Your SlideShare is downloading. ×
Worshop w3i ars p fidalgo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Worshop w3i ars p fidalgo

5,205
views

Published on

Worshop w3i Universidade Aberta - 22 de Dezembro de 2012

Worshop w3i Universidade Aberta - 22 de Dezembro de 2012


0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,205
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
33
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Patrícia FidalgoAnálise de Redes Sociais 22 Dezembro 2012
  • 2. Estrutura da apresentação1234
  • 3. O que é a ARS• Análise estrutural qualitativa: – 1º nível: as teorias construídas limitam-se a tratar as regularidades nas redes e outras formas de organização – 2º nível: teorias que postulam princípios subjacentes às redes sociais e às outras formas de organização social
  • 4. O que é a ARS• Técnica interdisciplinar de análise das interacções sociais• Foca-se nas relações que os indivíduos estabelecem mais do que nos seus atributos• Estuda estruturas sociais através da medição dos laços e das interacções entre os membros dessas estruturas
  • 5. Paradigma de investigação e campo de acção da ARS• 1) A ARS é motivada pela ‘intuição estrutural’ que se baseia nos laços que ligam os actores sociais• 2) Fundamenta-se em dados empíricos sistemáticos• 3) Apoia-se em grande medida em imagens gráficas• 4) Baseia-se no uso da matemática e/ou modelos computacionais
  • 6. Princípios da ARS• Os actores e as acções são analisadas como interdependentes;• Através das interacções os actores transferem recursos (materiais ou não-materiais); as interacções são canais de transferência;• As redes são modelos de estruturas sociais económicas, políticas, etc. que apresentam padrões relativamente duradouros de interacção;• A estructura de uma rede afecta as acções e as percepções dos seus actores (e.g estruturas formais/informais, homogéneas/geterogéneas);• O ambiente estrutural da rede pode fornecer oportunidades ou constrangimentos à acção dos actores.
  • 7. Principais elementos da ARS Matriz AdjacenteUma das formas de representar um grafo
  • 8. Principais elementos da ARS Grafo Ligações ActoresTamanho: 52Densidade: 0,08Diâmetro: 7 Distância geodésicaReciprocidade
  • 9. Principais elementos da ARS• Redes: – Egocêntricas Fonte: Francisco José Zamith Guimarães & Elisete de Sousa Melo, DIAGNÓSTICO UTILIZANDO ANÁLISE DE REDES SOCIAIS
  • 10. Principais elementos da ARS• Redes: – Totais
  • 11. Principais medidas de ARS “Quanto” é que os individuos socializam Mede o capital social de um no grupo (rede) grupo e o acesso dos actores COESÃO aos recursos da rede através Que actores socializam mais das relações sociais Nível geral de coesão de uma rede Proporção do número máximo de Nível geral de ligação entre os DENSIDADE conexões possíveis actores Grau de inserção dos actores de uma rede Em que medida a coesão estáCENTRALIZAÇÃO Medida de centralidade global organizada em torno de actores focais OutDegree/ InDegree Localização de um actor em relação à (contactar ou ser contactado rede totalCENTRALIDADE por outros) Que actores têm poder por causa da Quem tem uma posição mais posição estrutural que ocupam central = tem mais poder
  • 12. Principais elementos da ARS Vê um actor como estando numa Potencial para controlar os posição favorecida porque está no outros ao actuar comoINTERMEDIAÇÃO caminho geodésico de outros pares de intermediário ou ‘porteiro’ ( actores gatekeeper) InCloseness/ OutCloseness Distância mais curta entre pares de (Distância de um actor aos PROXIMIDADE actores outros e dos outros actores a ele) Número de conexões Indica qual a proporção de conexões bidirecionais (recíprocas)RECIPROCIDADE que tem uma relação de reciprocidade dividido pelo número de conexões. Pode ajudar a explicar como os Subgrupos nos quais os actores estão individuos se comportam e CLIQUES mais fortemente conectados como entendem a sua Relações reciprocadas actividade
