Your SlideShare is downloading. ×
1ª Guerra Mundial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

1ª Guerra Mundial

31,241
views

Published on

Data de realização : 26/10/2011

Data de realização : 26/10/2011

Published in: Education

0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
31,241
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A 1.ª Guerra MundialDisciplina de HistóriaAno letivo 2011/2012Professora Vera PereiraEscola Secundária de São Pedro, Vila Real Pedro Cruz Silvestre Nº 17 9ºD 1
  • 2. ÍNDICE1. INTRODUÇÃO ......................................................................................................................... 32.1. ANTECEDENTES ................................................................................................................. 32.2. FRENTES DA BATALHA .................................................................................................... 52.3. FASES DA GUERRA ............................................................................................................ 62.4. ARMAMENTO ...................................................................................................................... 72.5. PRINCIPAIS BATALHAS .................................................................................................... 82.6. CONSEQUÊNCIAS ............................................................................................................... 92.7. SOCIEDADE DAS NAÇÕES................................................................................................ 93. CONCLUSÃO ......................................................................................................................... 104. BIBLIOGRAFIA ..................................................................................................................... 10 2
  • 3. 1. INTRODUÇÃO Neste trabalho irei falar sobre a 1.ª Guerra Mundial, o tema foi selecionado pela professoraVera Pereira no âmbito da disciplina de História. Como toda a gente, já tinha ouvido falar sobre histórias terríveis acerca desta guerra, eexemplo disso é a história do meu bisavô paterno que fugiu para o Brasil para não ir à guerra.Também já vi alguns filmes e videojogos sobre este tema. Achei o tema bastante interessante ecomplexo. Penso que este trabalho vai ajudar-me a perceber melhor o passado, as influências atuaisda guerra e, claro, espero ainda fazer um bom trabalho e aprender coisas novas sobre a 1.ª GrandeGuerra.2. DESENVOLVIMENTO O desenvolvimento do trabalho vai ser apresentado nos seguintes pontos: antecedentes,frentes da batalha, fases da guerra, armamento, principais batalhas, consequências e a sociedade dasnações.2.1. ANTECEDENTES Desde finais do século XIX aumentavam as disputas pela posse de territórios, assim como asrivalidades universais por questões de patriotismo que envolviam alterações de fronteiras,diferenças religiosas, políticas e étnicas. Por estas e por outras razões, os países mais poderosos da Europa entraram em váriosconflitos: A Grã-Bretanha e a França rivalizavam pela posse de territórios ultramarinos; A França queria reconquistar a Alsácia e a Lorena, territórios dominados pela Alemanhadesde 1871; A Alemanha disputava também territórios no ultramar com a França e a Inglaterra e defendiaa ideia de superioridade da raça germânica; A Península Balcânica, formada por um mosaico de povos e nações, encontrava-se sob odomínio dos impérios Austro-Húngaro e Otomano, cujos territórios eram disputados. Devido a esta competitividade, os países começaram a fortificar os seus exércitos, e houve achamada corrida armamentista. Formaram ainda alianças de acordo com os seus interesses. ATríplice Aliança formada em 1882 e constituída pela Alemanha, pelo Império Austro-Húngaro epela Itália e ainda a Tríplice Entente formada em 1907 e composta pela França, Grã-Bretanha eRússia (Fig. 1). 3
