30deagosto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

30deagosto

on

  • 1,205 views

Caderno especial - Desafios para o Trânsito do Amanhã - Inteligência a serviço do trânsito

Caderno especial - Desafios para o Trânsito do Amanhã - Inteligência a serviço do trânsito

Statistics

Views

Total Views
1,205
Views on SlideShare
1,120
Embed Views
85

Actions

Likes
0
Downloads
20
Comments
0

2 Embeds 85

http://rotapernambucana.wordpress.com 61
http://urbana-pe.com.br 24

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    30deagosto 30deagosto Document Transcript

    • PEDROM/DPCADERNOESPECIAL TERÇA-FEIRA Recife, 30 de agosto de 2011 DIARIOdeP E R N A M B U C O Tecnologia Inteligência a serviço serviço do trânsito Encontrar caminhos livres para trafegar não tem sido fácil. a exemplo do site transitolivre.com e do Twitter. Mas é preci- te, é necessário também um eficiente trabalho na engenhariaSeja de carro, a pé, ou de transporte público. Mas há mecanis- so também apostar nas políticas públicas de mobilidade. O de tráfego. Na quinta edição do Fórum Desafios para o Trân-mo para reduzir os efeitos danosos dos engarrafamentos. O pri- último Plano Diretor de Transporte Urbano (PDTU), de 2008, sito do Amanhã, esse foi o principal tema da pauta, com dis-meiro deles, indiscutivelmente, é o investimento no transpor- aponta as diretrizes para o sistema viário com projeções até cussões em torno da capacitação dos agentes e da tecnologiate público. O outro é dispor, com antecedência, de informações 2020. O plano indica as intervenções viárias, mas também disponível para atuar na fiscalização. Para enriquecer o deba-sobre os gargalos. E, nessse sentido, a tecnologia está cada vez aponta alternativas para o pedestre e o ciclista. E na parte que te, o Diario foi a São Paulo conhecer o funcionamento da en-mais ao alcance de todos. A internet é uma das ferramentas, cabe ao transporte individual, que acaba sendo a maior par- genharia da maior cidade do país. Temos muito a aprender. EXPEDIENTE: Diretora de redação: Vera Ogando Textos: Tânia Passos Edição: Lydia Barros Edição de fotografia: Heitor Cunha Edição de arte: Christiano Mascaro
    • 2 especial DIARIOd e P E R N A M B U C O - Recife, terça-feira, 30 de agosto de 2011 d desafios para o trânsito do amanhã CECILIA DE SA PEREIRA/DP/D.A PRESSNo sitewww.transitolivre.como internauta acompanhaem tempo real asituação do trânsito ecalcula melhor sua rotaT odo brasileiro é um pou- co técnico de futebol. No trânsito, não é muito dife-rente. Todo mundo opina. Mas pe-lo menos em um aspecto, a ope-racionalização do tráfego pode es-tar ao alcance dos dedos. Na quin-ta edição do Fórum Desafios pa-ra o Trânsito do Amanhã, promo-vido pelos Diários Associados, quetratou da questão da engenhariade tráfego, uma ferramenta cadavez mais poderosa, a internet, setorna parceira para driblar os gar-galos no trânsito. No sitewww.transitolivre.com, os inter-nautas podem traçar suas rotas eacompanhar em tempo real qualdelas oferece a melhor opção detrafegabilidade. Pelo menos nopróprio trajeto, o motorista é simum engenheiro do seu tráfego.Além da internet, o celular, o rá- Sérgio Baptista, dadio e a televisão são ferramentas SegSat, parceira do Seja engenheiroque ajudam na guerra diária pa- pernambuco.com nara vencer as distâncias. oferta do serviço O estado caminha para atin-gir a marca dos dois milhões deveículos e mais da metade cir-cula na Região Metropolitana do do seu percursoRecife. Não por acaso, é cada vezmais comum os motoristas caí-rem nas armadilhas das rotas al-ternativas. O que é bom em umdia, pode não ser necessariamen-te no outro, e o motorista correo