Your SlideShare is downloading. ×
CMYKSergio Gomes/Divulgação                                                                                               ...
CMYK        VENCENDO2                                                                                                     ...
CMYK                        BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011                                                                  ...
CMYK4                                                                                                                     ...
CMYK                              6                                                                                       ...
Suplemento revelando tocantins   versão final - completo
Suplemento revelando tocantins   versão final - completo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Suplemento revelando tocantins versão final - completo

1,807

Published on

O Projeto Revelando o Tocantins

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,807
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Suplemento revelando tocantins versão final - completo"

  1. 1. CMYKSergio Gomes/Divulgação SUPLEMENTO PUBLICITÁRIO G BRASÍLIA, 11 DE JUNHO DE 2011 REVELANDO TOCANTINS DESCUBRA VERDADEIRAS JOIAS QUE A NATUREZA E O HOMEM AINDA PRESERVAM NO NORTE DO BRASIL Uma imensidão de areia dourada, fauna e flora impressionantes, além de rios de águas ecoturismo, turismo de aventura, culturais, artísticos e religiosos mostram uma variedade límpidas que rasgam o estado, são raridades para ser admiradas. De preferência com um de opções em lazer para quem quer conhecer a região e um pouco mais das tradições por do sol multicolorido no Mirante da Serra do Espírito Santo. Está na hora de você nortenses. Sair dos grandes centros pra pescar no Rio Araguaia, tomar banho na Cachoeira descobrir o Tocantins. Neste caderno, você vai se surpreender com as belezas de paisagens Sussuapara, mas também contemplar as ruínas da Igreja de Nossa Senhora dos Rosário exuberantes, de rios cuja água dá pra beber e de gente simples que quer te receber com o dos Pretos têm de estar entre as experiências de vida de quem viaja para descobrir o que maior prazer. O estado mais jovem do Brasil oferece, porém, muito mais que uma há de belo no mundo. Sua história, sua gente, sua cara original e múltipla proporciona natureza exuberante e belas paisagens intocadas pelo homem. O maravilhoso Jalapão experiências inesquecíveis. Mas para oferecer tudo isso e acolher os turistas com (foto) combinado com a Ilha do Bananal, Natividade junto com Porto Nacional e outras qualidade, é preciso estar bem preparado. E o Tocantins está na dianteira quando o assunto tantas atrações compõem um verdadeiro mosaico contrastante de emoções imperdíveis é arrumar a casa para aproveitar as oportunidades de turismo que virão com a Copa do que o Tocantins naturalmente proporciona a quem o visita. Excelentes roteiros de Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Confira! www.revelandotocantins.org.br APOIO REALIZAÇÃO CMYK
  2. 2. CMYK VENCENDO2 BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011 A PARTIDA PLANEJAMENTO INTELIGENTE,INTERAÇÃO ENTRE GOVERNO E EMPRESÁRIOS E GRANDES EVENTOS ESPORTIVOS SÃO OS ELEMENTOS DE QUE O BRASIL PRECISAVA PARA RESPIRARTURISMO DEVERDADEIano Andrade/CB/D.A Press. O ANIMAÇÃO GERAL Além de toda a alegria que uma Copa do Mundo e uma olimpíada naturalmente trazem, o Brasil ainda ganhará com uma grande Brasil, entre norte-americanos, escandinavos, japoneses leiros poderão pensar duas vezes em sair do país nas fé- visibilidade que promete movimentar o turismo e proporcionar crescimento em todo e tantos outros, já é famoso pela beleza de sua gente e rias. Para atingir esse objetivo, o Ministério doTurismo, por o território nacional depois desses eventos pelas paisagens. Estas variam das imponentes serras gaú- meio do Plano Nacional de Turismo e dos programas de chas de doce inverno abaixo de zero às