• Save
Cheirinho da primavera
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Cheirinho da primavera

on

  • 771 views

 

Statistics

Views

Total Views
771
Views on SlideShare
718
Embed Views
53

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 53

http://piefmania.blogs.sapo.pt 52
http://blogs.sapo.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Cheirinho da primavera Cheirinho da primavera Presentation Transcript

    • http://piefmania.blogs.sapo.pt PIEF 3º Ciclo 2010-11 Visite-nos em :
    • Cheirinhos da Primavera Março/Maio É um projecto de articulação entre diversas disciplinas : CFN : semear plantas aromáticas; Matemática : estudo de volumes e áreas de plantação; TIC : ficha s técnica s das plantas; Viver em Português :  pesquisas sobre propriedades das plantas e receitas; Ciências Humanas e Sociais :  pesquisas da história das plantas , orige ns e utilização no passado; Inglês : nome das respectivas plantas e a sua presença na gastronomia  e nos jardins típicos. Esta actividade será apresentada à comunidade escolar, durante a "Mostra Escolar“ , com exposições e participação no almoço do dia 30 de Maio .  PCT: Estilos de Vida Saudável
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Coriander (Coentros) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Parsley (salsa) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Garden Cress (Agrião de Jardim) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Marjoran (Manjericão) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Savory (Segurelha) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents Cheirinhos da Primavera Thyme (Tomilho) Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • English Cottage Garden Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • English Cottage Garden Roberto Alves, PIEF-3.º ciclo
    • Spring Scents (Cheirinhos da Primavera) Coriander (coentros) Leandro e João – PIEF, 3.º ciclo
    • Parsley (salsa) Spring Scents (Cheirinhos da Primavera) Leandro e João – PIEF, 3.º ciclo
    • savory (segurelha) Spring Scents (Cheirinhos da Primavera) Leandro e João – PIEF, 3.º ciclo
    • Marjoram (manjericão) Spring Scents (Cheirinhos da Primavera) Leandro e João – PIEF, 3.º ciclo
    • Spring Scents (Cheirinhos da Primavera) Leandro e João – PIEF, 3.º ciclo
    • Projecto: Cheririnhos da Primavera Características das ervas aromáticas Propriedades terapêuticas PIEF 3º Ciclo
    • Erva cidreira (melissa officinalis ) Colher as folhas antes de as flores abrirem. Usar para dores de cabeça e tensão, indigestão e flatulência. A erva cidreira ajuda na luta contra herpes, e outras infecções virais; usa se igualmente como tranquilizante e sedativo. Como usá-la: Para desfrutar um banho relaxante, envolva um molho de erva cidreira num saco de tecido e coloque o por baixo do jorro de agua da banheira. . Para curar as feridas prepare uma compressa quente usando duas colherinhas de folhas por cada chávena de água. Deixe ferver 10 minutos filtre e aplique com um trapo limpo. . Para preparar uma ligeira infusão com sabor a limão que pode ajudar a acalmar o estômago controlar a infecção ou aliviar a dor menstrual use duas colherinhas de folhas por cada chávena de água a ferver. Deixe as em infusão de 10 a 20 minutos. Beba até três chávenas por dia. PIEF 3º Ciclo
    • Eucalipto (Eucalyptus) Os seus poderes curativos: Resfriados (catarros) e gripe . O eucalipto abranda as secreções do peito, facilitando assim a sua expulsão. Por isso muitas pastilhas contra a tosse contem eucalipto. Tratamento de feridas: A sua acção faz dele um tratamento eficaz para cortes e arranhões pequenos. Como usá lo: para fazer uma inalação ferva um molho de folhas ou umas gotas de essência de óleo na água. Esfregue uma gota ou duas de óleo de eucalipto em cortes e arranhões pequenos depois de lava los muito bem com água e sabão. Para um banho com a erva ate um molho de folhas dentro de um saco de pano e coloque o debaixo do jorro de água quando tomar banho. Para uma picante infusão refrescante contra resfriados em gripe use de uma a duas colherinhas de folhas secas trituradas por cada chávena de água a ferver. Deixe- as em infusão durante 10 minutos. Beba até duas chávenas por dia. Se utiliza a essência do óleo para fazer uma infusão, não use mais de duas gotas. PIEF 3º Ciclo
