Núcleo e rep celular
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Núcleo e rep celular

on

  • 2,853 views

cromossomos homologos, mitose , meiose, fases da divisão celular.

cromossomos homologos, mitose , meiose, fases da divisão celular.

Statistics

Views

Total Views
2,853
Views on SlideShare
2,853
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
69
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Núcleo e rep celular Núcleo e rep celular Presentation Transcript

  • NÚCLEO E REPRODUÇÃO CELULAR MÓDULO – CNMT PROF. MsC. Paulo Grillo
    • O Núcleo Celular:
    • O núcleo disciplina todas as atividades do citoplasma celular. Além disso, ele contêm as informações de que a célula necessita para reproduzir-se, transmitindo às células-filha as características da célula-mãe.
    • O núcleo é delimitado pela carioteca. O material genético, organizado em cromossomos, está mergulhado na cariolinfa. Além dele, um ou mais nucléolos também estão presentes no núcleo.
    • Carioteca:
    • É a membrana nuclear, têm sua constituição lipoprotéica, é dupla e apresenta poros, por onde podem passar grandes moléculas em direção ao citoplasma e em sentido contrário.
    • Cariolinfa:
    • É uma solução de água, proteínas e outras substâncias, semelhante ao hialoplasma, que preenche o interior do núcleo.
    • Nucléolo:
    • Não possui nenhuma membrana envoltória e é tão-somente um agregado de rRNA e proteínas.
    • Cromossomos:
    • Estrutura que contém as informações genéticas da célula, constituído de uma molécula e DNA associadas a proteínas chamada histonas. Como são formados de DNA, os cromossomos são capazes de autoduplicar-se.
    • Cromatina:
    • É o conjunto de cromossomos.
    • Centrômero:
    • É a estrutura que separa o cromossomo em dois braços.
    • Cada braço é uma cromátide.
    • DIVISÃO CELULAR:
    • Imagine uma célula, que podemos chamar de “célula-mãe”, dividindo-se em duas “células-filha”. Antes da divisão, havia uma célula; após a divisão, haverá duas. Portanto, a célula tanto se divide como se multiplica.
    • Divisão Binária em Bactérias:
    • Uma bactéria, por exemplo, tem um único cromossomo, constituído por uma molécula circular de DNA, que se duplica antes do início da divisão. Em seguida, cada cópia cromossômica será encaminhada para uma das duas novas bactérias que surgem pelo estrangulamento da bactéria original.
    • Divisão celular nos seres eucarióticos:
    • Dividi-se de duas maneiras: por mitose ou por meiose. Na MITOSE, as células-filhas geradas têm números de cromossomos igual ao da célula-mãe. Na MEIOSE, o número de cromossomos das células-filhas é reduzido a metade em relação ao da célula que se dividiu.
    • A MITOSE é responsável pela reprodução assexuada dos organismos eucarióticos unicelulares e pelo crescimento dos organismos multicelulares. Ela pode ocorrer tanto em células haplóides ( n ) com em células diplóides ( 2n ).
    • A MEIOSE é um processo constituído por duas divisões consecutivas e faz parte do modo sexuado de reprodução . Gametas, são células haplóides, produzidas por meioses.
    • O ciclo celular:
    • Período de vida de uma célula eucariótica, começa no momento em que a célula surge, por divisão de uma outra, e termina no momento em que ela se divide em duas novas células.
    • Possui 2 etapas: interfase e a divisão celular.
    • Interfase tem três períodos. O PERÍODO S , é aquele que ocorre a duplicação do DNA, e portanto, dos cromossomos; o período G1 (do inglês gap , intervalo) parece a duplicação do DNA, e o período G2 o mais curto deles, vai do fim da duplicação do DNA até o início da divisão celular
    • Interfase tem três períodos:
    • O PERÍODO S - é aquele que ocorre a duplicação dos cromossomos;
    • O PERÍODO G1 (do inglês gap , intervalo) parece a duplicação do DNA;
    • O PERÍODO G2 o mais curto deles, vai do fim da duplicação do DNA até o início da divisão celular
    • MITOSE:
    • As fases da mitose são prófase, metáfase, anáfase e telófase.
    • Prófase:
    • Cromátides-irmãs espiralam-se, ficando mais curtas, grossas e visíveis;
    • Cromossomo condensar-se;
    • O centríolo duplica-se e cada um deles migra para um polo da célula;
