Your SlideShare is downloading. ×
Caderno de boas práticas tempo integral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Caderno de boas práticas tempo integral

50,477

Published on

3 Comments
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
50,477
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
738
Comments
3
Likes
14
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Caderno de Boas Práticas dos Professores das Escolas de Tempo Integral Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais-2010
  • 2.
      • As próximas páginas apresentam boas práticas com enfoque pedagógico apontadas e implementadas por professores que alcançaram bons resultados na aprendizagem dos alunos
      • O conteúdo deste trabalho foi produzido a partir de relatos em que as atuais práticas dos professores foram debatidas, detalhadas e exemplificadas
      • Este Caderno não pretende ser uma "receita pronta e engessada", mas, sim, um instrumento para guiar o professor na condução de um trabalho organizado e voltado para ampliar a aprendizagem dos alunos
      • É importante ressaltar que este Caderno estará sempre aberto à complementação, a partir da experiência e contribuição de professores que obtenham sucesso por meio de outras práticas
    Introdução
  • 3. Este Caderno apresenta Boas Práticas do Professor Alfabetizador do Tempo Integral distribuídas em 5 eixos fundamentais
    • Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento.
    • Resolvendo Situações Problema.
    •   Desenvolvendo o Conhecimento e a Sensibilidade através da Arte.
    •   Aprendendo por meio de Jogos e Recreação.
    • Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene.
  • 4. Como consultar o caderno
      • BOA PRÁTICA
      • 1.1 - Planejar o ensino da Língua Portuguesa coerente com a metodologia do PROETI.
    • AÇÕES CONCRETAS
    • - Estruturar o ensino da Língua Portuguesa, em consonância com os interesses e necessidades dos alunos, de forma inovadora;
    • - Analisar a matriz curricular a ser desenvolvida no PROETI tendo como parâmetro o Projeto Pedagógico da Escola;
    • -Trabalhar com textos de diferentes gêneros de forma lúdica e diversificada;
    1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento Ações concretas: Exemplos de como esta prática foi implementada em outras escolas que obtiveram excelentes resultados Boa Prática sugerida para a obtenção da excelência do ensino Eixo
  • 5. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
      • 1.1 - Planejar o ensino da Língua Portuguesa coerente com o Projeto Pedagógico e com a metodologia e diretrizes do PROETI.
    • - Estruturar o ensino da Língua Portuguesa, em consonância com os interesses e necessidades dos alunos, de forma inovadora;
    • - Analisar a matriz curricular a ser desenvolvida no PROETI tendo como parâmetro o Projeto Pedagógico da Escola;
    • -Trabalhar com textos de diferentes gêneros de forma lúdica e diversificada;
    • - Realizar planejamento coletivo entre os professores do turno regular e do PROETI;
    • - Desenvolver oficinas de leitura e escrita em que a participação do aluno seja ativa;
    • - Realizar oficinas de música, histórias, contos, gêneros textuais, teatro, entre outras, promovendo a interdisciplinaridade;
    • - Utilizar a biblioteca de forma organizada e sistematizada por meio do desenvolvimento de projetos de leitura, observando-se o interesse e a necessidade dos alunos;
    • - Desenvolver atividades diversificadas como: palavras cruzadas, caça-palavras, soletrando, ditados, jogos da memória, bingo de letras e números, material dourado, lego, dominó de palavras e de números, entre outros;
    • - Construir ambiente alfabetizador em sala de aula, como também, no pátio, biblioteca e sala de vídeo.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
  • 6. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • 1.2 Desenvolver o ensino da Língua Portuguesa voltado para a função social da língua
    • - Desenvolver atividades que contemplem a produção de textos como cartas, bilhetes, e-mail, Orkut, fazendo uso dos materiais e equipamentos necessários;
    • - Trabalhar com os diversos gêneros textuais: notícias, anúncios, bula de remédios, poesias, trovas, receitas, placas de trânsitos, folders, bilhetes, entre outros, destacando sua função social, aplicando as informações e dados extraídos dos textos em estudo, na construção de gráficos e tabelas.