    • Hortelã-Pimenta (Mentha piperita) Planta perene que pode crescer juntamente com esporas até dar uma nova colheita de folhas tenras todos os anos. Usar para indigestão, náuseas, flatulência, constipações e, servida fria, para baixar a febre. Auxiliar digestivo – O mentol alivia o músculo do aparelho digestivo. Anestésico – É um ingrediente de muitos cremes que aliviam a dor. Descongestionante – Os vapores do mentol sem dúvida ajudam a aliviar a congestão nasal, do peito e a sinusite. Erva utilizada em bebidas, em pratos de sabor forte e em doces. Partes usadas: folhas e flores. Como usá-las: para feridas, queimaduras, escaldões e herpes, aplique umas quantas gotas de óleo de hortelã-pimenta directamente na área afectada. Para preparar uma infusão descongestionante e auxiliar digestiva, use de uma a duas colherinhas de erva seca por cada chávena de água a ferver. Deixe-a em infusão durante dez minutos, tome até três chávenas por dia. PIEF 3º Ciclo
    • Tomilho (Thymus vulgaris) Colher as folhas durante todo o ano. Usar como gargarejo para gargantas, gengivas e bocas inflamadas.Também se diz ser bom para as ressacas. Éespecialmente cultivado como condimento e pelo óleo essencial, rico em timol , com apreciável poder anti-séptico , muito utilizado contra as afecções pulmonares e como estimulante digestivo. Tem propriedades anti-sépticas, tónicas, antiespasmódicas, expectorantes e vermífugas. Em infusão, é usado no combate a infecções de garganta e pulmonares , na asma e febre dos fenos e na eliminação de parasitas . Externamente, alivia picadas, dores reumáticas e infecções fúngicas.Revigorante e tónico, é essencialmente usado como remédio respiratório.Ingrediente essencial nos guisados e caçarolas. Usar com sobriedade. Combina muito bem com sopas, molhos de tomate, legumes em geral, carnes vermelhas e patés. Digestivo, desinfectante, anti-séptico; é expectorante, limpa as vias respiratórias e o intestino. PIEF 3º Ciclo
    • Louro ( Laurus nobilis) A folha de Louro é um dos componentes do Bouquet Garni. O Louro combina com sopas, peixe em geral, carnes, frango e terrines. Geralmente uma folha basta para aromatizar o prato. Antioxidante, digestivo; estimula o apetite; é auxiliar no tratamento da gripe. Uso: cozidos, assados, feijões, massas, caldos e carnes. Salva (Salvia officinalis) Também conhecida como erva-santa, erva-sacra, chá-de-frança, chá-da-europa, salva-das-farmácias ou salva mansa, é muito bonita enquanto planta ornamental, revelando-se fundamental num jardim, para quem quiser tirar partido das suas propriedades medicinais e culinárias. Anti-sudorífica, anti-inflamatória, desinfectante, emenagoga e anti-depressiva, adstringente, anti-espasmódico PIEF 3º Ciclo
    • Coentro(Criandrum sativum) O coentro é uma das ervas mais usadas no nordeste brasileiro. Possui um perfume incomparável, refrescante e de sabor marcante. Combina muito bem com peixe, frutos do mar, frango e legumes. Suas sementes são usadas para temperar marinadas. Antioxidante, digestivo, auxiliar no tratamento da ansiedade, moderador de apetite. Uso: peixes, frutos do mar, molhos, sopas, carnes, aves, pães. É digestivo, anti-séptico e calmante. Na Índia é considerado afrodisíaco, serve para aumentar as glândulas mamárias. O coentro tem quatro vezes mais caroteno do que a salsa e três vezes mais cálcio do que esta. Tem ainda proteínas, sais minerais, vitamina B e niacina. As folhas são muito ricas em ferro e vitamina C. Tanto os coentros como a salsa ajudam a neutralizar o hálito do alho. A tisana das folhas combate ainda a fadiga e alguns tipos de enxaquecas. As suas sementes são um excelente digestivo quando mastigadas depois da refeição. Alivia dores de estômago em caso de digestões difíceis, vómitos e flatulência, estimulando o apetite e ajudando a secreção gástricos e intestinais. Na medicina chinesa inalam-se os vapores dos ramos dos coentros e massaja-se o corpo com chá para acalmar a comichão e eliminar as borbulhas do sarampo. Na antiguidade, os coentros eram mais utilizados pelas suas propriedades medicinais, mas hoje em dia é mais comum serem usados na culinária.
