• Like
  • Save
O PaláCiode SchöNbrunn Em Viena
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O PaláCiode SchöNbrunn Em Viena

on

  • 3,303 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,303
Views on SlideShare
3,279
Embed Views
24

Actions

Likes
1
Downloads
121
Comments
1

4 Embeds 24

http://pedronr3.multiply.com 19
http://www.blogger.com 2
http://dallvaolliver.blogspot.com 2
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • I like this show!<br /><br/>
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O PaláCiode SchöNbrunn Em Viena O PaláCiode SchöNbrunn Em Viena Presentation Transcript

    • Viena, Áustria
    • P alácio de Schönbrunn, situado em Viena, Áustria.
    • O Palácio de Schönbrunn, em Viena, com seus 1440 aposentos, figura entre os maiores, mais belos e importantes do mundo, e é sempre associado ao nome dos Habsburg. Esta dinastia dominou grande parte da Europa durante mais de 600 anos, com poder e influência absolutos. A Áustria era seu país, e Schönbrunn seu castelo.
    • A história deste palácio vem desde a idade média. No início do século 14 o local era propriedade do monastério de Klosterneuburg . Em 1569, por iniciativa do imperador Maximilian II , a propriedade passou ao controle dos Habsburg. Não parecia em nada com o famoso palacete amarelo de nossos dias. Constava apenas de uma construção modesta, um moinho e belos jardins. 
      • Foi um ano de guerras e reveses no império, culminando com o cerco de Viena pelas tropas inimigas. 
      Ao que consta, este nome teria sua origem graças à Rudolph II , sucessor de Maximilian II , que se referia ao local como tendo belas águas, ou bela fonte ( Schöne Brunnen , em alemão), o que finalmente acabou dando nome ao futuro palácio. Em 1683, ano da invasão turca na Europa, as coisas não andavam boas para a família Habsburg.
    • Como conseqüência, Schönbrunn chegou à um estado deplorável de conservação. Apenas em 1686, quando o pior já havia passado, é que o imperador Leopold I decidiu reformar totalmente a propriedade e adaptá-la para seu filho e futuro imperador, José. Foi então contratado o arquiteto Johann Bernhard Fischer Von Erlach , para desenvolver o projeto.
    • Em 1700 a parte central do novo palácio já estava concluída, embora ainda sem as duas alas laterais, mas mesmo assim já era uma das mais belas e imponentes residências de Viena. O imperador Carlos VI decidiu então dá-la de presente para sua filha Maria Theresa . Foi com esta última, que Schönbrunn iniciou seu período de glória. O palácio passou a ser o principal foco social e político de Viena.
      • O trabalho nas alas laterais do palácio só foi reiniciado em 1742, sob o comando do arquiteto Nikolaus Pacass i. Foram ainda aumentados os aposentos residenciais do imperador, que ocupavam uma grande parte do palácio, construído um salão de audiências, capela real e novos jardins.
      • Nesta época, Schönbrunn já era utilizado como principal residência da família imperial e sua corte, o que correspondia a mais de 1.500 pessoas. Quanto mais gente, maiores eram suas necessidades. Em 1750, por determinação de imperatriz Maria Theresa, foi então construído um teatro no palácio. Foram também reformadas as galerias, e decoradas com afrescos e pinturas de renomados artistas italianos.
    • Quando Maria Theresa morreu, a corte entrou em estado de choque e Schönbrunn permaneceu desocupado. Durante este período o palácio teve, no entanto, um inquilino famoso. Por duas vezes, em 1805 e 1809, Napoleão Bonaparte esteve em Schönbrunn. Não como hóspede, mas sim como conquistador. Foi o período das guerras napoleônicas, e o exército francês havia conquistado Viena. 
      • O império dos Habsburg tem agora uma população de 56 milhões de habitantes, e estende-se pela Áustria, Alemanha, Hungria, Itália, Romênia e Republica Tcheca. Festas, banquetes, eventos sociais e políticos são freqüentes.
      Diplomatas e governantes de todo o mundo vem à Schönbrunn, conhecer e prestar homenagem ao casal de imperadores que domina metade da Europa.
    • Francisco José é loucamente apaixonado por Sissi, mas os afazeres de chefe de estado não lhe permitem dedicar-se como gostaria à sua esposa. Ao mesmo tempo, a invejosa aristocracia  da corte descrimina e ridiculariza Sissi, devido à sua origem bávara.
    • Não lhe permitem estar com seus filhos, o que a leva a sofrer de profunda depressão e bulimia. Sufocada cada vez mais pelo rígido protocolo imperial, torna-se uma pessoa infeliz. No entanto, depois de uma viagem de tratamento que dura dois anos, ela retorna à Schönbrunn uma nova mulher. Determinada, segura de si, e decidida a assumir a frente dos assuntos políticos de seu império. 
      • Seu interesse a aproxima dos vizinhos Húngaros, que há muito vinham sendo explorados pelos Austríacos. Em 1867 ela é coroada Rainha da Hungria, e suas idéias liberais e republicanas, somadas ao grande carisma a transformam numa das pessoas mais amadas por Austríacos e Húngaros, como se fosse uma Princesa Diana do século 19.
      • O casal de imperadores tem quatro filhos: Sophie, Gisela, Marie Valerie e apenas um filho homem, Rudolf, a quem caberá a responsabilidade de herdar o comando do império Habsburg. Mas o destino tem outros planos. 
      • Rudolf tem um romance com uma plebéia. A família imperial não a aceita, e pressiona o herdeiro para abandoná-la. Desesperado, ele suicida-se em 1889. Franz Ferdinand é o próximo nome da linha de sucessão e é sagrado imperador .
    • Mas em 1914, durante uma visita à cidade de Sarajevo, a bala de revolver de um súdito revoltado tem um efeito tão devastador como só o destino poderia tramar: Tira a vida do jovem imperador e sua mulher, dá início à primeira guerra mundial, acaba com o império, modifica as fronteiras de metade da Europa e põe um ponto final nos 630 anos de dinastia Habsburg.
      • Com o final da guerra, a República da Áustria é proclamada em 11 de novembro de 1918. Isto significa o fim da dinastia imperial. Daí em diante os Habsburg não seriam mais nada, a não ser figuras da história. Schonbrunn, no entanto, iria permanecer.
      • Hoje, seus novos visitantes encontram nos 1440 aposentos do palácio, tesouros e preciosidades únicas, lembranças de um tempo em que Viena era o centro e capital mais elegante da Europa e lembranças de um tempo em que, nos salões do palácio amarelo, brilhava a estrela de Sissi, Imperatriz da Áustria e Rainha da Hungria.
    • Mais informações sobre o palácio no site oficial Schonbrunn . E informações sobre a imperatriz em Sissi  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
      • FONTE : http:// images . google .com. br / imgres ? imgurl =http://www. viagensimagens . com /cast_ schonbrunn _01. jpg & imgrefurl =http://www. viagensimagens . com /cast_ schonbrunn . htm &h=224&w=340& sz =23&hl= it &start=5& tbnid =ihQ1dUPiBx34nM:& tbnh =78& tbnw =119& prev =/ images %3Fq%3DO%2BPal%25C3%2
      • Música: Ivanovitch-Danube-wav
      FINE