CRENÇAS ADVENTISTAS NOS YEAR
BOOKS DE 1913,1914 e 2014 NÃO
CONSTA O DOGMA DA TRINDADE.
Os Princípios Fundamentais da Igrej...
doutrinas pelo espaço de 10 anos (1895-1904)
talvez seja o pensamento de alguns em não publicar
doutrinas além da própria ...
Apresentamos a seguir as cópias dos Year Books de
1905 até 1914 (o Year Book de 1889 já foi
mostrado). As cópias aqui apre...
YEAR BOOK DE
1913
Tradução:
Princípios Fundamentais dos Adventistas do
Sétimo Dia
Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo
além da Bíbl...
expiação por todos eles, e todos os pecados deles cometidos
fora do santuário serão apagados (Atos 3:19), como mostrado
no...
para nós e para nossos filhos (Deut. 29:29); que, em grande
parte, sua existência está envolvida em impenetrável mistério;...
YEAR BOOK DE
1914
Tradução:
Princípios Fundamentais dos Adventistas do
Sétimo Dia
Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo
além da Bíblia; mas el...
no serviço do sacerdócio levítico, o qual apontava e
prefigurava o ministério de nosso Senhor no Céu. Veja
Levítico 16; He...
é ela que constitui especialmente a Palavra de Deus numa
Lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos
(Sal. 11...
Tradução:
Princípios Fundamentais dos Adventistas do
Sétimo Dia
Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo
além da Bíbl...
1. As Escrituras Sagradas
As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamentos, são a
Palavra de Deus escrita, dada por i...
5:18; 6:23; II Cor. 5:17-21; Lucas 1:35; Filip. 2:5-11; I Cor. 15:3
e 4; Heb. 2:9-18; 4:15; 7:25; 8:1 e 2; 9:28; João 14:1...
descendentes partilham dessa natureza caída e de suas
conseqüências. (Gên. 1:26-28; 2:7; Sal. 8:4-8; Atos 17:24-28;
Gên. 3...
Crenças Adventistas nos Year Books de 1913,1914 e 2014 não consta o dogma da Trindade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Crenças Adventistas nos Year Books de 1913,1914 e 2014 não consta o dogma da Trindade

552

Published on

Os Princípios Fundamentais da Igreja Adventista do Sétimo Dia foram sistematicamente repetidos nos Year Books nos anos entre 1889 e 1914.

Published in: Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
552
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
37
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Crenças Adventistas nos Year Books de 1913,1914 e 2014 não consta o dogma da Trindade

  1. 1. CRENÇAS ADVENTISTAS NOS YEAR BOOKS DE 1913,1914 e 2014 NÃO CONSTA O DOGMA DA TRINDADE. Os Princípios Fundamentais da Igreja Adventista do Sétimo Dia foram sistematicamente repetidos nos Year Books nos anos entre 1889 e 1914. É importante salientar que Ellen G. White morreu em 1915, e que portanto estava viva durante todo este período em que as doutrinas Adventistas foram repetidas ano após ano. A publicação do Year Book foi interrompida 1895 e só voltaram a publicar em 1904. Nesse primeiro ano em que voltaram a publicar o Year Book, não colocaram as doutrinas (Fundamental Principles). Uma possível razão para a não publicação das
  2. 2. doutrinas pelo espaço de 10 anos (1895-1904) talvez seja o pensamento de alguns em não publicar doutrinas além da própria bíblia. Nos anos anteriores a 1895, com exceção de 1889 quando apareceram pela primeira vez, os Princípios Fundamentais não foram publicados. Portanto os anos em que temos o Year Book publicado com os Princípios fundamentais são: Ano Página onde estão os “Princípios Fundamentais” 1889 147 1905 188 1907 175 1908 213 1909 220 1910 224 1911 223 1912 261 1913 281 1914 293 Uma análise destes livros oficiais da Igreja Adventista mostra que os Princípios Fundamentais das doutrinas dos Adventistas foram repetidas exatamente iguais durante todas estas dez edições. Elas foram uma mera transcrição do texto publicado no primeiro número do jornal “Signs of the Times”.
  3. 3. Apresentamos a seguir as cópias dos Year Books de 1905 até 1914 (o Year Book de 1889 já foi mostrado). As cópias aqui apresentadas foram feitas dos originais por Ennis Meier na tarde de 16 de ezembro de 2002 na Conferência Geral em Silver Spring, Maryland.
