GASTRONOMIA E   VINHOS
HISTORIA DO VINHO• Diz-se que a civilização humana teve início quando o  homem primitivo começou o cultivo da vinha. Nos  ...
• O turismo gastronómico é uma das melhores  maneiras de descobrir a cultura e o estilo de vida  de uma cidade ou País. Pe...
• Analisando as várias definições de Enoturismo e  de turismo gastronómico, salta à vista o papel da  motivação como a cha...
Portugal e a             gastronomia• Portugal possui um conjunto de regiões muito  diversificadas onde se desenvolveram c...
Portugal e a            gastronomia• Temos Chefs que executam na perfeição as receitas  tradicionais e outros que praticam...
Portugal e a              gastronomia nós, com as• Acresce ainda que, historicamente, fomos  descobertas, que introduzimos...
ALENTEJO GASTRONÓMICO• A cozinha alentejana é sinónimo de sabor, intensidade e  paixão. Extraída do labor secular de geraç...
PRATOS TIPÍCOS•   AÇORDA ALENTEJANA•   SOPA DE CAÇÃO•   SOPA DE TOMATE•   SOPA DE BATATA•   SOPA DE ESPARGOS•   SOPA DE FE...
• Os turistas que usufruem do turismo gastronómico têm  gastos médios elevados bastante acima dos que  apresentam os turis...
COMBINAÇÃO DE VINHOS COM COMIDAS           Minho    Trás os   Beiras    Estrema   Ribatejo   Setúbal    Alentejo   Madeira...
• A grande variedade de marisco , sem ser de viveiro, como  o berbigão, o mexilhão, as conquilhas, etc. As amêijoas  são u...
• O peixe das nossas costas tem um  valor gastronómico incalculável,  que os nossos Chefs tão bem  sabem fazer ressaltar a...
• Apesar da longa costa atlântica  de Portugal e da abundância de  excelente peixe e marisco, a  carne é um ingrediente es...
• Nos locais de destino, as actividades mais realizadas  são:• Degustações;• Compra de produtos típicos;• Visitas a museus...
DESTINOS             CONCORRENTESTurismo Gastronómico em FrançaA França é conhecida pela sua excelente gastronomia.Cada re...
DESTINOS              CONCORRENTESITÁLIAA Itália é o destino favorito para saborear delíciasculinárias. Queijos, vinhos, a...
DESTINOS               CONCORRENTESESPANHALA RIOJA: A cidade de Haro , na província de La Rioja,realiza todo dia 29 de jun...
DESTINOS              CONCORRENTESAFRICA DO SULStellenbosch: É considerada um dos principais destinosturísticos nas redond...
DESTINOS                 CONCORRENTESMarlboroughNova Zelândia:Umas das mais ensolaradas e secas regiões da NovaZelândia é ...
DESTINOS                 CONCORRENTESHunter ValleyAustrália: Só os centenários vinhedos, produzindo vinho brancodas uvas S...
DESTINOS          CONCORRENTES• ALEMANHA• Junto com a Itália, França e Espanha é um dos mais  importantes produtores de vi...
DESTINOS              CONCORRENTESESTADOS-UNIDOSOs Estados Unidos da América converteram-se num dosmaiores produtores de v...
DESTINOS             CONCORRENTESCHILEEste país produz os melhores vinhos da América do Sul. Asregiões produtoras mais imp...
COMPETETIVIDADE• O reconhecimento dos vinhos portugueses tem vindo  a ganhar eco fora de portas mercê da dedicação e  sens...
FACTOS RELEVANTES• Apesar da sua área reduzida, Portugal ocupa o 6º lugar á  escala mundial como produtor de vinho.• O Dou...
• Dadas as suas especificidades, estes produtos  encontram no meio rural, e em especial nos  territórios economicamente de...
• O turista procura estes valores, aprecia o que é genuíno e  é ávido de experiências marcantes em locais  emblemáticos.• ...
ROTA DOS VINHOS
• DOC alentejo Quinta do Quetzal Reserva Gold• Esporão Private Selection Red 2007 Gold• Casa Ermelinde Freitas - Vinhos, L...
TIPO DE TURISMO• O Enoturismo é um tipo de turismo que se situa fora das  áreas metropolitanas assumindo um papel importan...
MOTIVAÇÕES• Assim, os Enoturistas têm como motivações o contacto  com o produtor, o degustar e descobrir o vinho, a compra...
