Your SlideShare is downloading. ×
Absolutismo e Iluminismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Absolutismo e Iluminismo

13,515

Published on

Revisão sobre absolutismo e iluminismo

Revisão sobre absolutismo e iluminismo

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
13,515
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Absolutismo e Iluminismo
  • 2. Absolutismo monárquico
    • - O absolutismo foi a forma política predominante na Idade Moderna européia;
    • - Os poderes políticos eram concentrados na pessoa do rei, cujos interesses eram vistos como interesses do país: “ O Estado sou eu.” (Luís XIV, rei da França);
    • - Tal concentração baseava-se no controle do exército e da instituição religiosa nacional.
  • 3. Teóricos absolutistas
    • Thomas Hobbes : sustentava que o ser humano era naturalmente mau (“ O homem é o lobo do homem” ) e que, para evitar a auto-destruição da sociedade, era necessário um poder superior tirânico;
    • Nicolau Maquiavel : defendia que os objetivos do governo eram mais importantes do que os mecanismos que conduziriam a esses objetivos ( “Os fins justificam os meios” );
    • Jacques Bossuet : propôs a Teoria do Direito Divino dos Reis , na qual o monarca era considerado sagrado, um verdadeiro representante de Deus sobre a terra.
  • 4. Absolutismo francês
    • Na França, o auge do absolutismo deu-se no século XVII, durante o governo de Luís XIV, que se proclamou Rei Sol. Foi ele o responsável pela construção do palácio de Versalhes.
    • Romances históricos famosos, como Os três mosqueteiros , passam-se nesse período da história francesa.
  • 5. Mercantilismo
    • O objetivo do mercantilismo era fortalecer os Estados absolutistas através do entesouramento.
    • Para tanto, o mercantilismo previa:
    • - a intervenção do Estado na economia;
    • - metalismo;
    • - protecionismo alfandegário;
    • - balança comercial favorável;
    • - colonialismo.
  • 6. Mercantilismo
    • A colonização da América, por países como Espanha, Inglaterra e Portugal, deu-se no contexto do mercantilismo europeu. O mercantilismo explica, por exemplo, a busca incessante que portugueses e espanhóis promoveram em busca de metais preciosos.
  • 7. Iluminismo
    • As idéias iluministas, surgidas no século XVIII, o Século das Luzes , baseavam-se na crítica ao absolutismo e ao poder religioso, valorizando a racionalidade e a ciência como meios de se chegar à verdade. Seus precursores foram o francês René Descartes e o inglês Isaac Newton.
    • Os principais filósofos iluministas foram Locke , Montesquieu , Voltaire e Rousseau , que defendiam as liberdades individuais, as formas democráticas de governo, a superioridade das leis, a igualdade entre os cidadãos e a fraternidade entre os povos.
  • 8. Iluminismo
    • As teorias iluministas influenciaram também o campo da economia, com o surgimento do liberalismo , proposto pelo escocês Adam Smith .
    • O pensamento liberal colocou-se contrário ao mercantilismo, defendendo a não intervenção do Estado nos assuntos econômicos e a produção industrial como forma de um país acumular riquezas.
  • 9. Despotismo esclarecido
    • Algumas nações européias, cujo poder político no cenário internacional não era promissor, foram berço do despotismo esclarecido .
    • Os governantes de tais países adotavam certas medidas modernizadoras, aplicando princípios racionais à administração pública, mantendo, porém, o poder absolutista. Exemplos clássicos são a Rússia czarista, a Prússia e Portugal, durante o governo do Marquês de Pombal.

×