    • - Proporcionar atividades que contemplem as variações lingüísticas, dramatização de textos, produção de diálogos envolvendo interlocutores e situações de comunicação variadas entre outras;
    • - Selecionar e organizar material diversificado de leitura que esteja de acordo com a fase de desenvolvimento e interesse dos alunos e planejar oficinas para a utilização do mesmo;
    • - Promover trabalho, por meio de dramatizações, para que os alunos possam perceber a diferença entre a linguagem padrão e a linguagem coloquial;
    • - Realizar atividades que proporcionem o reconhecimento das funções da escrita em nossa sociedade;
    • - Possibilitar análise e outras atividades pedagógicas utilizando-se de documentos variados, tais como: contas de água, luz, telefone, certidão de nascimento, cartão de vacina, receita médica, entre outros, comparando dados e informações, produzindo relatórios, gráficos, tabelas;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 7. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • - Promover e organizar excursões dentro e fora da escola, com vistas ao reconhecimento pelos alunos das varias formas e veículos de comunicação (outdoor, escritos em muros, placas e outros) e das produções escritas veiculadas em nossa sociedade;
    • - Expor, em sala de aula, varal de bilhetes, convites, panfletos, reportagens, alfabeto, cartazes, encartes, jornal, reportagens, enfim, todo portador de texto que circula em nosso dia a dia, organizado em varal, mural, cantinho de texto;
    • - Incentivar a produções de cartas, bilhetes, convites, em situação real;
    • - Trabalhar com dinâmicas de grupo.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS 1.3 - Estruturar o trabalho de Língua Portuguesa em torno dos Eixos e capacidades a serem consolidados pelos alunos.
    • - Usar diferentes recursos, estratégias e metodologias com vistas a facilitar, propiciar a aprendizagem;
    • - Realizar avaliações diagnósticas durante todo o processo de ensino e aprendizagem, coordenadas pelo Especialista da escola: No início do ano, deverá ser realizada com o objetivo de conhecer o aluno e sua situação de aprendizagem, elaborar o planejamento e realizar as atividades de intervenção pedagógica. Ao final de cada bimestre, nova avaliação diagnóstica deverá ser realizada com o objetivo de replanejar o trabalho de ensino e aprendizagem e fortalecer as ações de intervenção pedagógica para os alunos que dela necessitarem;
    • - Desenvolver Projetos de Leitura e Escrita;
  • 8. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • - Elaborar planejamento que contemple atividades diversificadas, inovadoras e que estejam em consonância com os eixos contidos nos Cadernos da Secretaria/CEALE;
    • - Promover atividades como: confecções de livros escritos pelos alunos, correio escolar entre os alunos, produções de textos individuais e coletivos de diversos gêneros, reconto de histórias, criação de clube de leitura, textos fatiados, teatro e criação de jornal pelos alunos;
    • - Elaborar uma rotina de trabalho semanal que contemple, diariamente, momentos da oralidade, atividades de ensino com produção coletiva e individual, rodas de leitura, jogos, brincadeiras, momentos de oralidade entre outras;
    • - Proporcionar situações prazerosas de leitura e escrita em um ambiente de alegria e afeto;
    • - Planejar e desenvolver trabalhos pedagógicos por meio de pesquisas temáticas individuais ou em grupos;
    • - Despertar no aluno o gosto e interesse pela leitura e pela escrita, para sua formação enquanto sujeito crítico e ativo, aprendendo a aprender, ser, fazer e conviver. 
    AÇÕES CONCRETAS
  • 9. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • 1.4- Fazer roteiros/planos de aula, com seqüência lógica de atividades, enriquecendo o trabalho realizado pelos alunos da turma regular.
    • - Promover ações que integrem o trabalho dos professores do PROETI com os do turno regular, com vistas a estabelecer intercâmbio que fortaleça o desenvolvimento de ações pedagógicas, por meio de metodologias e estratégias diversificadas e lúdicas na construção do conhecimento significativo pelos alunos;
    • - Promover reuniões pedagógicas com a participação dos professores do turno regular e professores do Tempo Integral, para estudo, discussão e planejamento de ações integradas;
    • - Confeccionar murais das atividades realizadas pelos alunos e expor nos corredores ou pátio da escola;
    • - Organizar calendário de datas comemorativas e realizar auditórios, sessões cívicas com os alunos da escola rememorando fatos históricos e acontecimentos significativos da vida, da comunidade;
    • - Planejar aulas fazendo uso de recursos tecnológicos, como calculadora, computador, vídeo, diversificando o material didático;
    • - Utilizar fontes diversificadas como CBC, guia do Alfabetizador, Cadernos da Secretaria/CEALE, Livros do PNLD, Bancos de Dados, boletins do PROALFA/PROEB e Prova Brasil para elaboração de roteiros ou planos de aulas;
    • - Promover estudos monitorados com atendimento individual quando se fizer necessário.
