Turistas nacionais em Lamego

3,477
-1

Published on

Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Turismo e Técnicas de Gestão pelo aluno Débora Gonçalves do curso de Turismo Ambiental e Rural da Escola Secundária Latino Coelho, em Lamego

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,477
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Turistas nacionais em Lamego

  1. 1. Plano Turístico de Lamego<br />Escola Secundária Latino Coelho<br /> Disciplina: Turismo e Técnicas de Gestão<br /> Débora Gonçalves nº4 10ºH<br />
  2. 2. Introdução:<br />Com este trabalho, dou a conhecer os dados estatísticos de Lamego e da Régua em relação à recepção dos turistas nacionais.<br />Problemas e soluçõestambém serão desenvolvidas, com vista a melhorar um pouco o que é uma das potencialidades da nossa cidade. <br />
  3. 3. Procura Turística : Nacionais<br /><ul><li>Visitantes residentes em Portugal com uma permanência no local visitado, pelo menos de 24 horas;
  4. 4. Os motivos de viagem podem seragrupadosem:
  5. 5. Prazer (divertimentos),
  6. 6. Férias (rio, montanha),
  7. 7. Desportos ou negócios,
  8. 8. Visita a parentes e amigos,
  9. 9. Reuniões,
  10. 10. Conferências,
  11. 11. Saúde ( termas),
  12. 12. Estudos,
  13. 13. Religião (Santuário),
  14. 14. Etc.</li></ul>Turismo Nacional:<br />
  15. 15. Dados Estatísticos<br />
  16. 16. COMENTÁRIO:<br />Através da análise do gráfico posso constatar que de 2002 a 2003 há um pequeno aumento na taxa de hospedes, de 2003 a 2004, sofre um decréscimo acentuado de 82,6% para 73,2% .<br />De 2004 a 2005, houve agora um enorme acréscimo, 73,2% e 82,9% respectivamente.<br />Entre 2005 e 2006 a taxa de hóspedes estagnou, tendo voltado novamente a diminuir a partir de 2006 e 2007.<br />Em termos de percentagem o peso dos turistas nacionais diminuiu devido à entrada de um maior numero de turistas estrangeiros.<br />
  17. 17. Dados estatísticos<br />
  18. 18. De 2002 a 2004 há um decréscimo substancial, de 87,9% a 86,8%.<br />De 2004 a 2005 houve um acréscimo, de 86,8% para 88,8%. De 2006 a 2007 houve um decréscimo, de 86,3% para 84,9%.<br />Registou-se esta descida, a meu ver, devido aos avanços da crise global. Com isto as pessoas começam a ficar sem meios monetários e as viagens e as estadias começam a implicar o gasto de muito dinheiro.<br />COMENTÁRIO:<br />
  19. 19.
  20. 20. Dados estatísticos<br />
  21. 21. COMENTÁRIO:<br />De 2002 a 2003 houve um acréscimo, de 70,2% para 73,5%.<br />De 2003 a 2004 houve um decréscimo substancial, de 73,5% para 73,2%. <br /> De 2004 a 2006 houve um acréscimo acentuado, de 73,2% para 77%.<br />De 2006 a 2007 houve um acréscimo substancial, de 77% para 77,3%.<br />A meu ver, esta tendência positiva de 2004 a 2007 tem como principal factor a conclusão dos jogos do campeonato Europeu de Futebol de 2004.<br />
  22. 22. Dados estatísticos<br />
  23. 23. COMENTÁRIO:<br />De 2002 a 2003 houve um decréscimo acentuado, de 1,4 para 1,2.<br />De 2003 a 2004 houve um acréscimo acentuado, de 1,2 para 1,4.<br />De 2004 a 2005 houve um decréscimo, de 1,4 para 1,3.<br />De 2005 a 2006 houve um acréscimo ,de 1,3 para 1,4.<br />De 2006 a 2007 houve um decréscimo acentuado, de 1,4 para 1,2. <br />
  24. 24. soluções:<br />É preciso melhorar e desenvolver os recursos de forma a proporcionar a entrada de mais turistas na nossa cidade, criando mais atractividade, com espectáculos de rua, os circos e malabaristas, como só existem em dias especiais.<br />Apostar na oferta e na promoção das potencialidades da nossa cidade, tanto a nível local como regional ou até mesmo nacional, com revistas, jornais, anúncios publicitários, entre outros.<br />Desenvolver planos de apoio aos hotéis, com programas de qualificações e formação dos funcionários.<br />Criar o concurso hotel do mês, com clientes mistérios, com vista a obrigar as pessoas a um maior rigor na realização das suas tarefas. <br />
  25. 25. A análise deste trabalho permite-nos tirar algumas conclusões.<br />Ainda existe muito a ser alterado e modificado na nossa cidade, de maneira a que isso não se condicione e limite a entrada de turistas nacionais em Lamego, mas pelo contrário, que proporcione um ambiente mais agradável e acolhedor, de forma a que a permanência dos turistas seja mais elevada beneficiando a nossa posição em relação ao turismo interno de outras cidades.<br />Conclusão:<br />

×