dunas curvas e regionalização, vai intensificar a interação entre os diver- ensolaradas do Maranhão. A hospitalidade dos nativos – sos agentes responsáveis pela rede de negócios turísticos, com aquela satisfação em receber todos os visitantes que por meio de projetos de governança. o escolhem entre milhares de destinos no mundo – é A governança no setor público tem como objetivo atrativo também natural, inerente à cultura do país. Os principal tornar a máquina pública mais eficiente, para que atributos nos dão orgulho de ostentar, seja do brasileiro os recursos do Estado sejam usados da melhor maneira ao alemão, seja do mineiro ao capixaba. Entre os nossos possível.“Em um processo de governança no setor públi- 1 9 em cada empregos no mundo são gerados olhares, os brasileiros, a cada ano que passa, têm mais de- sejo e condições de desbravar as próprias terras, sem nunca esgotar as rotas de viagens. Para incrementar este cenário,o Brasil se prepara para co é necessária a busca permanente por tecnologias, o envolvimento da comunidade, a constante prestação de contas para a sociedade”, explica José Matias Pereira, pro- fessor de administração pública da Universidade de Brasí- pelo turismo – atividade que implica a absorção de uma grande sediar grandes eventos internacionais, tornando-se rota lia. Para o professor, é também essencial usar todos os ca- quantidade de mão de obra em obrigatória de viagens em poucos anos. A Copa do Mun- nais de interação entre os entes da Federação para que todos os níveis de qualificação do de 2014, que terá jogos em 12 cidades brasileiras, e as essa sinergia culmine em um sistema harmonioso de ges- Olimpíadas de 2016, que será realizada no Rio de Janeiro, tão governamental. são os principais e atrairão milhares de turistas estrangei- A grande demanda futura no país implica um conse- ros, além de incentivar a movimentação de brasileiros em quente desenvolvimento do mercado. Para isso, é neces- território nacional.Tais eventos se conectam a centenas sária a construção de hotéis, aeroportos, planejamento de opções de passeios pelo país. De pronto, estes grandes governamental e treinamento de pessoal especializado, vi- 5ª É a posição do turismo como acontecimentos mundiais aumentam a já grande respon- sabilidade do setor em manter a sua roda gigante funcio- nando com eficiência. Por causa dessa expansão, o turismo no Brasil recebe, sando explorar o que há de melhor no turismo brasileiro. Desafios que irão transcender as cidades sede da Copa do Mundo.Os grandes eventos representam oportunida- des para o crescimento do turismo em todo o país, alia- fator de geração de divisas em desde a criação do Ministério do Turismo, em 2003, gran- dos aos investimentos públicos e privados em infraestru- moeda estrangeira no Brasil. de atenção do governo. As perspectivas de crescimento tura e logística. das atividades turísticas no país geraram, até o ano de Pelo caminho da governança, as instâncias federais, es- 2010, uma previsão de investimentos governamentais da taduais e municipais associadas aos atores da iniciativa pri- ordem de R$ 504 bilhões, visando melhorar a infraestru- vada vão articular o planejamento, execução e monitora- tura do turismo nacional. O aquecimento é comprovado mento dos planos de turismo.“Pela governança é possível pelo aumento contínuo de visitantes. Nos últimos cinco desenvolver e fortalecer a gestão do turismo regionaliza- anos, a média foi de 5 milhões de turistas estrangeiros. do”, comenta Jose Gabriel Pesce Junior, consultor para o Apenas em 2009, os gastos desse público somaram 5,3 bi- turismo e moderador de processos par ticipativos. E é lhões de dólares. nesse ponto queTocantins ganha pontos. Mesmo não sen- Caso se sintam bem recebidos e bem instalados, esses do sede de Copa do Mundo, o estado mais jovem do país turistas certamente se interessarão em visitar outras cida- poderá, dialogando com os vizinhos da região Norte, de- des, não apenas as sedes dos eventos esportivos. E mais: senvolver suas rotas turísticas e oferecer aos visitantes ex- não hesitarão em voltar em outras oportunidades. Brasi- periências incríveis de diversão e negócios. Q EXPEDIENTE// Fundação Assis Chateaubriand Q Superintendente executiva: Mariana de Góes Borges Q Gerente de projetos: Cristina Patrícia Otte Q Líder do projeto: Juliana Cristina dos Santos Q Edição: Camila de Magalhães Q Textos: Ana Paula Paiva Q Diagramação: Wilson Alves CMYK