    • - Elaborar plano de aula diário, baseado na rotina semanal, utilizando metodologias e estratégias variadas;  
    • - Propiciar momentos de contação de história, reconto de textos ou histórias, reescrita e leitura compartilhada.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 10. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
      • 1.5 - Usar metodologias e práticas pedagógicas inovadoras, interessantes na sala de aula, para desenvolver a aprendizagem dos alunos.
    • - Desenvolver atividades de artesanatos, jogos e dramatizações;
    • - Realizar oficinas de gêneros textuais diversificados e lúdicos;
    • - Propiciar a realização de projetos interdisciplinares;
    • - Promover o desenvolvimento de dinâmicas variadas de leitura, como texto fatiado, pausa protocolada;
    • - Desenvolver oficinas de dobraduras, recortes e colagem com objetivo de desenvolver a criatividade, atenção e concentração;
    • - Trabalhar reconto de histórias, filmes, livros, entre outros;
    • - Oferecer situações em que os alunos possam fazer questionamentos e inferências;
    • - Incentivar produção de textos coletivos orais e escritos a partir de gravuras, cenas mudas e outras;
    • - Desenvolver dinâmicas que trabalhem a autoestima do educando;
    • - Estudo de textos que ressaltem a importância da ética,dos valores, do respeito mútuo e do companheirismo;
    • - Promover grupo de estudo para análise de obras literárias;
    • - Desenvolver aulas com músicas, cantos, palavras cruzadas, jogos de leitura e análise de situações-problemas;
    • - Criar noticiários do dia, a pesquisa terá como fonte a internet, jornais, revistas e a observação do que acontece no entorno do aluno e da escola e deverá ser afixado no mural da escola;
    • - Desenvolver projetos utilizando o Laboratório de Informática, biblioteca, Laboratório de Ciências;
    • - Criar um Blog que será produzido pelos alunos do PROETI. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 11. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
      • 1.6 – Favorecer o caráter interdisciplinar, possibilitando o trabalho coletivo, a superação da fragmentação das disciplinas e dos conteúdos escolares convencionais.
    • - Elaborar Projetos Interdisciplinares envolvendo os temas transversais com vistas a ampliar os conhecimentos dos alunos sobre diferentes temáticas;
    • - Desenvolver Projetos de leitura envolvendo todas as áreas do conhecimento, com filmes, vídeos, histórias em quadrinhos e músicas;
    • - Promover Feira Cultural envolvendo de todas as disciplinas, com a participação da comunidade escolar;
    • - Desenvolver projetos e oficinas tendo como foco a pluralidade cultural;
    • - Realizar atividades de leitura e análise de rótulos, folhetos de supermercados, jogos, entre outros, objetivando comparar preços, verificar composição do produto, validade, quantidade;
    • - Promover visitas a outros espaços de aprendizagens: biblioteca pública, aterros sanitários, parque ecológico, memorial, museu, teatro, cinema, entre outros, para discussão, análise conclusiva, produção de relatórios e tomadas de atitudes;
    • - Trabalhar oficinas diversificadas que envolvam os alunos de forma individual e coletiva; 
    • - Oportunizar por meio da música, teatro, do cinema, da pintura, da escultura, atividades que envolvam todos os conteúdos das áreas do conhecimento;
    • - Utilizar temas geradores atuais que possibilitem a realização de trabalhos interdisciplinares.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 12. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
      • 1.7 - Utilizar estratégias e materiais didático-pedagógicos adequados e variados.
