Revisão conflitos

3,591 views
3,494 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,591
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,173
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revisão conflitos

  1. 1. CMCG Nota de Aula 1º EM a questão palestina, além de disputas étnico-religiosas).HáGeografia Profª Nilza M. P. Alonso também conflitos na Ásia Meridional e de Sudeste (Índia x Paquistão; Afeganistão entre outros)Material de Consulta LT vol 1, cap 7 Dentre os principais conflitos internacionais vol.3, cap. 16 e 17. ocorridos nas últimas décadas temos: vol único cap.18 GEOATLAS a) aqueles ligados à expansão do socialismo, ou tentativas de implantação do socialismo que punham emObjetivos: a) identificar as principais ordens internacionais e confronto grupos alinhados com esta ou aquelasua influência no contexto internacional. superpotência, e que, por isso, podem ser considerados b) reconhecer os principais conflitos que como conflitos típicos da Guerra Fria. É o caso das Coréiasmarcaram as relações internacionais a partir de 1945. que persiste até hoje. A divisão da Alemanha e a formação de países satélites I. A História da Humanidade é marcada pela ocorrência da URSS na Europa Oriental logo após o término dade diferentes tipos de conflitos. Desde aqueles, mais “simples” Segunda Guerra, são os principais exemplos.que tem caráter mais localizado e envolve um número menor Podem também ser considerados: a socialização dede “atores”, como é o caso das questões ligadas à posse da Cuba, e a presença de grupos guerrilheiros na Américaterra (índios X brancos; grandes proprietários X sem terra), até Latina: sandinistas da Nicarágua, FARC na Colômbia e asaqueles mais complexos e abrangentes como foi o caso, por crises que envolveram alguns países da América Latina nosexemplo, da Segunda Guerra Mundial (1939-45). anos de 1970-90, assim como o processo de descolonização Grande parte dos conflitos, que ocorreram nos últimos asiática e africana e seus desdobramentos.sessenta anos, tem suas origens na composição geopolítica que Ainda neste contexto tem-se a formação da Repúblicasurgiu com o final da SGM, com a emergência de dois grandes Popular da China, a divisão das Coréias, a reconstrução doblocos de poder: EUA e URSS. Japão e a formação do “cordão sanitário” norte-americano Os antagonismos entre as duas super-potências no Sudeste asiático.acabaram impondo a necessidade de se optar ou de se alinhar Com a formação de países e governos pró-EUA na Ásia,com cada uma delas. tem-se os desdobramentos das Guerras do Vietnã, (Laos e Assim, sob o pano de fundo da chamada ordem Cambodja).bipolar, sucederam-se inúmeros conflitos, que marcaram o Podem ser considerados, também neste contexto, aséculo XX e de certa forma ainda continuam a ocorrer. questão Índia-Paquistão, além dos explosivos e II. A organização do Mundo Atual está relacionada à intermináveis conflitos no Oriente Médio, que “transbordam”montagem das chamadas ORDENS INTERNACIONAIS: ou em direção ao Irã (aiatolás), no confronto Irã-Iraque e asseja, o conjunto de processos políticos e socioeconômicos que Guerras do Golfo e a recente questão do programa nuclearregem as relações entre países ou blocos de países. iraniano. Para efeito de estudo pode-se considerar a montagemde três tipos principais de ORDENS b) com o desmonte da URSS, teoricamente, terminam 1. EUROCÊNTRICA que se estruturou a partir dos séculos os conflitos da Guerra Fria.XV e XVI, com a evolução do sistema capitalista de produção (e Na verdade, assiste-se a partir dos anos 1990, a eclosãocorresponde às etapas mercantilista, industrial e imperialista), de novos conflitos tanto de caráter separatista (são muitos,responsáveis pela formação de sistemas integrados (embora entretanto pela duração e implicações, pode-se destacar adesiguais e dependentes) entre os países centrais europeus e questão da ex-Iugoslávia). De certa forma, a “implosão” dasuas