  3. 3. CMYK BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011 3Tietta Pivatto/Divulgação UMATERRA ILUMINADA “O sonho secular já se realizou Mais um astro brilha dos céus aos confins Este povo forte Do sofrido Norte Teve melhor sorte NasceTocantins” A PRIMEIRA ESTROFE DO HINO A o Norte, Maranhão e Pará. Ao Leste, Maranhão Piauí e Bahia. A Oeste, Pará e Mato Grosso. O Tocantins nasce em 1988 se desmem- brando do Goiás, ao Sul, pelas mãos da Assembleia Nacional Consti- ESTADUAL RESUME EM SUTIS tuinte, praticamente no meio do Brasil. Estado predominantemente plano, sua vegetação descreve o degrede da sua localização. É mais da PALAVRAS UM LOCAL PRECIOSO QUE metade cerrado, cujas árvores tortas dividem espaço com a floresta TEM MUITO A SER CONTEMPLADO E de transição amazônica e com um pedaço do pantanal. QUE GANHA AINDA MAIS EVIDÊNCIA Regionalização Integrante da região Norte do país, grande parte do Tocantins é do turismo composta por áreas de preservação ambiental onde se incluem san- COM O PROJETO REVELANDO tuários naturais e parques estaduais.Tudo culpa das belas paisagens, TOCANTINS O setor do turismo estabelecido da variedade de bichos, das infinitas cores das plantas. Por essas quali- localmente constitui uma verdadeira dades, os passeios ecológicos são o carro-chefe do turismo local. Mas rede, onde diversas instituições, as suas tradições culturais também compõem o cenário doTocantins. empresários, guias turísticos e a Caretas de Lizarda, catira, congadas, Roda de São Gonçalo, sússia e comunidade interagem para jiquitiaia. São danças, festas, cânticos por onde se enxergam as linhas Impacto proporcionar aos visitantes os culturais do Tocantins.Traços da identidade dos negros que aporta- melhores serviços. ram no local para trabalhar na exploração do ouro no século 18, ain- Os impactos desse trabalho já foram notados por quem foi da nos tempos da escravidão. Nos eventos religiosos, bastante fre- beneficiado com as oficinas. Em março e abril deste ano, quentados, é possível perceber as profundezas da própria formação funcionários de Leonardo Azevedo – carioca de 35 anos, mística brasileira. proprietário da operadora de turismo CCTrekking no município de O melhor Mas de nada adianta tantas riquezas se elas não podem ser apro- Caseara – participaram de um curso de capacitação de do Tocantins veitadas por quem as aprecia. Foi pensando em aproveitar o aqueci- condutores locais promovido pelo projeto Revelando Tocantins. “O mento do turismo provocado pela aproximação da Copa do Mundo Pesquisa realizada pelo Sebrae de 2014 e das Olimpíadas de 2016 que o Ministério do Turismo e a curso reuniu 40 guias de turismo de várias regiões para nivelar seu concluiu que os pontos fortes do Fundação Assis Chateaubriand, com o apoio da Agência de Desen- conhecimento, de forma que todos nós possamos falar a mesma turismo no estado são o volvimentoTurístico doTocantins (ADTUR), desenvolveram em 2010 língua aos turistas que chegarem ao estado”, explica o turismólogo, ecoturismo (sendo o Jalapão um o projeto RevelandoTocantins. que acredita no setor como um motor das economias locais. dos destinos mais procurados Prestes a ser concluído, o projeto teve como objetivo preparar o “Trabalhar em regiões afastadas dos centros urbanos é o grande para essa prática), o artesanato, a estado do ponto de vista turístico e colocá-lo em evidência para lance do ecoturismo e do turismo de aventura”, comenta Azevedo. Ilha do Bananal, aliados aos rios quem quiser visitá-lo.Todos os atrativos e infraestrutura foram ma- “Esse