risco de ser surpreendido com TERESA MAIA/DP/D.A.PRESS JULIO JACOBINA/DP/D.A.PRESSPara ter acesso >> acesseaos dados, usuário www.transitolivre.comprecisa fazer um Confira as melhores opções de trajeto paracadastro simples evitar congestionamentos A população tambémmais um engarrafamento. Na poderá participar,plataforma do site é possível es- enviando informações:colher os caminhos mais livrese acompanhar o comportamen- pelo telefoneto do tráfego a qualquer hora do 3421-4244dia e da noite. “Acho que é umaexcelente contribuição para a pelo twittermelhoria da mobilidade na nos- @transitolivrepesa cidade”, ressaltou o vereadorMaré Malta, autor de um proje-to de lei que pretende criar esca- por SMSlonamentos de horários para as Maria de Pompeia, presidente da CTTU, elogia iniciativa Maurício Pina acredita que um carro a menos faz diferença número 50056escolas e o funcionalismo públi- (custo de R$ 0,31 + impostos)co no sentido de reduzir os f lu- fluxos nos horários de pico. tos”, destacou Pina. cife. O conteúdo do site também formações definidas sobre qual zar um cadastro simples no site, pelo site Para o especialista em trânsi- As principais vias da Região Me- pode ser acompanhado pelo pro- caminho tomar no dia específico informando seu CEP e, então, po- radioclubeam.com.brto e professor de engenharia das tropolitana do Recife são apresen- grama Trânsito Livre, na Rádio da consulta. Por ser muito dinâ- derá adicionar seus endereços pre-- euniversidades Federal e Católi- tadas no site sob quatro cores, que Clube AM (720 khz), das 7h às 9h mico, isso muda com facilidade. ferenciais, como residência, tra-ca de Pernambuco, Maurício Pi- indicam as condições do tráfego. e com f lashes na programação. flashes Um dia, será melhor seguir pela balho e escola dos filhos. Programaçãona, o site é um instrumento que Na página, também é possível Além de informar os possíveis Imbiribeira, no outro, pela Aveni- Com as informações na tela, oajudará a reduzir as vias engar- acompanhar as imagens das câ- caminhos, o transitolivre.com cal- da Conselheiro Aguiar. O site é usuário consegue obter até duasrafadas. “Se o motorista conse- meras da Companhia de Trânsito cula, de acordo com a velocidade que vai ajudar nessa decisão”, ex- alternativas de trajeto. Segundo Rádio Clube AM (720khz)gue saber com antecedência on- e Transporte Urbano do Recife (CT- desenvolvida na via, no horário plica o diretor da SegSat, Sérgio Sérgio Baptista essa limitação foi das 7h às 9h e flashes ade há gargalo, ele tem condições TU), atualizadas minuto a minu- da consulta, o tempo esperado pa- Baptista. A empresa é parceira do uma opção para evitar o conges- partir das 14hde evitar essa via e, dessa forma, to. E ainda observar, em uma úni- ra que a pessoa chegue ao seu des- Pernambuco.com na disponibili- tionamento do sistema. “De qual- Apresentação:será um carro a menos para con- ca tela, a situação dos principais tino. “Dessa forma, você persona- zação do serviço. Para ter acesso quer forma as pessoas podem Kaká Filho (manhã) etribuir com os engarrafamen- corredores viários do Grande Re- liza a busca de trajetos e recebe in- aos dados, o usuário deve reali- criar roteiros diversos”, explicou. Eduardo Lima (tarde) REPRODUÇÃO TRANSITOLIVRE REPRODUÇÃO TRANSITOLIVRE .COM OLIVRE. LUCAS OLIVEIRA/ESP. DP/D.A PRESSInformação móvelé tempo ganho Os caminhos mais curtos nem população dispor das mais diver-sempre são as melhores opções. A sas ferramentas para se informarestudante do curso de direito Cláu- sobre o trânsito, mas faz um aler-dia Maria Borba, 26 anos, mora ta. “A CTTU entende que a popu-na Zona Norte do Recife e estuda lação precisa estar bem