Rui Pedro Caramez
Linkedin ­ Autor, Formador & Blogger / Redes Sociais / Web 2.0
É atualmente um dos maiores entusiastas d...
Conteúdos:
Perfil Linkedin preparado para quem procura emprego……4
Grupos para Vagas & Emprego 2012……………….…………10
Vamos ativ...
Perfil Linkedin
preparado para quem
procura emprego
1
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
PERFIL
O perfil Linkedin tem várias configurações importantes:
1) mostrar/ não mostrar todas as atividades que fazemos no ...
Título Profissional para
quem procura emprego
O headline (Título) profissional do seu perfil Linkedin é talvez um
dos elem...
Quando fazemos convites, enviamos mensagens, InMails, participamos em
discussões em grupos e aparecemos nas pesquisas efet...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Sugestões de “headlines”
para quem procura
Lembre­se que os recrutadores são pessoa...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Indique as suas áreas de especialidade (sem abusar nas palavras chave!)
– os recrut...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Grupos para
Empregos & Vagas
2012
2
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
A integração / participação nestes grupos vai seguramente ajudar os
utilizadores do...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
PORTUGAL
Recrutamento Portugal
14,070 membros
Carreiras Online Portugal
10,540 memb...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
BRASIL
BRASIL: VAGAS EXECUTIVAS
∙ 139,996 membros
Novos Planos ­ Empregos e Vagas V...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Vamos ativar
a nossa presença
no Linkedin!!
3
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Os tempos que correm exigem novas formas de estarmos atentos ao
mercado. O Linkedin...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
A definição de uma estratégia de utilização é importante para que depois se
possam ...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Proatividade
5. Efetuar Revisão Semanal dos Grupos
Umas das áreas mais interessante...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
9. Enviar uma nota para 3 contactos que não tenha ligado nos últimos três
meses
Esc...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
13. Rever o seu perfil de empresa e modificar ou adicionar conteúdo
Rever o seu per...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Como Procurar
Emprego
4
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
1. Visite regularmente a página oficial do Emprego As pesquisas de
emprego podem se...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
6. Use o Linkedin Signal
Durante o último ano, já fizemos referência a esta funcion...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Outros Recursos
5
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Lista (de links para a Internet) de outros recursos importantes para
quem pretende ...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
Empresas
Tutoriais 2012 – Como criar Página da Empresa no Linkedin
Top 10 Empresas ...
LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
TRANSFORME A SUA
PRESENÇA NO
LINKEDIN
http://www.linkedportugal.com
Contatos:
Pedro...
Ebook - Guia de Emprego Linkedin 2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ebook - Guia de Emprego Linkedin 2012

8,089

Published on

6 Comments
12 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,089
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
808
Comments
6
Likes
12
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Ebook - Guia de Emprego Linkedin 2012"

  1. 1. Rui Pedro Caramez Linkedin ­ Autor, Formador & Blogger / Redes Sociais / Web 2.0 É atualmente um dos maiores entusiastas da rede profissional Linkedin em Portugal. Em 2009, publicou o seu primeiro livro sobre o Linkedin e, em Setembro de 2012, está prevista a publicação de mais um livro sobre a mesma rede profissional. Administrador do Blogue ­ www.linkedportugal.com Orador, formador e consultor de variados projectos dedicados ao Linkedin e às redes sociais, desempenha funções docentes no Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Professor convidado em diversas Pós­Graduações sobre Marketing Digital & Redes Sociais. Desde 2010, organiza o SOCIAL MEDIA DAY em Portugal ­ maior evento dedicado às redes sociais em Portugal. (www.linkedin.com/in/caramez) LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  2. 2. Conteúdos: Perfil Linkedin preparado para quem procura emprego……4 Grupos para Vagas & Emprego 2012……………….…………10 Vamos ativara a nossa presença no Linkedin!!……….…....14 Como procurar Emprego ……………………………....……....20 Outros recursos……….………………………….…...………….23 LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  3. 3. Perfil Linkedin preparado para quem procura emprego 1 LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  4. 