    • Oregãos ( Origanum vulgare ) é uma erva perene e aromática, muito utilizada na cozinha do Mediterrâneo . São utilizadas as suas folhas , frescas ou secas, pelo sabor e aroma que dão aos pratos. Considera-se que as folhas secas tem melhor sabor É indicada no tratamento e prevenção da gripe. Imunoestimulante e antiviral, aumenta as resistências contra o vírus da gripe, sendo também útil em tosses e rouquidão. Os orégãos contêm um óleo essencial (com timol, carvacrol, limoneno), ácidos gordos com propriedades antioxidantes, antibióticas, antivirais e imunoestimulantes e ácido rosmarínico, com forte acção antioxidante. Os orégãos regulam a quantidade de glicose no sangue, sendo por isso também um antidiabético. PIEF 3º Ciclo
    • Salsa (Apium Petroselinum ) Conhecida como salsinha, a salsa além de ser decorativa acrescenta cor e sabor às omeletes, saladas, molhos, purês de batatas, patês e sopas. São encontradas duas variedades da salsa. A salsa crespa, mais decorativa e em forma de buquê, e, a mais comum, a lisa, que é mais aromática e suporta melhor o cozimento. Favorece o equilíbrio hormonal; é fonte rica em betacaroteno (pré vitamina A) e Vitaminas do Complexo B; alivia os sintomas da bronquite, asma, cólicas menstruais e cistite; é auxiliar no tratamento de cálculos renais e cólicas. Uso: molhos, patês, saladas, legumes, peixes, omeletes, sopas e guisados. As folhas podem ser utilizadas para combater: º Febres Intermitentes Uso interno: suco - 1 colher de sopa três a quatro vezes ao dia. º Bronquite Asmática e Laringite Crónica Uso interno: suco adoçado com mel - 1/2 xícara de café uma vez por dia, em jejum. º Equimoses Uso externo: suco (sob a forma de compressa) - aplicar, no mínimo, três vezes ao dia. º Disenteria Uso interno: chá por decocção - 1 xícara três a quatro vezes ao dia. º Inflamação e Edema de Pálpebras Uso externo: sob a forma de cataplasma fria - aplicar várias vezes ao dia. º Hemorragias Nasais Uso externo: introduzir folhas trituradas nas narinas. º Hemorragias de Úlceras e Feridas, Picadas de Insectos, Nevralgias Uso externo: sob a forma de cataplasma - aplicar três a quatro vezes ao dia. PIEF 3º Ciclo
    • Alfazema (Lavandula) As lavandas crescem em jardins. Suas flores são usadas para arranjos florais secos. As flores púrpuras e os brotos, de fragrância suave, são utilizados em potpourris . Secados e embalados em pequenos saquinhos de tecido de algodão são utilizados para serem colocados entre as roupas do armário para dar-lhes uma fragrância fresca e agradadável, e também para impedir a presença de insetos e parasitas . Plano Físico:  sempre indicada para qualquer problema nervoso, dores em geral (TPM, dores de cabeça, de ouvido), problemas respiratórios,pressão alta, má digestão. A lavanda possui efeito analgésico, antifungicida, antodepressivo, antiviral, sedativo. Pele: um óptimo adstringente, ajuda a equilibrar a oleosidade, regenerador celular e combate a dermatite,acne, psoríase e picada de insecto. Cabelo: óptimo tónico capilar. Bom para caspa e queda Plano Emocional: tranquiliza e acalma a mente e o coração. Elimina o stress, a ansiedade e intolerância. Ajuda no combate da depressão e da insónia. O óleo de lavanda é útil para dissolver os bloqueios, angústias e traumas. PIEF 3º Ciclo
    • Alecrim ( Rosmarinus officinalis ) Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus , que em latim significa orvalho do mar . O alecrim ao nível da alimentação pode ser utilizado no tempero das comidas, principalmente ao nível das carnes grelhadas, pois o mesmo apresenta um intenso sabor, e se colocado em excesso, dará um gosto amargo.Ao nível das indicações terapêuticas do alecrim podem ser usadas as suas folhas em infusão em banhos cosméticos como activador circulatório e tonificador da pele. Manjericão ( Ocimum basilicum) Na culinária, as suas folhas são utilizadas como um aromático tempero, em alimentos como a tradicional pizza Margherita. É analgésica, anti-séptica, calmante, diurética, estimulante digestivo, expectorante, relaxante; auxilia no tratamento das aftas, da amigdalite, infecções do intestino, rins estômago; aumenta a produção de leite, livra da flatulência. Contra-indicado no período da gestação. PIEF 3º Ciclo