periferias. União Soviética criou novas áreas de conflitos que Esta ordem vai se manter até o final da Segunda Guerra envolvem, por exemplo, a questão da Chechênia e maisMundial, quando as nações européias arrasadas pelas guerras recentemente da Geórgia que ainda se relacionamserão substituídas por duas novas nações que passarão a remotamente com a Guerra Fria, por mais que se diga queorganizar política e economicamente todo o restante do esta já acabou.planeta, dando origem a uma nova ordem internacional. c) Numa fase mais recente, há a emergência de novos 2. BIPOLARIDADE que é a ordem da Guerra Fria. É confrontos que tem como pano de fundo a oposiçãomarcada pela ascensão dos EUA, como nação-líder, “ocidente” e “oriente” com ritmos e modos de vidarepresentante do bloco capitalista e da ex-URSS, liderando o diferenciados que revelam as diferenças entre a chamadabloco socialista. civilização cristã, ocidental, capitalista e a civilização As diferenças entre os dois sistemas dominantes colocam muçulmana. Ainda hoje a questão que deu maiorem confronto, direto ou indireto, diferentes áreas do planeta, visibilidade a esse confronto foi o ataque às Torres Gêmeas,alinhados com as grandes potências e lutando em campos em Nova York, em 2001 e que foi reacendida, agora emopostos. 2012, com a divulgação, via internet, de um vídeo que foi As divergências e antagonismos entre as duas super- considerado ofensivo ao profeta Maomé.potências ensejou uma corrida armamentista: a Guerra Fria,que se propagou, em maior ou menor escala por todos os IV. As principais áreas de conflitocontinentes. São as disputas da Guerra Fria, que estarão por trás dos O continente africano é o recordista em conflitos, golpesvários conflitos que se disseminaram ao longo do século XX e de estado, insurreições e guerras que afetam a maior partede certa forma ainda permanecem. de seus países, especialmente aqueles localizados na África Sub-Saariana que são considerados como conflitos tribais e 3. a nova ordem internacional, ligada ao processo de étnicos e são fruto da descolonização.GLOBALIZAÇÃO, que ganha força a partir dos anos de 1990, A arbitrariedade da divisão política (fruto da colonizaçãocom a extinção da União Soviética, que vai implicar novos europeia, que colocou no mesmo território grupos rivais, asarranjos internacionais, acompanhados, ou não, pela eclosão disputas pelo controle das reservas minerais – diamantes,de novos conflitos (ou a manutenção de velhos conflitos, às ouro e petróleo – além das disputas pelo poder que podemvezes “repaginados”) que podem ser étnicos, religiosos, ser vistos como reflexos diretos da própria descolonização.territoriais e estratégicos, ou uma mistura desses vários A isto se juntam as condições de vida muito precárias,aspectos o que dificulta sua classificação. ligadas à fome e às migrações forçadas, dão o tom desses conflitos. III. Apesar da extinção da ex-URSS, no início dos anos de1990, os conflitos continuam existindo em diferentes partes doplaneta. Estima-se que existem, hoje, 30 conflitos em andamento. A maior parte deles ocorre em continente africano (disputasétnicas e tribais), no Oriente Médio (envolvendo principalmente
  2. 2. Nas Américas, especialmente na América Latina, a forte influência norte-americana, cujo principal objetivo era impedir o aparecimento de “novas Cubas” gerou intervenções em vários países: S. Domingos, Panamá, Nicarágua, Chile, entre outros. A situação de conflito no continente americano está Outros se “espalham” pelos diferentes continentes e se relacionada à presença de guerrilhas: as FARC e a Chiapascaracterizam ora como disputas territoriais, (onde o principal e aos grupos de narcotraficantes no México.exemplo é o Oriente Médio); ora como conflitos étnicos (comono caso dos bascos e curdos, mas que não excluem a questãoterritorial) ou como no caso da Índia-Paquistão que envolvequestão territorial (posse da Caxemira) e étnico-religiosa (noPaquistão a maioria da população é muçulmana, enquanto naÍndia a maioria é hindu). Os principais conflitos que ocorrem na Europa podem servisualizados a seguir. EXERCÍCIOS 01. (UFMS) O Oriente Médio pode ser caracterizado como um espaço geográfico em constante conflito e como foco de decisões que interferem na economia de outros países. Sobre o Oriente Médio, é correto afirmar que: (01) alguns países do Oriente Médio fizeram parte da criação da OPEP (Organização dos Países Produtores e Exportadores de Petróleo), com o objetivo de coordenar a política petrolífera e defender os interesses dos países produtores e exportadores de petróleo. (02) há interesse estratégico de potências européias no Oriente Médio pela posição geográfica que ele ocupa com relação à comunicação marítima entre a Europa e o Sul da Ásia. (04) em 1997 foi assinado o acordo de paz encerrando o conflito árabe-israelense, com a unificação dos Estados de Israel e Jordânia formando o Estado da Palestina. (08) a Arábia Saudita ocupa a maior parte da Península Arábica e possui reservas de petróleo e gás. Na Ásia onde alguns conflitos já estão de certa forma _______solucionados como no caso da China e do Sudeste asiático,outros persistem, como pode se verificar no mapa a seguir. 02. (UFMS) "O século XX chega ao seu final marcado por grandes transformações mundiais. Essas transformações podem ser encontradas em praticamente todas as dimensões da humanidade (…). O mundo contemporâneo rompeu as distâncias, aproximando os povos; uniu e separou nações (…); disseminou guerras (…)" Oliveira, A.U. (1998, p.242) Sobre essas áreas de conflitos recentes, considere a(s) alternativa(s) correta(s):
  3. 3. 06. (UFMS) Após a Segunda Guerra Mundial, o Japão passou por(01) a Tchetchênia, pertencente à Federação Russa, situa-se no extremo uma fase de crescimento econômico extraordinário, chegando aleste asiático e, devido aos seus conflitos internos, tem se apresentar taxas de crescimento médio de 14,6% no período dedesestabilizado, provocando a ira de seus países vizinhos, 1966-1970. No início dos anos 90, a economia japonesa perdeuprincipalmente a Mongólia. fôlego, apresentando baixo crescimento em alguns anos e recessão(02) o Timor Leste é uma ex-colônia portuguesa composta em outros. Oprincipalmente por população de origem católica – que prega a sua crescimento do PIB japonês, em 1993, foi de menos 0,53% e, emindependência - e de origem islâmica - que defende sua anexação à 1998, de menos 2,5%.Indonésia; tornou-se independente em agosto de 1999, acirrando os Assinale a(s) proposição(ões) que indica(m) fatores que explicam oconflitos. crescimento pós-guerra e o declínio na década de 1990.(04) Kosovo é uma província da Iugoslávia com maioria da população de (01) Crescimento, propiciado pelo final da Segunda Guerra Mundial,origem albanesa; passou por conflitos com os sérvios - de etnia das economias dos países vitoriosos, entre eles o Japão, que sedominante na Iugoslávia - que queriam impedir a autonomia dessa beneficiou da sua aproximação com os Aliados. A crise econômicaprovíncia. japonesa está associada ao desprestígio de seus produtos no(08) os principais conflitos da Colômbia estão relacionados a problemas mercado internacional.com o narcotráfico, que contribui para a formação de guerrilhas, como a (02) Participação do Estado, aliado aos grandes conglomeradosFARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e o ELN (Exército empresariais na conquista de mercados externos. A populaçãode Libertação Nacional). japonesa nos anos 90 do século XX, em função da crise financeira do(16) Israel corresponde a uma área conflituosa do Oriente Médio, onde país, diminuiu o consumo e passou a poupar aumentandocristãos e mulçumanos digladiam-se há décadas, sendo, esses últimos, exageradamente a taxa de poupança interna.liderados por Saddan Hussein. (04) Utilização das Forças Armadas na conquista de mercados na______ Ásia. Ingerência dos EUA no sentido de barrar o crescimento da economia japonesa, com a criação de grupos de países contrários à03. (UFMS) A Comunidade Econômica Européia (CEE) é o exemplo mais política industrial japonesa.avançado da política de unificação econômica, tendo, inclusive, (08) Associação com os países asiáticos, formando o Blococonsolidado uma moeda única – o Euro. Outro bloco econômico, formado Econômico da Ásia, o que facilitou a entrada dos produtos japonesespelo Japão e pelos chamados “Tigres asiáticos” (Coréia do Sul, Taiwan, nos mercados americano e europeu. A falta de matéria-prima para aHong Kong, Cingapura, Malásia, Tailândia, Indonésia e Filipinas), foi manutenção do crescimento da indústria japonesa levou à queda doconsolidado como uma área de livre comércio baseada na presença de crescimento e à migração de japoneses para países ocidentais noszonas de processamento de exportações. anos 90.A(s) base(s) de sustentação da industrialização, nesses países, foi / (16) Combinação eficiente de livre mercado com planejamentoforam estatal. Estouro da bolha especulativa, construída nos anos 70 e 80,(001) a instalação de empresas industriais chinesas que vão montar provocando a falência de empresas e bancos.produtos genuinamente chineses (de tecnologia chinesa) made in Korea, ______Taiwan, Singapore, Thailand, Japan para o resto do mundo.(002) a presença de governos centralizados e ditatoriais e a 07. (UFMS) Os países do continente africano apresentam dadossuperexploração da força de trabalho (baixos salários e restrições a econômicos e sociais alarmantes, sendo este continente o quedireitos trabalhistas). apresenta o maior número de pessoas na faixa da pobreza absoluta.(004) a superexploração da força de trabalho e a instalação de governos Essa realidade é explicada por diferentes fatores e processos.democráticos, desde a derrota dos norte-americanos na Guerra do Assinale a(s) proposição(ões) que aponta(m) as causas dessaVietnã. situação.(008) a instalação de empresas industriais norte-americanas (001) Vários conflitos armados têm ocorrido no continente africano.montadoras de seus produtos fora do seu território. Entre julho de 1999 e agosto de 2000, foram registradas 18 guerras(016) a presença de indústrias fortalecidas durante a guerra do Vietnã e na África.a existência de economias voltadas fundamentalmente para a (002) As atuais fronteiras dos Estados africanos foram traçadasexportação, com a criação de áreas internacionais livres para pelos colonizadores europeus; foram inseridas dentro de um mesmoinvestimentos das multinacionais. território nacional etnias culturalmente desiguais e rivais, impossibilitando a união nacional.04. (UFMS) A economia chinesa tem crescido em ritmo acelerado nas (004) Os países do continente africano passaram por uma fase deúltimas décadas. O surto econômico da China tem-se baseado na grande crescimento econômico após a Segunda Guerra Mundial;produção de artigos industriais para exportação. São características da com o avanço tecnológico mundial, esses países perderam poderioindústria chinesa: econômico e se encontram hoje em grave crise.(001) o monopólio das empresas estatais, destacando-se a produção de (008) O domínio econômico das superpotências ainda persiste nabens de capital para abastecer o mercado interno; África, apesar da independência política; os recursos naturais do(002) a abertura para o capital estrangeiro, na década de 1980, atraído continente são explorados por grandes empresas dos países ricos epela mão-de-obra barata e disciplinada; não ocorre a distribuição de riqueza para as populações locais.(004) a distribuição regional equilibrada, seguindo a política do Partido (016) A África tem seus problemas centrados em questões internas,Comunista, que prega a igualdade entre as Províncias; como ausência de recursos naturais. Apesar da constante(008) a criação das Zonas Econômicas Especiais, destinadas a alojar o colaboração dos países ricos, o continente africano não supera seuscapital internacional e produzir bens para exportação; problemas estruturais.