Planejando Testes De Usabilidade

  • 1,781 views
Uploaded on

 

More in: Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,781
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
93
Comments
0
Likes
4

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Usabilidade biblioteca Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer A realização de testes de usabilidade faz parte – ou deveria fazer – de todas as implementações de sistemas e portais corporativos. Um teste bem planejado, com usuários, ferramentas e procedimentos bem definidos, assegura não só a consecução do teste com qualidade, mas possibilita extrair os melhores resultados e contribuir efetivamente para a melhoria do produto. Este artigo tem como objetivo apresentar todos os aspectos a serem considerados durante o planejamento de testes deste tipo. Grácia Anacleto e Paulo Floriano InTrodUção A realização de testes é parte essencial no Esse artigo tem por objetivo apresentar os processo de desenvolvimento de um site ou portal principais pontos de atenção a serem observados corporativo. A partir deles, é possível detectar erros, durante o planejamento e a execução de testes de verificar inconsistências e avaliar a experiência dos usabilidade, sejam em intranets, sites, portais ou usuários no contato com a ferramenta. Além disso, aplicativos específicos. Os testes de usabilidade os dados coletados durante a realização dos testes avaliam, não só a experiência dos usuários no oferecem subsídios para a tomada de decisões momento em que interagem com o sistema, mas importantes sobre o planejamento do portal, como também como as funcionalidades e as regras de o horizonte de lançamento e a sua estratégia de negócio impactam na interação entre usuário e o evolução. sistema. Busca-se testar neste caso se o tipo de informação, a linguagem, o design das páginas e Neste sentido, diferentes tipos de teste servem a a plataforma tecnológica utilizados proporcionam diferentes propósitos. Testes de funcionalidades a eles a melhor experiência possível de uso. e regras de negócios avaliam o funcionamento Para tanto, utilizam-se diretrizes que se aplicam à da ferramenta e sua aderência aos requisitos e construção de textos para web, desenho de menu e especificações definidas na fase de planejamento de páginas e codificação, entre outras coisas. do sistema. Testa-se, para cada componente, se o sistema responde corretamente às solicitações realizadas. As dImensões do TesTe de UsAbIlIdAde Também podem ser realizados testes de performance do sistema, onde serão avaliadas a escalabilidade e confiabilidade da ferramenta ao O teste de usabilidade simula as condições simular condições reais, como excesso de utilização de utilização do sistema da perspectiva do de banda e número de usuários. usuário final. Ele prioriza a análise da facilidade de navegação entre as telas da aplicação e a © TerraForum Consultores 
  • 2. Usabilidade Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer biblioteca www.terraforum.com.br " seria necessário realizar testes com pelo menos 00 usuários para garantir um nível de confiabilidade de 95% sobre os resultados • Ferramenta de Coleta de Dados: trata das clareza de textos e mensagens com o objetivo de decisões sobre a metodologia e o formato levantar as dificuldades e problemas de uso para, da coleta dos dados do teste; posteriormente, desenvolver soluções que deixem o site mais simples e intuitivo. • Equipe (Acompanhamento do Teste): define a equipe responsável pelos testes e o Sendo assim, o planejamento de um teste de passo-a-passo de sua operacionalização; usabilidade efetivo deve contemplar as seguintes dimensões: • Report: contempla o formato do relatório de avaliação dos testes e as decisões que • Usuários: diz respeito às decisões sobre o ele orienta. número de participantes e seu perfil; Figura 1: Dimensões no planejamento de testes de usabilidade. Fonte: Os autores. A dImensão: UsUárIos Definição da amostra Uma das tarefas mais importantes na realização Tipicamente, um estudo que envolve a definição de de um teste de usabilidade é a definição de seus amostra passa pela utilização de técnicas estatísticas participantes. Eles devem representar de forma que garantam um bom nível de confiabilidade para consistente os usuários finais do sistema, uma os resultados. Neste sentido, existem abordagens vez que o que for observado pela amostragem probabilísticas e não probabilísticas que servem a será generalizado para o grupo. Por isso, a este propósito. No caso dos testes de usabilidade, a seleção precisa considerar as características mais definição da amostra deve equilibrar a confiabilidade relevantes para a clara e precisa definição dos dos resultados com o esforço demandado para sua públicos-alvo do sistema. obtenção. No caso de um site ou da intranet de uma grande empresa, por exemplo, ao utilizar técnicas © TerraForum Consultores 