• No contexto da União Europeia, Portugal é o quinto  maior produtor de vinho, com valores médios próximos  dos da Alemanh...
PENSAMENTOEsta é uma consequência lógica, pois se amotivação principal é a gastronomia, o turistanão aceitará ser defrauda...
• Não será tarefa fácil convencer o mundo de que Portugal  é um lugar de coisas boas, originais, saborosíssimas. Mas,  emb...
Gastronomia e vinhos pedro calado (2)
Gastronomia e vinhos pedro calado (2)
Gastronomia e vinhos pedro calado (2)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Gastronomia e vinhos pedro calado (2)

490
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
490
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gastronomia e vinhos pedro calado (2)

  1. 1. GASTRONOMIA E VINHOS
  2. 2. HISTORIA DO VINHO• Diz-se que a civilização humana teve início quando o homem primitivo começou o cultivo da vinha. Nos primeiros tempos o homem era nómada.• Quando começou os primeiros cultivos de ciclo anual tornou-se sedentário, mas não de forma permanente.• O vinho tem sido parte diária da vida de muitas aldeias e vilas no Mediterrâneo, e também contribui para o desenvolvimento da ciência, como no caso de LOUIS PASTEUR.
  3. 3. • O turismo gastronómico é uma das melhores maneiras de descobrir a cultura e o estilo de vida de uma cidade ou País. Perder-se pelos diferentes mercados locais ou participar em provas de vinho em vinhas privadas, sem esquecer de petiscar em pequenos restaurantes familiares, tudo isto lhe dará uma visão privilegiada de como é a gastronomia dos habitantes locais. Ao alugar um alojamento de férias poderá desfrutar da cidade e ao mesmo tempo degustar dos melhores pratos tradicionais e vinhos do mercado, e inclusive melhorar as suas habilidades culinárias!
  4. 4. • Analisando as várias definições de Enoturismo e de turismo gastronómico, salta à vista o papel da motivação como a chave para distinguir estes turistas, de turistas mais genéricos.• Os turistas gastronómicos e os Enoturistas são motivados pela gastronomia ou pelo vinho, são de facto entendidos na matéria ou pelo menos procuram sê-lo, procurando com as suas viagens aumentar os seus conhecimentos e desfrutar ao máximo daquilo que os motiva a deslocar-se.
  5. 5. Portugal e a gastronomia• Portugal possui um conjunto de regiões muito diversificadas onde se desenvolveram culinárias de grande valor gastronómico, tem uma costa de cerca de mil quilómetros na qual se pesca o melhor peixe do mundo e mariscos fabulosos, tem o olival que lhe dá um azeite de enorme qualidade, vinhos de mesa à altura do topo mundial, os vinhos únicos do Porto e da Madeira, os mais delicados produtos hortícolas e fruta de eleição, pastagens que asseguram carnes magníficas e queijos de superior qualidade,
  6. 6. Portugal e a gastronomia• Temos Chefs que executam na perfeição as receitas tradicionais e outros que praticam a melhor cozinha contemporânea e de vanguarda.• Contamos com o Caldo Verde, o Peixe Fresco, o Cozido, o Leitão Assado, a Cataplana, o Bacalhau e Marisco• Mas toda esta riqueza gastronómica é muitas vezes desconhecida no estrangeiro e só os que nos visitam se surpreendem e se deliciam com ela.
  7. 7. Portugal e a gastronomia nós, com as• Acresce ainda que, historicamente, fomos descobertas, que introduzimos na Europa os grandes ingredientes da moderna culinária, as especiarias, os coentros, o açafrão, a paprika, os pimentos o gengibre, o tomate...• Portugal tem, ainda, a possibilidade de apresentar uma cozinha de base muito saudável, com o peixe, os legumes, o azeite, as cozeduras simples que reflectem os objectivos maiores da chamada “dieta mediterrânica”.• A gastronomia e os vinhos portugueses assumem uma importância estratégica na captação de turistas motivados pela descoberta deste património e no enriquecimento da experiência da estada de todos os que nos visitam.