(016) as dificuldades em manter o atual ritmo de crescimento industrial ______devido à exaustão dos recursos minerais.______ 08. (UFMS) A partir da dissolução da União Soviética, a geopolítica mundial passou de uma relação bipolar para uma relação unipolar.05. (UFMS) A Índia está localizada no hemisfério norte, no Centro Sul do Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).continente asiático, banhada pelo Oceano Índico e cortada pelo trópico (01) Os EUA tornaram-se a nação mais poderosa do mundo semde Câncer. Possui uma extensão territorial de 3.287.782 km² e concorrentes; esse país procura controlar o mundo de acordo comultrapassou a casa de um bilhão de habitantes, em 2000. Apesar de sua seus interesses, através da força militar e econômica.diversidade cultural, ambiental e geográfica, o País passa por (02) Com o fim da relação mundial bipolar, acabou a chamadadificuldades sociais, econômicas e políticas, o que o torna Guerra Fria; o mundo ingressou em uma fase de guerras locais, comsubdesenvolvido. a participação efetiva dos EUA na maioria delas.Com relação à Índia, é correto afirmar que (04) A ONU está enfraquecida; suas deliberações não são seguidas(01) o crescimento do PIB em ritmo acelerado nos últimos anos, ligado pelos EUA quando são contrárias aos interesses desse país.ao processo de industrialização e desenvolvimento dos serviços, coloca (08) Um grupo de países asiáticos (China, Índia, Japão, Coréia doo País na 11ª posição mundial, com 430 bilhões de dólares em 1998, no Sul, entre outros) passam a dominar grande parcela do mercadoentanto, não tem sido suficiente para esconder os imensos contrastes mundial; economicamente formam um conjunto de paísessócio-econômicos, com 40% da população vivendo abaixo da linha de considerados, na atualidade, as “fábricas do mundo”.pobreza. (16) A Europa busca, através da formação do bloco da União(02) o elevado crescimento populacional vem exigindo do governo Européia, fazer frente ao domínio americano e ao fortalecimento dosmedidas de controle de natalidade, que são rejeitadas pela população de países asiáticos no mercado mundial. A Europa ainda realiza ajustes,maioria islâmica. mas sua moeda, o euro, apresenta-se como uma alternativa em(04) existem conflitos separatistas de origem étnico- religiosa na relação ao poderio do dólar.Caxemira, contra o Paquistão, e no Estado de Punjab, contra os sikhs, (32) Os países da América Latina estão cada vez maisambos no norte do País. independentes no mundo unipolar, apresentando seguidamente(08) 72% da população do País, em 1998, vivia em cidades, décadas de grande desenvolvimento econômico e social.principalmente em metrópoles como Mumbai (ex-Bombaim) com 15 _____milhões de habitantes, Calcutá com 12 milhões de habitantes e NovaDélhi com 10 milhões de habitantes.________ 09. (UFMS) A África tem-se caracterizado cada vez mais como periferia na chamada nova ordem mundial. Como conseqüência, são
  4. 4. agravadas a miséria e a violência. O mapa abaixo representa alguns dosprincipais conflitos armados existentes naquele continente.Sobre os conflitos numerados, é correto afirmar que(01) o I é causado pela segregação racial, fruto de um modelo colonialque gerou na região uma população de maioria branca.(02) o II envolve disputas territoriais e lutas separatistas em regiõeseconomicamente estratégicas que culminaram, em 1993, com aindependência da Eritréia.(04) o III se caracteriza pela união de várias nações na luta contra apresença, ainda muito marcante, do colonizador europeu.(08) o IV representa uma região que, na década de 70, substituiu osconflitos com os antigos colonizadores pela guerra civil entre facções quelutam pelo poder.(16) I, III e IV caracterizam-se por lutas pelo poder entre facções rivaisno interior desses países.______

×