  • 3. Usabilidade Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer biblioteca www.terraforum.com.br probabilísticas seria necessário realizar testes com de pontos de vista. Para tanto, é necessário definir pelo menos 200 usuários para garantir um nível quais são as características que distinguem um de confiabilidade de 95% sobre os resultados. No usuário de outro. entanto, estudos realizados por Jacob Nielsen mostram que, com uma amostra de apenas seis Diversos critérios podem ser utilizados, e devem usuários, é possível identificar 85% dos erros ou fazer sentido dentro do contexto da organização. melhorias a serem implementadas em um portal. Dentre eles estão infra-estrutura, região geográfica, Com uma amostra de mais usuários, o grau de cultura digital, papel dentro do portal e outros. confiabilidade aumenta em uma proporção menor, como indica o gráfico abaixo. A dImensão: FerrAmenTA de ColeTA de dAdos 100% A coleta de dados nos testes de usabilidade é feita 85% com base no contato do usuário com o sistema e Problemas encontrados nos efeitos desta interação. Tipicamente, ela se vale de duas ferramentas principais: o registro de impressões durante a realização do teste e a realização de entrevistas ou aplicação de questionários. A primeira ferramenta requer a preparação de um roteiro de tarefas para execução pelo usuário. 0 6 15 30 Durante seu cumprimento, o registro das impressões Tamanho da Amostra do usuário pode ser feito de diversas maneiras. A forma mais simples é anotar as observações feitas Figura 2: Amostra recomendada em testes verbal e espontaneamente. Há, porém, outras de usabilidade. formas de fazer o levantamento. Fonte: Adaptado de Nielsen, Jakob e Landauer, Thomas K - A mathematical model of the finding of Pode-se lançar mão de recursos eletrônicos, usability problems softwares, bem como outras ferramentas para gravação de som e imagem. Em alguns casos, é utilizado um laboratório de usabilidade para realização destes testes. Trata-se de um local com duas salas ligadas por espelho translúcido Perfil dos usuários e uma câmera de vídeo. O espelho permite a observação livre do contexto e a câmera registra a Para que a amostra de um teste de usabilidade seja expressão facial e fala do usuário durante o teste. representativa, ela deve abranger o maior número Esses dados são cruzados com os registros de de perfis significativos de usuários da população. um software de fundo que monitora a interação do Usuários com características e contextos de acesso usuário com o sistema. Apesar da técnica permitir distintos possibilitam uma coleta de resultados muito um levantamento mais rico de dados, sabe-se que mais rica por apresentar uma grande diversidade o registro manual apresenta resultados bastante © TerraForum Consultores 
  • 4. Usabilidade Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer biblioteca www.terraforum.com.br satisfatórios (Amstel, Frederick van – Teste de Equipe do teste Usabilidade, Usabilidoido, 2005). Não é necessária a alocação de uma grande Em paralelo, é feita uma avaliação do grau de equipe para a realização do teste. Caso se opte satisfação do usuário, que tem por objetivo obter por realizar o registro manual das impressões dos uma opinião geral sobre o portal ou sistema. Ela usuários, basta a presença de um facilitador e um pode ser realizada por meio de uma entrevista ou dois observadores. O primeiro é responsável estruturada (com perguntas pré-definidas), uma por explicar a dinâmica e conduzir a entrevista entrevista semi-estruturada (com um roteiro de final de avaliação da satisfação da ferramenta. Os pontos a serem discutidos) ou de um questionário dois outros colaboram anotando as observações e para auto-preenchimento. Em qualquer uma das reações do usuário ao longo do processo. opções, pode-se levantar a opinião dos participantes quanto à navegação, aos tipos de consulta, à É importante que o facilitador esteja bastante facilidade de aprendizado e uso, à terminologia familiarizado com a dinâmica do teste, podendo adotada e ao tempo de resposta do sistema. aplicá-lo com autoridade e perícia. Recomenda- se também que seja eloqüente e consiga passar instruções com clareza e tirar dúvidas. Já os A dImensão: AComPAnhAmenTo do observadores precisam ser meticulosos e TesTe atenciosos. O acompanhamento do teste deve ser realizado Para a realização do teste de usabilidade em por uma equipe especialmente designada, formada laboratório, é necessária a existência de outros por pessoas que cumprem papéis diferentes. Ela se papéis com competências específicas, conforme responsabiliza por aplicar com eficácia o teste, que descrito a seguir: deve seguir a dinâmica proposta e assim garantir a qualidade dos resultados. Coordena as atividades, revisa e analisa a consistência do material escrito Administrador (roteiro e perguntas da entrevista) e dar assistência ao facilitador. Editor Encarrega-se de dar o tratamento final ao material gravado (som ou vídeo). Operador de vídeo ou Opera o equipamento de vídeo ou de som durante a realização do teste. Ele som pode também verbalizar determinadas reações do usuário no decorrer do processo. Apresenta o objetivo do teste, explicita as atividades a serem realizadas, tira Facilitador dúvidas e aplica a avaliação de grau de satisfação. Observador Anota as observações e reações do usuário ao longo do teste. Fonte: Adaptado de Test Plan – Testing Usability Issues in Motive Communication Installation Documents © TerraForum Consultores 