4. PERFIL O perfil Linkedin tem várias configurações importantes: 1) mostrar/ não mostrar todas as atividades que fazemos no Linkedin (procura de emprego, grupos ou alterações ao perfil… 2) mostrar / não mostrar o nosso perfil quando visitamos outros perfis no Linkedin. Se não quisermos mostrar o nosso rasto pelo Linkedin, a rede também não vos irá devolver os visitantes ao seu perfil. Apenas para relembrar que este pode ser um bom indicador sobre a popularidade do nosso perfil. 3) mostrar / não mostrar a nossa lista de contatos. A nossa rede de contatos é a nossa mais valia. Podemos guardá­la em segurança! Com alguma regularidade, exporte os dados da sua rede de contatos. Assim, garante que nada se perde! 4) adicionar as suas contas Twitter. 5) edite nome, localização e indústria. Nesta seção, terá também oportunidade de alterar a sua “headline” profissional. Não se esqueça de que esta linha será a primeira informação que dá aos outros sobre si. 6) editar o seu perfil. 7) editar o seu perfil público. Numa primeira instância, pode e deve selecionar a informação que quer partilhar sobre si. Três elementos interessantes: ­ o seu endereço personalizado – http://pt.linkedin.com/in/caramez (terá mais relevo em pesquisas nos motores de busca) ­ o botão dedicado para o seu perfil que pode colocar no seu website ­ 3 links no seu perfil: USE­OS mas de forma personalizada que indexem corretamente nos motores de busca!!! 5 recomendações conferem­lhe maior visibilidade na rede. Melhor forma de obter recomendações? Recomende primeiro!!! LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  5. 5. Título Profissional para quem procura emprego O headline (Título) profissional do seu perfil Linkedin é talvez um dos elementos mais importantes que deverá ter em conta quando constrói a sua presença nesta rede profissional. Estes 120 caracteres têm um impacto forte nos outros utilizadores. O que escrevemos aqui diz um pouco do que somos e do que fazemos e talvez do que ambicionamos fazer. As primeiras impressões do seu perfil são feitas em função da informação que coloca neste título profissional. Em muitos casos, o utilizador não irá visitar o seu perfil se não tiver um título sugestivo e atraente. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  6. 6. Quando fazemos convites, enviamos mensagens, InMails, participamos em discussões em grupos e aparecemos nas pesquisas efetuadas por utilizadores, o título do seu perfil Linkedin surgirá em destaque. Temos 120 caracteres para chamar a atenção a quem nos procura. Para tal, vamos oferecemos algumas sugestões. Será importante realçar que a situação profissional do utilizador é determinante para o tipo de texto que queremos incluir no título. Se está atualmente empregado e não procura emprego, lembre­se que pode sempre optar por soluções mais conversadoras, indicando: 1. Título profissional que usa na empresa (não necessita de colocar o nome da empresa a não ser que seja reconhecida nacional e/ou internacionalmente) mas deve ainda adicionar… 2. a sua área de negócio; 3. o seu foco de interesses profissionais, algo sobre a sua experiência… Cuidados especiais para os acrónimos, siglas ou diminutivos da sua área de especialidade (ex. PMP, ITIL, ENG, MBA, etc…). Se forem denominações aceites na sua área, coloque­as mas com moderação e bom senso. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012
  7. 7. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Sugestões de “headlines” para quem procura Lembre­se que os recrutadores são pessoas ocupadas e têm sempre pouco tempo para avaliar perfis de utilizadores. Muitos títulos são tão fracos e pouco específicos que é difícil entender exatamente o que a pessoa faz. Outros não dizem nada ou então até “Desempregado at Desempregado”. Um título vago ou excessivamente criativo apresenta 2 problemas – um título criativo provavelmente carece de determinadas palavras essenciais ao recrutador; por outro lado, as pessoas que procuram esses candidatos são pessoas ocupadas. Eles não têm o tempo necessário para traduzir o significado de “ajudo empresas a…” Tem 5 segundos para convencer um utilizador a clicar no seu perfil a partir de uma página de resultados de pesquisa.
  8. 8. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Indique as suas áreas de especialidade (sem abusar nas palavras chave!) – os recrutadores chegam ao vosso perfil pelas palavras­chave que podem estar em vários locais do seu perfil Linkedin mas que é essencial que estejam no título. ­ Reforce com a força da experiência nestas áreas (anos de experiência) ­ Demonstrem disponibilidade (em transição, Procura novos desafios…) e com a indicação sobre a disponibilidade geográfica (nacional / internacional). Devem criar impacto a quem o vê pela primeira vez. Não exagere no seu título, vendendo­se em demasia!!! Os recrutadores querem saber quem é, que experiências apresenta e o que pode trazer às empresas. Em função destas orientações, o que poderá dizer o seu título profissional?
