Agrupamento de escolas de CinfãesACND de APProfessores : Dr Álvaro Baltazar e Dr Paulo Vasco PereiraJunho de 2011   ------...
-Então foi assim! Depois entram o Sr. Europatético e o Sr. Baixordenados .-Olá como está? Quero-lhe propor a construção de...
… é mostrada uma imagem...-Aqui é onde passa o rio Tejo e serve para refrigerar as turbinas...         -E sabem quem apare...
-Ahahaha! Ele tocou no ponto fraco e agora qual é o argumento queele vai arranjar? Isto está bonito, tá!           -Calma,...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Energia nuclear pelo drama

590 views

Published on

Trabalho de grupo levado a cabo na aula de AP, no AE de Cinfães, pelo grupo 3 do 6ºH, no ano letivo de 2010/11.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
590
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Energia nuclear pelo drama

  1. 1. Agrupamento de escolas de CinfãesACND de APProfessores : Dr Álvaro Baltazar e Dr Paulo Vasco PereiraJunho de 2011 ---------------------------------------------------------------------------------------- Tema : Energia NuclearExecução do projecto : Dramatização elaborada pelos alunos com base na componenteteórica dos grupos 1 e 2.No café do bairro, os empregados de uma Central Nuclear conversam acerca doencontro do Sr. PM, aqui disfarçado dado por todos ser conhecido como Pinóquio ouSocras e um grande representante das Centrais Nucleares.------------------------------------------------------------------------------------------- (Na mesa do café lá do bairro) - Num dia de trabalho ,como tantos outros, o Sr. Europatético chefe da centralnuclear de Almaraz, em Espanha, refrigerada pelo rio Tejo e o Sr. Baixordenadosreuniram-se sem os auxiliares que neste local trabalhavam. Claro que... excepto eu!Então, como secretário do Sr. Europatético posso contar-vos o que aconteceu nareunião.-Sim, claro que queremos! Interessa-nos tudo o que se passa na nossa central. Estacentral é onde nós damos tudo o que temos para a manter em pé e onde estamostambém a correr perigo de morte. Já viram se acontece algum terramoto?-Olha quem fala! Até parece que ela é a mais interessada! Certamente nem sabes o queé a energia nuclear, não é querida ?-Por acaso até sei ! A Energia nuclear é a energia liberada numa reação nuclear, ou seja,em processos de transformação de núcleos atómicos.-Hummmmm!!!!!!!
  2. 2. -Então foi assim! Depois entram o Sr. Europatético e o Sr. Baixordenados .-Olá como está? Quero-lhe propor a construção de centrais nucleares em Portugal ! Oque me diz?-Não sei... Diga-me o Sr.: quais são os privilégios de uma central?-Para já não existem desvantagens apenas vantagens!-O quê?! Não acredito que ele disse isso ele sabe perfeitamente que isso ementira existem desvantagens tal como:A necessidade de armazenar o resíduo nuclear em locais isolados e protegidosnecessidade de isolar a central após o seu encerramento;é mais cara quando comparada às demais fontes de energia;os resíduos produzidos emitem radioactividade durante muitos anos;dificuldades no armazenamento dos resíduos, principalmente em questões delocalização e segurança;pode interferir com ecossistemas;grande risco de acidente na central nuclear. -Eu fiquei calado nem abri a boca,mas querem saber o que aconteceu deseguida?-Hummm! Custa-me acreditar que isto é perfeito!-Mas acredite é perfeito! Até o levo a visitar a nossa central para que o possaconfirmar...-Teria todo o gosto! ...é mostrada uma imagem...-Aqui dentro destas pirâmides estão os nossos reactores...
  3. 3. … é mostrada uma imagem...-Aqui é onde passa o rio Tejo e serve para refrigerar as turbinas... -E sabem quem apareceu? -Já sei... O Sr. Pascácio, o nosso chefe!... -Ai meu deus, a converssa esta a ir de mal para pior. O que é que ele vaidizer! -Ele chegou...-Olhe quem vem aí?-Ah, é o Sr. Pascácio. Ele comanda os auxiliares.-Que bom ! Assim pode contar-me como trabalham os auxiliares... ...Ele chega...-Olá ! Eu sou o Sr. Pascácio o gerente dos auxiliares...Como está?-Estou a visitar esta central maravilhosa. Não tem desvantagens, não é assim?- A ! A ! A ! Sim, claro apenas vantagens !...-Então diga-me lá como é que os auxiliares trabalham ?-Bem ,empenham-se muito, dedicam-se ao máximo...-Muito bem! Até agora só tenho tido boas impressões desta central. Está quase aconvencer-me mas ...já sabe não sou eu que decido. Tenho que comunicar isto aoscidadãos...-Pois claro, estou de pleno acordo!-Mas diga-me lá , os auxiliares entram para dentro destas pirâmides como com fatosespeciais ou normais?-Tem de ser com uns fatos especiais feitos em gesso para prevenir as radiações! … Epronto terminamos a nossa visita! O que achou?-Bem, mas tenho uma dúvida e se acontecer um terramoto quais são os riscos...
  4. 4. -Ahahaha! Ele tocou no ponto fraco e agora qual é o argumento queele vai arranjar? Isto está bonito, tá! -Calma, ele arranjou uma desculpa esfarrapada!-Nenhum , isto está cem por cento seguro como vê!-Não sei! Mas acredito. -Ai meu deus. Em vez de Sr. Baixordenados passa-se a ser Sr.Supertapadinho. DAhhhhhhhhhhhhhhh tururururu! -Mas olha que ele não me pareceu assim muito satisfeito...Ele ia em dúvida de que a central não tinha quaisquer defeitos … -Deus queira que sim! E assim terminou a reunião assim como a nossa. Agora todos trabalhar!!!

×