    • - Propiciar situações problema utilizando -se folhetos diversos que circulam na sociedade, instigando o aluno a construir seu próprio conhecimento;
    • - Usar com freqüência jogos pedagógicos para o desenvolvimento das capacidades;
    • - Utilizar recursos tecnológicos: DVD, computador, calculadora, aparelho de som, entre outros;
    • - Promover atividades a serem realizadas nas salas de informática e biblioteca;
    • - Diversificar as atividades por meio da utilização de materiais como: jogo da memória, ping-pong, totó, dominó, xadrez, dama, fantoche, placas de trânsito, material dourado, tábua numérica, ábaco, colagens, recortes, painéis e cartazes;
    • - Desenvolver oficinas que possibilitem aos alunos construir materiais didáticos como: quebra-cabeça, baralhos, dominós, dados, material dourado, pista de corrida, entre outros;
    • - Promover atividades em que os alunos possam explorar os diversos espaços físicos da escola;
    • - Trabalhar com vídeos educativos e atividades artísticas;
    • - Realizar rodas de conversas com temas diversificados e de acordo com os interesses e necessidades dos alunos;
    • - Promover excursões em aterros sanitários, museus, igrejas, nascentes de rios, entre outros;
    • - Promover Feira de Cultura aberta à comunidade escolar. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 13. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • 1.8 - Planejar as atividades para conhecimento e valorização do contexto social dos alunos.
    • - Conhecer a realidade sociocultural dos educandos, por meio de questionários, entrevistas, visitas à comunidade, contato com a família;
    • - Envolver a família em eventos escolares de forma sistematizada e contínua;
    • - Inserir no Projeto Pedagógico da Escola, ações que promovam a integração da família na escola;
    • - Incentivar a valorização da cultura regional por meio de pesquisas e eventos a serem realizados na escola, com a participação dos alunos e suas respectivas famílias;
    • - Promover excursões que permitam conhecer a comunidade onde a escola está inserida;
    • - Propiciar atividades que valorizem a cultura local e suas especificidades;
    • - Promover intercâmbio entre a comunidade local e a comunidade circunvizinha;
    • - Promover gincana da família;
    • - Realizar palestras para a família.
    • Pesquisar com os alunos os textos que circulam na comunidade onde a escola se situa, para estudo e análise;
    • - Desenvolver dinâmicas que fortaleçam o conhecimento de si mesmo, a busca do eu, como” Quem sou eu?”
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 14. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • 1.9 - Promover um ambiente pedagógico na sala de aula, com oportunidades de aprendizagem para a vivencia real da cidadania.
    • - Trabalhar ética e cidadania por meio de jogos, brincadeiras, elaboração e desenvolvimento de projetos sociais;
    • - Utilizar de temas sociais, estratégias e recursos pedagógicos para uma melhor vivência do exercício da cidadania;
    • - Propiciar atividades diversificadas como: momentos de leitura, júri simulado, olimpíada da matemática, auditório, debate, discussão sobre temas sociais, ecológicos, políticos;
    • - Promover atividades que contemplem trabalhos em grupos e monitorias;
    • - Proporcionar um ambiente alfabetizador com diferentes gêneros textuais: cantinho da leitura, poesias, receitas, contos, cartas, bilhetes, parlendas, rótulos, jogos, entre outros;
    • - Desenvolver atividades que propiciem a vivência de ações práticas que possam modificar o entorno social dos alunos na escola, na família e na comunidade;
    • - Organizar oficinas de pinturas, desenhos e artesanatos variados;
    • - Buscar parceria com a família que saiba desenvolver trabalhos manuais e se disponibilize em ensinar para os alunos na escola;
    • - Diversificar a posição das carteiras, trabalhando em círculo ou em grupo, objetivando favorecer o diálogo e a socialização dos trabalhos a serem realizados;
    • - Promover concurso de cartazes a serem confeccionados pelos alunos, a partir de temas em estudo;
    • - Realizar debates sobre direitos e deveres do cidadão;
    • - Elaborar normas de convivência de forma coletiva;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 15. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • - Estimular o trabalho em grupo para facilitar o convívio social e o respeito às diferenças individuais;
    • - Realizar produções de jornais, bilhetes, convites e circulá-los na escola.
    AÇÕES CONCRETAS 1.10 - Identificar os alunos com maior defasagem de aprendizagem e proceder a intervenção pedagógica.
    • - Propiciar atendimento individualizado aos alunos que apresentam baixo rendimento constatado na avaliação diagnóstica;
    • - Trabalhar em grupos com monitoramento do professor;
    • - Elaborar ficha de acompanhamento do rendimento dos alunos;
    • - Propor dinâmicas atrativas que resgatem a autoestima dos alunos que apresentam baixo rendimento;
    • - Propiciar atividades que promovam a participação efetiva dos alunos de forma criativa, crítica e prazerosa;
    • - Realizar trabalhos em grupos com temas diversificados;
    • - Promover encontros, com professores do turno regular para elaboração e execução sistemática de plano de intervenção e monitoramento da evolução da aprendizagem dos alunos.