  9. 9. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Grupos para Empregos & Vagas 2012 2
  10. 10. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 A integração / participação nestes grupos vai seguramente ajudar os utilizadores do Linkedin que procuram emprego ou novas oportunidades profissionais. Nestes grupos que aparecem listados, surgem semanalmente muitas propostas de emprego. Se procura emprego, assegure que faz parte destes grupos. Existem também outros grupos de expressão mais pequena mas mais específicos de determinada área profissional. O que devem fazer: 1. Subscreva os grupos dedicados ao Emprego & Vagas por área geográfica 2. Faça análise às ofertas de emprego publicadas (com regularidade) 3. Siga as orientação para participação no grupo. Cada administrador apresenta regras próprias nos grupos para discussões e comentários. 4. NUNCA se “ofereça” nas discussões abertas nos grupos
  11. 11. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 PORTUGAL Recrutamento Portugal 14,070 membros Carreiras Online Portugal 10,540 membros EMPREGOS RH PORTUGAL 6,519 membros Executive Search Portugal 4,197 membros Portugal – plataforma de serviços 31,065 membros Business Portugal 11,513 membros Marketing Portugal 5,941 membros Linked Portugal 4,372 membros Pharma in Portugal 3,203 membros Turismo PORTUGAL 3,115 membros
  12. 12. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 BRASIL BRASIL: VAGAS EXECUTIVAS ∙ 139,996 membros Novos Planos ­ Empregos e Vagas Vip 82,038 membros VAGAS & JOBS Brasil Business: Council of ∙ 73,644 membros RECRUTADORES ­ VAGAS, EMPREGOS, OPORTUNIDADES E ESTÁGIOS 40,273 membros EMPREGOS E OPORTUNIDADES * VAGAS GRATUITAS * 26,893 membros Vagas de TI 20,000 membros Vagas na área de Petróleo 20,000 membros EMPREGO E ESTÁGIO PARA PROFISSIONAL RH 19,375 membros SP VAGAS EXECUTIVAS, BUSINESS & JOBS: networking 17,690 membros Temos Vagas (RS e SC) 15,308 membros
  13. 13. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Vamos ativar a nossa presença no Linkedin!! 3
  14. 14. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Os tempos que correm exigem novas formas de estarmos atentos ao mercado. O Linkedin anuncia todos os dias milhares de ofertas de emprego. Neste capítulo, apresentamos dicas para melhor acompanhar todas estas oportunidades. O Linkedin apresenta atualmente um valor aproximado de 7 mil milhões de visualizações de páginas mensais dos mais de 120 milhões de utilizadores da plataforma. Mesmo com estas estatísticas esmagadoras acima, muitos de nós ainda lutam para integrar esta plataformas nas nossas vidas diárias. As três objeções mais comuns que ouço são: 1) “Eu não tenho tempo.”, Ou 2) “Eu não sei por onde começar.” 3) isto não me traz oportunidades. Eu sou suspeito mas considero o LinkedIn a plataforma fundamental para qualquer profissional de negócios. Não estar presente no Linkedin, significa não estar ativo profissionalmente. Por forma a melhor orientar as acções dos utilizadores Linkedin, identificamos tarefas semanais que darão seguramente maior dinamismo e irão trazer melhor resultados à sua presença no Linkedin. Estes devem ser realizados durante a semana, não ocupando muito tempo. Deixe as suas pegadas na areia, quando faz viagens ­ Linkedin!”
  15. 15. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 A definição de uma estratégia de utilização é importante para que depois se possam medir os resultados desta acção. As actividades podem agrupar­se nas seguintes áreas: Administrativas 1. Rever e adicionar/remover configurações ao seu Perfil O perfil Linkedin suporta muita informação pessoal que demora algum tempo a recolher e a integrar no nosso perfil. Deve ser uma atividade regular, “refrescar” o nosso perfil. Mas deve ser feito uma vez semanalmente embora nas primeiras semanas de utilização, haja necessidade de visitar esta secção várias vezes. Mantenham­no sempre ATUALIZADO! 2. Rever e Aceitar / Ignorar solicitações de contacto Não há razão para fazer isso mais de uma vez por semana! Defina muito bem quem vai aceitar na sua rede de contactos. Após as decisões de aceitar / ignorar, enviar uma mensagem de boas vindas ou então as razões para não ter aceite o convite. A mensagem de BOAS VINDAS pode estar previamente preparada para incluir as informações mais relevantes que quer dar ao novo membro da sua rede de contactos. 3. Convidar novos contactos offline de semana anterior Todas as semanas, participamos em eventos ou acontecimentos que geram novos contactos. Deve, com regularidade, identificar essas pessoas no Linkedin e clicar na opção para os convidar para a sua rede de contactos. 4. Escrever uma recomendação para alguém que o impressionou na semana passada Vai gerar algumas reações muito positivas, incorporando isso na sua atividade semanal. Quem conhece que recomendaria a um amigo ou colega? Aproveite o tempo para escrever uma recomendação, apenas 2­3 linhas será suficiente.
