• Like
  • Save
Edital de cases
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Edital de cases

on

  • 4,535 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,535
Views on SlideShare
726
Embed Views
3,809

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

6 Embeds 3,809

http://www.ceempre.org 3450
http://ceempre.org 345
http://abtasty.com 11
http://presidencia.conselho 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://www.ceempre.org. 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Edital de cases Edital de cases Document Transcript

    • EDITAL SELEÇÃO Nº 28/2012SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE CASES NO VII INTERNEJA comissão organizadora do VII Encontro Interno de Empresas Juniores (VII InternEJ) torna públicas asnormas e as condições do PROCESSO DE SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE CASES.1 - Do EventoO InternEJ é um evento local cujo um dos objetivos principais é promover a interação entre as empresas eempresários juniores de todo o Movimento Empresa Júnior da UFV, representado através da CEEMPRE, omaior Núcleo de Empresas Juniores do Brasil.Em sua sétima edição, o InternEJ 2012 possui o tema "Um novo líder, um novo mercado".A experiência de liderança e a criatividade desenvolvida pelos empresários juniores são os ingredientesque o Movimento Empresa Júnior oferece a um mercado carente de inovação.O evento promove a integração e a troca de experiências entre os empresários juniores das mais de 30EJs da UFV e as demais do MEJ regional. É um encontro capaz de potencializar mudanças pessoais eprofissionais nesses estudantes empreendedores, para que, em pouco tempo, o mercado se revolucionea partir do talento júnior.Acontecerá em Viçosa, nos dias 21, 22 e 23 de setembro, nos auditórios do Departamento de EconomiaRural e do Departamento de Engenharia Florestal. Estima-se a participação de 200 empresários juniores,contando-se integrantes do Movimento Empresa Júnior não só da UFV, mas também de outras cidades daregião, representantes da Federação de Empresas Juniores do Estado de Minas Gerais (FEJEMG), daConfederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior), professores orientadores e demaisconvidados.2 - Das condições de participaçãoTodas as Empresas Juniores poderão enviar cases para avaliação no VII InternEJ.A comissão responsável determina que cada Empresa Junior poderá enviar um limite de até 2 (dois) casespor categoria.
    • Para estar apto a apresentar o case selecionado no VII InternEJ, pelo menos um membro da respectivaEmpresa deverá estar previamente inscrito no evento.Todos que enviarem cases e forem aprovados para serem apresentados no VII InternEJ, estarãoautomaticamente autorizando a disponibilização de tal conteúdo no banco de cases da CEEMPRE, bemcomo em demais ferramentas de divulgação propostas pela Organização do evento, cumprindo com osrequisitos deste edital.Caso o número de cases seja insuficiente, as inscrições serão abertas também para Empresas Junioresexternas à UFV.3 - Das condições de envioOs cases deverão ser enviados dentro do prazo estabelecido neste edital, para o e-mailcases.internej@ceempre.org, sendo que a confirmação do recebimento ocorrerá em até 48 horas após oenvio, por meio de um e-mail da Coordenadoria de Conteúdo e Programação do VI InternEJ.O corpo do e-mail deverá conter os seguintes itens:A) Assunto do e-mail: Case – VII InternEJ;B) Título do Case;C) Categoria: O case deverá ser indicado em uma das categorias: Projeto Interno, Projeto Externo ouModelo de Gestão;D) Tema Relacionado (subdivisões das categorias): deverá ser indicada a área temática do case,obedecendo a sua classificação de categoria de acordo com as divisões previstas neste edital;E) Nome da EJ autora da Case;F) Cidade e Estado da EJ autora;G) Instituição de Ensino da EJ autora;H) Contato da EJ (Telefone e e-mail);I) Nome, telefone e e-mail do responsável pelo Case;J) Nome do(s) representante(s) que irá/irão apresentar o trabalho. Podendo-se optar por até 2 (dois)apresentadores.