    • - Desenvolver práticas pedagógicas voltadas para a construção da autonomia e criatividade dos alunos;
    • - Criar e alimentar um ambiente alfabetizador nas salas de aulas com a participação dos alunos;
    • - Oportunizar aos alunos excursão a biblioteca municipal, para conhecer obras literárias que a escola não contempla.
    BOAS PRÁTICAS
  • 16. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • 1.11 - Usar diferentes espaços na escola e na comunidade para desenvolver atividades pedagógicas com os alunos.
    • - Estudar e analisar a planta da cidade ou bairro onde a escola se situa, para localização de pontos estratégicos como praças, ruas, bibliotecas, prefeitura, museus, casas comerciais, escola, e outros;
    • - Visitar todos os espaços da escola e alguns espaços da comunidade como: biblioteca municipal, quadra poliesportiva, central de informática municipal, parque, museu, supermercados, COPASA, bancos, entre outros com vistas a conhecer o entorno da escola e demais espaços econômico-culturais e desenvolver projetos conforme interesse dos alunos;
    • - Promover excursões a parques ecológicos, nascentes de rios, hidrelétricas, entre outros;
    • - Desenvolver estudos sobre o meio ambiente por meio de trabalhos teóricos e práticos;
    • - Promover visitas aos órgãos públicos e ONGS, fábricas, casas comerciais;
    • - Elaborar projeto interdisciplinar que tenha como tema detonador o conhecimento da escola e da comunidade em que a escola está inserida.
    • -  Desenvolver Projeto Horta na escola;
    • - Promover leitura ao ar livre, como também outras atividades;
    • - Realizar excursões com os alunos a praças, bibliotecas, aterros sanitários e igrejas, objetivando fazer relatórios orais e escritos do que foi observado durante a realização da excursão e montar projetos que permitam inferir na realidade;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 17. 1 - Consolidando a Alfabetização e Ampliando o Letramento
    • - Elaborar cardápio de merenda, utilizando o espaço da cantina e refeitório;
    • - Realizar Feira de Cultura no pátio da escola, aberta à comunidade;
    • - Promover campeonatos esportivos com a participação da família;
    • - Utilizar praça próxima à escola e desenvolver projetos interdisciplinares como: Leitura na Praça, Música ao ar livre e Dançando nas Cantigas de Roda;
    • - Utilizar espaço da escola par a exibição de vídeos educativos, dentro do projeto desenvolvido. 
    • - Promover trabalhos que resgatem a autoestima dos alunos;
    • - Desenvolver cotidianamente atividades inovadoras e lúdicas que gerem participação ativa dos alunos;
    • - Utilizar materiais concretos e atrativos que possibilitem despertar o interesse dos alunos em aprender;
    • - Construir um mural de freqüência junto com os alunos e ao final do mês, fazer análise, produzindo tabelas e gráficos;
    • - Buscar parceria com a família, para minimizar a ausência dos alunos;
    • - Conversar com os alunos sobre a importância do Projeto Escola de Tempo Integral e a necessidade da freqüência às aulas;
    • - Realizar excursões a pontos turísticos da cidade, oportunidade cultural “in loco”;
    • - Produzir peças teatrais e representá-las para todos os alunos da escola e para a comunidade escolar.
    AÇÕES CONCRETAS BOA PRÁTICA
      • 1.12 - Zelar pela frequência dos alunos às atividades para que não haja evasão no Projeto Escola de Tempo Integral.
  • 18. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.1- Focar o trabalho com Matemática em situações-problema, contextualizada.