  16. 16. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Proatividade 5. Efetuar Revisão Semanal dos Grupos Umas das áreas mais interessantes no Linkedin são os grupos! Neste momento, existem 1,027,427 grupos!!! Cada utilizador pode subscrever até 50 grupos em simultâneo. Quando subscrevem um grupo, definam a agenda de notificação para “uma vez por semana”, permitindo­lhe ficar atualizado sobre as discussões e atividades sem se distrair durante a semana. Selecione 5 grupos por semana para focar a sua atenção! 6. Adicionar um comentário ou uma discussão em um ou mais Grupos A vida nos grupos Linkedin é feita de discussões, comentários, ofertas de emprego ou promoções. Tome alguns minutos para adicionar um comentário significativo e ou clique em GOSTO na discussão em curso (versão mais rápida). 7. Adicionar uma atualização de status para o seu Perfil As opções são variadas: ­ Actividade / Projecto ­ Viagem ­ Ligação interessante ­ Texto 8. Efetuar prospeção de novos contactos Uma das atividades mais interessantes no Linkedin é a possibilidade de pesquisarmos outros utilizadores. Este motor de pesquisa poderoso pode ser um importante complemento à nossa actividade profissional, tentando encontrar contactos relevantes para a nossa rede. Prospeção não significa que devam começar a convidar utilizadores sem antes estabelecerem alguma comunicação com os mesmo. Faça esta prospecção com regularidade,esteja ou não à procura de recrutadores, headhunters ou outros.
  17. 17. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 9. Enviar uma nota para 3 contactos que não tenha ligado nos últimos três meses Escolha três ou mais contactos no Linkedin e envie­lhes uma breve nota. Se for cliente, fornecedor, funcionário ou amigo pessoal, vai ficar surpreso com a reação que vai receber daqueles que enviar estas mensagens. Chegando a algumas pessoas semanalmente, reaproximando pessoal que não contacta há algum tempo é gratificante, tanto pessoal quanto profissionalmente. 10. Responder a uma pergunta na área de Perguntas Outra área fascinante no Linkedin! Existem utilizadores que investem aqui parte do seu tempo de acção, respondendo a perguntas. Partilhar uma resposta ou duas que estão na sua área de especialização será seguramente uma demonstração de conhecimento. Seja sucinto e direto ao assunto. Fornecer links para material de referência e / ou outros especialistas que possam ser de ajuda para a pessoa será muito bem­ vindo. 11. Fazer perguntas O que você realmente gostaria de saber? Como lidar com uma situação específica? Não só irá receber algumas respostas à sua pergunta (em média 7horas de espera por uma resposta oriunda de outro utilizador), mas também ser introduzido a alguns potenciais contactos com conhecimentos que podem ser úteis para si no futuro. 12. Seguir empresas Pense em empresas que possam ser importantes para si e para o seu sucesso profissional e siga­as na área de Empresas. Definir as notificações, conforme apropriado para as suas necessidades. Provavelmente não mais de uma vez por semana e durante a frequência que está conectado ao LinkedIn. Se estiver na área comercial, adicione os nomes dos seus clientes e / ou em vias de serem clientes.serviços. Esta solicitação só deve acontecer se o utilizador já é/foi cliente da empresa.
  18. 18. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 13. Rever o seu perfil de empresa e modificar ou adicionar conteúdo Rever o seu perfil da empresa a cada semana. Ver quem está a seguir a empresa, rever os novos contratados, mudanças, e outras atividades. Os Perfis de empresas são relativamente novos no LinkedIn e permitem atualmente adicionar produtos / serviços à página da empresa. Vá colocando os produtos e solicitando à sua rede que recomende os seus serviços. Esta solicitação só deve acontecer se o utilizador já é/foi cliente da empresa. Se conseguir encaixar na sua agenda semanal, todas estas tarefas (naturalmente em doses diferentes que devem ser aferidas por cada pessoa), vai garantir uma excelente presença no Linkedin. Vai conhecer novas pessoas que serão úteis para na sua carreira! Vai ensinar e aprender com os outros,irá ensinar os outros novas ideias de negócio e apoiar a sua área de especialidade. Poderá encontrar o emprego dos seus sonhos!! Será um utilizador ativo nesta nova era do mundo profissional.