  • 13. Tipos de redes sociais• Rede em estrela Actor Central
  • 14. Tipos de redes sociais• Rede em linha
  • 15. Tipos de redes sociaisRede em circulo
  • 16. Tipos de papeis dos actores• Actores centrais (central connectors): fazem a ligação entre a maioria dos actores;• Expansores de Fronteiras (Boundary spanner): actores conectados a outros actores de outras redes ou sub- redes;• Intermediários (brokers) de Informação: são actores que fazem a ligação entre diferentes subgrupos da rede;• Especialistas Periférico (peripherical specialists): actores com algum tipo de conhecimento especializado, a quem outros actores recorrem quando necessitam de informação ou conhecimento técnico. Fonte: Rob Cross & Laurence Prusak, The people who make organizations GO – or Stop
  • 17. Softwares• Diversidade de softwares: comerciais e gratuitos: – Cfinder, Gephi, GraphViz, Guess, InFlow, MultiNet, NetDraw, Netminer, SocNetV, UCINET, VISONE, Yed, … – Cálculo de diferentes medida de base matemática para medir as relações, laços e as interações sociais – Visualização das redes sociais de acordo os resultados dos cálculos das diferentes medidas
  • 18. UCINET• Software de análise de redes sociais desenvolvidos por Steve Borgatti, Everett e Martin Freeman Lin.• Trabalha em conjunto com o programa freeware chamado NETDRAW para desenhar e visualizar diagramas de redes sociais. NETDRAW é instalado automaticamente com UCINET.• UCINET é um pacote completo para a análise dos dados da rede social, pode ler e gravar uma infinidade de arquivos de texto formatado de forma diferente, bem como arquivos de Excel. Inclui medidas de centralidade, o subgrupo de identificação, análise de papel, a teoria dos grafos elementares, e permutação baseada em análise estatística.• Pode-se fazer o download do UCINET usá-lo gratuitamente por 60 dias. Adaptado de Tatiana Barbosa de Azevedo e Martius Vicente Rodriguez Y Rodriguez SOFTWARES PARA ANÁLISE DE REDES SOCIAIS - ARS
  • 19. UCINEThttps://sites.google.com/site/ucinetsoftware/home
  • 20. GEPHI• Gephi é uma plataforma de visualização e exploração interactiva de exploração de todos os tipos de redes e sistemas complexos, dinâmicos e gráficos hierárquicos. O utilizador interage com a representação, manipula as estruturas, formas e cores para revelar propriedades ocultas das redes. O objectivo é ajudar os analistas de dados a construir hipótese, intuitivamente descobrir padrões, isolar singularidades da estrutura ou falhas durante a recolha de dados. É uma ferramenta complementar para as estatísticas tradicionais.• Trata-se de um software para análise exploratória de dados• Funciona em Windows, Linux e Mac OS X. Gephi é open-source e livre.
  • 21. GEPHIhttp://gephi.org/
  • 22. SNAPP• O Snapp realiza ARS em tempo real, e a visualização da actividade dos fóruns de discussão em LMS’s• Serve essencialmente como um instrumento de diagnóstico, permitindo que o pessoal docente avalie os padrões de comportamento dos estudantes e intervir se necessário um tempo útil• Funciona nas seguintes plataformas: Blackboard, Moodle, WebCT, Sakai, Desire2Learn• Versões 1.5 e 2.0 (Beta)• Não se trata de um software que é instalado nos computadores mas de um bookmarklet que é guardado nos favoritos
  • 23. SNAPPhttp://www.snappvis.org/?page_id=6#usermessagea
  • 24. Hands on: Análise de Fóruns online• Abrir um dos fórums do Moodle• Numa página separada abrir SNAPP: http://www.snappvis.org/?page_id=6#usermessa gea• Guardar o SNAPP nos favoritos• Regressar ao fórum do Moodle• Fazer correr o SNAPP• Observar o grafo e analisar as estatísticas, tipos de redes e tipos de actores