    •   - Promover estudos dos conteúdos da matemática, utilizando-se da música, jogos e materiais concretos como: material dourado, ábaco, tangran, dominó, bingo, dentre outros;
    • - Propiciar situações do cotidiano que possibilitem desenvolver o pensamento, raciocínio, interpretação, por meio de seleção de estratégias diversificadas e prazerosas que estimulem a aprendizagem dos alunos;
    • - Elaborar situações - problema relacionados à vivência dos alunos, em contextos do uso social da matemática;
    • - Promover atividades com rótulos, propagandas, prospectos de compra e venda, jogos, desafios matemáticos, entre outros, para trabalhar os conteúdos matemáticos;
    • - Realizar jogos matemáticos diversificados e lúdicos que estimulem o aprendizado das quatro operações;
    • - Promover gincana sobre fatos fundamentais e ortografia dos números;
    • - Confeccionar junto aos alunos jogos e brincadeiras que irão fazer parte do ambiente alfabetizador da sala de aula;
    • - Criar tabelas e gráficos por meio de estudo e análise de contas de água, luz e telefone;
    • - Realizar gincanas, olimpíadas, jogos, desafios para a consolidação de capacidades matemáticas,
    • - Utilizar a informática como instrumento para a aprendizagem matemática.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 19. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.2- Planejar as atividades Matemáticas a partir da exploração do espaço físico e social dos alunos, enriquecendo as atividades desenvolvidas pelos mesmos na turma regular.  
    • - Construir junto com os alunos o mapa da escola, estabelecendo legenda, símbolos, distâncias, medidas;
    • - Desenvolver atividades com gráficos e tabelas;
    • - Confeccionar de maquete da sala de aula, reproduzindo o espaço físico com carteiras, cadeiras, mesas, armários, janelas, portas, entre outros;
    • - Elaborar atividades que explorem o espaço físico e social dos alunos: Campanha de vacinação, estatística do número de pessoas que contraíram o vírus da gripe suína e dengue na escola e na comunidade em que a escola está inserida, a partir dos dados construir tabelas, gráficos;
    • - Promover atividades com receitas culinárias para trabalhar grandeza e medida;
    • - Desenvolver atividades nos arredores da escola com o objetivo de observar e registrar as figuras geométricas, símbolos e sinais de trânsito encontrados no local;
    • - Trabalhar com anúncios sobre venda e compra de imóveis e eletrodomésticos, estabelecendo comparação de preços a vista e a prazo;
    • - Trabalhar com jogos, valorizando os combinados;
    • - Explorar o espaço físico da escola por meio de visitas as dependências, medição de espaços, cálculo de área e perímetro
    • - Traçar mapa do percurso da casa do aluno até a escola;
    • - Explorar o espaço físico e social do educando, visando ampliar seu conhecimento e melhorar sua realidade social;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 20. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Confeccionar talões de cheque, cédulas, moedas, cartões de crédito/débito, cartões de banco para realização de atividades concretas de comércio, manuseio de caixas eletrônicos de forma consciente;
    • - Desenvolver atividade extraclasse, usando a estrutura da escola para a realização de situações- problema;
    • - Trabalhar números e medidos por meio de materiais concretos e variados, confeccionados pelos alunos;
    • - Realizar olimpíadas da matemática;
    • - Desenhar planta baixa de sua escola, casa, pátio e quadra da escola.
    • - Trabalhar com dobradura e mosaicos;-Utilizar os diversos materiais pedagógicos existentes na escola como: material dourado, figuras geométricas, lego, quebra cabeça, dominó, entre outros;
    • - Desenvolver os conceitos matemáticos por meio de atividades lúdicas, jogos e brincadeiras;
    • - Utilizar material concreto para o desenvolvimento do raciocínio, utilizando materiais como: ábaco, material dourado, cubo de frações, jogos de memória de adição, subtração, multiplicação e divisão, bingos, xadrez, damas, dominó;
    • - Realizar atividades com jogos envolvendo sistema numérico;
    • - Analisar contas de água, luz e telefone;
    •  
    AÇÕES CONCRETAS BOA PRÁTICA 2.3- Utilizar materiais e procedimentos didático-metodológicos que possam facilitar a aprendizagem dos alunos.  
  • 21. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Desenvolver atividades que contemplem os blocos de conteúdos: espaço e forma, grandeza e medidas, números e operações e tratamento de informação promovam a participação do aluno na confecção de matérias a serem utilizados durante o processo de aprendizagem;
    • - Construir e analisar gráficos e tabelas a partir de textos jornalísticos, científico, entre outros;
    • - Promover o ensino de frações por meio de dobraduras, participação de frutas, bolos, chocolate e outros;
    • - Trabalhar as quatro operações por meio de estratégias diversificadas como: jogos, brincadeiras, cálculo mental e estimativa, tendo em vista a resolução de situações-problema;
    • - Confeccionar jogo da velha para trabalhar as quatro operações, outros conceitos matemáticos;
    • - Realizar atividades de planificação e recomposição de figuras geométricas;
    • - Levar os alunos para a biblioteca, quadra, horta, para o desenvolvimento de conhecimentos matemáticos com atividades práticas;
    AÇÕES CONCRETAS
  • 22. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.4- Trabalhar de forma interdisciplinar e transdisciplinar.  
