• Save
N aula geopolítica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

N aula geopolítica

on

  • 2,544 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,544
Views on SlideShare
1,400
Embed Views
1,144

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 1,144

http://primeiroanocm1.blogspot.com.br 1122
http://primeiroanocm1.blogspot.com 14
http://www.primeiroanocm1.blogspot.com.br 8

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

N aula geopolítica N aula geopolítica Document Transcript

  • CMCG NOTA DE AULA GEOGRAFIA 1º EM Profª Nilza M. P. Alonso O PAPEL DA GEOGRAFIA – Uma introdução à Geopolítica.Objetivos: a. analisar os processos de produção do espaço mundial e suas formas de organização. b. explicar porquê a Geografia e a Geopolítica são importantes instrumentos para a compreensão do mundo contemporâneo.Consulte: LT vol 1,Cap. 1: Um mundo em rede; Cap 4: Estado-nação e território. vol. Único: Unidade I: O mundo contemporâneo, especialmente cap. 1, 2 e 3. Vale a pena ver também Unidade 5, cap. 18 que pode subsidiar o TDOM. O GEOATLAS será uma ferramenta importante para o estudo da Unidade. Consulte especialmente aqueles que tratam de Geopolítica: Américas, Europa, Ásia e África. Introdução. O objeto de estudo da Geopolítica são as diferentes configurações do espaço terrestre, elaboradas pelohomem, ao longo da História. Leva-se em conta que, para garantir sua sobrevivência os homens, reunidos em sociedades, se apropriam deuma determinada porção da superfície terrestre, definindo um território. O território dispõe de um certo conjunto de condições que constituirão as bases materiais (recursos naturais)que a sociedade dispõe para sobreviver. A apropriação, a conquista e a manutenção do território definem as bases da produção desta sociedade,criando espaços geográficos, que se identificam por suas características naturais e socioeconômicas, que seindividualizam sob a forma de diferentes „arranjos espaciais‟ delimitados por fronteiras e limites, identificando-secomo país. A organização socioeconômica interfere nos usos, hábitos, costumes, tradições e técnicas que sedesenvolvem em função dos ajustes do grupo ao espaço que está sendo construído e têm um caráter identitário quediferencia os vários grupos sociais existentes. O território e suas bases econômicas, sociais e culturais, ganham formas de ordenamento político, jurídico-institucional à medida que se definem regras de ação e conduta, normas e leis que regem aquela sociedade econfiguram direitos e deveres do grupo social como um todo e que são sintetizados por suas formas de governo, suasinstituições políticas nas Constituições, que legitimam o chamado “Estado de Direito”. Todos os aspectos relacionados à produção do espaço podem ser identificados como uma “segundanatureza”, criada pelo homem e que se traduz nos diferentes arranjos espaciais, onde se mesclam territórios, países,povos e nações, ocupados por sociedades que se identificam com uma história e cultura comuns, que refletem essaevolução. As formas de organização do espaço, tal como conhecemos hoje, identificam-se com a expansão Capitalistaque desde o século XV vem construindo a economia mundial, em função de centros de poder, que organizaram omundo à sua imagem e semelhança,e cuja função é a de atender seus interesses. “Os homens para sobreviverem precisam transformar a natureza, o mundo em que vivem. Fazem-no não isoladamente, mas, em conjunto, agindo em sociedade. Estabelecem para tal, relações que dependem do mundo que precisam transformar e dos meios que vão utilizar para isto [isto é, as tecnologias]. Todas as outras relações decorrem desse “processo de produção da vida”, não sob uma dependência mecânica, mas sob a forma de um condicionamento que está em constante transformação. O ponto de partida para o conhecimento da realidade são as relações que os homens mantêm com a natureza e com os outros homens, responsáveis pelas transformações. São as condições materiais e as relações entre os homens que caracterizam os fenômenos ligados à produção, isto é, as relações de ordem econômica, social, política e cultural, que envolvem o conjunto de fluxos: bens, mercadorias, pessoas, idéias... Ao produzir, o homem produz o espaço e se produz, numa relação de causa-efeito que se auto-alimenta e se modifica constantemente.” (Pacheco, Vavy. O que é História?.São Paulo: Brasiliense, 1987) 2. As divisões do Mundo. É neste contexto que surgiram as principais formas de divisão do espaço terrestre. A partir da Revolução Francesa surgiram, gradativamente, os Estados – Nações que representam a principalforma de organização do espaço mundial. Regidos por Constituições e apresentando divisão de poderes, o Estado -Nação se impõe como uma das formas de divisão do espaço, que é utilizada pelos 194 países, que tem assento naOrganização das Nações Unidas (ONU). Mas, os Estados - Nações não são a única forma de organização territorial: há possessões, EstadosAssociados e territórios que ainda não atingiram sua autonomia político-administrativa, assim como áreas e territórioscontrolados pelas grandes potências em função de seus interesses estratégico-militares (como ocorre na Oceania,região dos estreitos e canais). Há povos sem território, como os palestinos e os curdos, que embora se identifiquem 1