    • Projecto: Cheririnhos da Primavera Receitas com ervas aromáticas PIEF 3º Ciclo
    • BACALHAU COM ERVAS AROMÁTICAS Ingredientes: • 8 Batatas • 4 Postas de bacalhau • 1 dl de vinho branco • 1 Chalota • 1 Colher de caf é de ceref ó lio picado • 1 Colher de caf é de salsa picada • 1 Colher de caf é de estragão picado • 2 Gemas • 50 gr. de manteiga • Sal e pimenta q.b. Prepara ç ão: Descasque as batatas e corte-as em metades. Coza-as em á gua abundante com o bacalhau . Retire e reserve. Prepare o milho, levando o vinho ao lume com a chalota picada e as ervas arom á ticas. Deixe reduzir para metade, junte as gemas e envolva bem. Assim que engrossar, retire do lume e adicione a manteiga, mexendo sempre. Tempere com sal e pimenta. Sirva sobre o bacalhau e as batatas cozidos PIEF 3º Ciclo
    • POLVO COM MALAGUETAS Ingredientes: • 1 Polvo com cerca de 1kg • 1dl de azeite • 1 Cebola grande • 6 Dentes de alho • 1 Tomate • 2 Folhas de louro • 6 Grãos de pimenta • 2,5dl de vinho branco • 1 Pau de canela • Sal e pimenta Preparação: Limpe o polvo e coza-o, cortando depois em rodelas. Aqueça o azeite numa frigideira e aloure a cebola picada até ficar transparente. Acrescente o tomate já triturado e os alhos bem picados e deixe apurar em lume lento durante alguns minutos. Retire a frigideira do lume e escorra o azeite para dentro do tacho onde colocou o polvo já cortado. Deixe fritar levemente e adicione o refogado já preparado e os restantes ingredientes. Tempere com sal e pimenta e deixe em lume brando, com o tacho tapado, durante alguns minutos até o polvo estar macio (se necessário adicione um pouco mais de vinho). Sirva numa travessa cobrindo com o próprio molho. PIEF 3º Ciclo
    • CATAPLANA TAMBORIL   Ingredientes: • 1 Kg de Tamboril • 250 gr. De camarão • 0,5 gr de conquilhas • 250 gr. De arroz • 4 Dentes de alho • 2 Cebolas • 1 dl de azeite • 2 Tomates maduros • 1 dl de vinho branco • 1 Molhinho de coentros • 1 Folha de louro • Sal e piripiri q.b.   Preparação: Mergulhe as conquilhas em água salgada para retirar as areias e deixe ficar de molho durante algumas horas. Corte o tamboril às postas e deixe-as durante algum tempo em água fria. Ponha o camarão a cozer e aproveite a mesma água para abrir as conquilhas. Descasque os camarões e reserve alguns inteiros. Retire o miolo às conquilhas. Passe a água da cozedura por um passador fino e reserve. Entretanto, pique os alhos e a cebola finamente. Escalde o tomate e retire as peles e as sementes. Corte em pequenos cubos. Ponha um tacho ao lume com o azeite, adicione os alhos e a cebola e deixe refogar. Coloque o tomate, mexa bem e refresque com o vinho, deixando apurar. Coloque de seguida o tamboril e o arroz, acrescente um pouco de caldo da cozedura dos camarões, o louro e o raminho de coentros. Tempere com sal e piripiri a gosto. Quando estiver cozido junte os mariscos, rectifique os temperos e deixe terminar a cozedura. Tenha o cuidado de deixar o arroz "malandro", ou seja, com caldo suficiente. Sirva de imediato. PIEF 3º Ciclo
    • POLVO ENSOPADO   Ingredientes: • 2 Polvos de 1/2 kg cada • 1/2 Chávena de óleo • 1 Cebola • 2 Dentes de alho • 1 Molho de salsa • 1 Molho de ervas aromáticas • 1 Chávena de conhaque • 1 Colher de sopa de farinha de trigo • 1 Chávena de extracto de tomate • 1 Chávena de vinho branco • Sal e pimenta do reino.   Preparação: Sirva a seguir. Com os polvos já limpos, corte em pedaços pequenos e leve os ao lume numa panela com água a ferver por mais ou menos 5 minutos. Depois tire o polvo da panela com uma escumadeira, e reserve. À parte, coloque numa panela o óleo. Junte a cebola, o alho picado e a salsa. Adicione as ervas aromáticas e o polvo reservado. Deixe dourar, mexendo bem. Junte o conhaque e cozinhe até evaporar. Junte a farinha de trigo e misture bem para que não se formem grumos. Acrescente o extracto de tomate, o vinho branco, o sal e a pimenta do reino. Tape a panela e cozinhe em lume brando por mais ou menos três horas, mexendo de vez em quando. Retire do lume, coloque numa travessa e regue com o próprio molho. PIEF 3º Ciclo
