• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
25 de abril
 

25 de abril

on

  • 7,986 views

25 de Abril

25 de Abril

Statistics

Views

Total Views
7,986
Views on SlideShare
7,709
Embed Views
277

Actions

Likes
8
Downloads
148
Comments
0

6 Embeds 277

http://piefaquipiefali.blogspot.com 216
http://piefaquipiefali.blogspot.pt 36
http://www.piefaquipiefali.blogspot.com 14
http://www.piefaquipiefali.blogspot.pt 9
http://piefaquipiefali.blogspot.de 1
http://piefaquipiefali.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    25 de abril 25 de abril Presentation Transcript

    • O Feriado de 25 de Abril
    • Implantação da República e o Estado Novo (ditadura) O Rei, D. Carlos I foi assassinado (1 de fevereiro de 1910) Dá-se uma revolta republicana e o rei D. Manuel II fugiu para o estrangeiro (4 de fevereiro de 1910). Derruba-se a Monarquia (governação por Reis) e instala-se a 1ª República (5 de Outubro de 1910 – feriado nacional).
    • Como as condições do país não melhoraram, houve um golpe militar (28 de Maio de 1926) que terminou com a 1ª República e implantou a 2ª República (Estado Novo) que era uma ditadura (os poderes estavam num só partido ou pessoa). A principal figura do Estado Novo foi Salazar. Portugal viveu numa ditadura durante 48 anos (1926 a 1974)
    • Antes…
      • Portugal, antes do dia 25 de Abril de 1974, era um país governado por um regime de DITADURA .
      • A Ditadura era um estado em que ninguém podia dizer ou mesmo pensar o que queria ou criticar o governo em vigor.
      • Era um país triste, cinzento onde havia pessoas muito ricas, mas também muito pobres.
    • Antes…
      • Não havia eleições, só os ricos estudavam ou tinham cuidados médicos adequados.
      • Quem se atrevia a criticar o governo ou fugia ou era preso e torturado pela Polícia Política – PIDE .
      • Os jovens eram obrigados a combater na Guerra Colonial em África e na Guiné.
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • PIDE/DGS
      • Polícia política responsável pela prisão e tortura de inúmeras pessoas.
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Prisões
      • Caxias
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Prisões
      • Peniche
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Prisões
      • Tarrafal (Cabo Verde)
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Imagens de Torturas
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Alguns nomes de presos políticos e perseguidos
      • -Álvaro Cunhal
      • -Octávio Pato
      • -Mário Soares
      • -Sttau Monteiro
      • -Henrique Galvão
      • -Aristides de Sousa
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Mortos pela PIDE/DGS
      • Humberto Delgado (candidato a Presidente da República em 1958)
      Assassinado a tiro no dia 13 de Fevereiro de 1965
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Mortos pela PIDE/DGS
      • Catarina Eufémia (camponesa do Alentejo)
      Foi assassinada a tiro pela GNR no dia 19 de Março de 1954
    • Portugal antes do 25 de Abril
      • Nomes de alguns artistas que lutaram contra a ditadura
      • -José Afonso (cantor e poeta)
      • -Sérgio Godinho (cantor)
      • -António Gedeão (poeta)
      • -Manuel Alegre (poeta)
      • -José Dias Coelho (pintor)
      • -José Mário Branco (cantor)
    • 25 de Abril de 1974 Revolução dos Cravos
    • A primeira reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau , em 21 de Agosto de 1973. É aprovado o primeiro documento do movimento das forças armadas. O governo demite Spínola e Costa Gomes dos seus cargos. No dia 24 de Março a última reunião clandestina decide o derrube do regime pela força. A preparação…
      • No dia 25 de Abril de 1974, às 00h29m, a Rádio Renascença, emite uma canção proibida na altura chamada “Grândola Vila Morena” de Zeca Afonso pois essa tinha sido a canção escolhida pelo MFA para iniciarem o plano de depor o regime ditatorial e impor finalmente a Democracia.
    • 00:29min Transmissão da canção “Grândola Vila Morena” na rádio Renascença! É difundido pelo Rádio Clube Português, o primeiro comunicado ao país do Movimento das Forças Armadas (MFA). 4:20min 13:30min As forças para-militares leais ao regime, começam a render-se. A Legião Portuguesa é a primeira.
    • 14:00min Inicia-se o cerco ao Quartel do Carmo. No exterior, no Largo do Carmo e nas ruas vizinhas, juntam-se milhares de pessoas.
    • Milhares de pessoas no largo do Carmo.
    • Termina o prazo inicial para a rendição. Este é anunciado por megafone pelo Capitão Salgueiro Maia 16:30min O Quartel do Carmo iça a bandeira branca. Marcelo Caetano faz saber que está disposto a render-se. 19:30min Marcelo Caetano rende-se!
    • 20:00min Alguns elementos da PIDE disparam sobre manifestantes que começavam a afluir à sua sede, na Rua António Maria Cardoso, fazendo 4 mortos e 45 feridos.
    •  
    •  
    • Finalmente a Liberdade…
      • O plano do MFA resulta e Marcelo Caetano , que na altura governava Portugal, é obrigado a sair acabando por se isilar no Brasil onde viria a morrer.
    • Revolução dos Cravos
      • A Revolução do 25 de Abril ficou conhecida assim, porque foi uma revolução onde não houve quase nenhum morto.
    • O cravo… Alguém começou a distribuir cravos vermelhos pelos soldados que depressa os colocaram nos canos das suas espingardas… Os militares colocaram cravos no cano das armas como símbolo dessa revolução pacífica e de alegria.
    •  
    •  
    • CHEFES DO ESTADO NOVO Oliveira Salazar Chefe do Estado Novo entre 1933 e 1968 Américo Tomás Presidente da República entre1958 e 1974 Marcelo Caetano Chefe do Estado Novo entre1968 e 1974
    • FIGURAS DE ABRIL
      • SALGEIRO MAIA
      Liderou as forças revolucionárias durante a Revolução dos Cravos
    • FIGURAS DE ABRIL
      • OTELO SARAIVA DE CARVALHO
      Estratega da revolução (organizou a estratégia da revolução)
    • A mudança não se efectuou num dia… Tempo Empenho Coragem Sacrifício s Foi preciso : Para que: Liberdade Solidariedade Democracia não fossem apenas palavras!
      • VIVA O 25 DE ABRIL, SEMPRE…