  • como povo não constituem Estados-Nacionais autônomos. Há ainda grupos étnicos e/ou religiosos que buscam suaautonomia e lutam para tornarem-se independentes, como é o caso dos bascos e dos irlandeses, para citar os maisconhecidos. As formas de organização do território são mutáveis e podem sofrer modificações ao longo do tempo,podendo ocorrer fusões de territórios (Alemanhas) ou divisões (como nas atuais Repúblicas Tcheca e Eslováquia, ouainda a divisão que se seguiu ao fim da antiga URSS, que deu origem a 15 novas repúblicas). A posse e o controle de territórios e a busca de espaços de sobrevivência estão por traz de grande parte dosconflitos que ocorreram (e ocorrem) ao longo da História. Desde aqueles, mais “simples” que tem caráter maislocalizado e envolve um número menor de “atores”, como é o caso das questões ligadas à posse da terra (índios Xbrancos; grandes proprietários X sem terra), até aqueles mais complexos e abrangentes como foi o caso, porexemplo, da Segunda Guerra Mundial (1939-45). Grande parte dos conflitos, que ocorreram nos últimos sessenta anos, tem suas origens na composiçãogeopolítica que surgiu com o final da Segunda Guerra Mundial, com a emergência de dois grandes blocos de poder:EUA e URSS. Os antagonismos entre as duas superpotências acabaram impondo a necessidade de se optar ou de se alinharcom cada uma delas, configurando a chamada GUERRA FRIA, que foi acompanhada pela corrida armamentista,que, de certa forma “media” o poder de cada uma das superpotências. Assim, sob o pano de fundo da chamada ordem bipolar, sucederam-se inúmeros conflitos, que marcaram oséculo XX e de certa forma ainda continuam a ocorrer. 3. As ordens internacionais. A organização do Mundo Atual está relacionada à montagem das chamadas ORDENS INTERNACIONAIS: ouseja, o conjunto de processos políticos e socioeconômicos que regem as relações entre países ou blocos de países. Para efeito de estudo pode-se considerar a montagem de três tipos principais de ORDENS 1. EUROCÊNTRICA que se estruturou a partir dos séculos XV e XVI, com a evolução do sistema capitalista deprodução (e corresponde às etapas mercantilista, industrial e imperialista), responsáveis pela formação de sistemasintegrados (embora desiguais e dependentes) entre os países centrais europeus e suas periferias. Esta ordem manteve-se até o final da Segunda Guerra Mundial, quando as nações européias arrasadas pelasguerras serão substituídas por duas novas nações que passarão a organizar política e economicamente todo orestante do planeta, dando origem a uma nova ordem internacional. 2. BIPOLARIDADE que é a ordem da Guerra Fria. É marcada pela ascensão dos EUA, como nação-líder,representante do bloco capitalista e da ex-URSS, liderando o bloco socialista. As diferenças entre os dois sistemas dominantes colocaram em confronto, direto ou indireto, diferentes áreas doplaneta, alinhados com as grandes potências e lutando em campos opostos. As divergências e antagonismos, entre as duas superpotências, ensejou uma corrida armamentista: a Guerra Fria,que se propagou, em maior ou menor escala por todos os continentes. São as disputas da Guerra Fria, que estarão por trás dos vários conflitos que se disseminaram ao longo do séculoXX e de certa forma ainda permanecem. 3. a nova ordem internacional, ligada ao processo de GLOBALIZAÇÃO ganha força a partir dos anos de 1990,com a extinção da União Soviética (1991) que vai implicar novos arranjos internacionais, acompanhados, ou não, pelaeclosão de novos conflitos (ou a manutenção de velhos conflitos, às vezes “repaginados”) que podem ser étnicos,religiosos, territoriais e estratégicos, ou uma mistura desses vários aspectos o que dificulta sua classificação. LISTA DE EXERCÍCIOS 1. Correlacione os conceitos da 1ª coluna com as características apresentadas na 2ª coluna (pode haver --) 1ª coluna 2ª coluna ( ) Refere-se ao conjunto de pessoas que falam a mesma língua, tem costumes e 1. Estado hábitos idênticos, afinidade de interesses, uma história e tradições comuns. 