    • ENSOPADO DE BORREGO Ingredientes: Para 10 pessoas • 1 Borrego pequeno; • 3 dl de azeite; • 1 Cebola com casca; • 2 Dentes de alho; • 2 Folhas de louro; • Sal e pimenta ; • 1,5 kg de pão caseiro duro   Preparação: Corta-se o borrego aos bocadinhos e tempera-se com sal. Corta-se o pão ás fatias fino para um prato coberto e rega-se com o ensopado. Hoje há quem junte uma colher de sopa de colorau a este ensopado, mas os pastores fazem-no sem ele. Deita-se o azeite no fundo de um tacho e introduz-se a cebola com a casca, o alho e o louro. Quando o azeite estiver bem quente, junta-se a carne e tempera-se com sal e pimenta. Tapa-se e leva-se a cozer em lume muito brando, agitando-se o tacho de vez em quando e juntando pinguinhos de água. Rectificam-se os temperos (sal e pimenta) e a água. PIEF 3º Ciclo
    • BACALHAU À MINHOTA Ingredientes: • 2 Postas de bacalhau demolhado • 2 Folhas de louro • 1 Kg de batatas • 1 dl de leite • 1 Colher (chá) de colorau • 2 Colheres (sopa) de manteiga • Pimenta • 1 Cebola • 2 Dentes de alho • 1 dl de azeite • 1 Raminho de salsa • 1 Colher (sopa) de pão ralado   Prepara ç ão: Numa panela, coloque cerca de 2 litros de água. Junte as folhas de louro e leve ao lume até ferver. Deite sobre o bacalhau e abafe durante cerca de 25 minutos. Entretanto, coza as batatas com a pele em água temperada com sal, durante 30 minutos. Ferva também o leite com o colorau e a manteiga. Escorra as batatas, retire a pele e reduza a puré. Adicione o leite já fervido e tempere com sal e pimenta. Reserve. Pique finamente a cebola e os alhos e refogue-os no azeite quente. Polvilhe com a salsa picada e junte o bacalhau previamente lascado, sem pele nem espinhas. Acrescente o puré de batata e envolva muito bem. Rectifique os temperos e refogue durante cerca de 5 minutos.Verta o preparado para um recipiente refractário (de forno), alise auperfície com uma espátula e polvilhe com o pão ralado. De seguida, leve ao forno durante cerca de 10 minutos, ou quando a superfície ficar alourada, à temperatura de 200ºC. Leve logo à mesa, bem quente. PIEF 3º Ciclo
    • CAÇAROLA DE FRUTOS Ingredientes: • 4 Kg de Mexilhão com casca; • 3 Kg de Camarão pesado com casca; • 2 Kg de Amêijoas; • 1 Kg Lulas limpas cortada em rodelas; • 3 Kg de posta de cação, sem espinhas, cortado em pedaços; • 3 Cebolas; • 4 Dentes de alho; • 6 Ramos de coentros; • 6 Tomates maduros; • 1 Chávena de azeite;   Preparação: Passe a cebola, o alho, o coentro e o tomate na picadora. Numa panela bem grande, junte os temperos picados e o azeite. Refogue em fogo baixo até começar a alourar. Acrescente os frutos do mar e coloque por cima os pedaços de peixe. Tape parcialmente e cozinhe por 30 minutos ou até os ingredientes estarem macios. Sirva quente com arroz branco. PIEF 3º Ciclo
    • BERBIGÕES À ALENTEJANA   Ingredientes: • 1,5 kg. de Berbigões • 0,5 dl. de Azeite • 2 Dentes de alho • 1 Molho de coentros • 1 Colher de sobremesa de colorau • 1 Bom tomate maduro • pimenta q.b   Preparação:   Lave os berbigões e meta-os em água com sal, durante duas a três horas, para perderem a areia. Depois, lave-os muito bem. Deite numa frigideira o azeite. À parte, deve já ter os alhos e os coentros picados separadamente. Leve o azeite ao lume e junte um pouco de alho picado. Logo que comece a estalar, junte alguns berbigões e tape a frigideira com uma tampa. Deixe-os abrir, polvilhe com coentros picados e retire-os, depois, com uma escumadeira. Vá repetindo a operação enquanto se vão comendo os que estão prontos. PIEF 3º Ciclo