    • Cada e-mail deverá conter apenas 1 (um) case, porém neste deverão existir 2 (dois) anexos, ambos com omesmo conteúdo porém com nome e formatações distintas conforme descrito a seguir:I. “Anexo A – Título”: O case em versão para avaliação (impessoal - deverá ser em folha branca sem olayout da organização – papel timbrado; logomarca; nome da Empresa Júnior);II. “Anexo B – Título”: O case com a personalização da EJ responsável (layout da organização – papeltimbrado, logomarca, etc.) para ser disponibilizado no Banco de Cases da CEEMPRE.Ambos os documentos são obrigatórios, sendo passível de eliminação a EJ que não os enviarem. Aindaserão desconsiderados os e-mails fora das condições de envio e do padrão de formatação, uma vez queinconformidades relativas a estes critérios acarretarão na desclassificação automática do case.4 - Do padrão de formataçãoOs documentos anexos (a versão impessoal e a versão personalizada do case) deverão estar no formato“PDF” e de acordo com a seguinte formatação:A) Tipo da Fonte: Arial;B) Tamanho da Fonte: 12;C) Espaçamento entre linhas: 1,5 linhas;D) Tamanho do Papel: A4 (210 x 297 mm);E) Orientação: Retrato;F) Margem Superior e Inferior: 2,5 cm;G) Margem Esquerda e Direita: 3 cm;H) Texto Justificado.O corpo do Anexo A deverá estar em folha branca, sem o layout da organização (papel timbrado,logomarca, etc.), uma vez que por ser um case impessoal utilizado para a avaliação este não pode conterqualquer tipo de informação que forneça dados de identificação como o nome da EJ, Instituição de EnsinoSuperior, pessoas, nome de clientes, localidades, ou qualquer outro tipo de informação que possibilite aidentificação da organização autora do case.
    • O case personalizado Anexo B serve para divulgação no Banco de Cases da CEEMPRE. Deverá conter asdevidas referências e identidade visual, valorizando o trabalho das EJs. É um requisito obrigatório. Olimite de páginas depende da categoria a que este pertence, sendo, portanto de 6 (seis) páginas para osProjetos Internos e Projetos Externos e de 12 (doze) páginas para o Modelo de Gestão.Será permitido o envio de anexos que deverão conter apenas imagens, gráficos, organogramas, fotos esimilares. Os anexos deverão conter imagens e informações legíveis da forma como colocadas, nãoexistindo número mínimo de páginas para o anexo.5 - Do conteúdo dos casesO conteúdo dos cases deve apresentar, de forma clara e objetiva, a contextualização do ambiente e dametodologia, a necessidade de sua implementação e a maneira com que foi executada, bem como osresultados esperados ou alcançados, sejam eles positivos ou negativos.Os resultados e impactos decorrentes do case deverão ser relatados de acordo com o objetivo do estudodescrito: cases de Projeto Interno deverão descrever os resultados obtidos na própria EJ, enquanto casesde Projeto Externo deverão expor os impactos na sociedade e no Cliente. Os cases de Modelo de Gestãodeverão explicitar os resultados obtidos tanto dentro da organização quanto na sociedade.Os autores deverão se atentar a cinco pontos fundamentais:I. Cada case deverá ser classificado em uma das categorias descritas a seguir;II. Cada case deverá ser classificado em uma das áreas temáticas (subdivisões das categorias) que estãorelacionadas.III. A apresentação descritiva do case deverá estar dividida em: Introdução, Desenvolvimento eConclusão.IV. A primeira página do arquivo do case deve conter um breve resumo, de no máximo 1000 caracteres,contando com os espaços, para a descrição do case a ser disponibilizado no Banco de Cases da CEEMPRE.V. Essa página não será contabilizada no limite de páginas determinado no item 4;VI. Os comentários realizados ao final da descrição do case, servem para citar dificuldades e soluçõesencontradas na implementação, bem como sugestões.
    • 6 - Das categorias e áreas temáticas dos casesCada uma das categorias possuem áreas temáticas relacionadas que devem ser então identificadasconforme previsto neste edital. A saber:6.1 - Projeto InternoAbrange os cases de ferramenta de gestão, processos ou projetos internos da empresa relacionados àsseguintes perspectivas:6.1.1 Gestão InternaSão melhorias na estrutura organizacional, nos processos de gestão do espaço físico da empresa (comopor exemplo, programas 5S, murais), inovações em gestão do conhecimento (planilhas para melhoria dorepasse de informações) ferramentas de tecnologia da informação, práticas de gestão do conhecimento eaprendizado organizacional.6.1.2 EstratégiaRefere-se a práticas de consolidação, disseminação e refinamento do planejamento estratégico daempresa, bem como a capacidade de cumprimento do mesmo.6.1.3 MercadoPráticas relacionadas à captação, satisfação e fidelização de clientes da empresa com relação a projetosexternos, bem como a efetividade da negociação e qualidade da proposta como um todo.6.1.4 ProjetosRefere-se ao controle e refinamento bem como a metodologias de gerenciamento de projetos, além dacapacidade de planejamento e práticas de acompanhamento do projeto após a entrega do relatório final.6.1.5 SociedadePráticas voltadas à captação de parcerias e iniciativas que direcionem para a gestão de responsabilidadesocial.
