Your SlideShare is downloading. ×
0
CAMINHO CRÍTICO
PROPOSTA
    Este documento tem como objetivo alertar usuários de

    ferramentas baseadas exclusivamente no Método do
 ...
PROPOSTA
    Durante a elaboração dos exercícios foi utilizado o

    MSProject (cujo modelo de análise de folgas está
  ...
PROPOSTA
                                Sugere-se que o leitor realize seus próprios testes com
                       
...
Exercício 1


                   CENÁRIO MSPROJECT




              As atividades não estão niveladas
Exercício 1


                            CENÁRIO SPIDER



                                                    Os recurso...
Exercício 1


                            CENÁRIO SPIDER




                                                  Recursos om...
Exercício 1
                                         COMPARATIVO
                                              INICIAL


 ...
Exercício 1
                                          NIVELAMENTO
                                           MSPROJECT



...
Exercício 1
                                          NIVELAMENTO
                                               SPIDER


...
Exercício 1
                                                   COMPARATIVO
                                               ...
Exercício 1


                                              PROVA REAL




               Os 26 dias foram alcançados com ...
Exercício 1


                                               PROVA REAL




              Nenhuma opção para ajuste de atr...
Exercício 1


                                         PROVA REAL
              480 HORAS                       440 HORAS
...
NOVO EXERCÍCIO
Exercício 2




                  Para evitar que múltiplos recursos necessários em uma
              
   ...
NOVO EXERCÍCIO:
              RECRIAÇÃO
Exercício 2
                          DAS ATIVIDADES, RECURSOS E
                 ...
CENÁRIOS MSPROJECT
Exercício 2
                          SPIDERPROJECT




              As atividades não estão niveladas
CENÁRIOS MSPROJECT
Exercício 2
                         SPIDERPROJECT
                                               30
  ...
PROVA REAL
Exercício 2
              DISTRIBUIÇÃO ADEQUADA DE H/H




                  30            26
                 ...
SIMULAÇÃO (MSP) SPIDER
Exercício 2




                                                                           30
     ...
SIMULAÇÃO (MSP) SPIDER
Exercício 2




                 Caminho Crítico de TAREFAS
                  ou “Caminho Crítico C...
PROBLEMAS
Exercício 2
                           CAMINHO CRÍTICO CPM
                   DO




              Atividade “A”...
PROBLEMAS
Exercício 2
                    CAMINHO CRÍTICO CPM
              DO




                    Mas “aparenta”
    ...
PROBLEMAS
Exercício 2
                                  CAMINHO CRÍTICO CPM
                          DO




             ...
PROBLEMAS
Exercício 2
                   CAMINHO CRÍTICO CPM
              DO




                       Mas de fato ela
 ...
VANTAGENS                  DO
Exercício 2
              CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS*




                        1) Crono...
VANTAGENS                  DO
Exercício 2
              CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS*




                           2) Vi...
VANTAGENS                  DO
Exercício 2
              CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS*




                                ...
VANTAGENS                  DO
Exercício 2
              CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS*




                                ...
ANÁLISE DE OPÇÕES
Exercício 2




                                                               26
                      ...
CONSIDERAÇÕES GERAIS
    Diferenciar “Caminho Crítico” aplicado ao CPM (Critical Path

    Method) e “Caminho Crítico de ...
CONSIDERAÇÕES GERAIS
    Os exercícios foram feitos com MSProject 2007 (desktop) e

    Spider Project 9.19.0.81 , em 21/...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Caminho Critico por Recursos

8,066

Published on

Diferenças entre o Caminho Crítico por Tarefas (Caminho Crítico CPM) e o Caminho Crítico por Recursos (Corrente Crítica).