informa-no centro. Para se informar sobre da. Mas é importante lembrar queo trânsito, ela costuma acessar o as consultas aos celulares devemTwitter. Acho mais prático e não ser feitas antes de as pessoas come- come-perco tempo”, afirmou. “Hoje é çarem a dirigir. Ou seja, o uso domais fácil ter acesso a essas infor- celular só deve ocorrer se o carromações e isso significa também estiver estacionado. Não é permi-menos tempo no trânsito”, disse. tido usar o aparelho quando o si- A presidente da CTTU, Maria de nal fecha ou o trânsito estiver pa-Pompéia, considera importante a rado”, ressaltou Maria de Pompéia. Cláudia Borba acessa o Twitter porque acha mais prático Motorista pode personalizar busca de trajetos na página personalizar busca trajetos
    • DIARIOd e P E R N A M B U C O - Recife, terça-feira, 30 de agosto de 2011 d especial 3 desafios para o trânsito do amanhãCapacitação para quemestá na linha de frente + saibamais BLENDA SOUTO MAIOR/DP/D.A PRESSEstudiosos defendem aespecialização dosagentes de trânsito. A legislação e os agentes de trânsitoParceria entre CTTU euniversidades pode No Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o artigosistematizar formação nº 280 determina que a autoridade de trânsito podeE m uma metrópole que re- designar para a função de cebe quase um milhão de agente de trânsito, o servidor civil, estatutário, celetista e veículos, a operacionaliza- ainda o policial militarção do tráfego exige cada vez maisum trabalho especializado. Uma Já a Constituição Federal dedas grandes polêmicas em relação 1988 diz, no parágrafo 8º doà municipalização do trânsito es- artigo 144, que a guardatá na capacitação dos agentes de municipal tem a função detrânsito. Na maioria das cidades guardar e zelar pelo patrimôniobrasileiras, o guarda municipal Para o Departamentoatua no trânsito. No Recife não é Nacional de Trânsito (Denatran)diferente. Embora não haja con- o entendimento é o mesmo dasenso sobre o exercício da fun- Constituição Federal e nãoção, o próprio Código Brasileiro reconhece o guarda municipalde Trânsito (CTB) deixa uma bre- como agente de trânsitocha, no artigo 280, admitindoque a autoridade de trânsito tem O Denatran, no entanto, não Falta de gestão na operação do trânsito e ausência de estrutura de pessoal e equipamentos comprometem eficiência interfere diretamente naso poder de designar para a fun- políticas municipais e a maioriação o servidor civil, estatutário, ce- coisa muito complicada e requer ausência de uma estrutura ade- Urbano (CTTU). O professor de cou. A presidente da CTTU, Ma- dos municípios brasileiros usa aletista e ainda o policial militar. um pessoal especializado. É ne- quada tanto de pessoal quanto engenharia das universidade Fe- ria de Pompéia, aceitou as críti- guarda municipal como agentes Segundo o professor de enge- cessário um quadro concursado de equipamentos. deral e Católica de Pernambuco cas. “Acho que essa parceria com de trânsito. É o caso de Recife.nharia da Universidade Federal com agentes de trânsito e não Na quinta edição do Fórum Maurício Pina sugeriu a criação a academia é importante e nósde Pernambuco (UFPE), Oswaldo guardas municipais. Eu acho que Desafios para o Trânsito do Ama- de um núcleo de capacitação. aceitamos. Além disso, estamos O curso para formação doLima Neto, a engenharia de trá- guarda tem outra função”, criti- nhã, uma das propostas apresen- “Nós precisamos formar pessoas realizando um concurso até o agente de trânsito feito pelafego é uma das disciplinas do cou. Para ele, uma das grandes tadas foi a criação de uma par- capazes de atuar no trânsito em fim deste ano para melhoria do própria CTTU tem duraçãocurso de engenharia e exige uma falhas na questão do trânsito é ceria entre a academia e a Com- todos os níveis, desde o agente de quadro técnico da CTTU”, afir- média de 122 horasespecialização. “Trânsito é uma a falta de gestão na operação e panhia de Trânsito e Transporte trânsito até os gestores”, expli- mou Pompéia. Fonte: CTTU e Denatran