  19. 19. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Como Procurar Emprego 4
  20. 20. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 1. Visite regularmente a página oficial do Emprego As pesquisas de emprego podem ser feitas, usando filtros variados: palavras­chave, localização, empresas, data de publicação, salário, indústria ou experiência na função. DICA ESPECIAL: Faça gravações das pesquisas e solicite envio de emails semanais das ofertas publicadas. 2. Acompanhe as Empresas através dos “Perfis das Empresas” Esta funcionalidade permite aos utilizadores seguirem todas as novidades da empresa (ofertas de emprego, notícias da empresa, novas contratações, etc.). As páginas das empresas no Linkedin dão imensa informação relevante (ver post) – propostas de emprego, dados estatísticos sobre os empregados da empresa, entre outros dados. 3. Adira a Grupos Linkedin Neste momento, existem 805.923 grupos no Linkedin. Os grupos são locais ótimos para acompanhar as inúmeras ofertas de emprego que são publicadas todos os dias no separador próprio existente em todos os grupos. Existem grupos dedicados especificamente à procura de emprego – Empregos RH Portugal é um desses exemplos. No entanto, os grupos mais focados para as áreas de especialidade ou indústria atraem a maior atenção. DICA: Pode subscrever até 50 grupos em simultâneo. Seleccione grupos com essas características e vá interagindo com recrutadores. Através de uma pesquisa simples, identificaram­se mais de 1000 utilizadores em Portugal. 4. Participe nos grupos Dentro dos grupos, discute­se muito: Opiniões, sugestões, ideias, eventos, etc. A variedade temática é imensa mas deve contar com o seu envolvimento. Participe de forma positiva nestes grupos, aumentando a sua visibilidade. 5.Seja um especialista em Perguntas & Respostas Este espaço pouco conhecido no Linkedin é um verdadeiro local de partilha de conhecimento. Muitas empresas fazem aqui a sua prospeção. Atualmente, Cristina Falcão é uma das maiores utilizadoras deste espaço a nível mundial.
  21. 21. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 6. Use o Linkedin Signal Durante o último ano, já fizemos referência a esta funcionalidade (ver post) Esteja atento ao que os seus contactos de 1º e 2º grau vão dizendo no Linkedin. Filtre apenas as atualizações por palavras chave. 7. Rede de Contatos A sua rede de contatos apresenta novidades todos os dias no que diz respeito aos seus projetos profissionais. Assim, manter bons níveis de atenção para as novas posições dos seus contactos de 1º grau pode ser importante. A progressão dentro da empresa ou o novo projeto profissional podem trazer bons ventos para o seu lado. DICA: Semanalmente, passe revista aos seus contatos.
  22. 22. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Outros Recursos 5
  23. 23. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Lista (de links para a Internet) de outros recursos importantes para quem pretende dar eficácia à sua presença no Linkedin! Perfil Perfil LinkedIn a 100%: o que está diferente Linkedin Skills – Top 50 Quem visitou o meu perfil Linkedin? Linkedin – O que diz o nosso nome profissionalmente! Como escrever uma Boa Recomendação no Linkedin Contatos Manual de Convites Linkedin – 10 Modelos 30 Violações às Regras de Etiqueta, Protocolo / Boas Maneiras no LinkedIn Performance 12 Ferramentas Poderosas 6 Erros Comportamentais a evitar no Linkedin 10 Dicas para usar a “Atualização de Estado” LinkedIn Plano de Acção Linkedin – Maximize a sua presença Grupos Grupos Linkedin ­ um guia de participação essencial!
  24. 24. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 Empresas Tutoriais 2012 – Como criar Página da Empresa no Linkedin Top 10 Empresas Portuguesas no Linkedin Top 10 Maiores Empresas Brasileiras no LinkedIn 2012 Publicidade Publicidade no Linkedin – Tutorial Misc. Linkedin – De A a Z 34 Limitaçõfes do Linkedin que provavelmente não conhecia! Infográfico: Perfil dos Utilizadores / Usuários em Tecnologias da Informação e Serviços Linkedin RH RH – um caso prático de utilização do Linkedin Linkedin RH – Dicas para Encontrar os Melhores Candidatos 7 Benefícios Linkedin para Estudantes Universitários Testes gratuitos Otimização do Perfil Linkedin Performance Linkedin Linkedin Empresa
  25. 25. LinkedIn: Guia Prático de Emprego 2012 TRANSFORME A SUA PRESENÇA NO LINKEDIN http://www.linkedportugal.com Contatos: Pedro Caramez Pedro.caramez@linkedportugal.com Textos :Pedro Caramez Design&Edição Eletrónica: Silvino Santos

×