25 de abril

8,414 views
8,111 views

Published on

25 de Abril

Published in: Travel, Business
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
8,414
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
296
Actions
Shares
0
Downloads
159
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

25 de abril

  1. 1. O Feriado de 25 de Abril
  2. 2. Implantação da República e o Estado Novo (ditadura) O Rei, D. Carlos I foi assassinado (1 de fevereiro de 1910) Dá-se uma revolta republicana e o rei D. Manuel II fugiu para o estrangeiro (4 de fevereiro de 1910). Derruba-se a Monarquia (governação por Reis) e instala-se a 1ª República (5 de Outubro de 1910 – feriado nacional).
  3. 3. Como as condições do país não melhoraram, houve um golpe militar (28 de Maio de 1926) que terminou com a 1ª República e implantou a 2ª República (Estado Novo) que era uma ditadura (os poderes estavam num só partido ou pessoa). A principal figura do Estado Novo foi Salazar. Portugal viveu numa ditadura durante 48 anos (1926 a 1974)
  4. 4. Antes… <ul><li>Portugal, antes do dia 25 de Abril de 1974, era um país governado por um regime de DITADURA . </li></ul><ul><li>A Ditadura era um estado em que ninguém podia dizer ou mesmo pensar o que queria ou criticar o governo em vigor. </li></ul><ul><li>Era um país triste, cinzento onde havia pessoas muito ricas, mas também muito pobres. </li></ul>
  5. 5. Antes… <ul><li>Não havia eleições, só os ricos estudavam ou tinham cuidados médicos adequados. </li></ul><ul><li>Quem se atrevia a criticar o governo ou fugia ou era preso e torturado pela Polícia Política – PIDE . </li></ul><ul><li>Os jovens eram obrigados a combater na Guerra Colonial em África e na Guiné. </li></ul>
  6. 6. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>PIDE/DGS </li></ul><ul><li>Polícia política responsável pela prisão e tortura de inúmeras pessoas. </li></ul>
  7. 7. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Prisões </li></ul><ul><li>Caxias </li></ul>
  8. 8. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Prisões </li></ul><ul><li>Peniche </li></ul>
  9. 9. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Prisões </li></ul><ul><li>Tarrafal (Cabo Verde) </li></ul>
  10. 10. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Imagens de Torturas </li></ul>
  11. 11. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Alguns nomes de presos políticos e perseguidos </li></ul><ul><li>-Álvaro Cunhal </li></ul><ul><li>-Octávio Pato </li></ul><ul><li>-Mário Soares </li></ul><ul><li>-Sttau Monteiro </li></ul><ul><li>-Henrique Galvão </li></ul><ul><li>-Aristides de Sousa </li></ul>
  12. 12. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Mortos pela PIDE/DGS </li></ul><ul><li>Humberto Delgado (candidato a Presidente da República em 1958) </li></ul>Assassinado a tiro no dia 13 de Fevereiro de 1965
  13. 13. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Mortos pela PIDE/DGS </li></ul><ul><li>Catarina Eufémia (camponesa do Alentejo) </li></ul>Foi assassinada a tiro pela GNR no dia 19 de Março de 1954
  14. 14. Portugal antes do 25 de Abril <ul><li>Nomes de alguns artistas que lutaram contra a ditadura </li></ul><ul><li>-José Afonso (cantor e poeta) </li></ul><ul><li>-Sérgio Godinho (cantor) </li></ul><ul><li>-António Gedeão (poeta) </li></ul><ul><li>-Manuel Alegre (poeta) </li></ul><ul><li>-José Dias Coelho (pintor) </li></ul><ul><li>-José Mário Branco (cantor) </li></ul>
  15. 15. 25 de Abril de 1974 Revolução dos Cravos
  16. 16. A primeira reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau , em 21 de Agosto de 1973. É aprovado o primeiro documento do movimento das forças armadas. O governo demite Spínola e Costa Gomes dos seus cargos. No dia 24 de Março a última reunião clandestina decide o derrube do regime pela força. A preparação…
  17. 17. <ul><li>No dia 25 de Abril de 1974, às 00h29m, a Rádio Renascença, emite uma canção proibida na altura chamada “Grândola Vila Morena” de Zeca Afonso pois essa tinha sido a canção escolhida pelo MFA para iniciarem o plano de depor o regime ditatorial e impor finalmente a Democracia. </li></ul>
  18. 18. 00:29min Transmissão da canção “Grândola Vila Morena” na rádio Renascença! É difundido pelo Rádio Clube Português, o primeiro comunicado ao país do Movimento das Forças Armadas (MFA). 4:20min 13:30min As forças para-militares leais ao regime, começam a render-se. A Legião Portuguesa é a primeira.
  19. 19. 14:00min Inicia-se o cerco ao Quartel do Carmo. No exterior, no Largo do Carmo e nas ruas vizinhas, juntam-se milhares de pessoas.
  20. 20. Milhares de pessoas no largo do Carmo.
  21. 21. Termina o prazo inicial para a rendição. Este é anunciado por megafone pelo Capitão Salgueiro Maia 16:30min O Quartel do Carmo iça a bandeira branca. Marcelo Caetano faz saber que está disposto a render-se. 19:30min Marcelo Caetano rende-se!
  22. 22. 20:00min Alguns elementos da PIDE disparam sobre manifestantes que começavam a afluir à sua sede, na Rua António Maria Cardoso, fazendo 4 mortos e 45 feridos.
  23. 25. Finalmente a Liberdade… <ul><li>O plano do MFA resulta e Marcelo Caetano , que na altura governava Portugal, é obrigado a sair acabando por se isilar no Brasil onde viria a morrer. </li></ul>
  24. 26. Revolução dos Cravos <ul><li>A Revolução do 25 de Abril ficou conhecida assim, porque foi uma revolução onde não houve quase nenhum morto. </li></ul>
  25. 27. O cravo… Alguém começou a distribuir cravos vermelhos pelos soldados que depressa os colocaram nos canos das suas espingardas… Os militares colocaram cravos no cano das armas como símbolo dessa revolução pacífica e de alegria.
  26. 30. CHEFES DO ESTADO NOVO Oliveira Salazar Chefe do Estado Novo entre 1933 e 1968 Américo Tomás Presidente da República entre1958 e 1974 Marcelo Caetano Chefe do Estado Novo entre1968 e 1974
  27. 31. FIGURAS DE ABRIL <ul><li>SALGEIRO MAIA </li></ul>Liderou as forças revolucionárias durante a Revolução dos Cravos
  28. 32. FIGURAS DE ABRIL <ul><li>OTELO SARAIVA DE CARVALHO </li></ul>Estratega da revolução (organizou a estratégia da revolução)
  29. 33. A mudança não se efectuou num dia… Tempo Empenho Coragem Sacrifício s Foi preciso : Para que: Liberdade Solidariedade Democracia não fossem apenas palavras!
  30. 34. <ul><li>VIVA O 25 DE ABRIL, SEMPRE… </li></ul>

×