Reotimizacao de Sites - OlhoSEO

5,303
-1

Published on

Palestra oferecida no OlhóSEO 2012

5 Comments
24 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
5,303
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
127
Comments
5
Likes
24
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reotimizacao de Sites - OlhoSEO

  1. 1. Reotimização de Sites OlhóSEO Alex Pelati Dir. Search Marketing AO5 – Agência Orange Five
  2. 2. A Evolução do SEO e a sua Integração com outras áreas
  3. 3. No passado, as tarefas do profissional de SEO não serelacionavam ou conflitavam com qualquer outraárea, pois se resumia a:• Fazer pesquisa de palavras-chave;• Elaborar os títulos das páginas do site pensando nas palavras-chave a serem trabalhadas;• Escrever as meta-descriptions para serem exibidas na snippet dos resultados de busca;• Inserir as palavras-chave na meta-keywords das páginas do site;• Cadastrar (submeter automaticamente) o site em milhares de diretórios da WEB (o que importava era a quantidade);• Utilizar outras “técnicas” para melhorar o PageRank do site.
  4. 4. Assim, o resultado esperado era apenas um: TRÁFEGO!!!Ou seja, quanto mais pessoas visitando o site melhor, não importavaa qualidade dessa visita. * Imagem: http://www.webmaster.pt/como-aumentar-trafego-site-blog-10123.html
  5. 5. Atualmente, o sucesso de um trabalho de SEO émedido pelos resultados que gerou, ou seja, oobjetivo passou a ser: CONVERSÃO!!!Assim, busca-se aumentar o tráfego qualificado de um site, em outraspalavras, trabalha-se para identificar e posicionar o site em palavras-chave que atraiam usuários que estão efetivamente procurando oconteúdo, produto ou serviço oferecido.
  6. 6. Consequentemente, o trabalho de SEO passou a serelacionar diretamente com outras áreas, poisdepende de outros fatores para o site converter. TI Social Redação Media SEO AI PPC e Web UX Analytics
  7. 7. TIFornecer recomendações:- Melhor uso dos elementos do HTML, pensando nasemântica do código da página;- Utilização de Tag’s Especiais (p.ex., rel canonical, rel next erel prev);- Utilização de Marcações Especiais (p.ex., Schema.org);- Utilização de Ferramentas para melhorar o rastreamento eindexação das páginas.
  8. 8. RedaçãoFornecer recomendações:- Palavras-chave utilizadas pelo usuário na busca sobreo assunto tratado;- Quais informações são buscadas pelo usuário acercado assunto.
  9. 9. AI e UXFornecer recomendações:- Linkagem interna do site, para melhor distribuiçãodo “link juice”;- Disposição das informações na página.
  10. 10. Web AnalyticsVerificar:- Dados sobre visitas, palavras-chave, conversões, etc;- Tagueamento correto das páginas, conversões, links,etc.
  11. 11. PPCVerificar informações sobre:- Volume e conversões de palavras-chave e termos depesquisa;- Cliques e conversões de conteúdos da rede dedisplay.
  12. 12. Social MediaVerificar informações sobre:- Assuntos e conteúdos com maior interação deusuários;- Posicionamento do site sobre os assuntos divulgadosnas Redes Sociais.
  13. 13. #OFFLINEAlém disso, não podemos esquecer que situaçõesdo cotidiano influenciam diretamente ocomportamento dos usuários na busca.