  8. 8. ALENTEJO GASTRONÓMICO• A cozinha alentejana é sinónimo de sabor, intensidade e paixão. Extraída do labor secular de gerações, as suas bases são simples, como é simples tudo o que se encontra no campo, e o seu gabarito já está próximo das grandes cozinhas regionais de todo o mundo. Com as transformações competentes e iluminadas que hoje encontramos ao longo de todo o Alentejo, percebemos melhor o seu verdadeiro potencial. Seguindo a orientação geral de todo o país, é uma cozinha fortemente baseada no produto, o que põe ao rubro a necessidade da deslocação a um restaurante e a outro, para depois voltar ou visitar ainda outro.• Um bom branco alentejano é quase sempre bom companheiro; um bom tinto, conselheiro; e um bom rosé, prazenteiro.
  9. 9. PRATOS TIPÍCOS• AÇORDA ALENTEJANA• SOPA DE CAÇÃO• SOPA DE TOMATE• SOPA DE BATATA• SOPA DE ESPARGOS• SOPA DE FEIJÃO BRANCO COM BACALHAU• BORREGO ASSADO• ENSOPADO DE BORREGO• MIGAS COM ENTRECOSTO• CARNE DE PORCO ALENTEJANA• PEZINHOS DE COÊNTRADA• COZIDO A PORTUGUESA• ARROZ DE PATO• FEIJOADA DE LEBRE
  10. 10. • Os turistas que usufruem do turismo gastronómico têm gastos médios elevados bastante acima dos que apresentam os turistas genéricos e possuem por norma um nível cultural elevado e boas situações económicas.• Normalmente, os turistas gastronómicos são pouco sensíveis ao preço, o que os torna excelentes clientes da restauração, pois não olham a despesas para provarem uma iguaria.• Quem viaja por motivos gastronómicos é por norma bastante exigente e importa-se com a qualidade e autenticidade da gastronomia que lhe é apresentada.
  11. 11. COMBINAÇÃO DE VINHOS COM COMIDAS Minho Trás os Beiras Estrema Ribatejo Setúbal Alentejo Madeira montes dura Algarve Açoressaladas Verde brancos brancos brancos brancomassas branco branco tinto branco tintoComida Verde Róse Róse Brancosasiática branco tintosMarisco Verde branco Espuma Branco brancos Brancos branco nte encorpaPeixe Verde Branco Brancos Brancos Tintos Branco Brancos Brancos branco encorp encorp levesCarnes Tinto Tinto tintos Tintos Tintosbrancas leve espuman levesCarnes Tintos Tintos tintos TintosvermelhCaça Tintos Tintosqueijos Tinto Tintos Tintos tintos tintos madeira porto brancossobreme porto moscatel Madeirasas
  12. 12. • A grande variedade de marisco , sem ser de viveiro, como o berbigão, o mexilhão, as conquilhas, etc. As amêijoas são utilizadas não só como principal iguaria, ao natural ou à Bulhão Pato, mas também a acompanhar outras, como na carne de porco à alentejana. Existe ainda uma grande variedade de receitas de açordas e feijoadas de marisco. MARISCO
  13. 13. • O peixe das nossas costas tem um valor gastronómico incalculável, que os nossos Chefs tão bem sabem fazer ressaltar através das muitas for mas com que o preparam.• É esse o nosso “gosto”, o gosto do peixe fresco e sublime tão apreciado por nós e por todos os estrangeiros que nos visitam.• O MELHOR PEIXE DO MUNDO PEIXE
  14. 14. • Apesar da longa costa atlântica de Portugal e da abundância de excelente peixe e marisco, a carne é um ingrediente essencial da gastronomia portuguesa, sendo a base de muitos pratos do interior e das regiões montanhosas, em especial do Norte do país. Cada região possui uma extensa lista de especialidades.CARNE
  15. 15. • Nos locais de destino, as actividades mais realizadas são:• Degustações;• Compra de produtos típicos;• Visitas a museus e exposições;• Actividades de saúde;• Relaxar;• Prova de iguarias;• Visita a atracções turísticas;• Espectáculos;• Passeios.
  16. 16. DESTINOS CONCORRENTESTurismo Gastronómico em FrançaA França é conhecida pela sua excelente gastronomia.Cada região tem os seus próprios sabores e texturas,com mais de 350 tipos de queijo, milhares de vinhos einfinitas especialidades.PRINCIPAIS PRODUÇÕES: BORDEUX,BOURGOGNE, CHANPAGNE, ALSACIA, VALEDE LOIRE E ANJOU
  17. 17. DESTINOS CONCORRENTESITÁLIAA Itália é o destino favorito para saborear delíciasculinárias. Queijos, vinhos, azeitonas, massas, trufas emel são autênticas delícias em Itália, e com tantosfestivais gastronómicos, mercados e cursos de cozinha,qualquer pessoa poderá cozinhar como um verdadeiro“chef” italiano.VINHOS: TOSCANA, LACIO, LOMBARDA, SICILIAE PIAMONTE.
