Capitalismo  socialismo  introdução
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Capitalismo socialismo introdução

on

  • 9,160 views

 

Statistics

Views

Total Views
9,160
Views on SlideShare
9,160
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
58
Comments
2

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Capitalismo  socialismo  introdução Capitalismo socialismo introdução Presentation Transcript

  • CAPITALISMO ESOCIALISMO...algumas ideiasTexto de apoio – livro páginas362-369 GEOGRAFIA PROFESSOR LUÍS FERNANDO DE ABREU 3 ANO A
  • CAPITALISMO
  • CAPITALISMO – “DEFINIÇÃO”...Sistema econômico em que os meios de produção edistribuição são de propriedade privada e com finslucrativos; decisões sobre oferta, demanda, preço,distribuição e investimentos não são feitos pelo governo,os lucros são distribuídos para os proprietários queinvestem em empresas e os salários são pagos aostrabalhadores pelas empresas
  • ALGUMAS CARACTERÍSTICAS...Objetivo: Lucro; Propriedade privada dos meios de produção (terra,máquinas ... e dos bens de produção -produtosfinais); Dinheiro e similares são meios de troca; Lei da oferta e procura; Predomínio do trabalho assalariado; Divisão de classes: quem possui os meios e bens deprodução e o trabalhador que vende seu trabalhoem troca de um salário!!!
  • PROCESSO HISTÓRICO Passagem da Idade Média para a Idade Moderna; Renascimento urbano e comercial na Europa; Surge uma nova classe social a burguesia e também os banqueiros e cambistas; Aparecem as características primárias do sistema capitalista: lucro, acúmulo de riquezas, controle dos sistemas de produção e expansão dos negócios.
  • 1ª FASE:CAPITALISMO COMERCIAL
  • CAPITALISMO COMERCIAL Século XVI ao XVIII com as Grandes Navegações Fase em que a burguesia mercante começa a buscar riquezas em outras terras fora da Europa. Estes comerciantes, financiados por reis e nobres, ao chegarem à América, por exemplo, vão começar um ciclo de exploração. Colonialismo baseado nas relações mercantilistas ( balança comercial favorável, protecionismo, metalismo e monopólio)
  • 2 FASE:CAPITALISMO INDUSTRIAL
  • CAPITALISMO INDUSTRIAL Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra. Modificou o sistema de produção: máquina para fazer o trabalho, o dono da fábrica conseguiu aumentar o lucro, pois a produção acontecia com mais rapidez. Trabalhadores assalariados das fábricas consomem os produtos industrializados. O lucro ficava com o empresário que pagava um salário baixo pela mão-de-obra dos operários. Imperialismo ou neocolonialismo (Ásia e África). Liberalismo econômico (Adam Smith)
  • CAPITALISMO INDUSTRIAL
  • 3 FASE:CAPITALISMO FINANCEIRO
  • CAPITALISMO FINACEIRO Inicia no século XX, sistema bancário, nas grandes corporações financeiras e no mercado globalizado. Está em pleno funcionamento até os dias de hoje. A globalização permitiu as grandes corporações produzirem seus produtos em diversas partes do mundo, buscando a redução de custos. Sistemas informatizados possibilitam a circulação e transferência de valores em tempo quase real. Bolsas de valores. Monopólios e oligopólios (cartel, truste, conglomerado e holding). New Deal /Estado Planejador (Keynesianismo) Neoliberalismo.
  • (NEO)LIBERALISMO X KEYNESIANISMO
  • CAPITALISMO FINACEIRO
  • NOVA DIT( DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO)
  • Diferente do que ocorria até pouco tempo, a nova divisãointernacional do trabalho (DIT) não se limita a separar os países em exportadores de manufaturados e exportadores de matéria-prima
  • Após a 2ª Guerra Mundial muitos paísessubdesenvolvidos começaram a serfinanciados pelos países detentores docapital, ou desenvolvidos, e dessamaneira, muitas empresas passaram aespalhar filiais pelo mundo, o queacabou transformando os paísessubdesenvolvidos em exportadores deprodutos industrializados, dessa maneiraalterando as relações comerciais quepredominavam no mundo .
  • Na Nova DIT a participação dospaíses pobres se dá pela produçãode manufaturas que empregampouca tecnologia, mão-de-obrabarata , em atividades insalubres epoluidoras, rejeitadas nas naçõesmais ricas. Nos países desenvolvidosa participação ocorre com aprodução de bens industriais dealto valor agregado (caros) e deserviços de apoio à produção .
  • SOCIALISMO
  • SOCIALISMO –CARACTERÍSTICAS... Do ponto de vista político e econômico, o comunismo seria a etapa final de um sistema que visa a igualdade social e a passagem do poder político e econômico para as mãos da classe trabalhadora. Para atingir este estágio, dever-se-ia passar pelo socialismo, uma fase de transição onde o poder estaria nas mãos de uma burocracia, que organizaria a sociedade rumo à igualdade plena, onde os trabalhadores seriam os dirigentes e o Estado não existiria.
