Edição 37 - Petrobras em Ações - nº 01/2012
 

Like this? Share it with your network

Share

Edição 37 - Petrobras em Ações - nº 01/2012

on

  • 6,981 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,981
Views on SlideShare
2,344
Embed Views
4,637

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

3 Embeds 4,637

http://www.investidorpetrobras.com.br 4263
http://investidorpetrobras.com.br 373
http://207.46.192.232 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Edição 37 - Petrobras em Ações - nº 01/2012 Document Transcript

  • 1. Relacionamento com Investidores • Ano XII • nº 37 Petrobras é a Empresa Captação recorde n A Petrobras realizou em fevereiro, por intermédio da subsidiária Petrobras de Energia 2011 International Finance Company (PifCo), oferta de títulos no mercado internacional de capitais (Global Notes) que captou US$ 7 A bilhões, com vencimentos em 2015 e 2017. Foi a maior oferta internacional de títulos duplamente Petrobras foi do Brasil até agora, além de representar o menor custo para uma empresa nacional premiada no Platts Global nos prazos de três e cinco anos, e ainda Energy Awards como Empresa menor custo para o prazo de dez anos de Energia e Produtora de Energia do Ano. já captado pela empresa. Os recursos A cerimônia de entrega dos troféus acon- financiarão investimentos da companhia. teceu em Nova York, em dezembro, quan- Produção em 2011 do os vencedores foram anunciados. n A produção média de petróleo e gás A agência Platts, uma das líderes mun- natural da Petrobras no Brasil em 2011 diais em informações sobre energia e atingiu o volume recorde de 2.376.359 barris de óleo equivalente por dia (boed), 1,6% a commodities, ressaltou a representa- mais do que o volume produzido em 2010. tividade e os avanços da Petrobras Ao incluir o volume do exterior, a média no setor de energia. Para a escolha dos diária total em 2011 sobe para 2.621.209 vencedores foram avaliados critérios como boed, 1,4% acima do volume de 2010. inovação tecnológica, responsabilidade Reservas cresceram ambiental, eficiência e compromisso com n Segundo critérios da Agência Nacional a sustentabilidade. de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) A premiação existe há 12 anos e desta- e Society of Petroleum Engineers (SPE), as reservas provadas de óleo, condensado ca empresas do segmento de energia por e gás natural da Petrobras, em 2011, seu desempenho e inovação. Os vencedo- atingiram 16,41 bilhões de barris de óleo res foram escolhidos por um painel inde- equivalente (boe) – um aumento de pendente de especialistas internacionais. 2,7% em relação a 2010, com índice de reposição de reservas de 148% e relação A companhia também foi finalista nas reserva/produção de 18,5 anos. categorias Liderança do Setor e CEO. A Petrobras passa por um forte processo Remuneração de acionistas de crescimento. A previsão é ampliar n O pagamento da quarta parcela da distribuição antecipada de remuneração a produção de petróleo e derivados aos acionistas da Petrobras (exercício 2011) nos próximos anos a partir das des- ocorreu no final de fevereiro. O pagamento cobertas na província do Pré-Sal, mas foi feito sob a forma de Juros sobre o também há investimentos em outras fontes Capital Próprio (JCP), com base na posição acionária de 2 de janeiro de 2012. de energia, como biodiesel e etanol. No mesmo período da premiação, foi Emissões de títulos realizado o quinto Global Energy Outlook n A Petrobras informou a precificação Forum, também promovido pela Platts. de títulos no mercado internacional de capitais (Global Notes) em libras esterlinas Nesse evento, a Petrobras foi destacada (£), com vencimento em 15 anos, emitidos pelo pioneirismo nas operações em por sua subsidiária PifCo, no volume de águas ultraprofundas e pelo desenvol- Sede da Petrobras £ 700.000.000. Os juros serão pagos vimento da indústria do petróleo no Brasil. em dezembro de cada ano, com início em 2012, e o rendimento ao investidor será de 6,379%. Resultados Graça Foster Programa do quarto trimestre assume presidência Progredir alcança 2011 da companhia R$ 1 bilhão Pág. 2 Pág. 4 Pág. 4