  14. 14. Por que é Importante Reotimizar um Site
  15. 15. O trabalho de otimização deve ser contínuo,objetivando quatro fatores básicos:1. Melhorar / manter o posicionamento conquistado para as palavras-chave trabalhadas; * Google Webmaster Tools
  16. 16. O trabalho de otimização deve ser contínuo, tendo emvista quatro fatores básicos:2. Identificar e posicionar o site para novos termos relacionados ao conteúdo do site; * Google Insights for Search
  17. 17. O trabalho de otimização deve ser contínuo, tendo emvista quatro fatores básicos:3. Implementar marcações / códigos lançados para melhorar a identificação do conteúdo pelo robôs de busca; * http://googlewebmastercentral.blogspot.com.br/2011/09/view-all-in-search-results.html
  18. 18. O trabalho de otimização deve ser contínuo, tendo emvista quatro fatores básicos:4. Implementar novas marcações / códigos para deixar a snippet do resultado de busca mais atrativa para o usuário. * Resultado de busca para: receita de bolo de cenoura
  19. 19. Por Onde Começar a Reotimização de um Site?
  20. 20. Obtendo o Posicionamento Orgânicodas Palavras-Chave no Google Analytics
  21. 21. É possível obter o posicionamento orgânico das palavras-chave noGoogle Analytics.Para isso, é necessário criar três filtros personalizados. Lembre-se decriar os filtros em um novo perfil (adicional), para não alterar os dadosdo perfil principal:http://support.google.com/analytics/bin/answer.py?hl=pt-BR&answer=1009714
  22. 22. O 1º filtro determinará que somente os resultados orgânicos sãoutilizados:
  23. 23. O 2º filtro determinará que serão utilizados os resultados do Google:
  24. 24. O 3º filtro determinará a exibição da palavra-chave + posiçãoinformada na referência da URL do Google, por exemplo:Busca pela palavra-chave “ao5” no Google:http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&cd=1&ved=0CBwQFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.ao5.com.br%2F&rct=j&q=ao5&ei=HfGeTrngHu-GsAKW6KGECg&usg=AFQjCNG_kiN1YCVrvueZcrfIGc_1Lugelw&sig2=batj9xolq5JNFsCK2Qp8-g posição palavra-chave URL exibida na SERP
  25. 25. Por fim, confira a ordem de processamento dos filtros e não esqueçade configurar as metas de conversão do perfil:
  26. 26. Veja como são exibidos os dados:
  27. 27. Com esses dados, você pode montar planilhas para saber:- Quantidade de visitas do site por posição;- Percentual de conversões por posição;- Número de conversões por posição. posição visitas % conversão # conversão # palavras 1ª 574 19,86% 114 170 2ª 190 19,47% 37 76 3ª 63 11,11% 7 44 4ª 78 21,79% 17 38 5ª 47 10,64% 5 26 6ª 65 13,84% 9 22 7ª 46 17,39% 8 14 8ª 60 10% 6 11 9ª 28 10,71% 3 9 10ª 77 14,28% 11 22 11/20 93 12,90% 12 49 21+ 18 11,11% 2 18
  28. 28. Portanto, definidas as posições que geram mais visitasqualificadas (quantidade + conversão), comece seutrabalho de reotimização buscando exibir suas páginasnas posições que apresentam os melhores índices!
  29. 29. Descobrindo as palavras-chave com melhor ROI
  30. 30. Num E-commerce, calcular o ROI é muito simples, basta tera tag e-commerce devidamente instalada na página de confirmação decompra:
  31. 31. Agora, como calcular exatamente a receitaobtida em sites que geram somente um “lead”on-line e a venda ocorre no momento posterior
  32. 32. Mensurando a Qualidade dos Leadse Integrando os Dados com o Google Analytics
  33. 33. Nesse caso, você pode obter a mídia (ppc, organic, referral...),origem (google, bing, twitter...) e a palavra-chave (ou página dereferência) no momento do envio do “lead” para salvar essesdados numa planilha e posteriormente cruzá-los com os dadosde visitas do Google Analytics.COMO?Obtendo a URL de referência por Por script PHP ou;Obtendo o UTMZ do cookie do Google Analytics.