    • 4 especial DIARIOd e P E R N A M B U C O - Recife, terça-feira, 30 de agosto de 2011 d desafios para o trânsito do amanhãTANIA PASSOS/DP/D. A PRESS TERESA MAIA/DP/D.A.PRESS Com sete milhões de carros nas ruas, São Paulo possui seis centrais de monitoramento, a maior cobrindo 868Km. No Grande Recife, uma central controla 500 mil veículos O Big brother por Fonte: CTTU e CET + saibamais Os números do Recife 216 km² de cobertura trás do fluxo nas vias 1 central de monitoramento de tráfego 500 mil veículos é a frota da capital ta. Para que isso ocorra são ne- meras e dois mil agentes. Outra cou Hércules Justino, superinten- formam em rios; antes, os car- 400 agentes Monitoramento permite identificar o cessários dois requisitos básicos: ferramenta que ajuda a enxergar dente da Companhia de Enge- ros eram arrastados, agora a gen- 66 câmeras, que as autoridades de trânsito o que está acontecendo no trân- nharia de Tráfego (CET - SP). Além te tem a informação com antece- sendo 27 com problema e remover o tenham conhecimento do que sito, são os Postos Avançados de da própria infraestrutura de 20 dência do nível de inundação e transmissão online obstáculo que provoca está acontecendo e disponham Comunicação (PAC), que funcio- guinchos entre médios e gran- fecha as vias. Ninguém passa até o congestionamento dos elementos necessários para nam em 32 edifícios da capital. Ou des, a CET licitou empresas para ser seguro”, detalhou. 1 guincho resolver o problema. seja, os prédios servem de postos serviços terceirizados de guin- Com mais de 40 anos, a CET próprio de médio porte U m carro quebrado em O Diario foi até a central de de observação com agentes de cho e até limpeza das vias, em acumula experiência e tecnolo- uma via de f luxo inten- flux operação de tráfego da maior me- caso de acidente. “Imagine se um gia, mas tem como seu maior 4 guinchos so ou estacionado de for- trópole do país para conhecer de Carro quebrado ou caminhão tomba e despeja óleo obstáculo o crescimento da fro- com uma empresa terceirizada ma irregular é uma faixa a me- que forma funciona a gestão do na pista. A gente tem uma empre- ta. Para uma cidade com sete mi- (porte médio) nos e congestionamento na cer- trânsito em uma cidade que já parado em uma sa contratada para fazer essa lim- lhões de veículos e dois mil agen- ta. E o motorista que está em superou a marca dos sete milhões peza, do contrário, a via não se- tes de trânsito, a proporção é de 48 equipamentos meio ao caos costuma se pergun- de veículos. Se em São Paulo os en- via de movimento ria desobstruída”. Há ainda uma um agente para cada 3.500 car- eletrônicos tar se ninguém da central de garrafamentos costumam ser me- é certeza de “nó” interação com os bombeiros, a ros. No Recife, se contarmos so- operação de tráfego está vendo didos por quilômetros, imagine polícia e outras secretarias mu- mente a frota da capital de 500 Os números de São Paulo aquilo? Uma das premissas bási- o que seria da cidade sem o efi- nicipais. “Se tivermos problema mil veículos e 400 agentes, a pro- cas da engenharia de tráfego, se- ciente sistema de monitoramen- trânsito munidos de binóculos e de buraco em via que esteja atra- porção é de um agente para 1.250 1,6 mil km² gundo os especialistas, é identi- te de tráfego existente. São seis rádio para avisar se