Your SlideShare is downloading. ×
Introdução ao android
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Introdução ao android

911
views

Published on

Introdução ao android

Introdução ao android

Published in: Technology

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
911
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
58
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Paulo Renato
  • 2.  Android é uma plataforma para desenvolvimento e execução de programas para dispositivos móveis, robusta e de fácil utilização. Esta plataforma é vista hoje como uma ótima alternativa para o desenvolvimento de aplicações.
  • 3.  Consórcio entre mais de 40 empresas (Google, HTC, Intel, Motorola, Samsung, Nex tel e NVIDIA) Desenvolver padrões abertos para os dispositivos móveis Primeiro produto foi o Android, construído sobre o sistema operacional Linux
  • 4.  A infraestrutura do Android é formada por:  Sistema operacional baseado em Linux,  Conjunto de bibliotecas,  API chamada Android Runtime,  As aplicações pré-existentes no Android e aplicações diversas
  • 5.  Versão do kernel: 2.6 Camada de de abstração entre o hardware e o resto da pilha de software Segurança Gerenciamento de memória Gerenciamento de processos Protocolos de rede Modelo de drivers
  • 6.  Android inclui um conjunto de bibliotecas C/C++ usadas por diversos componentes do sistema:  System C Library  Media Libraries  Surface Manager  LibWebCore  SGL  3D Libraries  FreeType  SQLite
  • 7.  Aplicação Android:  É um processo Linux  Própria instância da máquina vitual Dalvik Executa arquivos .dex
  • 8.  Bibliotecas de mais alto nível Responsáveis por funções específicas no aparelho:  Gerenciamento de janelas  Gerenciamento de recursos dos dispositivos móveis  Notificações Essas são as bibliotecas acessadas pelos desenvolvedores Android para interagir com o dispositivo móvel.
  • 9.  Os aplicativos são ferramentas comuns a todos os usuários de celulares e smatphones.  Cliente de email  Programa SMS  Calendário  Mapas  Navegador  Contatos
  • 10.  Pacotes suportados  java.io - File and stream I/O  java.lang - (except java.lang.management) Language and exception support  java.math - Big numbers, rounding, precision  java.net - Network I/O, URLs, sockets  java.nio - File and channel I/O  java.security - Authorization, certificates, public keys  java.sql - Database interfaces  java.text - Formatting, natural language, collation  java.util Lists, maps, sets, arrays, collections
  • 11.  Pacotes suportados  javax.crypto - Ciphers, public keys  javax.security except: ▪ javax.security.auth.kerberos ▪ javax.security.auth.spi ▪ javax.security.sasl  javax.sound - Music and sound effects  javax.xml.parsers - XML parsing  org.w3c.dom - DOM nodes and elements ▪ but not subpackages  org.xml.sax - Simple API for XML
  • 12.  A plataforma é composta por uma máquina virtual Dalvik Requer pouca memória Cada aplicação é um processo Cada processo roda tem sua prórpia VM Executa arquivos .dex (Dalvik Executable)
  • 13.  IDE: Netbeans ou Eclipse (Oficial) JDK - Kit de Desenvolvimento Java Android SDK - Kit de Desenvolvimento Padrão do Android Plugins:  Eclipse - Android Development Tools (ADT) ▪ http://dl-ssl.google.com/android/eclipse/  Netbeans – Nbandroid ▪ http://kenai.com/downloads/nbandroid/updates.xml
  • 14.  Deve-se criar um AVD (Android Virtual Device), ao qual um aplicativo quando executado deve ser associado. O AVD possui características do dispositivo, como resolução de tela, tamanho da memória externa, entre outras.
  • 15.  As aplicações são compostas por um ou mais componentes: Activity BroadcastReceiver Service ContentProvider
  • 16.  É um componente do aplicativo que fornece uma tela com a qual os usuários podem interagir, a fim de fazer algo, como discar o telefone, tirar uma foto, envie um e-mail, ou ver um mapa. As atividades são armazenada em uma pilha
  • 17.  ContentProviders armazenam e recuperam dados e tornam estes dados disponíveis para todas as aplicações. São o único modo de compartilhar dados entre as aplicações. A plataforma fornece ContentProvider para os tipos de dados mais comuns (áudio, vídeo, imagens, etc.)
  • 18.  BroadcastReceiver é utilizado quando a aplicação necessita responder a eventos externos, como uma ligação sendo recebida. As aplicações podem iniciar os broadcasts, para notificar outras aplicações que um conteúdo foi baixado e está disponível para uso.
  • 19.  Um serviço é um componente da aplicação que pode executar operações de longa duração em segundo plano e não oferece uma interface de usuário. Outro componente do aplicativo pode iniciar um serviço e vai continuar a correr em segundo plano, mesmo se o usuário muda para outro aplicativo.
  • 20.  AndroidManifest.xml: Um XML descrevendo a aplicação que está sendo construida e quais componentes (atividades, serviços, etc.) são fornecidos por esta aplicação. build.xml: um script Ant para compilar a aplicação e instalar ela no dispositivo. default.properties, um arquivo de propriedade usado pelo script build bin/ contém o aplicativo, uma vez que é compilado libs/ contém os JARs externos utilizados na aplicação src/ contém o código-fonte da aplicação res/ contém os recursos (Gif, layouts GUI) assets/ contém arquivos estáticos que necessitam ser empacotados junto com a aplicação
  • 21.  Quando compilado o projeto, os resultados vão para a pasta bin bin /classes/ contém as classes compiladas Java bin /classes.dex contém o executável criado a partir dessas classes Java compiladas bin /yourapp.ap_ contém os recursos do seu aplicativo, como um arquivo ZIP bin /YourApp-unsigned.apk é a aplicação real do Android
  • 22. <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?><manifest xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android" package="com.android.jokenpo" android:versionCode="1" android:versionName="1.0"> <uses-sdk android:minSdkVersion="2" /> <application android:icon="@drawable/icon" android:label="@string/app_name"> <activity android:name="JoKenPo" android:label="@string/app_name"> <intent-filter> <action android:name="android.intent.action.MAIN" /> <category android:name="android.intent.category.LAUNCHER" /> </intent-filter> </activity> </application></manifest>
  • 23. <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?><AbsoluteLayout android:id="@+id/widget27"android:layout_width="fill_parent" android:layout_height="fill_parent"xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android"> <TextView android:id="@+id/escolha" android:layout_width="wrap_content" android:layout_height="wrap_content" android:text="Escolha:" android:textStyle="bold|italic" android:layout_x="11px" android:layout_y="276px"> </TextView> <ImageButton android:id="@+id/papel" android:layout_width="90px" android:layout_height="55px" android:src="@drawable/papel" android:layout_x="7px" android:layout_y="314px"> </ImageButton> ...</AbsoluteLayout>
  • 24. public class JoKenPo extends Activity {private ImageButton btnPapel, btnPedra, btnTesoura, btnUserPick, btnCpuPick;....public void onCreate(Bundle savedInstanceState) { super.onCreate(savedInstanceState); setContentView(R.layout.main); btnPapel = (ImageButton) findViewById(R.id.papel); btnPedra = (ImageButton) findViewById(R.id.pedra); btnTesoura = (ImageButton) findViewById(R.id.tesoura); ... btnPapel.setOnClickListener(new ImageButton.OnClickListener() { public void onClick(View v) { escolherPapel(); } }); ...
  • 25.  O Android se mostra um grande concorrente para Apple e vem apresentando números impressionantes em seu crescimento.