Published in: Business
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,066
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
324
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Caminho Critico por Recursos"

  1. 1. CAMINHO CRÍTICO
  2. 2. PROPOSTA Este documento tem como objetivo alertar usuários de  ferramentas baseadas exclusivamente no Método do Caminho Crítico (CPM) em relação ao registro e acompanhamento de projetos em função de FOLGAS. CPM foi desenvolvido em 1959 por J.Kelly e associados  e representou uma importante evolução para os métodos de desenvolvimento de cronogramas e planos de projeto na ocasião. Em 2009 completa 50 anos e embora tenha grande importância para o Gerenciamento de Projetos ela traz limitações que podem ser vistas como dependências da capacidade de processamento de dados encontradas na época e não leva em consideração o caminho crítico por nivelamento de recursos.
  3. 3. PROPOSTA Durante a elaboração dos exercícios foi utilizado o  MSProject (cujo modelo de análise de folgas está baseado no CPM) e o Spider Project (uma das diversas ferramentas hoje capazes de desenvolver cronogramas baseados no Caminho Crítico de Recursos). Na evolução dos exemplos, visto que foi encontrada  uma dificuldade no nivelamento adequado de recursos com o MSProject, o exercício foi refeito com uma simplificação do modelo para garantir consistência na distribuição de horas dos recursos.
  4. 4. PROPOSTA Sugere-se que o leitor realize seus próprios testes com  qualquer ferramenta disponível, tendo como referência: Exercício 1 Exercício 2 Código Nome Duração Precedência Recurso Código Nome Duração Precedência Recurso 1 Início 0 dias 1 Início 0 dias 2 A 5 dias 1 r1 2 A 5 dias 1 r1 3 B 5 dias 2 r2 3 B 5 dias 2 r2 4 C 3 dias 1 r1 4 C 3 dias 1 r1 5 D 5 dias 4 r2 5 D 5 dias 4 r2 6 E 5 dias 1 r2;r1;r4 6 E 5 dias 1;3;5 EQUIPE A 7 F 3 dias 6 r1;r2;r3 7 F 5 dias 6 EQUIPE B 8 G 3 dias 1 r1;r2;r3 8 G 3 dias 1;3;5 EQUIPE A 9 H 3 dias 8 r1;r2;r4 9 H 5 dias 8 EQUIPE B 10 Fim 0 dias 3;5;7;9 10 Fim 0 dias 3;5;7 Data de Início: 23/03/2009. Calendário Padrão (5x8=40h)
  5. 5. Exercício 1 CENÁRIO MSPROJECT As atividades não estão niveladas
  6. 6. Exercício 1 CENÁRIO SPIDER Os recursos estão sendo exibidos individualmente para conferência com o MSProject As atividades não estão niveladas
  7. 7. Exercício 1 CENÁRIO SPIDER Recursos omitidos para aproximar a configuração visual entre as ferramentas. As atividades não estão niveladas
  8. 8. Exercício 1 COMPARATIVO INICIAL FOLGAS, Datas INICIAIS, Datas de Término, Recursos, Dependências IGUAIS As atividades não estão niveladas
  9. 9. Exercício 1 NIVELAMENTO MSPROJECT Resultado parcial 26 dias
  10. 10. Exercício 1 NIVELAMENTO SPIDER Resultado parcial 27 dias
  11. 11. Exercício 1 COMPARATIVO PARTE II Aparentemente o MSProject gerou um cronograma MENOR
  12. 12. Exercício 1 PROVA REAL Os 26 dias foram alcançados com redução na carga de trabalho de alguns recursos e quebra de dias entre os envolvidos.
  13. 13. Exercício 1 PROVA REAL Nenhuma opção para ajuste de atribuições individuais ou interrupção no trabalho estão ativados.
  14. 14. Exercício 1 PROVA REAL 480 HORAS 440 HORAS Cortando 40 horas fica fácil reduzir um dia !!!
  15. 15. NOVO EXERCÍCIO Exercício 2 Para evitar que múltiplos recursos necessários em uma  única atividade sejam tratados de forma diferente entre ambas as ferramentas, os recursos foram substituídos por EQUIPES. Equipe A = r1; r2; r3 // EquipeB = r1;r2;r4  Dependências entre B e D para as demais atividades  foram criadas em ambas as ferramentas visto que ao trocar “r1; r2; r3” por EquipeA os softwares não tem como identificar que de fato “r1;r2” já estão sendo consumidos em outras atividades anteriores.
  16. 16. NOVO EXERCÍCIO: RECRIAÇÃO Exercício 2 DAS ATIVIDADES, RECURSOS E DEPENDÊNCIAS.