alguém está palhando o trânsito, a gente en- carros. Por enquanto, a nossa si- de cobertura ficar o problema e remover rapi- centrais de monitoramento. A fazendo besteira no trânsito. tra em contanto com a empresa tuação está um pouco mais “con- damente qualquer obstáculo que maior delas fica no centro da ca- “Se um carro estacionar em de manutenção”, afirmou. Em fortável”, mas com a velocidade 6 centrais esteja impedindo o fluxo nor- pital e cobre uma área de 868 qui- uma via de trânsito intenso, isso São Paulo, a chuva é outro fator do crescimento da frota, ou seja, de monitoramento de tráfego mal das vias, seja um carro pa- lômetros. Para isso, conta com significa três quilômetros de en- complicador e mais do que con- de cinco mil novos veículos por rado no meio do caminho, um 360 operadores em quatro turnos, garrafamento e, para desfazer o gestionamentos há o risco de en- mês, essa margem não significa 7 milhões de veículos acidente ou até buracos na pis- nos sete dias da semana, 356 câ- nó, eu levo até uma hora”, expli- chentes. “Algumas vias se trans- muito tempo. 2 mil agentes TANIA PASSOS/DP/D. A PRESS de trânsito (para toda a cidade) Questão de (boa) educação 356 câmeras (da central do centro para uma área de 868 km) Um dos trabalhos mais impor- ro contato deles ocorre com as destre e, se não tiver faixa, tem tantes da Central de Engenharia normas de trânsito. O trabalho que atravessar longe das curvas”, 20 guinchos de Tráfego de São Paulo (CET) es- impressiona não apenas pela cu- afirmou Daiane Vitória, 9, da es- próprios - tamanhos médios tá voltado para a educação no trân- riosidade natural que é desperta- cola municpal Fagundes Varela. e de grande porte sito. No centro de treinamento da da, mas também pela vontade que O centro de treinamento foi companhia funciona um verda- eles têm de fazer o que é certo. implantado em 1991. A última 30 guinchos de empresas terceirizados deiro laboratório do trânsito. As Depois de uma breve palestra, campanha da CET é sobre o res- (médio e de grande porte) ações são voltadas principalmen- eles seguem para a cidade cenográ- peito à faixa de pedestre. “A CET te para as crianças, mas há tam- fica com vias urbanas. Usar a fai- está sendo pioneira nesse traba- 19 painéis bém cursos direcionados para ado- xa de pedestre e prestar atenção lho e a gente percebe que há uma de mensagens nas vias centrais lescentes e adultos. nas cores dos semáforos são par- preocupação também da popu- O centro de treinamento tem te da brincadeira educativa. “Gos- lação em participar”, afirmou 575 equipamentos agenda diária com alunos de esco- tei muito e aprendi que não pode Irismar Menezes, gestora de edu- de fiscalização eletrônica las públicas ou privadas. O primei- atravessar a rua fora da faixa de pe-- pe cação da CET. Da teoria, crianças treinam em uma cidade cenográfica
    • DIARIOd e P E R N A M B U C O - Recife, terça-feira, 30 de agosto de 2011 d especial 5 desafios para o trânsito do amanhã Hora de inverter a lógica da mobilidade RICARDO FERNANDES/P/D. A PRESS N Passeios encurtados ão há como ser diferente. e alargamento de A escolha das políticas pú- blicas de mobilidade traz vias privilegiam o consequências diretas no tipo detransporte individual. mobilidade que nós temos. A apos- Pedestre nunca é ta do poder público, nas últimas levado em conta duas décadas, pelo menos, tem si- do pelo transporte individual. Es- pecialista em mobilidade urbana, o engenheiro e consultor Germa- no Travassos destacou algumas in- tervenções viárias no Recife que mostram essa tendência. Ele fez um recorte em um raio + saibamais de 1,2 quilômetro, no entorno do Terminal Integrado Joana