  • 2. LUCRATIVIDADE Resultados do quarto trimestre e exercício 2011 N o quarto trimestre de 2011, o lucro líquido da Petrobras atin- giu R$ 5 bilhões 49 mi- lhões. Nesse período, a companhia apurou uma receita de vendas maior atingiu a média diária recorde de 2 milhões 622 mil barris de óleo equivalente (boe), 2% supe- rior ao volume produzido em 2010. O crescimento na produção de petróleo No segmento de Abastecimento, 14 novas unidades entraram em operação nas refinarias em 2011, visando à melhoria operacional, adequação ambiental das unidades, (+3%), em decorrência do aumento foi sustentado pelo maior volume das eficiência energética e flexibilização dos preços dos derivados no mercado plataformas existentes e do projeto pi- da produção de derivados. O volume interno. As despesas operacionais au- loto de Lula. processado de petróleo nacional nas mentaram 7%, refletindo principalmen- Também contribuíram os quatro refinarias alcançou nível recorde te o aumento de gastos com despesas novos sistemas que entraram em ope- em 2011, utilizando 92% da ca- administrativas, custos exploratórios e ração: a P-56, no campo de Marlim pacidade nominal das unidades pesquisa e desenvolvimento. Sul, e Testes de Longa Duração nas no País. O volume de vendas de de- A geração operacional de caixa áreas de Cernambi, Lula Nordeste e rivados no mercado interno em 2011 (EBITDA) aumentou 5%, atingindo Carioca Nordeste. Em dezembro, foi foi 9% superior ao do mesmo pe- o valor recorde de R$ 62 bilhões declarada a comercialidade da área de ríodo de 2010. 246 milhões, o que revela a solidez Guará, que passou a se chamar campo O endividamento líquido da Petro- de capacidade de geração interna de de Sapinhoá, com volume recuperável bras aumentou em relação a 2010, caixa. As receitas financeiras líquidas total estimado de 2,1 bilhões de boe. mas a alavancagem e a solvência da de R$ 122 milhões foram inferiores às Houve ainda diversas e importantes empresa ficaram dentro dos limites apuradas em 2010. Os investimentos descobertas de petróleo e gás natural estabelecidos. Em 2011, a companhia em 2011 totalizaram R$ 72 bilhões 546 ao longo do ano. Em 2011, as reservas captou US$ 18,4 bilhões, o que de- milhões, sendo a maior parte dedicada provadas totais (Brasil e exterior) atin- monstra o reconhecimento da quali- aos segmentos de Exploração e Produ- giram 16,41 bilhões de boe pelo crité- dade do seu crédito por bancos, agên- ção (47%) e Abastecimento (37%). rio SPE/ANP. O Índice de Reposição de cias oficiais de crédito e investidores, e A produção total de petróleo e gás Reservas ficou em 148% e a relação proporciona custos e prazos favoráveis natural no Brasil e no exterior em 2011 reserva/produção em 18,5 anos. ao financiamento das atividades. Dados Econômico-FinanceirosRESULTADOS & RETROSPECTIVA Em R$ Milhões 4T11 3T11 Variação (%) Em R$ Milhões 4T11 3T11 Variação (%) Vendas líquidas 65.257 63.554 2,7 EBITDA 14.054 16.429 (14,5) Lucro bruto 17.306 20.068 (13,8) Total de investimentos anual 72.546 76.411 (10,0) Lucro operacional * 7.752 12.372 (37,3) Endividamento líquido 103.022 61.007 (69) Lucro líquido 5.049 6.336 (20,3) Estrutura de capital (capital de terceiros 39% 37% (5,1) Lucro líquido por ação 0,39 0,49 (20,4) líquido / passivo total líquido) * Antes das receitas e despesas financeiras e da equivalência patrimonial. Resultados Operacionais Evolução das Ações: PETR3 e PETR4 Em mil barris óleo equivalente/dia 4T11 5003T11 500 Variação (%) 500 Produção total de petróleo, LGN e gás natural 2.670 2.581 3,4 450 450 450 500 Produção total de derivados 1.949 1.886 3,3 400 400 450400 Exportação líquida de