  34. 34. Para utilizar o script PHP, você deve instalá-lo em todas aspáginas do site e recuperar a informação no envio do lead para oe-mail.<?phpsession_start();if(!isset($_SESSION["referrer"])){if ($_SERVER["HTTP_REFERER"]){$referrer = $_SERVER["HTTP_REFERER"];}else{$referrer = "unknown";}$_SESSION["referrer"] = $referrer;}?>No envio do lead para o e-mail, basta incluir o campo:$mail->Body .= “Referer: ". $_SESSION["referrer"] ;http://www.google.com.br/search?q=ao5&ie=utf-8&oe=utf-8&aq=t&rls=org.mozilla:pt-BR:official&client=firefox-a
  35. 35. Pelo Cookie, você deverá ter o Google Analytics corretamenteinstalado em todas as páginas do site.No envio do lead para o e-mail, basta incluir o campo:$mail->Body .= “Cookie: ". $_COOKIE["__utmz"] ;888888888.8888888888.1.1.utmcsr=google|utmccn=(organic)|utmcmd=organic|utmctr=ao5
  36. 36. De posse desses dados, crie uma planilha com os seguintescampos:- Palavra-chave;- Número de E-mails (deve corresponder à taxa de conversão demeta do Google Analytics);- Valor da Receita;- Número de Transações. palavra-chave # e-mails receita transações
  37. 37. Depois, utilize a função =PROCV (ou =VLOOKUP em inglês) doExcel para integrar os dados do relatório do Google Analyticscom os dados da planilha de controle de conversões elaborada: Taxa Valor porPalavra-Chave Visitas Taxa Leads # Contatos # E-mails Receita Transações Valor Médio Transações Visitahead-tail 1 238 14,29% 34 34 R$ 6.450,00 5 R$ 1.290,00 2,10% R$ 27,10long-tail 3 194 17,01% 33 33 R$ 13.767,00 12 R$ 1.147,25 6,19% R$ 70,96long-tail 8 126 12,70% 16 16 R$ 1.743,15 2 R$ 871,58 1,59% R$ 13,83head-tail 4 118 16,10% 19 19 R$ 924,30 1 R$ 924,30 0,85% R$ 7,83long-tail 2 99 30,30% 30 30 R$ 4.963,20 4 R$ 1.240,80 4,04% R$ 50,13head-tail 3 75 17,33% 13 13 R$ 8.842,50 9 R$ 982,50 12,00% R$ 117,90head-tail 7 70 4,29% 3 3 R$ 1.098,70 1 R$ 1.098,70 1,43% R$ 15,70head-tail 5 50 6,00% 3 3 R$ 0,00 0 #DIV/0! 0,00% R$ 0,00long-tail 6 45 15,56% 7 7 R$ 894,35 1 R$ 894,35 2,22% R$ 19,87Exemplo prático em: http://www.ao5.com.br/planilha/
  38. 38. Utilizando os Dados do Google Adwords para Melhorar os Resultados de SEO
  39. 39. Para alcançar os melhores resultados para o cliente, não sepode criar disputas SEO x PPC. O correto é aproveitar os dadosde ambas as mídias para atingir com precisão os objetivos docliente.Assim, se o site possui campanhas ativas no Adwords, utilize orelatório dos termos de pesquisa do Adwords como fonte dedados:
  40. 40. DICA!Na nova versão do Google Analytics você obtêm os dados dostermos de pesquisa, ou seja, não é necessário ter acesso àconta do Google Adwords do cliente.Para isso, acesse “Publicidade”e “Consultas de PesquisaCorrespondidas”:
  41. 41. Quais são as vantagens de utilizar os dados do Adwordspara reotimizar seu site?- Obter o número de impressões mais próximo à realidade;- Verificar quais palavras-chave possuem melhor taxa deconversão, independente do volume de pesquisa;- Obter novas ideias de palavras-chave, tendo em vista autilização de palavras-chave em correspondência “ampla” ou“frase”;- Projetar a conversão do SEO com o posicionamento depalavras-chave utilizadas no Adwords.