2. País ( ) Grupo biológico e culturalmente homogêneo. ( ) Conjunto de leis fundamentais que contem normas que regem a vida em 3. Nação sociedade, estabelecendo competências, direitos e deveres dos cidadãos correspondentes ao ordenamento jurídico de uma dada sociedade. 4. Território ( ) Representa o poder constituído. ( ) Base geográfica do Estado, sobre a qual exerce sua soberania e que abrange o 5. Povo conjunto de condições e recursos naturais. ( ) Porção da superfície terrestre delimitada por fronteiras reconhecidas 6. Etnia internacionalmente. ( ) Agrupamento de seres, geralmente fixos num território, ligados por origem, tradições e lembranças, costumes, cultura, interesses e aspirações e, em geral por uma língua. 2. (PUC, Campinas) Os anos 90 foram marcados por inúmeras transformações na geopolítica mundial. Dentreelas destacam-se I. fim da Guerra Fria. 2
  • II. ampliação da globalização econômica. III. maior disputa geopolítica e ideológica entre Leste e Oeste. IV. consolidação de uma política capaz de atender às demandas sociais e as do capital internacional. V. divisão dos países em Primeiro, Segundo e Terceiro Mundos. Estão corretas apenas (A) I e II. (B) I, II e III. (C) I, II e V. (D) III e IV. (E) IV e V. 3. (UFSC) Desde a queda do muro de Berlim, em 1989, um dos assuntos mais discutidos é o surgimento de umanova ordem mundial diferente daquela que existiu no período da guerra fria. Assinale a (s) proposição (ões) quetenha (m) relação com esta nova ordem mundial, marcando V, as afirmativas verdadeiras e com um F as erradas. A capacidade tecnológica, a produtividade e a competitividade fazem parte do novo padrão de poder(A) ( ) da Rússia, que se mantém como grande potência no contexto mundial, rivalizando com os Estados Unidos. Com o fim da guerra fria, a nova ordem mundial é caracterizada pela emergência de um mundo(B) ( ) multipolar, cujo padrão de poder é essencialmente econômico A globalização corresponde à fase de expansão dos capitais, no atual período técnico-científico do(C) ( ) capitalismo, trazendo como conseqüência a interdependência econômica. O surgimento de megablocos econômicos significa que, regionalmente, em maior ou menor grau, as(D) ( ) fronteiras econômicas entre os países estão sendo diluídas. A União Européia forma um mercado comum e seu processo integracionista é o mais antigo e(E) ( ) aprofundado do que o de outros blocos econômicos. 4. (ENEM) “Os 45 anos que vão do lançamento das bombas atômicas até o fim da União Soviética, não foram um período homogêneo único na história do mundo. (...) dividem-se em duas metades, tendo como divisor de águas o início da década de 70. Apesar disso, a história desse período foi reunida sob um padrão único pela situação internacional peculiar que dominou até a queda da URSS.” (Hobsbawn, E. Era dos Extremos, São Paulo, 1996. O período citado no texto e conhecido como Guerra Fria pode ser definido como aquele momento histórico emque houve (A) corrida armamentista entre as potências imperialistas européias ocasionando a Primeira Guerra Mundial. (B) domínio dos países socialistas do Sul pelos países capitalistas do Norte. (C) choque ideológico entre a Alemanha Nazista e a União Soviética stalinista, durante os anos 30. (D) disputa pela supremacia da economia mundial entre o Ocidente e as potências orientais , como a China e oJapão. (E) constante confronto entre as duas superpotências que emergiram da Segunda Guerra Mundial. 5. (VUNESP) No fim da década de 1980 e início dos anos 1990, a bipolaridade mundial declinou; dabipolaridade ideológica e militar Leste/Oeste passou-se para a econômica e política Norte/Sul. Isto significa dizerque atualmente há oposição entre:(A) o Oeste rico e industrializado e o Leste pobre e agrário.(B) o Oeste pobre e agrário e o Sul rico e muito industrializado.(C) o Leste pobre e agrário e o Norte rico e industrializado.(D) o sul rico e industrializado e o Norte pobre e agrário.(E) o Norte rico e industrializado e o Sul pobre e em processo de industrialização. 6. (FGV, adaptada) Até o ano de 1989, quando foi derrubado, o Muro de Berlim também era chamado de Muro daVergonha. Esse muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos oupartes: Berlim Ocidental, na RFA, fazia parte do bloco que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelosEstados Unidos; e Berlim Oriental, na antiga RDA, fazia parte do bloco dos países socialistas. O fim desse muro pôsfim à Guerra Fria e acelerou o desmonte da antiga União Soviética mas, não significou o fim dos muros. Em umperíodo mais recente, outros muros da Vergonha foram erguidos.Assinale a alternativa que apresenta a relação correta entre a localização e as características desses novos muros.(A) postos militares entre o Peru e o Equador, devido à migração de peruanos em busca de trabalho, nas empresaspetrolíferas do Equador, causando conflitos entre a população local.(B) muros e arames farpados cercam Ceuta e Mellila, enclaves espanhóis no Norte da África, para evitar a entrada deafricanos que tentam migrar para o continente europeu.(C) fechamento das fronteiras entre Canadá e Estados Unidos, na tentativa de barrar a entrada de canadenses deorigem árabe, vinculados a grupos considerados terroristas. 3