petróleo e derivados (134) (193) 30,6 400 Capacidade de utilização das refinarias – no Brasil 2.013 350 350 2.007 0,3 350 Capacidade de utilização das refinarias – no exterior 350 €231 300€231 300 0,0 300 Participação do óleo nacional na carga processada 82% 82% 0,0 300 250 250 250 IBOVIBOV 117% IBOV117% 117% 250 117% IBOV PETR4 200 200 200 PETR4 77%77% PETR4 77% PETR4 77% Variação Real Acumulada da Ações 200 PETR3 72%72% PETR3 72% PETR3 PETR3 72% 150 150 150150 IBOVESPA PETROBRAS PN PETROBRAS ON (%) (%) 100 100 (%) 100100 Nos últimos 10 anos 318,0 ou 15,4 a.a. 50 236,1 ou 12,9 a.a. 50 ou 13,4 a.a. 250,6 50 50 30/12/2004 31/12/2006 31/12/2007 31/12/2008 31/12/2009 31/12/2010 31/12/2011 31/1/2012 Nos últimos 5 anos 27,6 ou 5,0 a.a. (15,6) ou 31/12/2006 31/12/2007 31/12/2006 31/12/2007 31/12/2009 31/12/2010 31/12/2011 31/1/2012 30/12/2004 31/12/2006 31/12/2007 31/12/2008 31/12/2008 31/12/2009 31/12/2010 31/12/2011 31/1/2012 (13,7) ou (2,9) a.a. 30/12/2004 (3,3) a.a. 30/12/2004 31/12/2008 31/12/2009 31/12/2010 31/12/2011 31/1/2012 No último ano (18,1) (21,3) (24,7) Retorno nominal acumulado
  • 3. Cooperação HistóriaSegurança Operacional para resposta a vazamentos A Petrobras assinou, na Inglater- ra, acordo de cooperação para apoio mútuo em caso de grandes acidentes com vazamento com a Oil Spill Response (OSR). Fundada em 1984, a OSR partici- pou do combate a grandes vaza- mentos e tem ampla experiência nesse tema. O acordo permite que, em caso de emergência de grande porte, a Petrobras poderá con- tar com a experiência e os recursos da OSR em qualquer Ontem: Poço Candeias-1 Hoje: FPSO Cidade de Angra dos Reis de suas unidades pelo mundo. Da mesma forma, as empresas associadas à OSR poderão utilizar os recursos da companhia. 70 anos de petróleo no Brasil INTERNACIONAL Começa produção no Golfo do México O potencial de exploração e pro- dução de petróleo no Brasil é so de tombamento do poço Candeias-1 como patrimônio A Petrobras iniciou em fevereiro a produção no campo de Cas- cade, localizado na parte americana resultado de uma trajetória de 70 anos de empenho do País, iniciada na Bahia em 14 de dezembro de cultural. Apesar de atualmente produzir apenas três barris por dia, esse poço do Golfo do México, com o navio 1941, quando entrou em operação o é simbolicamente importante porque FPSO BW Pioneer. A embarcação tem poço Candeias-1, o primeiro do Brasil mantém viva a trajetória da capacidade para produzir com produção comercial. O fato foi exploração comercial do pe- 80 mil barris/dia de petróleo lembrado em cerimônia realizada no tróleo no país, antes mesmo da e 500 mil m³/dia de gás, além final de 2011, quando foram lançados criação da Petrobras. Embora a desco- de estocar aproximadamente 500 mil selo personalizado e carimbo em alu- berta de petróleo no Brasil tenha ocor- barris de petróleo. O campo fica a são à data e descerrada placa come- rido em 1939, na Bahia, a produção 250 km da costa, em lâmina d’água morativa. Além disso, foi assinado um só se revelou economicamente viável de 2.500 m. documento que deu início ao proces- dois anos depois. Novas descobertas no pré-sal EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO N o final de 2011, a Petrobras fez nova descoberta de petró- leo de boa qualidade (25 ºAPI) no (28° API). Um teste de longa duração e outras atividades do Plano de Ava- liação da Descoberta estão em bloco BM-S-8, no pré-sal da Bacia de andamento. Santos, a 270 km da costa, em reserva- Os resultados têm ido além tórios a cerca de 5.380 m de profundi- do previsto. Assim, foi solicitada e dade. Novos estudos avaliarão melhor aprovada pela Agência Nacional de a descoberta. A companhia é operado- Petróleo, Gás Natural e Biocombus- ra do consórcio com 66% (Shell 20% e tíveis (ANP) a postergação do Plano e Petrogal 14%). a Declaração de Comercialidade para A perfuração de novo poço na dezembro de 2013. Nessa área, o con- área de Carioca, no bloco BM-S-9, sórcio é operado pela Petrobras (45%), a 293 quilômetros do litoral, também em parceria com a BG (30%) e a Repsol encontrou petróleo de boa qualidade Sinopec (25%).