  17. 17. CENÁRIOS MSPROJECT Exercício 2 SPIDERPROJECT As atividades não estão niveladas
  18. 18. CENÁRIOS MSPROJECT Exercício 2 SPIDERPROJECT 30 dias 26 dias *** NIVELAMENTO REALIZADO ***
  19. 19. PROVA REAL Exercício 2 DISTRIBUIÇÃO ADEQUADA DE H/H 30 26 dias dias
  20. 20. SIMULAÇÃO (MSP) SPIDER Exercício 2 30 dias 30 dias O Spider também pode simular um nivelamento “próximo” ao MSProject. Mesmo sem redução da duração total do projeto, o caminho crítico é DIFERENTE.
  21. 21. SIMULAÇÃO (MSP) SPIDER Exercício 2 Caminho Crítico de TAREFAS ou “Caminho Crítico CPMquot; Caminho Crítico de RECURSOS ou CORRENTE CRÍTICA
  22. 22. PROBLEMAS Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO CPM DO Atividade “A” não pode atrasar sem impacto no Projeto.
  23. 23. PROBLEMAS Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO CPM DO Mas “aparenta” não estar no caminho crítico do projeto.
  24. 24. PROBLEMAS Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO CPM DO Atividade “C” parece estar no caminho crítico do projeto.
  25. 25. PROBLEMAS Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO CPM DO Mas de fato ela pode atrasar 2 dias sem impacto à data fim do projeto.
  26. 26. VANTAGENS DO Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS* 1) Cronogramas realistas. PMBOK 2008: “resource-critical-path”, ou “caminho crítico alterado por recursos” = “corrente crítica”
  27. 27. VANTAGENS DO Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS* 2) Visão consistente de que tarefas e recursos são necessários. PMBOK 2008: “resource-critical-path”, ou “caminho crítico alterado por recursos” = “corrente crítica”
  28. 28. VANTAGENS DO Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS* 26 dias 3) Folgas totais são REAIS em relação a duração do projeto. PMBOK 2008: “resource-critical-path”, ou “caminho crítico alterado por recursos” = “corrente crítica”
  29. 29. VANTAGENS DO Exercício 2 CAMINHO CRÍTICO DOS RECURSOS* 30 dias 4) Outros cenários possíveis. PMBOK 2008: “resource-critical-path”, ou “caminho crítico alterado por recursos” = “corrente crítica”
  30. 30. ANÁLISE DE OPÇÕES Exercício 2 26 dias 30 dias A segunda opção (30 dias) tem mais atividades com folga e portanto menor risco.
  31. 31. CONSIDERAÇÕES GERAIS Diferenciar “Caminho Crítico” aplicado ao CPM (Critical Path  Method) e “Caminho Crítico de Projeto” não é apenas uma questão acadêmica. O Caminho Crítico de Projeto é a seqüência de atividades de  um projeto que determina a menor duração possível de um projeto. Esta seqüência não é formada apenas por aquelas atividades que estão ligadas entre si em uma rede (CPM) e as vezes pode estar mascarada no projeto com atividades que pertencem a este caminho, mas que possui FOLGA. A seqüência criada a partir de um diagrama de redes e  também levando em consideração os recursos é chamada de “caminho crítico do recurso” e, segundo o PMBOK 2008 é o “caminho crítico alterado por recursos” ou “corrente crítica”.
  32. 32. CONSIDERAÇÕES GERAIS Os exercícios foram feitos com MSProject 2007 (desktop) e  Spider Project 9.19.0.81 , em 21/03/2009; Peter Mello, PMP, PMI-SP, SpS é especialista e certificado na  ferramenta Spider Project Professional e somente um usuário avançado do MSProject. A intenção do autor não é o de comparar ferramentas e sim “Método de Análise de Caminho Crítico” e um alerta quanto a aplicação do CPM (Critical Path Method) sem um nivelamento de recursos. As declarações deste texto são de responsabilidade do  pesquisador Peter Mello e não representam a opinião ou análise da X25 Treinamento e Consultoria ou Spider Management Technologies. É de responsabilidade do usário deste documento realizar sua própria avaliação de recursos, métodos e ferramentas e não há garantias de aplicabilidade deste conteúdo em nenhum cenário.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×