão de organização do ambiente educativo, é adaptada nesta perspetiva e na abordagem que as Orientações Curriculares para a EducaçãoOs Princípios Pedagógicos enumerados nos Modelos Curriculares para a Educação Pré-Escolar fazem sobre “(…) áreas de atividades que se baseiam nasde Infância definem “(…) escola como um espaço de iniciação às práticas de possibilidades oferecidas pelo espaço educativo, remetendo para diferentescooperação e solidariedade de vida democrática. Nela, os educandos deverão formas de articulação.” OCEPE, 1997, p.47.criar com os seus educadores as condições materiais, afetivas e sociais para que, Ainda na ótica das Orientações Curriculares “Os espaços de educação pré-em comum, possam organizar um ambiente institucional capaz de ajudar cada escolar podem ser diversos, mas o tipo de equipamento, os materiais existentesum a apropriar-se dos conhecimentos, dos processos e dos valores morais e e a forma como estão dispostos condicionam, em grande medida, o que asestéticos (…).” Niza, 2007, p. 127. crianças podem fazer e aprender. A organização e a utilização do espaço são expressão das intenções educativas e da dinâmica do grupo, sendoDe acordo com a mesma publicação, os Pressupostos do Processo Educativo indispensável que o educador se interrogue sobre a função e finalidadesconsideram a “(…) necessidade de se manter, permanentemente, um clima de educativas dos materiais de modo a planear e fundamentar as razões dessalivre expressão das crianças reforçado pela valorização pública das suas organização.” OCEPE, 1997, p. 37.experiências de vida, das suas opiniões e ideias.” e “(…) permitir às crianças otempo lúdico da atividade exploratória das ideias, dos materiais ou dos Estas três vertentes enumeradas na edição Modelos Curriculares para adocumentos para que possa ocorrer a interrogação que suscite projetos de Educação de Infância, definem a metodologia por mim usada.pesquisa, autopropostos ou provocados pelo educador (…).” Niza, 2007, p. 131. O MEM considera o educador como o dinamizador e promotor da organização de todo o processo de educação, socialização da criança,Segundo o MEM a organização do espaço educativo, é realizada através dos valorização do pensamento lógico e das iniciativas à leitura e escrita.Instrumentos de Organização e Regulação Educativa e “desenvolve-se a partir de A qualidade da prática pedagógica e do processo educativo passa pelosum conjunto de seis áreas de atividades, distribuídas à volta da sala (….).” Niza, fundamentos pedagógicos dos modelos e pela envolvência e participação2007, p. 131. ativa das famílias neste procedimento. 11 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 12. Centro Social Paroquial de Carnide _______________________________________________________________________________________________________________________ A minha experiência profissional tem procurado conciliar osfundamentos destes três modelos curriculares, com os princípios,fundamentos e indicações de intervenção educativa do educador,emanadas pelas Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar. 12 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão
  • 13. Centro Social Paroquial de Carnide_______________________________________________________________________________________________________________________ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2011 / 12 CALENDARIZAÇÃO EFEMÉRIDE ATIVIDADE HORA 28º aniversário da Lanche convívio entre as 24 de outubro de 2011 16h Instituição diversas valências Atividade a planear com 11 de novembro S. Martinho ATL dentro da temática Lanche convívio com os 14 de dezembro Natal Pais / Encarregados de 16h educação Culinária 10h 21 de dezembro Natal Lanche convívio entre as 16h diversas valências 10h 6 de janeiro de 2012 Dia de Reis Culinária 16h 17 de fevereiro Carnaval Baile convívio a confirmar Projeto dinamizado Ópera baseada na obra 14 de março a confirmar pela Foco Musical de Luis de Camões Decoração do espaço de 21 a 30 de março Primavera / Páscoa exterior Lanche convívio entre as 11 de abril Páscoa 16h diversas valências 12 ou 19 de abril Projeto dinamizado Ensemble de Metais a confirmar (a confirmar data) pela Foco Musical de 30 de maio a 2 de Feira de Expressões das 10h às 18h Expressão Plástica junho Artísticas de Carnide (a confirmar) 26 de maio Piquenique no Parque ou Festa de fim de ano Municipal de Cabeço de dia todo 2 de junho letivo Montachique (a confirmar data) Dia Mundial da 1 de junho A planear Criança Entrega dos diplomas junho Finalistas para os finalistas de JI e 15h (data a confirmar) ATL de 18 a 29 de junho Colónia Balnear manhã 13_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Projeto Curricular de Turma 2011 / 12 Paula Ganhão

×