  18. 18. DESTINOS CONCORRENTESESPANHALA RIOJA: A cidade de Haro , na província de La Rioja,realiza todo dia 29 de junho La Batalla del Vino, em que umamultidão trajada de branco se reúne para uma guerra de vinhotinto. A batalha só termina quando todos estiverem encharcadose, provavelmente, bêbados. No restante tempo do ano, a regiãodedica-se à sua especialidade, a produção de vinhos. Diversostipos da bebida podem ser degustados nas mais de 500 adegas daregião.
  19. 19. DESTINOS CONCORRENTESAFRICA DO SULStellenbosch: É considerada um dos principais destinosturísticos nas redondezas da Cidade do Cabo porconcentrar o maior número de vinícolas do país.Conhecida como a "rota do vinho", a cidade e toda suaregião oferecem cinco sub-rotas com mais de 200produtores de vinho que são visitadas por turistas detodo mundo, há mais de 30 anos.
  20. 20. DESTINOS CONCORRENTESMarlboroughNova Zelândia:Umas das mais ensolaradas e secas regiões da NovaZelândia é o lugar ideal para o cultivo das uvas Sauvignon-Blanc.A combinação da fruta com métodos tradicionais de produçãoresultam em uma bebida fresca, com aroma frutado, e traços deervas, garantindo reputação mundial. Nos mais de quatro milhectares plantados, também são cultivadas uvas Pinot-Noir ,Chardonnay, Riesling , Pinot-Gris e Gewurztraminer , cujo vinhopode ser degustado nos 65 vinhedos da região
  21. 21. DESTINOS CONCORRENTESHunter ValleyAustrália: Só os centenários vinhedos, produzindo vinho brancodas uvas Semillon, que são considerados "presentes da Austráliapara o mundo", já valem a visita. Porém, principalmente durante aprimavera, época mais produtiva para as uvas, as vinícolas ecolinas da região abrem espaço para espetáculos de ópera e jazzao ar livre, em diversos festivais. É ideal para fazer um piqueniqueacompanhado de um vinho da melhor qualidade .
  22. 22. DESTINOS CONCORRENTES• ALEMANHA• Junto com a Itália, França e Espanha é um dos mais importantes produtores de vinho da Europa.• A sua produção centra-se no vinho branco (85%) , sendo também que internacionalmente têm um maior renome.• Principais regiões: Mosela, Nahe, Rheinhessen, Palatino, Rheingau, Franconia.
  23. 23. DESTINOS CONCORRENTESESTADOS-UNIDOSOs Estados Unidos da América converteram-se num dosmaiores produtores de vinho do mundo, em especial aCalifórnia.Este Estado elabora os vinhos tanto das regiões de Napacomo os brancos de Livermor.
  24. 24. DESTINOS CONCORRENTESCHILEEste país produz os melhores vinhos da América do Sul. Asregiões produtoras mais importantes encontram-se na zonacentral, nos vales dos rios Aconcágua, Maipú, e Maule.Existe elaboração tanto de vinhos brancos como de tintos apartir de variedades de uva Europeia, daí a semelhança aosnossos vinhos.
  25. 25. COMPETETIVIDADE• O reconhecimento dos vinhos portugueses tem vindo a ganhar eco fora de portas mercê da dedicação e sensibilidade de quem os produz. As adegas reformularam-se à luz de novas regras, outras ousaram nas formas arquitectónicas, os espaços revelam a história dos locais. A paisagem de vinha ora tira o folgo a quem a contempla, ora acalma os espíritos mais inquietos. As pessoas, essas, envolvem pela forma como recebem e partilham esta riqueza.
  26. 26. FACTOS RELEVANTES• Apesar da sua área reduzida, Portugal ocupa o 6º lugar á escala mundial como produtor de vinho.• O Douro foi a 1ª região vitícola do mundo. Tendo os seus limites sido demarcados em 1756.• É possível que Portugal disponha de um número de castas autóctones superior a qualquer outro país ( + de 200)• O número de microclimas, de tipos de solo e a variedade de castas, confere aos vinhos portugueses uma vantagem única para o apreciador de vinhos.