projeto é muito importante para o desenvolvimento local e Araguaia eTocantins, eventos, peados e foi criado um avançado sistema de informações, com banco para a educação dessas pessoas.” turismo de aventura e lacustre. de dados que permite ver onde a melhoria da infraestrutura turística Para Jorcirene de Morais, proprietária do Hotel Serra Geral, no no estado deve acontecer. O maior envolvimento local foi consegui- município de Natividade, a principal vantagem desse projeto é que do com o investimento em ações de comunicação para mobilizar a ele não está atrelado apenas ao poder público, mas também chama comunidade a compreender o turismo como forma de inclusão so- os empresários para pensar e desenvolver o turismo tocantinense. cial, crescimento das atividades da região e fonte de renda. “Nós já sabemos o nosso potencial. Mas esse projeto foi muito A realização de oficinas de capacitação vem proporcionando aos bom para capacitar o pessoal do turismo e divulgar o trabalho do Para saber mais sobre aonde ir,o que comer e onde principais atores do setor – guias, empresários e gestores em turismo estado para o Brasil”, conta a empresária. ficar noTocantins,acesse o site do projeto – a chance de oferecer serviços com qualidade ainda maior.Ações de E há muito o que se encontrar no Tocantins. Por mais que seja o governança como essas, associadas ao Plano Nacional de Regionaliza- estado mais novo do país, ele já tem a sua própria cara. São os www.revelandotocantins.org.br ção doTurismo, orientam o estado a adotar as políticas públicas neces- sárias, além de incentivar os investimentos privados noTocantins. traços de um rosto curioso que precisam ser mostrados para o Sul, “Aperfeiçoar os conhecimentos e proporcionar ferramentas Sudeste, Centro-Oeste e o Nordeste brasileiros e para todos os para aqueles que fazem o turismo do estado são uma forma de estrangeiros que vierem ao Brasil prestigiar a nossa cultura e contribuir para o desenvolvimento local. E essa é uma das grandes relevo. O Tocantins quer fazer parte de uma rota de viagens mais preocupações da Fundação Assis Chateaubriand ao desenvolver do que interessante, voltada ao ecoturismo, à aventura, às projetos de cidadania como esse”, ressalta Evaristo de Oliveira, vi- construções históricas, aos costumes de um povo que se preserva ce-presidente da instituição. como do Norte. CMYK
  4. 4. CMYK4 BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011 BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011 5 Tietta Pivatto/DivulgaçãoBreno Fortes/CB/D.A Press G AGÊNCIAS E ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA OPERADORAS CREDENCIADAS PARA PASSEIOS Korubo Overland 63 -8121-3538 63- 8437-3837 63- 8409-1010 www.korubo.com.br Quatro Elementos Expedições 63-9976-0040 / 63-3213-1650 www.quatroelementos.tur.com.br Norte Tur 63- 3215-4957 www.nortetur.com.br 40° Graus no Cerrado MATEIROS 63- 3215-8313 Mirante da Serra www.40grausnocerrado.com.br do Espírito Santo Batista Viagens 63- 3225-2225 / 63- 3215-1228 www.batistaturismo.com.br Ricanato Viagem e Turismo 63- 3215-2040 / 63- 3215-6320 www.ricanato.com.br Rota da Iguana 63- 3217-5107 www.rotadaiguana.com.br OS GM Turismo 63- 3215-1815 OFF ROAD www.gmviagens.com.br Veículos com tração nas quatro rodas são essenciais para curtir CO YVY Ecoturismo e Aventura as belezas da região ENCANTOS 63- 3225-5060 UM ROTEIROTURÍSTICO PODE SETRANSFORMAR EM UM Jalapão AdventureFernando Torres/Divulgação VERDADEIRO RALLY, EM MEIO A OÁSIS EM DESERTOS DE AREIA FOFA, EM UM SANTUÁRIO NATURAL QUASE INEXPLORADO PELO HOMEM 63 - 3225- 4078 / 8411-5693 www.jalapao-to.com.br DO JALAPÃO Thiago Sá/Arquivo ADTUR/Divulgação Tietta Pivatto/Divulgação região é cenário de contrastes e belezas intocados. Um dos des- tinos turísticos imperdíveis no mundo, o Jalapão revela cachoeiras e riachos de águas brilhantes, dunas douradas por areias fumegantes. As paisagens mostram a grandiosidade da natureza.Assim é o Jala- pão, região com 34 mil km quadrados no