  42. 42. Avaliação e Aplicação de Técnicas para Melhorar o Posicionamento Orgânico
  43. 43. Sabemos que o conteúdo é o pilar de qualquertrabalho de SEO, porém, só ter um conteúdo excelentenão é garantia de posicionamento no Google e,consequentemente, de receber tráfego das buscas.Por exemplo, vamos ver o caso de uma matéria sobre cálculo renal publicadano Portal do Programa Bem Estar do G1.http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/08/pedras-nos-rins-atingem-tres-vezes-mais-os-homens-que-mulheres.html
  44. 44. Ninguém busca aquilo não conhece ou que não tenha interesse.
  45. 45. Antes de analisar os fatores do site, analisamos ovolume de busca das palavras-chave “head-tail”relacionadas à cálculo renal. Veja: Palavra-chave Estimativas de pesquisas mensais Posicionamento[calculo renal] 9900 30+[pedra nos rins] 6600 14[pedra no rim] 4400 8[dor nos rins] 3600 30+[cálculo renal] 2400 30+[pedras nos rins] 1900 13[dores nos rins] 880 30+[cálculos renais] 590 30+[pedras no rim] 390 12[pedras no rins] 210 11O que pode ser feito para melhorar esse posicionamento?
  46. 46. Uma busca é feitaconforme o conhecimento do usuáriosobre o assunto, ou seja, são usadas palavras que formaram seu interesse sobre o tema.
  47. 47. TÍTULO- Vemos que a palavra-chave exata trabalhada no título apresentaapenas 1900 pesquisas mensais [pedras nos rins], contra 9900pesquisas mensais da principal palavra-chave [calculo renal].Assim, otimizar o título do site para trabalhar o termo cálculo renalpode melhorar seu posicionamento para o termo, buscando atingir ummaior volume de usuários procurando sobre o tema.Por exemplo:Cálculo renal atinge três vezes mais os homens que as mulheres.
  48. 48. TÍTULOQuando se otimiza um título, normalmente busca-se:- Melhorar o CTR na SERP do Google: O destaque em negrito na SERPdo Google interfere na intenção do usuário em clicar ou não noresultado exibido;- Aumentar o posicionamento da palavra-chave: O título da página éum fato de posicionamento.
  49. 49. META-DESCRIPTION- No exemplo, a meta-description não apresenta um chamariz paraestimular o usuário a clicar no resultado, bem como não faz menção dapalavra-chave trabalhada no título. Veja:Por esses motivos, o Google esta utilizando o conteúdo da páginapara formar a snippet na SERP:
  50. 50. META-DESCRIPTIONQuando se otimiza uma meta-description, busca-se:- Melhorar o CTR na SERP do Google.- Vale lembrar que o Google não utiliza a meta-description como fatorde posicionamento.http://googlewebmastercentral.blogspot.com.br/2009/09/google-does-not-use-keywords-meta-tag.html
  51. 51. META-DESCRIPTION #FICADICAÉ possível trabalhar duas descrições na meta-description. Para isso,insira duas frases com 150 caracteres cada, trabalhando um sinônimoem cada oração. Por exemplo:Busca por “criação de sites”:Busca por “desenvolvimento de sites”:
  52. 52. LINKAGEM INTERNA- A página de destino da palavra-chave recebe muitos links internos? Otexto âncora dos links internos estão otimizados? O conteúdo dasoutras páginas tem correlação? Vamos ao exemplo:- Query no Google:- Conteúdo relacionado com link:http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/02/excesso-de-acido-urico-pode-causar-gota-pedra-no-rim-e-hipertensao.html
  53. 53. LINKAGEM INTERNAConteúdo relacionado sem link:http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/08/voce-tem-ou-ja-teve-pedra-no-rim-sabe-como-evita-la-mande-pergunta.htmlhttp://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/08/colica-renal-e-urina-turva-ou-com-sangue-podem-ser-sinais-de-pedra.htmlhttp://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/02/medico-explica-quais-sao-os-riscos-de-segurar-o-xixi.htmlhttp://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/09/infeccao-urinaria-afeta-mais-mulher-por-causa-da-anatomia-feminina.html
  54. 54. LINKAGEM INTERNANa linkagem interna, organize a estrutura do site para receber o “juice”das principais páginas do seu site;Utilize a palavra-chave exata ou expressões com a palavra-chave notexto âncora dos links internos.Otimizando a linkagem interna, deseja-se:- Aumentar o posicionamento da palavra-chave;- Melhorar a conversão do site.