Bezer-Desempenho da rede viária ra, que tem um público diário deda RMR a partir do PDTU cerca de 40 mil pessoas. O especia- lista aponta que, mesmo sendoEstratégia Nada Fazer - um dos terminais com maior mo-2012 (ano base 2007) vimento na cidade, as interven-200% de aumento de vias ções feitas no entorno privilegia-congestionadas na RMR ram o transporte individual. E ele destaca: as pontes Joaquim Car-63% de redução de vias com doso e Gregório Bezerra, o alar-boas condições de fluidez gamento do Viaduto Capitão Te-83% de tempo tempo gasto a mudo e a implantação da Viamais em vias congestionadas Mangue. “Tanto o pedestre comoem relação a 2007 o passageiro de ônibus não rece- Congestionamentos na Avenida Herculano Bandeira, no Pina, não acabaram com as intervenções viárias beram nenhum tipo de benefícioEstratégia Nada Fazer- a exemplo de ciclovias ou melho-2020 (ano base 2007) ria nas condições do próprio ter- minal”, avaliou Travassos. O Ter- Amanhã, está a Avenida Hercula- no Bandeira, no Pina. A via teve os cação para receber ciclistas, que não é aproveitada. Não há um lo- >> automóveis em 1º plano213% de aumento de viascongestionadas na RMR minal Joana Bezerra é um dos 11 passeios encurtados nos dois sen- cal apropriado e mesmo assim os que irão receber intervenção do tidos para priorizar o transporte ciclistas improvisam um estacio-64% de redução de vias com 5 governo do estado com recursos individual e mesmo assim não namento”, revelou.boas condições de fluidez avaliados em R$ 44 milhões nos conseguiu acabar com os proble- Além dos ciclistas, os terminais 496% de tempo gasto a mais 11 equipamentos. “Foram neces- mas de congestionamentos. “O pe- integrados poderiam também ofe- 3nas vias congestionadas em sários 14 anos para finalmente os destre não é levado em conta. O recer opção para os motoristas que Linha 1relação a 2007 terminais serem contemplados passeio é estreito e com obstácu- quiserem deixarem o carro e pe- 2 do Metrô com investimento. Para se ter uma los, e para piorar, a via exclusiva gar o transporte público. Aliás, so-Benefícios da estratégia ideia, esses recursos equivalem a de ônibus foi desativada e o trans- bre isso, houve uma tentativa naselecionada em 2020 com uma única intervenção para o porte individual também ocupa década de 1980 que acabou nãoas intervenções propostas transporte indivual como é o ca- a faixa do ônibus. Ou seja, regre- vingando no estacionamento do75% de redução das vias so do alargamento do Capitão Te- dimos”, aponta o especialista. Terminal Integrado Joana Bezerra.congestionadas na hora de pico mudo”, comparou o especialista. Dentro da política de oferecer “Era uma ideia boa, mas fora do (1) TI Joana Bezerra, (2) Alargamento Entre as intervenções viárias melhores condições de mobilida- seu tempo. Hoje ela precisaria ser do Viaduto Cap. Temudo, (3) Sistema 6185% de melhoria de fluidez equivocadas para a mobilidade, de, ele aponta ainda a ausência repensada”, apontou o deputado Viário de J. Bezerra, (4) Pte. Joaquimnas vias com boas condições Cardoso, (5) Pte. Gregório Bezerra, segundo Germano Travassos, um de estacionamentos para bicicle- estadual Ricardo Costa (PTC), da co- 7de tráfego (6) Via Mangue, (7) Túnel sob Av. dos palestrantes da 5ª edição do Fó- Fó- tas. “O Terminal Integrado de Iga- missão de mobilidade da Assem- Herculano Bandeira61% de economia de tempo rum Desafios para o Trânsito do rassu, por exemplo, tem uma vo- bleia Legislativa de Pernambuco.em vias congestionadas emrelação ao nada fazer em 2020Benefícios da estratégiaselecionada em 2012 comas intervenções propostas Plano Diretor ainda é só um documento63% de redução de vias As