  • 5. Usabilidade Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer biblioteca www.terraforum.com.br Conforme dito anteriormente, o uso de recursos exemplo, a demora na execução de uma tarefa de gravação pode render um levantamento mais pode significar desde problemas de localização detalhado de dados, mas o registro simples do do menu e elaboração dos termos até falhas na teste já se mostra bastante satisfatório. taxonomia. Uma vez levantados os problemas, um plano de Dinâmica do teste ação deve ser proposto. Até porque, o objetivo final da análise dos resultados dos testes de usabilidade O teste deve iniciar com uma rápida apresentação é oferecer subsídios para a tomada de decisão e do facilitador. Ele explica a dinâmica da avaliação, motivar alterações e melhorias no sistema. Os itens entrega o roteiro com as atividades a serem observados devem ser priorizados e um roadmap cumpridas e tira toda e qualquer dúvida. de implementação deve ser definido, tanto para curto quanto para médio e longo prazo. Depois disso, o usuário é convidado a cumprir o roteiro. A partir desse momento, a equipe aciona as ferramentas de monitoração (se forem utilizados ConClUsão recursos dessa natureza) ou começa a tomar notas. Podem ser registradas, não apenas as Elaborar um plano de testes consistente é o primeiro observações feitas verbalmente pelo participante, passo para assegurar a qualidade dos resultados mas também as reações e as dificuldades que não finais do teste. Ao detalhar e documentar de forma são explicitadas. Geralmente elas dão boas dicas clara todo o processo, o plano dá aos responsáveis sobre a verdadeira reação do usuário ao sistema. por conduzir o teste todos os elementos necessários para que o façam de forma consistente. Afinal, é Uma vez concluída a navegação, o facilitador faz com base no conjunto de resultados obtidos que então a avaliação de grau de satisfação com o será possível avaliar o grau de maturidade do usuário, seja por meio do preenchimento de um portal, dando condições de melhorar o produto questionário, seja por meio de uma entrevista. As final e garantir que ele cumpra sua missão e seus perguntas (tanto escritas quanto faladas) devem objetivos, tanto a curto quanto a médio-longo ser feitas de forma objetiva e clara. prazo. A dImensão: AvAlIAção e rePorT *** Após a coleta dos dados dos testes de usabilidade, é necessário analisá-los e documentá-los. Antes, Grácia Anacleto é consultora associada da porém, deve-se estabelecer medidas de avaliação. TerraForum. Elas servirão de base na avaliação dos resultados Seu e-mail é gracia@terraforum.com.br obtidos, possibilitando que os avaliadores expliquem os fenômenos ocorridos durante o teste e façam inferências sobre a qualidade do portal Paulo Floriano é consultor associado da ou sistema para os usuários. A realização desse TerraForum. processo é bastante importante, já que um mesmo Seu e-mail é paulo@terrafourm.com.br problema pode ser gerado por diversos fatores. Por © TerraForum Consultores 5
  • 6. Usabilidade Planejando testes de usabilidade: o que (e o que não) fazer biblioteca www.terraforum.com.br A emPresA ArTIGos relACIonAdos A TerraForum Consultores é uma empresa de consultoria e treinamento em Gestão do Conhecimento (GC) e Tecnologia da Informação. Os Usabilidade: Conceitos Centrais clientes da empresa são, em sua maioria, grandes Usabilidade dos Sites de Ministérios do Brasil e médias organizações dos setores público, privado e terceiro setor. A empresa atua em todo o Brasil e também no exterior, tendo escritórios em São Paulo, Brasília e Ottawa no Canadá. É dirigida pelo Dr. José Cláudio Terra, pioneiro e maior referência em Gestão do Conhecimento no país. Além disso, conta com uma equipe especializada e internacional de consultores. PUblICAções TerrAForUm Winning at Collaboration Commerce Gestão do Conhecimento e E-learning na Prática Portais Corporativos, a Revolução na Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento - O Grande Desafio Empresarial Gestão do Conhecimento em Pequenas e Médias Empresas Realizing the Promise of Corporate Portals: Leveraging Knowledge for Business Success Gestão de Empresas na Era do Conhecimento © TerraForum Consultores