  4. 4. YEAR BOOK DE 1913
  5. 5. Tradução: Princípios Fundamentais dos Adventistas do Sétimo Dia Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo além da Bíblia; mas eles mantêm certos pontos de fé bem definidos e estão preparados para dar a sua razão a todo homem que os perguntar. As seguintes proposições são um sumário das principais características da sua fé religiosa, sobre as quais, tanto quanto sabemos, há unaminidade de todo o corpo. Eles crêem: 1. Que existe um só Deus, pessoal, um Ser Espiritual, o Criador de todas as coisas, Onipotente, Onisciente, e Eterno; Infinito em conhecimento, santidade, justiça, bondade, verdade e misericórdia; imutável, e presente em todos os lugares por meio do Seu Espírito. Salmo 139:7. 2. Que existe um Senhor, Jesus Cristo, o Filho do Eterno Pai, o único por quem foram criadas todas as coisas, e por meio de quem elas existem; que ele tomou a natureza da semente de Abraão para a redenção de nossa raça caída; que ele residiu entre os homens, cheio de graça e verdade, viveu nosso exemplo, morreu nosso sacrifício, foi ressuscitado para nossa justificação, ascendeu ao alto para ser nosso único mediador no santuário celestial, através dos méritos de seu sangue derramado, assegurou o perdão e absolvição dos pecados de todos aqueles que persistentemente se achegam a Ele; e como o encerramento de parte do seu trabalho de sacerdote, antes de assentar-se em seu trono como Rei, Ele realizará a
  6. 6. expiação por todos eles, e todos os pecados deles cometidos fora do santuário serão apagados (Atos 3:19), como mostrado no serviço do sacerdócio levítico, o qual apontava e prefigurava o ministério de nosso Senhor no Céu. Veja Levítico 16; Hebreus 8:4, 5; 9:6, 7. 3. Que as Santas Escrituras do Velho e do Novo Testamento foram dadas pela inspiração de Deus, possuem uma completa revelação de Sua vontade para o homem, e são a única e infalível regra de fé e prática. 4. O Batismo é uma ordenança da igreja cristã para acompanhar fé e arrependimento, – uma ordenança na qual comemoramos a ressurreição de Cristo, e batizando em Seu nome, demonstramos nossa fé em sua morte e ressurreição, e por meio da qual, na ressurreição de todos os santos nos últimos dias; e que, não existe outro meio mais adequado para representar estes fatos que as Escrituras prescrevem, denominado, imersão. 5. Que o novo nascimento compreende uma completa mudança necessária para nos preparar para o Reino de Deus, e que consiste de duas partes: Primeira, uma transformação moral moldado pela conversão e uma vida cristã (João 5:3); segunda, uma mudança corporal por ocasião da segunda vinda de Cristo, segundo a qual, se morrermos, nós ressuscitaremos incorruptíveis, e se estivermos vivos, seremos transformados para a imortalidade num momento, em um piscar de olhos. Lucas 20:36; I Corintios 15: 51, 52. 6. Que a Profecia é uma parte da revelação de Deus ao homem; que ela está inserida nas Escrituras, a qual é proveitosa para instrução (II Tim. 3:16); que ela é designada
  7. 7. para nós e para nossos filhos (Deut. 29:29); que, em grande parte, sua existência está envolvida em impenetrável mistério; é ela que constitui especialmente a Palavra de Deus numa Lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos (Sal. 119:105; II Ped. 1:19); que uma bênção é pronunciada sobre aqueles que a estudam (Apocalipse. 1:3); e que, conseqüentemente; ela pode ser compreendida suficientemente pelo povo de Deus para mostrar-lhes a sua posição na história do mundo e a especial responsabilidade colocada em suas mãos. 7. Que a história mundial possui datas marcadas no passado, o surgimento e queda dos impérios, e a sucessão cronológica de eventos que servem de plano de fundo do Reino Eterno de Deus, são delineadas numa grande corrente de profecias; e que todas essas profecias estão agora cumprindo-se nas cenas finais.