políticas públicas não nas- primeira com a realização das in- 83% em relação a 2007. (concluída), e melhoria da rede fala na 5ª perimetral, que será ocongestionadas na RMR em cem do dia para a noite. É preci- tervenções e a segunda com a es- Passados mais da metade do viária com a construção de via- anel viário, mas a 2ª e a 3ª não fo-relação a estratégia do nada so um planejamento. O último tratégia do nada fazer. prazo para a primeira projeção, as dutos, duplicação de trechos já ram concluídas”, criticou Regil-fazer Plano Diretor de Transporte Ur- O estudo teve como base o ano intervenções previstas não foram saturados, implantação da 3ª pe- ma Souza. Para garantir a mobi- bano (PDTU), concluído em 2008 de 2007 e aponta que o desem- concluídas e a maioria das obras rimetral e a construção de uma lidade, os investimentos previs-148% de melhoria de fluidez e tendo como base as projeções de penho das vias, no caso de ne- sequer iniciadas. O cenário preo- via metropolitana, para desafo- tos pelo PDTU estão orçados emdas vias em boas condições de 2007 até 2012 e 2020, serve de nhuma intervenção ser realiza- cupante tem a seu favor o plano gar o trânsito da BR 101, que pas- R$ 3,5 bilhões. Desses, R$ 2,5 bi-tráfego instrumento para os gestores pú- da até 2012, sofrerá um aumen- de mobilidade para a Copa de sa em zonas urbanas. lhões deveriam ser aplicados até69% de redução do tempo nas blicos direcionarem os investi- to de 200% de congestionamen- 2014. O PDTU indica, por exemplo, Também está previsto no PDTU, 2012 e R$ 1 bilhão até 2020. Avias em relação a estratégia do mentos viários. A coordenadora to e uma redução de 63% das que a implantação de corredores ex- a implantação da 4ª perimetral, maior parte dos recursos está pre-nada fazer em 2012 do PDTU, Regilma Souza, expli- estão em boas condições de uso. clusivos de ônibus, integração dos que está em projeto, o contorno vista no Pacto de Aceleração de cou, durante o fórum, que foram Já o tempo gasto em vias conges- terminais de ônibus com o me- Recife da BR-101. Ainda sem uma Crescimento da Copa. A estimati-Fonte: PDTU analisadas duas conjunturas: a tionadas sofrerá um aumento de trô, expansão da linha do metrô fonte de recursos definida. “Já se va é de aplicar 63% dos recursos.
    • 6 especial DIARIOd e P E R N A M B U C O - Recife, terça-feira, 30 de agosto de 2011 d COM AS OBRAS DO GOVERNO, PERNAMBUCO AVANÇA EM TODOS OS SENTIDOS. O Programa Estadual de Mobilidade Urbana (PROMOB) desenvolve ações para melhorar a qualidade do transporte público na Região Metropolitana do Recife. Restaura vias, realiza obras estruturadoras e vai construir mais de 100km de corredores para ônibus. Já estão em licitação a primeira etapa do Corredor Norte-Sul, de Igarassu ao centro do CORREDOR LESTE-OESTE Recife; o Corredor Leste-Oeste, da Praça do Derby até Camaragibe; e o Ramal Cidade da Copa, de Camaragibe até a duplicação da BR-408, passando pelo Terminal Cosme e Damião, que será construído. Serão 10 novos Terminais Integrados em toda a região. Os corredores vão operar no sistema de Transporte Rápido de Ônibus (TRO), com estações elevadas e pagamento antecipado das tarifas. Os veículos serão equipados com PLATAFORMA DE EMBARQUE ar-condicionado, câmeras de segurança, contagem eletrônica de passageiros e GPS. O usuário vai poder monitorar a frota através de painéis nos terminais ou do próprio celular. Além disso, vão ser construídos quatro viadutos na Av. Agamenon Magalhães. Tudo isso, vai trazer mais agilidade, conforto, segurança e economia para milhares de pernambucanos. Com o trânsito livre, CORREDOR NORTE-SUL Pernambuco vai andar mais rápido. AV. AGAMENON MAGALHÃES