  • 4. Neste clima tenso qualquer incidente poderia resultar num conflito entre nações, a gota deágua foi então o assassinato do Arquiduque Francisco Fernando da Áustria e da sua esposa Sofia,Duquesa de Hohenberg, assassinados pelo sérvio Gavrilo Princip, que pertencia ao gruponacionalista-terrorista armado Mão Negra, na Bósnia, Saravejo, no dia 28 de Junho de 1914. Oterritório da Sérvia era há anos disputado pelo Império Russo e pela Áustria-Hungria e era aliada doImpério Russo e inimiga da Áustria. Visto que um sérvio assassinou o herdeiro ao trono da Áustria,esta declarou guerra à Sérvia. A Europa entrava assim em guerra, dando início à 1.ª GuerraMundial. Figura 1. A castanho a Tríplice Aliança e a verde escuro a Tríplice Entente. Historiadores e políticos têm discutido outras causas da guerra durante anos, tais como: O crescimento do nacionalismo na Europa; Disputas territoriais não resolvidas; Problemático sistema de alianças; Rivalidade política, económica e militar na indústria e no comércio; Planeamento militar anterior; Governos não-unificados; Corrida armamentista; Movimentos Ultra-nacionalistas, como o Irredentismo; Atrasos e divergências nas comunicações diplomáticas. 4
  • 5. 2.2. FRENTES DA BATALHA A 1.ª Grande Guerra foi disputada entre a Tríplice Entente (que passou a chamar-se Aliados) ea Tríplice Aliança (que passou a designar-se por Potências Centrais). Os conflitos na Europa distribuíam-se por três frentes distintas: A frente ocidental localizada entre o mar do Norte até à fronteira norte da Suíça e desta aomar Adriático, ou seja, da Bélgica à fronteira noroeste da Suíça. Esta frente foi o principal palco deguerra, onde os alemães avançaram sem piedade até serem detidos perto de Paris. Nos quatro anosseguintes assistiu-se a uma guerra de trincheiras e fortificações com pequeníssimos avanços erecuos para ambas as partes do confronto; Figura 2. A vermelho a frente ocidental da guerra, que pouco mudou ao longo do período 1915-1918. A frente oriental ou frente leste, situada na Europa Central e na Europa Oriental tinha umcenário de guerra delimitado pelo mar Báltico no ocidente, Moscovo no oriente, São Petersburgo anorte e o mar Negro a sul.As linhas de batalha na frente oriental comparadas com as da frente ocidental tinham muita maisfluidez e as trincheiras nunca chegaram a ser usadas. A frente oriental ocupou várias posições aolongo dos anos 1914 até 1918; A frente sul ou também chamada balcânica era localizada entre o mar Adriático até à Turquia.Os italianos resistiram durante dois anos aos austríacos, mas em outubro de 1917 (batalha deLaporetto) foram forçados a retirarem-se para o rio Piave, numa operação onde foram feitos cercade 200 000 prisioneiros. 5
  • 6. 2.3. FASES DA GUERRA A 1ª. Guerra Mundial é composta por três fases: A primeira fase da guerra de 1914 a 1915 ficou conhecida como guerra de movimentos ouguerra-relâmpago. Foi marcada pelo rápido avanço das tropas alemãs. Apesar do exército Alemãoter continuado a rápida marcha rumo à França, a invasão germânica provocou a decisão britânica deinterferir em ajuda da Tríplice Entente;Na Europa Oriental, a Alemanha ocupou a Polónia, mas os seus planos de expansão viram-sealterados devido ao rigoroso Inverno russo. O conflito iria ser mais longo do que o previsto e aAlemanha podia esquecer o conceito de guerra-relâmpago; A segunda fase da guerra de 1915 até 1917 é chamada a guerra de posições ou guerra dastrincheiras. Entre 1915 e 1917 ocorreram grandes ofensivas ao longo da frente. Durante esta faseambos os lados beligerantes aperfeiçoaram o armamento Os atacantes aplicaram enormesbombardeamentos de artilharia, e avançaram com a infantaria. Graças à combinação deentrincheiramentos (Fig.3), ninhos de metralhadoras, uso de arame farpado, e tendo em conta ascondições em que viviam os soldados (atolados na lama, sujeitos a frio, a ataques de artilharia e degás) houve severas baixas nas forças agressoras e nas forças defensivas contra-atacantes. Comoconsequência, nenhum avanço significativo foi alcançado e esta foi a fase mais mortífera da guerra.Nesta fase, outros países como Portugal, Grécia, Japão, China e Brasil juntaram-se aos Aliados. AItália em 1915, passou para os Aliados em troca de compensações territoriais. Em 1917, a guerramudou devido à retirada do Império Russo, tal fato deveu-se à Revolução Soviética. Os EstadosUnidos da América entraram no conflito a favor dos Aliados.Por fim, a Bulgária e o Império Otomano juntaram-se às Potências Centrais; A terceira fase, também chamada guerra de movimentos, decorreu entre 1917 e 1918. Após aentrada dos EUA, as Potências Centrais sofreram sucessivas derrotas. A Alemanha ia ficando cadavez mais isolada no conflito. A comunidade alemã sofria as consequências do bloqueio económicoe as tropas não queriam combater. Os generais obrigaram o kaiser alemão, Guilherme II, a abdicar.Em 11 de novembro de 1918, o novo Governo alemão assinou o Armistício, a Alemanha rendeu-see os países que participaram na guerra prepararam os acordos para restabelecer a paz. 6