Norte do Brasil, ao Les- SERRA DA CATEDRAL te deTocantins. Para viajar ao Jalapão, é necessário estar prepara- São Félix doTocantins guarda do para as estradas de terra, calor e, sobretudo, para as belíssi- um verdadeiro presente em mas obras naturais que apenas um meio ambiente quase inex- meio à vegetação: uma plorado pode proporcionar. formação rochosa que A viagem pelos mistérios da região começa pelo município parece um templo religioso de Ponte Alta do Tocantins. A cidade é considerada a porta de entrada do Jalapão e um dos um dos principais pontos de apoio para quem faz o roteiro turístico da região. A cidade possui boa infraestrutura de hospedagem, alimentação e de aluguel de veículos off road – com tração nas quatro rodas, que resistem às intensas estradas de terra – meio de transporte essencial para quem quer conhecer o Jala- pão. Cortada pelo Rio Ponte Alta, cartão postal do mu- nicípio, tem atrativos que chamam a atenção pela per- feita sintonia da natureza. RAFTING Entre eles, está o morro da Pedra Furada, uma O Rio Novo conta com mais de 50 corredeiras CÂNIONS imensa formação rochosa em arenito, esculpida pela que permitem a prática do esporte coletivo decida em corredeiras em equipe que utiliza botes infláveis. ouro meio planta que pode ser transformado em brin- Em Ponte Alta doTocantins, a cachoeira ação do vento e das águas durante milênios. Ela con- Este é um dos últimos rios com água 100% potável do pla- cos, pulseiras, chapéus, bolsas e tudo mais que a imagi- Sussuapara forma estreitos cânions úmidos ta com duas curiosas aberturas de um lado a outro neta, cuja nascente se encontra nas veredas da Serra Geral. nação artesanal permitir. Suas plantações, para os desa- do morro. Quem for visitar a cidade precisa co- Suas mais de 50 corredeiras passam por cenários acessados visados, são verdes como um mato comum. Mas as has- nhecer também a Cachoeira Sussuapara, uma fina apenas pelos praticantes do rafting, devido à inexistência de tes dessas plantinhas viram verdadeiras joias nas mãos A queda d´água de 5m de altura que corta a rocha acesso terrestre. dos artesãos tocantinenses. Tietta Pivatto/Divulgação formando estreitos cânions úmidos. As rochas Após uma longa caminhada para conhecer as lindas pai- É o capim dourado, fios finíssimos encontrados natu- retorcidas são ornamentadas naturalmente por sagens de Mateiros, com certeza será preciso um banho re- ralmente apenas nas matas do Jalapão e que, se trabalha- Distância de Parque Estadual samambaias nativas que parecem ter sido colo- laxante em águas puras e cristalinas.A Cachoeira do Formi- dos juntos em grande quantidade, transformam-se em Brasília para... do Jalapão cadas ali pelas mãos do homem. ga uma espécie de poço para banho de tom esmeralda, cor uma verdadeira relíquia. Para conhecer um pouco mais Ainda admirando as paisagens únicas do devida ao afloramento de calcário próximos à nascente – e dessa cultura artesanal, vale visitar, em Mateiros, o Povoa- Ponte Alta do Tocantins: O Parque Estadual do Jalapão abrange Jalapão, o município de Mateiros oferece o Fervedouro – uma atraente nascente de águas que jor- do Mumbuca, uma comunidade reconhecida como rema- 776 km uma área de 159 mil hectares.Trata-se opções ao mesmo tempo de contempla- ram sem parar contra a superfície de areia, criando um efei- nescentes de quilombos. Ela se destaca com a pioneira Novo Acordo: 891 km de um importante patrimônio ção e de aventura. Dunas com mais de to efervescente, que impossibilita afundar nas suas águas – produção de artesanato com capim dourado e folhas de Mateiros: 950 km ecológico e biológico, estabelecendo 20m de altura e cercadas por veredas são destinos refrescantes para os turistas. buriti, assim como o Povoado do Prata, em São Félix do São Félix do Tocantins: 957 km uma conexão entre duas das maiores possuem areias finas e avermelhadas Em São Félix do Tocantins, encontramos algo parecido Tocantins. Fonte: www.guiaquatrorodas.com.br unidades de conservação de