    • Entre os dois centríolos surgem fibras, que irão formar o fuso mitótico ;
    • O núcleo começa a ganhar água do citoplasma, os núcleos desmancham-se, a carioteca despedaça-se e os cromossomos, já bem condensados, esparramam-se pelo citoplasma.
    • METÁFASE:
    • Os cromossomos atingem grau máximo de condensação;
    • Ficam mais visíveis e mais fácil de estudá-los quando Ligados às fibras do fuso;
    • os cromossomos duplicados dispõem cada uma de suas cromátides-irmãs voltados para um dos polos da célula;
    • Os centrômeros dividem-se e as cromátides-irmãs começa a migrar para os pólos. Nesse momento. 
    • ANÁFASE:
    • As cromátides-irmãs são definitivamente separadas e migram para os pólos.;
    • Cada pólo da célula receberá um lote de cromátides em número igual ao da célula-mãe;
    • A anáfase termina quando as cromátides, agora cromossomos-filhos, chegam aos pólos. 
    • TELÓFASE:
    • Ao chegarem aos pólos, os novos cromossomos desespiralam-se;
    • A carioteca reorganiza-se em torno de cada lote de cromossomos e os nucléolos reaparecem;
    • A reorganização do nucléolo chama-se cariocinese ;
    • Antes da cariocinese ser concluída, o citoplasma das célula começa a ser dividido;
    • Uma força centrípeta, de fora para dentro, aos poucos, vai separando a célula-mãe em duas células-filhas ( citocinese) .
    • Na MITOSE ocorre uma duplicação cromossômica para a uma divisão celular.
    • Na MEIOSE ocorre uma duplicação cromossômica para duas divisões celulares.
    • MEIOSE:
    • A meiose reduz o número cromossômico porque compreendem duas divisões nucleares consecutivas, a meiose I e a Meiose II , e uma única duplicação dos cromossomos;
    • No final do processo meiótico, formam-se quatro células-filhas, cada uma com a metade do número de cromossomos originários da célula-mãe.
    • Há semelhanças entre a mitose e a meiose, nesta ultima ocorrem fenômenos únicos, ausentes na mitose. Um deles é a troca de pedaços entre cromossomos homólogos.
    • PRÓFASE I:
    • A prófase I é longa e complexa, sendo por isso dividida em cinco subfases .
    • Leptóteno - a visualização dos cromossômos, pelo processo de condensação dos mesmos, a qual tem início em certos pontos, chamados cromômeros.
    • Zigóteno - o início do emparelhamento de cromossomos homólogos duplicados permitindo a troca de pedaços equivalentes, a PERMUTAÇÃO . reunindo no mesmo cromossomo, genes da mãe e genes do pai.
    • Paquíteno - a formação dos bivalentes, quando os cromossomos homólogos aparecem com uma identidade única.
    • Diplóteno - visualização dos quiasmas.
    • Diacinese - a terminalização dos quiasmas os núcleos desaparecem completamente e a membrana nuclear se desintegra.
    • Metáfase I
    • Os pares de cromossomos homólogos prendem-se aos fusos que se formaram durante a prófase I, na região equatorial da célula. Cada homólogo de um par cromossômico fica voltado para um dos pólos da célula.
    • Anáfase I
    • Cada cromossômo de um par de homólogos, é puxado por um dos pólos da célula, os quiasmas terminam de se desfazer.
    • Telófase I
    • Os cromossomos já estão distribuídos em dois grupos, em cada pólo da célula. O fuso se desfaz, os cromossomos se descondensam, as membranas nucleares se reorganizam e os nucléolos reaparecem, cada um, com a metade do número de cromossomos da célula-mãe.
    • Citocinese I
    • Ao se completar a divisão meiótica, ocorre a citocinese I, com a separação de duas células-filhas, iniciando a meiose II.
    • Prófase II
    • As duas células resultantes entram, juntas, em prófase II. Os cromossomos começam a se condensar, os nucléolos vão desaparecendo. Os centros celulares recém-duplicados afastam-se e organizam-se os microtúbulos do fuso.
    • Metáfase II
    • Na metáfase II, os cromossomos associam-se aos microtúbulos do fuso, dispondo-se no plano equatorial da célula.
    • Anáfase II
    • As cromátides-irmãs são separadas e levadas para os pólos opostos da célula. Esse processo é semelhante ao o que ocorre na anáfase da mitose.
    • Telófase II e Citocinese II
    • Os cromossomos se descondensam, os núcleos reaparecem e as membranas nucleares se reorganizam. Em seguida, o citoplasma se divide, esta é a citocinese II, encerrando a meiose.