  • 7. Figura 3. e 4. Vida dos soldados nas trincheiras.2.4. ARMAMENTO Durante a 1ª. Guerra Mundial foram experimentadas muitas máquinas e equipamentos, queforam utilizados pela primeira vez na guerra. Ambos os lados possuíam diferente armamento, quepasso a descrever: Canhões de longo alcance como o Krupp que disparava projéteis durante horas seguidas,destruindo tudo o que estava ao seu alcance; A infantaria possuía diferentes metralhadoras, espingardas e pistolas que podiam matar dúziasde homens em poucos minutos; Tanques que foram utilizados pela primeira vez, em 1916, pelos ingleses (Fig. 5); Lança-chamas que foram utilizados pelos alemães; Granadas, catapultas e gás tóxico; No mar, navios mercantes foram afundados por submarinos, que se moviam sem ser vistospor baixo de água; Também foram usados porta-aviões; Foi esta a primeira guerra em que os homens travaram combates no ar, os pilotos atacavamusando pistolas e metralhadoras. As pessoas que viviam perto dos campos de batalha foramatacadas. Os alemães lançaram bombas sobre a Inglaterra dos seus dirigíveis Zeppelin (Fig.6). 7
  • 8. Figura 5. Carro de combate britânico. Figura 6. Dirigível Zeppelin na 1ª. Guerra Mundial.2.5. PRINCIPAIS BATALHAS Entre outras, as principais batalhas da 1.ª Guerra Mundial foram: A primeira batalha do Marne, que foi uma batalha disputada entre 5 de setembro e 12 desetembro de 1914 As tropas francesas e britânicas venceram a Alemanha, num dos momentos maisdecisivos da 1.ª Guerra Mundial. A segunda batalha do Marne decorreu entre 15 de julho e 5 deagosto. As forças da Triplíce Entente (francesas, do Corpo Expedicionário Britânico e dos EstadosUnidos), derrotaram as tropas alemãs, cujo moral ficou gravemente afetado pela inesperadaresistência encontrada; A batalha de Verdun, a qual começou em 21 de fevereiro de 1916 e acabou em 18 dedezembro de 1916, foi uma violenta batalha travada entre a Alemanha e a França. Foi a mais longabatalha da 1.ª Grande Guerra e a segunda mais sangrenta, por causa disso tornou-se um símbolo dedeterminação e sacrifício para os franceses; A batalha da Jutlândia, que foi a maior batalha naval da 1.ª Guerra Mundial e segundo algunscritérios a maior batalha naval da História. Foi o único grande confronto entre couraçados. Abatalha teve lugar de 31 de maio a 1 de junho de 1916 e as forças navais combatentes foram asesquadras britânicas e alemãs. Depois deste confronto os ingleses tornaram-se senhores dos marescontrolando toda a navegação; A prolongada batalha do Somme travada por ingleses e franceses contra as forças alemãsdurante a 1.ª Guerra Mundial na região do rio Somme, em França, no ano de 1916. Foi consideradauma das maiores batalhas da 1.ª Guerra Mundial A batalha La Lys, que ocorreu entre 9 a 29 de abril de 1918, no vale da ribeira de La Lys,Flandres, Bélgica. Esta batalha marcou a participação de Portugal na Primeira Guerra Mundial econstituiu a maior catástrofe militar portuguesa depois da batalha de Alcácer-Quibir, pois, osexércitos alemães provocaram uma estrondosa derrota às tropas portuguesas e, para piorar as coisas, 8