  8. 8. YEAR BOOK DE 1914
  9. 9. Tradução:
  10. 10. Princípios Fundamentais dos Adventistas do Sétimo Dia Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo além da Bíblia; mas eles mantêm certos pontos de fé bem definidos e estão preparados para dar a sua razão a todo homem que os perguntar. As seguintes proposições são um sumário das principais características da sua fé religiosa, sobre as quais, tanto quanto sabemos, há unaminidade de todo o corpo. Eles crêem: 1. Que existe um só Deus, pessoal, um Ser Espiritual, o Criador de todas as coisas, Onipotente, Onisciente, e Eterno; Infinito em conhecimento, santidade, justiça, bondade, verdade e misericórdia; imutável, e presente em todos os lugares por meio do Seu Espírito. Salmo 139:7. 2. Que existe um Senhor, Jesus Cristo, o Filho do Eterno Pai, o único por quem foram criadas todas as coisas, e por meio de quem elas existem; que ele tomou a natureza da semente de Abraão para a redenção de nossa raça caída; que ele residiu entre os homens, cheio de graça e verdade, viveu nosso exemplo, morreu nosso sacrifício, foi ressuscitado para nossa justificação, ascendeu ao alto para ser nosso único mediador no santuário celestial, através dos méritos de seu sangue derramado, assegurou o perdão e absolvição dos pecados de todos aqueles que persistentemente se achegam a Ele; e como o encerramento de parte do seu trabalho de sacerdote, antes de assentar-se em seu trono como Rei, Ele realizará a expiação por todos eles, e todos os pecados deles cometidos fora do santuário serão apagados (Atos 3:19), como mostrado
  11. 11. no serviço do sacerdócio levítico, o qual apontava e prefigurava o ministério de nosso Senhor no Céu. Veja Levítico 16; Hebreus 8:4, 5; 9:6, 7. 3. Que as Santas Escrituras do Velho e do Novo Testamento foram dadas pela inspiração de Deus, possuem uma completa revelação de Sua vontade para o homem, e são a única e infalível regra de fé e prática. 4. O Batismo é uma ordenança da igreja cristã para acompanhar fé e arrependimento, – uma ordenança na qual comemoramos a ressurreição de Cristo, e batizando em Seu nome, demonstramos nossa fé em sua morte e ressurreição, e por meio da qual, na ressurreição de todos os santos nos últimos dias; e que, não existe outro meio mais adequado para representar estes fatos que as Escrituras prescrevem, denominado, imersão. 5. Que o novo nascimento compreende uma completa mudança necessária para nos preparar para o Reino de Deus, e que consiste de duas partes: Primeira, uma transformação moral moldado pela conversão e uma vida cristã (João 5:3); segunda, uma mudança corporal por ocasião da segunda vinda de Cristo, segundo a qual, se morrermos, nós ressuscitaremos incorruptíveis, e se estivermos vivos, seremos transformados para a imortalidade num momento, em um piscar de olhos. Lucas 20:36; I Corintios 15: 51, 52. 6. Que a Profecia é uma parte da revelação de Deus ao homem; que ela está inserida nas Escrituras, a qual é proveitosa para instrução (II Tim. 3:16); que ela é designada para nós e para nossos filhos (Deut. 29:29); que, em grande parte, sua existência está envolvida em impenetrável mistério;
  12. 12. é ela que constitui especialmente a Palavra de Deus numa Lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos (Sal. 119:105; II Ped. 1:19); que uma bênção é pronunciada sobre aqueles que a estudam (Apocalipse. 1:3); e que, conseqüentemente; ela pode ser compreendida suficientemente pelo povo de Deus para mostrar-lhes a sua posição na história do mundo e a especial responsabilidade colocada em suas mãos. 7. Que a história mundial possui datas marcadas no passado, o surgimento e queda dos impérios, e a sucessão cronológica de eventos que servem de plano de fundo do Reino Eterno de Deus, são delineadas numa grande corrente de profecias; e que todas essas profecias estão agora cumprindo-se nas cenas finais. VEJA AGORA COMO FICOU A MUDANÇAS NAS DOUTRINAS: YEAR BOOK DE 2014
  13. 13. Tradução: Princípios Fundamentais dos Adventistas do Sétimo Dia Os Adventistas do Sétimo-dia não tem um credo além da Bíblia; mas eles mantêm certos pontos de fé bem definidos e estão preparados para dar a sua razão a todo homem que os perguntar. As seguintes proposições são um sumário das principais características da sua fé religiosa, sobre as quais, tanto quanto sabemos, há unaminidade de todo o corpo. Eles crêem:
  14. 14. 1. As Escrituras Sagradas As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamentos, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração divina por intermédio de santos homens de Deus que falaram e escreveram ao serem movidos pelo Espírito Santo. (II Pedro 1:20 e 21; II Tim. 3:16 e 17; Sal. 119:105; Prov. 30:5 e 6; Isa. 8:20; João 10:35; 17:17; I Tess. 2:13; Heb. 4:12). 2. A Trindade Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo, e sempre presente. (Deut. 6:4; 29:29; Mat. 28:19; II Cor. 13:13; Efés. 4:4-6; I Pedro 1:2; I Tim. 1:17; Apoc. 14:6 e 7). 3. Deus Pai Deus, O Eterno Pai, é o Criador, o Originador, o Mantenedor e o Soberano de toda a criação. Ele é justo e santo, compassivo e clemente, tardio em irar-Se, e grande em constante amor e fidelidade. (Gên. 1:1; Apoc. 4:11; I Cor. 15:28; João 3:16; I João 4:8; I Tim. 1:17: Êxo. 34:6 e 7; João 14:9). 4. Deus Filho Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo. Por meio dEle foram criadas todas as coisas, é revelado o caráter de Deus, efetuada a salvação da humanidade e julgado o mundo. Jesus sofreu e morreu na cruz por nossos pecados e em nosso lugar, foi ressuscitado dentre os mortos e ascendeu para ministrar no santuário celestial em nosso favor. Virá outra vez para o livramento final de Seu povo e a restauração de todas as coisas. (João 1:1-3 e 14; 5:22; Col. 1:15-19; João 10:30; 14:9; Rom.