  • 4. Progredir alcança R$ 1 bilhão em financiamentosO número de transações concluí- das no Progredir alcançou asoma de R$ 1 bilhão desde que o pro-grama foi lançado, em julho de 2011.“A Petrobras mantém 14 milcontratos com fornecedores efizemos 242 operações; por-tanto, há muitas possibilida-des de aumentar o volume Maria das Graças Foster, presidente da Petrobrasde financiamento do progra-ma”, afirma o diretor Financeiro e deRelações com Investidores da compa-nhia, Almir Barbassa. Ele ressalta que Petrobras tementre as vantagens do Progredir estão novos presidente e diretoresa redução de custos de financiamentodo fornecedor e a agilidade. Trata-se de um programa quepermite a companhias que integram E m fevereiro, a engenheira quími- ca Maria das Graças Foster tomou posse como a nova presidente José Miranda Formigli (que substitui Guilherme Estrella), e de Gás e Ener- gia, José Alcides Santoro, que sucedea cadeia de suprimentos da Petro- da Petrobras, em substituição ao a atual presidente. Formigli é enge-bras obter empréstimos nos bancos economista José Sergio Gabrielli de nheiro civil e ingressou na compa-parceiros (Banco do Brasil, Bradesco, Azevedo. Funcionária da empresa há nhia em 1983. Santoro é engenheiroCaixa Econômica Federal, Itaú, HSBC 32 anos, era a diretora de Gás e Ener- de petróleo e está na empresa desdee Santander) com base nos contratos gia. É a primeira mulher a co- 1980. Foi empossado ainda José Edu-de fornecimento de bens e serviços mandar a companhia em seus ardo Dutra, ex-presidente da com-assinados com a empresa. Toda a 58 anos de existência. panhia, que assume a nova diretoriaoperação é realizada pela internet, Também tomaram posse os novos Corporativa e de Serviços. Dutra éno portal do programa, e não envol- diretores de Exploração e Produção, geólogo e foi admitido em 1983.ve recursos da companhia. Diesel S-50 Destaque na em todo o Brasil Institutional Investor O diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, Al- mir Barbassa, foi eleito o Melhor Executivo de Finanças, e a D esde janeiro de 2012, a Petrobras ampliou o fornecimento do Diesel S-50, diesel com baixo teor de Petrobras foi considerada a Companhia com a Melhor Prática de enxofre, em todo o Brasil, para a Relações com Investidores pela revista americana Institutional Inves- nova frota de veículos com tecnologia tor, no segmento de petróleo e gás. O ex-presidente da companhia, José P7 que serão produzidos no País. A Sergio Gabrielli de Azevedo, foi eleito o Presidente de Empresa em 2011 companhia também fornece o Arla 32, pelos analistas de gestoras de fundos. uma solução de ureia utilizada nos no- O ranking apresenta os melhores profissionais de Relações com Inves- vos veículos pesados a diesel. O uso do tidores da América Latina. Com circulação global e 50 anos de existência, Diesel S-50 e do Arla 32 nos novos mo- a revista é uma das principais publicações sobre mercado financeiro no tores pode reduzir a emissão de mundo. material particulado, no mínimo, entre 80% e 98%.Informativo publicado pela Gerência de Relacionamento com Investidores da Petrobras • Gerente executivo: Theodore Helms • Editor e jornalista responsável: OrlandoGonçalves Jr. MTb-MA 993 • Colaboração: Bianca Nasser, Fabrizio Carega, Luciana Guilliod e Pedro Henrique Lima Assy (estagiário) • Projeto gráfico e diagramação:Estúdio Matiz • Contato: Suporte ao Acionista • Endereço: Av. República do Chile, 65 / Sala 1002 – Centro – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20031-912 • Telefones.: 0800 282 1540 e(21) 3224-1540 • Fax: (21) 2262-3678 • E-mail: acionistas@petrobras.com.br Visite nosso site www.petrobras.com.br/ri