Bioquímica Porto 2012

909 views
780 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
909
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bioquímica Porto 2012

  1. 1. Você é o que você come !
  2. 2. • O nome proteína origina-se da palavra gregaproteios, que significa “de primordialimportância”.• As proteínas são enormes moléculas(macromoléculas) formadas principalmente porvários aminoácidos ligados entre si. Dipeptídeo – 2 aminoácidos Tripeptídeo – 3 aminoácidos Polipeptídeo – até 100 aminoácidos Proteínas – a partir de 100 aminoácidos
  3. 3. • Praticamente todos os aminoácidos possuem o grupoamino (NH2) e a carboxila (COOH) ligados no mesmocarbono, . O R, chamado de cadeia lateral é o quediferencia um aminoácido de outro.
  4. 4. • existem 20 aminoácidos essenciais que nosso corpo não sintetiza:
  5. 5. a insulina humana
  6. 6. O OH do grupo do ácido carboxílico de um aminoácido sejunta a um H do grupo amino do outro aminoácido,formando água e juntando os 2 aminoácidos.A reação contrária, de ruptura da ligação peptídica, sechama hidrólise e produz aminoácidos.
  7. 7. Estrutura primáriaÉ dada pela sequência deaminoácidos ao longo da cadeia polipeptídica. Estrutura secundária É dada pelo arranjoespacial de aminoácidos próximos entre si na sequência primária da proteína. Estrutura terciária Ela descreve aconformação da proteína inteira. Estrutura quaternáriaAlgumas proteínas podemter duas ou mais cadeias polipeptídicas.
  8. 8. A desnaturação é um processo que se dáem moléculas biológicas, principalmente nas proteínas,expostas a condições diferentes àquelas em que foramproduzidas, como variações de temperatura, mudançasde pH, força iônica, entre outras. A proteína perde a suaestrutura tridimensional e, portanto, as suas propriedades.
  9. 9. paulinho
  10. 10. • também conhecidos como hidratos decarbono, glicídios, glucídeos, glúcidos, glúcides, sacarídeos ou açúcares.• São compostos de função mista •poliálcool-cetona •poliálcool-aldeído. paulinho
  11. 11. 1. MONOSSACARÍDEOS• São os glicídios demenor tamanho, basepara os demais.A)ALDOSES: apresentam ogrupo aldeído.B) CETOSES: apresentam ogrupo cetona.
  12. 12. GLICOSE• C6H12O6• Ocorre no mel e frutos doces• É obtida pela hidrólise do amido em meio ácido• Usada na fabricação do álcool etílico•Usada na alimentação de crianças e atletas FRUTOSE• C6H12O6• Ocorre no mel e frutos doces paulinho
  13. 13. 2. DISSACARÍDEOS• açúcares formados por dois monossacarídeos• por hidrólise, liberam os monossacarídeos
  14. 14. SACAROSE • C12H22O11 • Fontes naturais: Cana-de-açúcar, beterraba• É o açúcar comum • Aplicações fundamentais: alimentação eprodução de álcool etílico
  15. 15. ADOÇANTES
  16. 16. FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA:FERMENTAÇÃO Acética:
  17. 17. ADOÇANTES
  18. 18. 3. POLISSACARÍDEOS• POLÍMEROS (macromoléculas) naturais são constituídosde milhares de unidades de glicose.
  19. 19. CELULOSE• (C6H10O5)n• Ocorre em todos os vegetais• A massa molecular média é 400.000 u•Praticamente não é digerível pelo organismo humano• Usada na fabricação do papel e do tecido de algodão• Usada também na fabricação de: celulóides, pólvora,filmes sedas artificiais, vidro de segurança. AMIDO• (C6H10O5)n• Ocorre em todos os vegetais• Utilizado na alimentação, produção de álcool,fabricação da cola
  20. 20. paulinho
  21. 21. • Ésteres produzidos pelos organismos vivos• Quando hidrolisados produzem ácidos graxos(ácidos orgânicos muito grandes com mais de 15carbonos) e outros produtos.• Principais características gerais: • brancos ou amarelados • untuosos ao tato • pouco consistentes • insolúveis em água
  22. 22. Triglicerídeos • triésteres (3 ésteres) de glicerol e ácidos graxos.• os óleos e gorduras animal e vegetal são misturas de glicéridos.• grande utilização industrial,principalmente na fabricação da margarina.
  23. 23. A Diferença entre Óleo e Gordura
  24. 24. exemplos.... coc

×