Imperialismo e neocolonialismo

32,591 views

Published on

Published in: Education
2 Comments
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
32,591
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4,411
Actions
Shares
0
Downloads
1,153
Comments
2
Likes
14
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Imperialismo e neocolonialismo

  1. 1. IMPERIALISMOE NEOCOLONIALISMO
  2. 2. Revolução Industrial Avanço na produção de energia, na exploração dematéria-prima, nos transportes e na comunicação, além dos avanços científicos. Novas oportunidades de Estímulo aoInovações capitalismo negócios Crescimento populacional  Intensificação da urbanização
  3. 3. Revolução Industrial Limites da livre concorrência do liberalismo  Disputa por espaços no mercado desequilibrada pelas empre- sas mais ricas e com maior poder  Processo de con- centração. • Cartel  Grupo de empresas que acordam em con- trolar preços, produção e mercado de determinados setores e produtos. • Holding  Empresa que controla várias outras dife- rentes empresas, que funcionam independentes entre si e possuem até alguma autonomia. • Truste  Fusão de diversas empresas de um mesmo ramo de atividade produtiva.
  4. 4. Revolução Industrial Outros aspectos dos limites do liberalismo: • Monopólio  Ausência de concorrência e existência de um único fornecedor. • Oligopólio  Poucos fornecedores e cada um detém uma parcela grande do mercado, de forma que qualquer mudança em sua política de vendas afeta a participação de seus concorrentes e os induz a reagir. • Monopsônio  Forma de mercado com apenas um comprador, chamado de monopsonista, e inúmeros vendedores. É um tipo de competição imperfeita, inverso ao caso do monopólio, onde existe apenas um vendedor e vários compradores. Um monopsonista tem poder de mercado, devido ao fato de poder influenciar os preços de determinado bem, variando apenas a quantidade comprada.
  5. 5. Revolução Industrial Capitalismo monopolista: • Aproximação entre bancos e indústrias  Financiamento da produção e participação nos lucros industriais • Aumento da produção industrial  Necessidade de ampliação do mercado consumidor • Acúmulo de capitais  Geração de resultados que também eram reinvestidos para produzir mais lucros
  6. 6. Imperialismo e Neocolonialismo“Como vender a produção cada vez maior e realizar novos investimentos assim gerados, se a concorrência entre as grandes potências capitalistas fazia com que seus governos adotassem barreiras protecionistas para seus mercados internos, a fim de dificultar a invasão de produtos vindos de países concorrentes?” Gilberto Cotrim - “História Global: Brasil e Geral” (volume 2) Repartição da Ásia, África e da “Resposta” Oceania para o atendimento dosencontrada para interesses econômicos e políticos o dilema das potências mundiais.Imperialismo é a política de expansão e o domínio terri-torial, cultural e econômico de uma nação sobre outras, ousobre uma ou várias regiões geográficas. Neocolonialismoé o processo de exploração experimentado pelas potênciasindustriais.
  7. 7. Imperialismo e Neocolonialismo Formas de domínio: • Territorial  Por intervenção militar, caracterizada pela ocupação direta sobre o território do país “colonizado” • Econômico  Pela interferência nos assuntos políticos e econômicos do país dominado.
  8. 8. Colonialismo europeu (sec. XVI) Neocolonialismo (sec. XIX)Principal área de América África, Ásia e OceaniadominaçãoFase do Capitalismo mercantilista Capitalismo financeiro ecapitalismo monopolistaObjetivos • Garantia de mercado • Reserva de mercado para aeconômicos consumidor para a produção produção industrial econômica europeia • Garantia de fornecimento de • Garantia de exploração de matérias-primas produtos coloniais e metais • Controle dos mercados preciosos externos para investimento de capitais excedentesPatrocinadores Burguesia comercial e Estados Burguesia financeiro-industrial e metropolitanos modernos Estados com industrialização desenvolvidaJustificativa Expansão da fé cristã Missão “civilizadora” e disseminação do progresso técnico pelo mundo
  9. 9. Imperialismo e Neocolonialismo Domínio sobre a África: • Mais de 90% do território africano foi dominado entre a segunda metade do século XIX e as primeiras décadas do século XX • 1876 – Iniciativa da Bélgica no governo de Leopoldo II  Associação Internacional Africana e Grupo de Estudos do Alto Congo
  10. 10. Imperialismo e Neocolonialismo• Conferência de Berlim (1884/1885)  Reuniões que definiram a divisão do continente, tendo a participação de 14 países europeus, EUA e Rússia.• Fronteiras estabelecidas de maneira artificial e arbitrária conforme os interesses imperialistas• Resistência enfrentou dominadores militarmente mais equipados
  11. 11. Imperialismo e Neocolonialismo
  12. 12. Imperialismo e Neocolonialismo Domínio sobre a Ásia: • Ampliação do controle bri- tânico sobre a Índia: Influência sobre costumes, produção e política  1876: Incorporação oficial ao Império Britânico • China: Resistência à influência externa abalada durante a Guerra do Ópio (1839/1842), que resultou em vitória britânica e abertura do território chinês para a ação imperialista. Após derrotas em mais conflitos, como a Guerra dos Boxers (1899-1901) o território foi loteado por Inglaterra, Alemanha, França, Rússia e Japão
  13. 13. Imperialismo e Neocolonialismo• Japão: Abertura forçada pelos EUA (1854) e posteriores acordos comerciais com outros países. A partir de 1868, durante a Era Meiji, o Japão passou por um processo de modernização e iniciou sua própria experiência imperialista no continente.
  14. 14. Imperialismo e Neocolonialismo
  15. 15. Imperialismo e Neocolonialismo O Império Britânico • Ocupação de cerca de 1/5 da superfície da Terra

×