  55. 55. LINKAGEM EXTERNANa linkagem externa, devemos avaliar se a página de destino dapalavra-chave recebe links de outras páginas da Web de qualidade? Otexto âncora dos links externos contêm a palavra-chave?Se não, utilize as estratégias link building para aumentar apopularidade da sua página, como:- Análise de links da concorrência;- Guests Posts;- Footprints para requisição de links;- Submissão de artigos;- Etc.
  56. 56. LINKAGEM EXTERNAProcure selecionar domínios de qualidade para obter seus links;Se possível, trabalhe variações no texto âncora dos links, com mençõesexatas e parciais da palavra-chave.Com a adoção de estratégias de link building, pretende-se;- Melhorar o posicionamento da palavra-chave;- Aumentar autoridade do site e das páginas.
  57. 57. LANDING PAGE- Na página de destino, pense no aperfeiçoamento do conteúdo paraposicionar e atrair tráfego através das palavras-chave “long-tail”.- Veja algumas variações de busca para o assunto do nosso exemplo: Palavra-chave Estimativas de pesquisas mensais [pedra nos rins sintomas] 1600 [pedra no rim sintomas] 880 [dor nos rins sintomas] 720 [pedras nos rins sintomas] 480 [pedra nos rins tratamento] 390 [o que causa pedra nos rins] 390 [calculo renal dieta] 320 [cálculo renal sintomas] 320 [pedra no rim tratamento] 260 [como eliminar pedra nos rins] 210
  58. 58. LANDING PAGE- No nosso exemplo, apesar do artigo falar sobre os sintomas etratamento do cálculo renal, não há um destaque ou direcionamentodo conteúdo para atingir as buscas por esses termos.-Veja que não é utilizada a palavra “sintomas” no conteúdo do artigo ea palavra “tratamento” é genericamente mencionada duas vezes.
  59. 59. LANDING PAGE- Algumas recomendações para posicionamento das landing pages empalavras-chave “long-tail”:Trabalhe as palavras-chave “long-tail” no conteúdo da página;Utilize tags de cabeçalho para estruturar o conteúdo (h1, h2, etc.);Otimize as imagens da página;Dependendo da qualidade do conteúdo que pode ser gerado para umapalavra-chave “long-tail”, convém criar uma página de destinoespecíficas para o termo.Com a otimização das landing pages, busca-se:- Conquistar e melhorar o posicionamento de palavras-chave;- Melhorar a conversão do site.
  60. 60. RICH SNIPPETSAs Rich Snippets são informações adicionais fornecidas naSERP para ajudar os usuários com consultas específicas.Assim, o Google pode exibir informações detalhadas nassnippets, como uma imagem, thumbnail, avaliação e o tempo depreparo de uma receita, uma avaliação e faixa de preço de umproduto ou restaurante, uma imagem e dados sobre o autor deum artigo, etc.
  61. 61. RICH SNIPPETSNo nosso exemplo, a página possui dois vídeos, porém, nãoé utilizado nenhum tipo de marcação para exibição do richsnippet de vídeo na SERP do Google.Os efeitos desejados são:- Melhorar o CTR na SERP do Google.http://support.google.com/webmasters/bin/answer.py?hl=pt-BR&answer=99170
  62. 62. Perguntas? Obrigado! @pelati @agenciaao5 www.ao5.com.br alex@ao5.com.br
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×