  27. 27. • Dadas as suas especificidades, estes produtos encontram no meio rural, e em especial nos territórios economicamente deprimidos, o seu território de eleição, que conserva o que é genuíno e autêntico, com poucas alterações substanciais.• Estes dois produtos poderão ser o motor do desenvolvimento regional destes territórios, combatendo a constante desertificação e trazendo uma nova vida para os mesmos.
  28. 28. • O turista procura estes valores, aprecia o que é genuíno e é ávido de experiências marcantes em locais emblemáticos.• O vinho, a vinha e a cultura vínica podem afirmar-se sustentando a procura turística, reforçando a atracção do território e valorizando outras propostas de visitação turística.• Este património é vasto e distribuído de norte a sul de Portugal. COMPETETIVIDADE
  29. 29. ROTA DOS VINHOS
  30. 30. • DOC alentejo Quinta do Quetzal Reserva Gold• Esporão Private Selection Red 2007 Gold• Casa Ermelinde Freitas - Vinhos, Lda. Dona Ermelinde 2009 Gold• Adega Coop. De Borba Montes Claros Reserva 2008 Silver• Adega Cooperativa De Redondo Anta Da Serra Branco 2009 Silver• Companhia Das Quintas Morgado Santa Catarina 2008 Silver• Esporão Quatro Castas 2008 Silver• Serrano Mira Sociedade Vinícola S.A Herdade Das Servas Touriga Nacional 2006 Silver• Companhia Das Quintas Herdade Da Farizôa Reserva 2008 Bronze
  31. 31. TIPO DE TURISMO• O Enoturismo é um tipo de turismo que se situa fora das áreas metropolitanas assumindo um papel importante no desenvolvimento regional e no combate às assimetrias regionais, criando postos de trabalho em regiões mais desfavorecidas e captando novos investimentos. Permite, ainda, combater a sazonalidade e diversificar os produtos turísticos oferecidos por cada região.
  32. 32. MOTIVAÇÕES• Assim, os Enoturistas têm como motivações o contacto com o produtor, o degustar e descobrir o vinho, a compra de vinho na adega, a descoberta do lugar de produção, a oferta gastronómica, a visita a adegas, a descoberta de paisagens e monumentos, a aprendizagem sobre vinhos, etc. Durante a sua estada querem realizar uma série de actividades como por exemplo, comprar vinho, fazer provas, visitar a propriedade e a adega, visitar zonas vinícolas, fazer uma rota de vinhos, ver monumentos e edifícios singulares, realizar degustações, etc.
  33. 33. • No contexto da União Europeia, Portugal é o quinto maior produtor de vinho, com valores médios próximos dos da Alemanha, mas ainda a uma distância considerável dos maiores produtores e exportadores mundiais, Itália, França e Espanha. No comércio internacional, os vinhos portugueses ocupam um papel de destaque, quer em termos europeus quer mundiais. Portugal está situado num grupo de países com quotas de mercado que variam entre os 3% e 5%, formando pelos E.U.A., Austrália, Chile, Alemanha e Portugal. Todavia, o grau de internacionalização da nossa vitivinicultura é assinalável, sendo a relação exportação / produção uma das mais elevadas do mundo, juntamente com o Chile.
  34. 34. PENSAMENTOEsta é uma consequência lógica, pois se amotivação principal é a gastronomia, o turistanão aceitará ser defraudado. Enquanto que umturista mais generalista poderá deixar passar emclaro uma refeição com menos qualidade, oturista gastronómico não o fará e manifestará oseu desagrado
  35. 35. • Não será tarefa fácil convencer o mundo de que Portugal é um lugar de coisas boas, originais, saborosíssimas. Mas, embora muitas vezes não pareça, nós ainda não perdemos o jeito e a capacidade para respondermos aos desafios que se nos colocam. Agora trata-se de construir uma imagem convincente do que temos de melhor nos domínios das gastronomia e vinhos, de a dar a conhecer ao mundo e às suas gentes, ganhando-as para a certeza de que o sabor de Portugal é requintado, sofisticado e cosmopolita. REALIZAÇÃO PEDRO CALADO
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×