    • 6.1.6 MEJPráticas relativas a toda forma de representatividade no movimento bem como a participação demembros em eventos e nas entidades do MEJ como, federação, núcleo, Confederação e outros.6.1.7 FinanceiraPráticas que se referem à otimização da capacidade de planejamento financeiro, bem comoinvestimentos realizados, previsão de riscos e renda advinda de projetos externos.6.1.8 PessoasRefere-se a práticas voltadas para a gestão dos recursos humanos, bem como aos processos de atrairpessoas, reter, treinar, desenvolver e avaliar.6.2 - Projeto ExternoNa categoria Projetos Externos serão classificados os cases de projetos relativos ao core business docliente, sendo divididos em áreas temáticas relativas aos três setores da economia, descritossucintamente em seguida:6.2.1 Primeiro SetorCaso o projeto tenha sido feito para órgãos governamentais.6.2.2 Segundo SetorCaso o projeto tenha sido feito para organizações privadas.6.2.3 Terceiro SetorCaso o projeto tenha sido feito para organizações sem fins lucrativos.6.3 Modelo de GestãoNa categoria Modelo de Gestão serão classificados os cases que agreguem um conjunto sistêmico devalores, conceitos, tecnologias, instrumentos e práticas levadas a efeito pela organização para odesenvolvimento de suas atividades, sendo divididos em áreas temáticas relativas ao negócio (corebusiness) da EJ, sucintamente descritos a seguir:
    • 6.3.1 ExatasEmpresas que realizam projetos voltados às ciências que têm como princípio básico a matemática.6.3.2 HumanasEmpresas que realizam projetos voltados às disciplinas que tratam dos aspectos da formação do homemcomo indivíduo e ser social.6.3.3 BiológicasEmpresas que realizam projetos voltados às ciências que estudam os conhecimentos dos conceitos efenômenos biológicos.6.3.4 AgráriasEmpresas que realizam projetos voltados às ciências que utilizam o conhecimento científico e tecnológicona utilização dos recursos naturais nas diversas áreas agrárias.6.3.5 Sociais AplicadasSão as empresas que realizam projetos voltados às ciências que desenvolvem seus estudos relacionados àvida em sociedade e o uso do homem para sua organização, sempre buscando o bem da coletividadeatravés do inter-relacionamento humano.6.3.6 MultidisciplinaresSão as empresas que realizam projetos em mais de uma área dentre as citadas acima.Os cases de Modelo de Gestão devem ser feitos de acordo com os fundamentos em que se baseiam osCritérios do Modelo de Excelência em Gestão da FNQ (Fundação Nacional de Qualidade), que são:1. Pensamento Sistêmico2. Aprendizado Organizacional3. Cultura de Inovação4. Liderança e Constância de Propósitos5. Orientação por Processos e Informações6. Visão de Futuro
    • 7. Geração de Valor8. Valorização das Pessoas9. Conhecimento Sobre o Cliente e Mercado10. Desenvolvimento de Parcerias11. Responsabilidade SocialOs fundamentos serão usados como caráter de representação de como seria uma gestão excelente,independente das empresas utilizarem ou não o MEG. As EJs que utilizam o MEG devem descrever aforma como aplicam seus fundamentos; enquanto as empresas que não trabalham sobre este modelopodem utilizá-lo para direcionar os seus conceitos de gestão, devendo detalhar mesmo os fundamentosque não são executados de forma efetiva, pois eles representam as preocupações que o case de modelode gestão deve apresentar.7 - Da Responsabilidade do conteúdo dos casesA veracidade das informações contidas tanto na apresentação descritiva quanto oral do case, é de inteiraresponsabilidade da Empresa Júnior e autores responsáveis pelo envio do documento. O responsável peloCase e Pôster responderá em caso de processo por agressão a metodologia, plágio, difamação, etc.,seguindo as disposições previstas na legislação brasileira.8 – Dos Prazos Atividade Data Divulgação do Edital 09 de julho Período para envio dos cases 09 de julho a 03 de agosto Anúncio dos cases aprovados 02 de setembro Apresentação 22 de setembro