  • 9. as tropas portuguesas não se encontravam no seu melhor estado psicológico e tinham piorequipamento.2.6. CONSEQUÊNCIAS A 1.ª Guerra Mundial teve consequências significativas a nível mundial. As principaisconsequências foram: A nível político – a alteração do mapa político da Europa e o aparecimento de novos Estadoslevou à instabilidade política. A Europa perdeu a sua posição de hegemonia que ocupava nopanorama mundial. A extinção de grandes impérios, como o império Alemão, Austro-Húngaro eRusso. O aparecimento de novos Estados/Países e os regimes autoritários passaram a democraciasliberais. E finalmente um aspeto positivo, no ocidente, as mulheres ganharam importância política,conquistando o direito ao voto; A nível económico – a Europa ficou completamente desorganizada, com graves problemas nosetor agrícola e industrial. Nos campos e nas cidades as infraestruturas foram destruídas devido aosbombardeamentos e à construção de trincheiras. Houve uma falta de produtos e subida dos preços, oque levou à desvalorização das moedas europeias. Devido ao grande número de jovens mortos ouinválidos houve uma diminuição da força de trabalho e várias regiões foram devastadas; Sociais e Demográficas – As classes médias empobreceram devido ao alastramento da fome,ao desemprego e à diminuição de mão-de-obra ativa. Houve milhões de feridos, viúvas e órfãos.Um número elevadíssimo de mortos, (9 milhões) entre eles, soldados, voluntários, enfermeiras eoutros civis. As mulheres entraram no mundo do trabalho.2.7. SOCIEDADE DAS NAÇÕES Na sequência da 1.ª Guerra Mundial, o presidente norte-americano Woodrow Wilson propôs acriação de um mecanismo internacional capaz de assegurar a paz. A ideia foi proposta a 28 de abrilde 1919, em Versalhes, nos arredores de Paris. A Sociedade das Nações tinha como principaisobjetivos: Manter a paz e a segurança dos Estados de forma a evitar novos conflitos; Desenvolver a colaboração económica, financeira, cultural e social entre os países-membros; Garantir a proteção das minorias nacionais. A sede da organização passou em novembro de 1920 para a cidade de Genebra, na Suíça.Procurava-se assim evitar a repetição do conflito, de acordo com os desejos da opinião pública, queacreditara que a guerra de 1914-18 fora uma "guerra para acabar com todas as guerras", como então 9
  • 10. se dizia. A Sociedade das Nações veio a fracassar pela falta de autoridade real e pela inoperância para resolver conflitos regionais de amplitude e gravidade excecionais, como a conquista italiana da Etiópia, a agressão japonesa contra a Manchúria e a Guerra Civil de Espanha. Outro ponto fraco na vida da organização foram as relações com as potências agressoras, como a Alemanha nazi e o Japão e, mais tarde, a Itália fascista, que a abandonaram, para não se subordinarem aos ditames pacifistas que se encontravam no seu espírito. 3. CONCLUSÃO Neste trabalho tive dificuldades em identificar as principais batalhas, mas através de uma pesquisa mais cuidada identifiquei as mais importantes. Fiquei a saber que a guerra é de fato terrível e afetou muita gente. Quanto ao meu trabalho, acho que ficou bem elaborado. Acho que é importante aprender História e conhecer as guerras porque ensina-nos a dar valor à paz. Outro aspeto interessante é constatar que países como a Inglaterra, França e Alemanha que hoje são “amigos” em tempos foram inimigos. 4. BIBLIOGRAFIA http://pt.wikipedia.org/wiki/Primeira_Guerra_Mundial (02/10/2011). http://www.infopedia.pt/$primeira-guerra-mundial (02/10/2011). http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Armas_da_Primeira_Guerra_Mundial (03/10/2011). http://www.infopedia.pt/$armamento (03/10/2011). http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_batalhas_da_Primeira_Guerra_Mundial (04/10/2011). http://www.infopedia.pt/$consequencias-da-primeira-guerra-mundial (04/10/2011). http://www.infopedia.pt/$liga-das-nacoes (05/10/2011). (Fig. capa)http://3.bp.blogspot.com/-S81bYim5IM4/TbxJ7BLJQzIaBrCnWrP8wQ/s400/ grande_guerra.jpg. (Fig. 1) http://www.tudook.com/guiadoensino/images/800px-map_europe_alliances_1914-en_svg.png. (Fig. 2) http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/51/Western_front_1915-16.jpg. (Fig. 3) http://fotos.sapo.pt/sqfpBUVqZjeRBkzQTvsF/340x255.jpg. (Fig. 4) http://www.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/historia/vida_trincheiras_01.jpg. (Fig.5)http://3.bp.blogspot.com/-h3Cv9eVvml8/TgThzbOCzCI/B88/4OTf_D0VYVY /s1600/Foto+71.jpg. (Fig. 6)http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/a/a7/German_photo_with_English_Tank.jpg Amaral, C., Castro, J., Alves, B., Neves, P., A. (coord.), Barca, I. (rev. científica), 2010. Descobrir aHistória 9, 9º Ano, Porto Editora, 1ª edição. Porto. Rodrigues, F. , Enciclopédia de História A-Z, F.G.P Editora , Espanha. 10