Your SlideShare is downloading. ×
0
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Coordenaç..
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Coordenaç..

485

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
485
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Coordenação e subordinação
  • 2. Porto Editora As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções ou locuções conjuncionais coordenativas.
  • 3. Porto Editora Oração coordenada copulativa expressa ligação ou adição de informações relativamente à oração anterior. Ex.: Mónica renunciou ao amor e trabalha para o sucesso. Conjunções/locuções conjuncionais coordenativas e, nem, nem…nem não só…mas também, não só…como também
  • 4. Porto Editora Oração coordenada adversativa estabelece uma oposição relativamente à oração anterior. Ex.: Mónica ajuda os necessitados, mas fá-lo por interesse. Conjunção coordenativa adversativa mas
  • 5. Porto Editora Oração coordenada disjuntiva estabelece uma alternativa relativamente à oração anterior. Ex.: Amanhã Mónica irá ao cabeleireiro ou fará ioga. Conjunções coordenativas disjuntivas ou, ou…ou, quer…quer, ora…ora, seja…seja
  • 6. Porto Editora Oração coordenada conclusiva indica uma conclusão relativamente à oração anterior. Ex.: Mónica é boa mãe de família, logo é uma pessoa extraordinária. Conjunção coordenativa conclusiva logo
  • 7. Porto Editora Oração coordenada explicativa apresenta uma explicação relativamente à oração anterior. Ex.: Mónica anda feliz, pois todos a veem sorrir. Conjunções coordenativas explicativas pois, que
  • 8. Porto Editora Coordenação assindética Relação que se estabelece entre orações coordenadas que não são introduzidas por conjunção. Ex.: Mónica renunciou ao amor, abdicou da poesia.
  • 9. Porto Editora A subordinação consiste numa relação entre duas orações, uma subordinante e uma subordinada, por meio de conjunções ou locuções conjuncionais subordinativas.
  • 10. Porto Editora Oração subordinada adverbial Oração que desempenha a função sintática de modificador da frase ou do grupo verbal.
  • 11. Porto Editora Oração subordinada adverbial temporal exprime uma ideia de tempo relativamente à oração subordinante. Ex.: Sempre que Mónica entra numa loja, todos se precipitam para ela. Conjunções/locuções subordinativas adverbiais temporais quando, enquanto, logo que, assim que, até que, antes que…
  • 12. Porto Editora Oração subordinada adverbial causal transmite a causa do que é afirmado na oração subordinante. Ex.: Mónica é uma mulher extraordinária, porque é virtuosa. Conjunções/locuções subordinativas adverbiais causais porque, que, como, porquanto, visto que, já que, uma vez que…
  • 13. Porto Editora Oração subordinada adverbial final expressa a finalidade da ideia indicada na oração subordinante. Ex.: Para que atingisse o sucesso, Mónica renunciou ao amor. Conjunções/locuções subordinativas adverbiais finais que, para que, a fim de que…
  • 14. Porto Editora Oração subordinada adverbial condicional indica uma condição que permite a realização do que é expresso na oração subordinante. Ex.: Mónica saberá como atuar, se tiver algum desgosto. Conjunções/locuções subordinativas adverbiais condicionais se, caso, a não ser que, a menos que, salvo se, contanto que, desde que…
  • 15. Porto Editora Oração subordinada adverbial comparativa estabelece uma comparação com a oração subordinante. Ex.: Mónica contorna os obstáculos como um cavalo bem treinado. Mónica levanta-se mais cedo do que o marido. Conjunções/locuções subordinativas adverbiais comparativas como, que, quanto, assim como, bem como, como se, que nem…
  • 16. Porto Editora Oração subordinada adverbial consecutiva exprime a consequência de um facto apresentado na oração subordinante. Ex.: Mónica é tão perspicaz que gere convenientemente os amigos. Conjunção subordinativa adverbial consecutiva que
  • 17. Porto Editora Oração subordinada adverbial concessiva transmite um contraste face à oração subordinante. Ex.: Ainda que seja bem-sucedida, Mónica será feliz? Conjunções/locuções subordinativas adverbiais concessivas embora, ainda que, mesmo se, mesmo que, se bem que…
  • 18. Porto Editora Oração subordinada substantiva Oração que desempenha a função sintática de sujeito ou de complemento de um verbo.
  • 19. Porto Editora Oração subordinada substantiva completiva é sujeito ou complemento de um verbo. Ex.: Todos sabemos que Mónica é o maior apoio do Príncipe deste Mundo. Conjunções subordinativas substantivas completivas que, se, para
  • 20. Porto Editora Em síntese: FRASE COMPLEXA Orações coordenadas Orações subordinadas copulativas explicativas conclusivas disjuntivas adversativas adverbiais substantivas temporais consecutivas comparativas condicionais finais causais concessivas completivas

×