Lógica

2,149 views
2,063 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,149
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lógica

  1. 1. MATEMÁTICA_2PROF. MIGUEL
  2. 2. Noções básicas de lógica ProposiçãoProposição é toda oração declarativa, com sentido completo, podendo ser classificada como Verdadeira (V) ou Falsa (F).
  3. 3.  Princípio da não contradição. Princípio do terceiro excluído.Proposição simplesEx.: Matemática é uma disciplina legal. Proposição compostaEx.: Matemática é uma disciplina legal e o professor é exigente.
  4. 4.  Negação de uma proposição
  5. 5. Exemplosa) p: Jorge é alto. ~p: Jorge não é alto.b) q: ≥ 12. 25 ~q: < 12. 25
  6. 6. Conectivo ∧ (e) ∧
  7. 7. Determinar o valor lógico das frasesa) A gaivota voa e o ornitorrinco é ave.b) O avestruz não voa e não bota ovos.c)A vaca é bípede e o cachorro late.
  8. 8. Conectivo ∨ (ou)
  9. 9. Determinar o valor lógico das frasesa) A gaivota voa ou o ornitorrinco é ave.b) O avestruz não voa ou não bota ovos.c)A vaca é bípede ou o cachorro late.
  10. 10. Condicional → (se...então)
  11. 11. Entendo melhor a tabela verdade docondicional →Considera situação: Joãozinho faz uma “promessa” a Mariazinha:_ Se você for corinthiana então você ganhará um presente.Quais são os eventos possíveis?Admitamos que aquilo que obedece à “promessa”, tenha valor lógico V e aquilo que não obedece valor lógico F.
  12. 12. 1) Mariazinha é corinthiana e ganhou presente.2) Mariazinha é corinthiana e não ganhou presente.3) Mariazinha não é corinthiana e ganhou presente.4) Mariazinha não é corinthiana e nãoganhou presente.Em qual(quais) opções a “promessa” foi cumprida?
  13. 13. (Bi)Condicional ↔ (... se, e somentese ...)
  14. 14. Entendo melhor a tabela verdade docondicional ↔SituaçãoProfessor diz aos alunos:_“Você receberá F.O.+ se, e somente se, fizer a tarefa.”1) Recebeu F.O.+ e fez a tarefa.2) Recebeu F.O.+ e não fez a tarefa.3) Não recebeu F.O.+ e fez a tarefa.4) Não recebeu F.O.+ e não fez a tarefa.
  15. 15. Implicação lógica ⇒Usamos implicação lógica quando o condicional → (se... então ...) tiver valor lógico verdadeiro.
  16. 16. Equivalência lógica ⇔Usamos equivalência lógica quando o (bi)condicional ↔ (... Se, e somente se, ...) tiver valor lógico verdadeiro.Também usamos equivalência lógica quando as tabelas-verdades são iguais.
  17. 17. Sentença abertaSentença em que o valor lógico (V ou F) depende de alguma informação (variável).Ex.: x+2=13.
  18. 18. Existem duas formas de transformar sentenças abertas em proposições: Atribuir valor às variáveis. Utilizar quantificadores.
  19. 19. Quantificador Universal ∀É indicado pelo símbolo ∀ que se lê: “qualquer que seja”, “para todo”.
  20. 20. Quantificador Existencial ∃É indicado pelo símbolo ∃ que se lê: “existe”, “existe pelo menos um”.É também utilizado outro quantificador ∃ | que se lê: “existe um único”.
  21. 21. Construindo tabela-verdade
  22. 22. Negando uma conjunçãoPodemos verificar, em (A), que ~ ( p ∧ q ) ⇔ (~ p ) ∨ (~ q ) , assim sendo a negação da proposição p ∧ q é a proposição (~ p ) ∨ (~ q ) .
  23. 23. Negação de uma disjunçãoPodemos verificar, em (B), que~ ( p ∨ q ) ⇔ (~ p ) ∧ (~ q ) , assim sendo, a negação da proposição p∨ q é a proposição ) ∧ (~ q ) (~ p .
  24. 24. Negação de um condicionalsimplesPodemos verificar, em (C), que~ ( p → q) ⇔ ( p ∧ ~ q) , assim sendo, a negação da proposição p → q é a proposição ( p∧ ~ q ) .
  25. 25. Negação de proposições quantificadasUma sentença quantificada com o quantificador universal, do tipo (∀ x )( p ( x )) , é negada assim: substitui-se o quantificador universal pelo existencial e nega-se p ( x ) obtendo: (∃ x )(~ p ( x ))
  26. 26. Uma sentença quantificada com o quantificador existencial, do tipo (∃ x )( p ( x )) é negada assim: substitui-se o quantificador existencial pelo universal e nega-se p ( x ) obtendo: (∀ x )(~ p ( x ))

×