  • CONTEXTO HISTÓRICO Surgiram durante a Revolução industrial, como críticos do sistema capitalista: - Exploração do homem pelo homem (mais-valia); - Concentração de riquezas; - Chegaria ao fim, com crises econômicas(desemprego, falências, etc.) Socialistas utópicos ou românticos; Socialistas científicos ou materialistas históricos (Marx e Engels).
  • SOCIALISMO PROPOSTAS:o socialismo propõe a extinção da propriedade privada dos meios de produção e a tomada do poder por parte do proletariado e controle do Estado e divisão igualitária da renda
  • LUTA DE CLASSES
  • ALGUMAS CARACTERÍSTICAS Socialização dos meios de produção: todas as formas produtivas, como indústrias, fazendas entre outros, passam a pertencer à sociedade e são controladas pelo Estado, não concentrando a riqueza nas mãos de uma minoria. inexistência de divisão de classes sociais: existe somente a classe trabalhadora e todos possuem os mesmos rendimentos e oportunidades. Economia planificada: corresponde a todo controle dos setores econômicos, dirigidos pelo Estado, determinando os preços, os estoques, salários, regulando o mercado como um todo.
  • OUTROS TEMASProjeções cartográficas; (livropáginas: 421-424)IDJ (Índice de DesenvolvimentoJuvenil ) (livro páginas: 416-417)
  • PROJEÇÕESCARTOGRÁFICASOs sistemas de projeções cartográficas foramdesenvolvidos para dar uma solução aoproblema da transferência de uma imagemda superfície curva da esfera terrestre paraum plano da carta, o que sempre vaiacarretar deformações. Os sistemas deprojeções constituem-se de uma fórmulamatemática que transforma as coordenadasgeográficas, a partir de uma superfícieesférica (elipsoidal), em coordenadas planas,mantendo correspondência entre elas.
  • Projeção de MercatorNesta projeção os meridianos e os paralelos são linhas retas quese cortam em ângulos retos. Corresponde a um tipo cilíndricopouco modificado. Nela as regiões polares aparecem muitoexageradas.
  • ProjeçãodePeters. Sua base também é cilíndrica equivalente, e determina uma distribuição dosparalelos com intervalos decrescentes desde o Equador até os polos, comopodemos observar no mapa a seguir.Na representação das massas continentais, temos um significativoachatamento no sentido Leste-Oeste e a deformação no sentido Norte-Sul, nafaixa compreendida entre os paralelos 60o Norte e Sul, e acima destes até ospolos, a impressão de alongamento da Terra
  • Projeção cônicaProjeção cônicaNesta projeção os meridianos convergem para os polos e os paralelos sãoarcos concêntricos situados a igual distância uns dos outros. Sãoutilizados para mapas de países de latitudes médias.
  • Projeção de MollweideNesta projeção os paralelos são linhas retas e os meridianos, linhascurvas. Sua área é proporcional à da esfera terrestre, tendo a formaelíptica. As zonas centrais apresentam grande exatidão, tanto em áreacomo em configuração, mas as extremidades apresentam grandesdistorções.
  • Projeção AzimutalEquidistante Oblíqua Centrada naCidade de São PauloNesta projeção, centrada em São Paulo, os ângulos azimutaissão mantidos a partir da parte central da projeção.
  • Projeção AzimutalEquidistante PolarProjeção equidistante que tem os polos em suaporção central. As maiores deformações estão emsuas áreas periféricas.
  • IDJ - Índice deDesenvolvimento JuvenilReflete a situação social eeconômica dos jovens brasileirosna faixa de 15 a 24 anos
  • CRITÉRIOS QUE DEFINEM O IDJeducação (condições para o conhecimento),renda e atividades de estudo trabalho (condições para um nível de vida digno) e saúde (condições para uma vida longa e saudável).
  • INDICADORES(“subcritérios”) taxa de analfabetismo de jovens; escolarização adequada; qualidade de ensino; taxa de mortalidade por causas internas; renda familiar per capita dos jovens.
  • ALGUMASCONSTATAÇÕES... alta polarização na distribuição de renda no país tem gerado formas muito diferenciadas de acesso dos jovens aos serviços sociais básicos; a qualidade do acesso ao conhecimento é bastante precária: dados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) apontam déficits significativos quanto às competências em leitura, matemática e ciências nos jovens de 15 anos. a mortalidade juvenil vem crescendo historicamente, sendo sua principal causa os fatos violentos. As limitadas condições de acesso a uma educação de qualidade e ao mercado de trabalho ampliam os contingentes de jovens sem atividade definida
  • ANÁLISE COMPARATIVA – DF-AL