  • (D) a China reivindica o fim do muro que separa a cidade de Hong Kong, enclave britânico na Ásia, do resto do país eo livre acesso de seus cidadãos através da fronteira.(E) o muro de proteção construído por Israel, impede a entrada de árabes que buscam empregos na Cisjordânia e naFaixa de Gaza. 7. O Mundo atual é composto por 193 países independentes, além de territórios e possessões, que englobammais de 6 bilhões de pessoas. A quase totalidade da população mundial está organizada na forma de EstadosNacionais soberanos, embora haja povos que se encontram em vários estágios de organização política esocioeconômica. Com base no texto faça as associações corretas.1. Bermudas, Gibraltar, Ilhas ( ) Estados Nacionais onde ocorrem movimentos separatistas.Falklands2. Porto Rico. ( ) Possessões ou colônias da Grã Bretanha.3. Bascos, curdos e sikhis. ( ) Minorias nacionais separatistas.4. Espanha, Índia, Turquia. ( ) Estado livre associado aos Estados Unidos.5. Groenlândia. ( ) Estado semi-autônomo que pertence à Dinamarca.6. Palestina. ( ) Estado Nacional independente. ( ) Estado(s) Nacional(is) que se tornou(aram) independente(s) depois da Segunda Guerra Mundial. 7. (DNG, 2009) As passagens marítimas estratégicas possuem grande importância geopolítica e econômica. Pelasua posição geográfica, sejam naturais ou artificiais, são rotas do comércio mundial, fontes de disputas e deiniciativas de controle territorial pelos Estados – e agora também por piratas modernos que atacam barcos turísticos enavios cargueiros. É o caso do Golfo de Aden, na saída do Mar Vermelho. Veja algumas dessas passagens no mapa aseguir. Os pontos numerados de 1 a 4 correspondem respectivamente ao: (A) Canal do Panamá, acesso entre o Atlântico e o Pacífico – Estreito de Ormuz, rota do petróleo – Estreito deMálaca, rota comercial ainda hoje alvo de piratas – Estreito de Bering, ligação entre Ásia e América. (B) Estreito de Bering, ligação entre os continentes asiático e americano – Canal de Suez, via de acesso entreEuropa e Ásia – Estreito de Ormuz, rota do petróleo – Estreito de Gibraltar, ligação entre o Atlântico e o MarMediterrâneo. (C) Canal do Panamá, acesso entre o Atlântico e o Pacífico – Estreito de Gibraltar, ligação entre o Atlântico e oMar Mediterrâneo – Estreito de Ormuz, rota do petróleo – Estreito de Málaca, rota comercial ainda hoje alvo depiratas. (D) Estreito de Gibraltar, ligação entre o Atlântico e o Mar Mediterrâneo – Canal do Panamá, acesso entre oAtlântico e o Pacífico – Canal de Suez, via de acesso entre Europa e Ásia – Estreito de Ormuz, rota do petróleo. (E) nenhuma das respostas. 9. (UERJ) A geografia do poder mundial 4
  • A geografia do poder mundial estuda a distribuição dos recursos naturais, do poder econômico, político e militarno âmbito internacional. Nos dias atuais, os especialistas reconhecem que um único Estado Nacional agrega várioselementos desse poder: os Estados Unidos da América. a) cite dois elementos que expliquem o poder exercido pelos EUA. (2 escores)__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ b) Explique como esses elementos permitem o exercício do poder global dos EUA. (3 escores)____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 10. A seguir, são apresentadas frases, que servem para a identificação de países, territórios e/ou Estados Nacionais,que aparecem numerados no mapa. Dica Nº NomeUtilizou a segregação racial como política de Estado.Sofre interferência de grupos ligados ao tráfico internacional de drogas.País que sofreu intervenção armada dos EUA.País que invadiu o Kwait, provocando uma guerra com os EUA, em 1992e 2003.Pequeno no tamanho é a segunda maior economia do planeta.É o maior produtor africano de petróleo.País mais populoso, considerado como um “formigueiro” humano.Estado norte americano, grande produtor de petróleo.País desenvolvido cujo território é formado por grandes desertos.País europeu reunificado no início dos anos 90.Bloco econômico formado após 1990, que se reintegra ao Capitalismo. 5