    • PORCO ESTUFADO COM CASTANHAS Ingredientes: • 800 g de Perna de porco • 2 Cebolas • 3 Dentes de alho • 1 Ramo de salsa • 2 Folhas de louro • 1 kg de Castanhas • 100g de Banha • Sal, pimenta, noz-moscada   Preparação: Coloca-se a carne num tacho com as cebolas cortadas em rodelas finas, os dentes de alho esmagados, a banha, a salsa, o louro e tempera-se com sal, pimenta e noz-moscada. Leva-se a estufar em lume moderado, agitando o tacho de vez em quando. Entretanto cozem-se as castanhas golpeadas em água temperada com sal. Descascam-se e juntam-se à carne estufada no último momento. Corta-se a carne em fatias e acompanha-se com as castanhas. PIEF 3º Ciclo
    • BORREGO À PADEIRA Ingredientes: • 1 Perna de borrego • Batatas e cebolas pequenas q.b. • 8 Dentes de alho • 1 Colher de sopa de margarina • 1 Colher de sopa de banha • 1 Fio de azeite • 1/2 Copo de vinho branco • 1 Folha de louro • 1 Ramo de salsa • Colorau, piripiri, pimenta e sal q.b. Preparação: Barre a perna de borrego com uma pasta feita com os dentes de alho esmagados, sal, pimenta, piripiri, colorau, margarina e banha. Coloque a perna numa assadeira de barro, regue com o copo de vinho branco e junte o louro aos bocadinhos. Cubra com folha de alumínio, ou película aderente, e leve ao frigorífico durante 24 horas, voltando a perna de vez em quando, para que a carne tome o gosto por igual. Descasque e tempere batatas e cebolas pequenas com sal, pimenta e colorau e coloque-as à volta da perna de borrego. Junte o ramo de salsa e regue tudo com um fio de azeite. Leve a assar no forno até que o borrego e as batatas estejam tenros, durante cerca de 1 hora. Durante a assadura, volte a carne e as batatas várias vezes regando com o molho. PIEF 3º Ciclo
    • SALMÃO COM ERVAS   Ingredientes: • 200g de filetes de salmão • ½ sumo de 1 limão • 2 chalotas às tiras finas • 2 Colheres de sopa de endro picados • funcho q.b. • salsa q.b.   Preparação: Aqueça o forno previamente a 180ºC. Pincele levemente com azeite o centro de dois grandes quadrados de papel de alumínio, ou papel vegetal. Coloque um filete de salmão no meio de cada um dos quadrados, com a pele para baixo, tempere com pimenta preta moída na altura, regue-o com sumo de limão e espalhe as chalotas e as ervas por cima. Sele a folha juntando as pontas e dobrando-as várias vezes, fazendo um embrulho solto. Em seguida, transfira os dois pacotes para um tabuleiro de forno, e deixe assar durante uns 15 minutos. Quando o peixe estiver pronto, mas ainda um pouco cor de rosa por dentro, divida em duas doses e sirva. Pode ser acompanhado com um pouco de arroz e legumes cozidos. PIEF 3º Ciclo
    • MECHOUI DE BORREGO Ingredientes: • 4,5 kg de Borrego • 450 gr de Margarina • 3 Dentes de alho • 2 Colheres de café de sal grosso • 2 Colheres de café de cominhos em pó • 1colher de café de pimento doce • 1/2 Colher de café de pimento picante • 250 gr de ameixas • Amêndoa pilada q.b. • Agriões, coentros e hortelã • Sementes de sésamo Preparação: Retire com cuidado a gordura do borrego e ate-o com fio de cozinha. Faça incisões ao longo da carne, ficando com um aspecto de fatias grossas. Misture a margarina amolecida, os alhos bem picados, o sal, os cominhos e os pimentos. Unte bem a carne no interior das incisões. Deixe em repouso durante cerca de 2 horas, pelo menos. Aqueça o forno nos 230ºC. Coloque a carne num prato que possa ir ao forno e, com o lado da gordura virado para cima, leve ao forno pré-aquecido durante cerca de 20 minutos. Depois desse tempo, reduza para os 180ºC e vá regando com a gordura de 15 em 15 minutos, até a carne se separar facilmente do osso (cerca de 2h 30m até 3horas). Sirva numa travessa guarnecido com as ameixas, a amêndoa e raminhos de hortelã PIEF 3º Ciclo