proteção que formam uma paisagem única. As com esta última atração. É o Fervedouro do Alecrim, no Ainda em São Félix do Tocantins também é possível integral do cerrado e duas áreas de visitas são recomendadas ao entarde- qual igualmente o banhista tenta mas não consegue afundar. encontrar outras rotas turísticas ecológicas. A Serra da proteção ambiental. cer, pelo belo por do sol. Outro destino para banho em Mateiros é a Prainha (Rio Catedral é um verdadeiro testemunho de uma falha Para poder ter uma visão privilegia- Novo), de areias brancas e paisagem exuberante. geológica impressionante. A formação rochosa da serra da dessas dunas, vale a pena visitar o Outra bela atração de Mateiros é a Cachoeira da Velha. lembra uma catedral religiosa, esculpida em arenito pela Mirante da Serra do Espírito Santo. A queda d’água de aproximadamente 15m destaca-se pelo força do vento. No paredão de frente da serra pode-se Uma subida íngreme leva ao topo da seu volume e pelas grandes rochas que ornam a cachoeira ver uma imensa cabeça voltada para Leste, entalhada Serra, de onde é possível contem- pelo formato de duas ferraduras. No entanto, o banho não pela natureza como um portal. Gastronomia plar uma bela vista do Jalapão. Para é permitido devido à grande quantidade de água e por con- Em Novo Acordo, vislumbra-se outra obra impres- aproveitar o passeio para as dunas ta das pedras existentes no local. O local é magnífico, cerca- sionante da natureza em superfícies rochosas. A SerraTempo quente A culinária tocantinense é baseada tanto na herança e ao mirante ao máximo sem ris- do por veredas e com horizontes largos nos quais chamam do Gorgulho é a principal atração da região. Possui cu- portuguesa quanto nas contribuições dos índios e dos escravos cos, recomenda-se o uso de car- CAPIM DOURADO atenção os chapadões e as savanas. riosas formações montanhosas esculpidas pela ação do O Jalapão é uma região quente o ano inteiro. Durante o dia, a temperatura varia de 30ºC a 35ºC.As noites são frias trazidos da África.A rica tradição da culinária goiana, mineira e ros com tração, acompanhando Pelas mãos dos artesãos tocantinenses, o mato verde vento ou pela água. A vegetação local é marcada por ve- entre maio e agosto, com as temperaturas variando de 13ºC a 20ºC. paulista também estão presentes nas mesas deTocantins. Os também um guia. do Jalapão é transformado em pulseiras, brincos, cha- PLANTAÇÃO DE OURO redas, campos sujos, matas de grotão, buritizais e riachos pratos são variados, como o arroz de pequi, o frango tostado, o Em ritmo de aventura, as péus e bolsas que correm o Brasil e o mundo de águas cristalinas. Dessa forma, seguem algumas das No Jalapão a época de chuvas é de dezembro a março. Porém, geralmente ocorrem apenas pancadas de chuva, feijão-de-tropeiro, a galinhada, o peixe na telha, na folha de Corredeiras do Rio Novo são Cada cantinho do Brasil tem alguma coisa única. Algo milhares de maneiras de descobrir os encantos do Jala- nada que atrapalhe a realização de roteiros. O que poderá acontecer eventualmente é alguma alteração nos banana, no leite de coco babaçu e a pamonhada.Tudo uma excelente opção para a que nasce ali e que em nenhum lugar existe como natu- pão, com suas riquezas naturais, fauna, flora que estão ao horários dos passeios para aproveitar melhor as atrações da região. enriquecido pelo uso de produtos típicos da região. prática de rafting, esporte de ral. No caso do Jalapão, trata-se de um tesouro meio alcance das nossas mãos. CMYK