  15. 15. 5:18; 6:23; II Cor. 5:17-21; Lucas 1:35; Filip. 2:5-11; I Cor. 15:3 e 4; Heb. 2:9-18; 4:15; 7:25; 8:1 e 2; 9:28; João 14:1-3; I Ped. 2:21; Apoc. 22:20). Ver vídeo (Realvideo 3 minutos). 5. Deus Espírito Santo Deus, o Espírito Santo, desempenhou uma parte ativa com o Pai e o Filho na Criação, Encarnação e Redenção. Inspirou os escritores das Escrituras. Encheu de poder a vida de Cristo. Atrai e convence os seres humanos; e os que se mostram sensíveis, são renovados e transformados por Ele, à imagem de Deus. Concede dons espirituais à Igreja. (Gên. 1:1 e 2; Lucas 1:35; II Pedro 1:21; Lucas 4:18; Atos 10:38; II Cor. 3:18; Efés. 4:11 e 12; Atos 1:8; João 14:16-18 e 26; 15:26 e 27; 16:7-13; Rom. 1:1-4). 6. Deus é o Criador Deus é o Criador de todas as coisas e revelou nas Escrituras o relato autêntico de Sua atividade criadora. Em seis dias fez o Senhor os Céus e a Terra e tudo que tem vida sobre a Terra, e descansou no sétimo dia dessa primeira semana. (Gên. 1;2; Êxo. 20:8-11; Sal. 19:1-6; 33:6 e 9; 104; Heb. 11:3; João 1:1-3; Col. 1:16 e 17). 7. A Natureza do Homem O homem e a mulher foram formados à imagem de Deus com individualidade e com o poder e a liberdade de pensar e agir. Conquanto tenham sido criados como seres livres, cada um é uma unidade indivisível de corpo, mente e alma, e dependente de Deus quanto à vida, respiração e tudo o mais. Quando nossos primeiros pais desobedeceram a Deus, negaram sua dependência dEle e caíram de sua elevada posição abaixo de Deus. A imagem de Deus, neles, foi desfigurada, e tornaram-se sujeitos à morte. Seus
  16. 16. descendentes partilham dessa natureza caída e de suas conseqüências. (Gên. 1:26-28; 2:7; Sal. 8:4-8; Atos 17:24-28; Gên. 3; Sal. 51:5; Rom. 5:12-17; II Cor. 5:19 e 20). 8. O Grande Conflito Toda a humanidade está agora envolvida num grande conflito entre Cristo e Satanás, quanto ao caráter de Deus, Sua Lei e Sua soberania sobre o Universo. Esse conflito originou-se no Céu, quando um ser criado, dotado de liberdade de escolha, por exaltação própria, tornou-se Satanás, o adversário de Deus, e conduziu à rebelião uma parte dos anjos. Ele introduziu o espírito de rebelião neste mundo. Observado por toda a Criação, este mundo tornou-se o palco do conflito universal, dentro do qual será finalmente vindicado o Deus de amor. (Apoc. 12:4-9; Isa. 14:12-14; Ezeq. 28:12-18; Gên. 3; Gên. 6-8; II Pedro 3:6; Rom. 1:19-32; 5:19-21; 8:19-22; Heb. 1:4-14; I Cor. 4:9). MAIS INFORMAÇOES NO SITE WWW.adventistasleigos.com

×