  5. 5. CMYK 6 BRASÍLIA,11 DE JUNHO DE 2011Fernando Torres,/Divulgação ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA CAVERNA DOS SONS Quando o vento bate, notas musicais saem das claraboias da caverna e Entre centenas de encantam os visitantes rios, riachos, lagoas e piscinas naturais, oTocantins oferece muitas outras atrações para os amantes da natureza SANTUÁRIOS ECOLÓGICOS P or causa da variedade de paisagens, há passeios zana possui um volume considerável de água verde e Parque Nacional para todos os gostos. Até mesmo para os que cristalina que cria um belíssimo efeito visual. do Araguaia apreciam locais praticamente intocados pelo ho- Já na Cachoeira do Rapel chama atenção a piscina mem. Não é por menos que o carro-chefe do es- natural de até 2m de profundidade em uma área cir- O objetivo do Parque Nacional do tado são os atrativos dos segmentos de ecoturis- cundada por mata ciliar fechada. O clima úmido com Araguaia é a proteção e conservação de uma amostra do ecossistema de transição mo e turismo de aventura. pouca luz dá o charme do ambiente, que tem espaço entre cerrado e floresta amazônica.A área Palmas não é apenas a última capital planejada do para acampamento.A prática de rapel é permitida para abrange o terço norte da Ilha do Bananal país, com seus prédios de arquitetura moderna.A capi- os que querem adrenalina no passeio. Ainda em águas e partes dos municípios de Pium e Lagoa tal do Tocantins também oferece, em seus arredores, calmas, no Vale do vai quem quer, a paisagem é inigua- da Confusão.Ali se pode visitar a natureza opções de pesca e esportes náuticos.A 32 km da capi- lável e exuberante. Uma sequência de 12 saltos d’água e ter contato com espécimes muito particulares da flora e fauna. tal do Tocantins, o distrito de Taquaruçu é encantador. formando 12 piscinas proporciona uma variedade de Rico em natureza preservada e clima serrano, é contor- opções de banho em águas limpinhas e cristalinas. nado por 82 cachoeiras já catalogadas e atrai nos fins A capital não poderia deixar de ter uma grande área de semana visitantes que desejam uma boa aventura , verde na cidade para lazer. O Parque Cesamar tem pis- com a prática do rapel e tirolesa, e até aqueles que pre- ta para corrida e caminhada com 2,8 mil metros, um la- ferem só curtir a paisagem. go e uma trilha com 2km, pista de skate, bicicross, apa- A Cachoeira de Taquaruçu é um ponto interessante relhos de ginástica para quem não quer deixar de se Você sabia? do local para visitantes com uma queda d’água que movimentar enquanto passeia por Palmas. Para se di- O nome Dianópolis é uma homenagem às chega a um pequeno lago de águas límpidas, com 2m vertir também há bar e restaurante, além de uma pisci- senhoras do lugar que se chamavam de profundidade. O atrativo é permanente e propício na em cascata formada pelas águas do Córrego Brejo Custodiana, mais conhecidas como Diana. Por para mergulhos. Há espaço para acampamento na par- Comprido. isso, Dianópolis significa Terra das Dianas. te superior do salto. Um pouco mais distante de Palmas, a 197 km, o mu- Em uma bela piscina natural de águas frias e cristali- nicípio de Lagoa da Confusão proporciona locais para Sergio Gomes/Divulgação nas, na Cachoeira do Evilson, dá para tomar um ótimo pesca e ecoturismo. Uma das atrações é a Lagoa que banho nos dias de calor. Nela também é possível prati- dá nome a região. Natural de água morna, com forma- car rapel em um paredão de 50m de altura. Para quem ção de praias ao redor, é ornamentada por buritis e ou- quer somente contemplar a natureza, a Cachoeira Rai- tras espécies florais nas margens. PRESERVAÇÃO DA NATUREZA Entre as diversas espécies da natureza cujas popu- e Mato Grosso. É a maior ilha fluvial do mundo e es- lações vêm sendo impactadas pela ação danosa do tá dividida por dois parques: ao Nor te, o Parque homem ao meio ambiente, encontram-se os quelô- Nacional do Araguaia e ao Sul o Parque Indígena nios. A tartaruga-da-Amazônia e o tracajá são alguma Araguaia, pontos turísticos também imperdíveis por das mais importantes e conhecidas espécies de quelô- sua fauna e flora fascinantes. nio que ocupam a extensa área da bacia do Tocantins- A Sudeste do estado, a 320 km de Palmas, Dianópolis Araguaia. também traz as suas atrações naturais para deleite dos Pela variedade de produtos extraídos desses animais, turistas. A Garganta, por exemplo, é um estreito onde a Distância de Brasília para... a utilização de quelônios tomou grandes proporções no Serra Geral se abre em dois vales, um voltado para o es- Dianópolis: 623km comércio, a ponto de algumas espécies correrem risco tado da Bahia e outro do Tocantins. Entre as torres, é Lagoa da Confusão: 780km de extinção. É aí que o Projeto Quelônios do Tocantins possível caminhar. Localizado na beira da rodovia, é uma Fonte: www.guiaquatrorodas.com.br entra para cumprir a sua tarefa na preservação do meio área sobre elevação de arenito de vegetação bem pre- CACHOEIRA DO VALE DO VAI QUEM QUER ambiente. Para conhecê-lo, basta ir à Fazenda Praia Alta servada. O local é usado para observação da bela paisa- em Lagoa da Confusão, onde ficam os berçários com os gem da Serra Geral. Ao todo, 12 saltos d’água compõem o vale, 32 km É a distância do distrito filhotes de tartarugas, local em que ganham resistência para depois serem soltas no Rio Formoso. Depois de visitar as tartarugas, o turista pode dar uma passada na Lagoa dos Pássaros. Lar de centenas de Pra quem curte o espeleoturismo (turismo em ca- vernas), em Dianópolis a melhor pedida é a curiosa Ca- verna dos Sons. De aproximadamente 4 metros de altu- ra e 10 metros, as estalactites e estalagmites nas paredes que conta com várias piscinas naturais deTaquaruçu até Palmas G AGÊNCIAS E OPERADORAS aves, é um verdadeiro viveiro de espécies. Mas é preciso da caverna podem assustar no início da visita, mas os prestar atenção à época do ano para poder visitá-la: o sons que saem de suas claraboias quando bate o vento CREDENCIADAS PARA PASSEIOS Clima tropical atrativo é temporário, de junho a setembro. são fascinantes. Palmas (Taquaruçu) O município de Lagoa da Confusão também é bas- Para quem gosta de uma boa caminhada em meio à O clima do Tocantins é predominantemente tropical. 40° Graus no Cerrado tante conhecido por ser a porta de entrada de dois natureza, o Vale Encantado é um excelente local para A época de chuvas vai de outubro a abril e a de seca (63) 3215-8313 grandes santuários naturais: o Parque Nacional do Ara- um passeio. A caminhada inicia-se em uma estrada pe- de maio a setembro.A temperatura média no www.40grausnocerrado.com.br extremo sul do estado varia de 22°C e 23°C, guaia e a Ilha do Bananal. O primeiro tem como objetivo quena de terra. Com o andar, encontra-se cerrado, mata enquanto no centro varia de 24°C a 25°C e no a proteção de uma amostra do ecossistema de transi- seca, mata ciliar e os lindos bichos da região em uma tri- Batista Viagens norte de 26°C a 27°C. ção entre cerrado e Floresta Amazônica.Abrange o ter- lha que beira o açude e cujo leito acompanha o caminho (63) 3225-2225 ou 3215-1228 ço norte da Ilha do Bananal, englobando parte dos mu- na maior parte do tempo. Em certo trecho do passeio www.batistaturismo.com.br nicípios de Pium e Lagoa da Confusão. se caminha por dentro da água, com profundidade máxi- GM Turismo Já a Ilha do ma entre 40cm e 50cm, para refrescar as quase três ho- (63) 3215-1815 Thiago Sá/Arquivo ADTUR/Diivulgação Bananal é co- ras de caminhada. www.gmviagens.com.br nhecida por ser Para contemplar uma bela queda d’água, a Cachoeira um grande refú- da Ré – com cerca de 3m de altura – encanta os visitantes Dianópolis RAPEL gio ecológico. pelo grande mistério, já que ela tem esse nome pois suas Rota da Iguana Com centenas águas retornam por entre as próprias pedras, inexplicavel- (63) 3217-5107 Cerca de 180 de lagos, a ilha é mente. Há necessidade de autorização prévia junto ao www.rotadaiguana.com.br cachoeiras fazem delimitada pe- proprietário da Fazenda Santa Rosa para o passeio. a alegria dos los rios Javaé e E é entre pássaros exóticos, peixes e plantas das Lagoa da Confusão amantes do Ar aguaia e mais variadas que o turista conhece a diversidade esporte na região abrange os es- do Tocantins. Um estado de beleza esplendorosa e Fazenda Praia Alta (63) 3364-1112 ou 9987-2626 do entorno de tados de Goiás, também de muitos mistérios, que fascina os que www.fazendapraialta.com.br Palmas Tocantins, Pará chegam para descobrí-lo. CMYK

×