    • - Desenvolver projetos envolvendo as demais disciplinas, objetivando a percepção do aluno, quanto à importância da matemática nos demais contextos sociais;
    • - Trazer para a sala de aula atividades que permitam ao aluno observar, pensar, refletir e criar;
    • - Construir gráficos e tabelas com os alunos utilizando os resultados dos jogos vivenciados no campeonato de futebol realizado pela escola;
    • - Utilizar o laboratório de informática para o desenvolvimento de um trabalho interdisciplinar entre a matemática e as demais disciplinas do currículo;
    • - Trabalhar o sistema de medida explorando o corpo;
    • - Proporcionar atividades que envolvam outras áreas do conhecimento;
    • - Construir junto com os alunos o mapa da escola;
    • - Desenvolver atividades com gráficos e tabelas com textos das diversas áreas curriculares;
    • - Confeccionar maquete da sala de aula reproduzindo o espaço físico e social;
    • - Elaborar atividades que explorem o espaço físico e social dos alunos como: campanha de vacinação, estatística do número de pessoas que contraíram o vírus da gripe suína e dengue, na escola e comunidade em que a escola está inserida;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 23. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Promover atividades com receitas com vistas a trabalhar peso, medidas, horários e valor nutritivo dos ingredientes;
    • - Trabalhar com anúncios sobre venda e compra de imóveis em áreas rurais e urbanas;
    • - Trabalhar com jogos, valorizando os combinados;
    • - Explorar o espaço físico da escola por meio de visita as dependências da escola;
    • - Traçar mapa do percurso da casa do aluno até a escola;
    • - Explorar o espaço físico e social do educando, visando ampliar seu conhecimento e melhorar sua realidade social. 
    • - Desenvolver atividades com materiais concretos e lúdicos com vistas a sanar as dificuldades dos alunos apresentadas na avaliação diagnóstica;
    • - Diversificar a metodologia e estratégias para que os alunos sintam motivados a aprenderem;
    • - Promover atividades que estimulem o raciocínio;
    • - Realizar oficinas que possibilitem a participação dos alunos na elaboração dos materiais necessários para sua aprendizagem;
    • - Propiciar a realização de grupos de estudos com os professores do Ensino Regular e PROETI e Especialista para analisar os resultados obtidos nas avaliações diagnósticas e planejar a intervenção pedagógica sistemática para atender as necessidades de aprendizagem dos alunos;
    AÇÕES CONCRETAS BOA PRÁTICA 2.5- Desenvolver as capacidades que são pré-requisitos para os outros conteúdos matemáticos, com base nas avaliações diagnóstica.
  • 24. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Desenvolver atividades diferenciadas para atender as necessidades de aprendizagem dos alunos;
    • - Oferecer diferentes recursos estratégicos e metodológicos que possibilitem todos os alunos desenvolverem as habilidades de leitura e escrita que não foram consolidadas conforme avaliação diagnóstica;
    • - Realizar atividades de diferentes níveis, graduando as dificuldades, com vistas a atender as necessidades dos educandos de forma diversificada e lúdica;
    • - Promover atividades de leitura e interpretação em que os alunos trabalhem com dados extraídos de gráficos e tabelas, na busca da solução para o problema matemático apresentado;
    • - Desenvolver projetos interdisciplinares de leitura e escrita com vistas a sanar as dificuldades apresentadas nos resultados da avaliação diagnóstica;
    • - Promover desafios matemáticos;
    • - Incentivar a participação dos alunos em desafios de leitura e escrita dos numerais;
    • - Organizar Feira da Matemática;
    • - Confeccionar jogos com a participação dos alunos. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 25. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.6- Saber utilizar fontes de informação e recursos tecnológicos para desenvolver as capacidades matemáticas.
    • - Utilizar a informática para a realização de atividades que estimulem o raciocínio lógico e a importância de pesquisar;
    • - Trabalhar leitura e interpretação de gráficos em jornais, revistas, livros e outros;
    • - Desenvolver atividades que incentivem a utilização de fontes de informações e recursos tecnológicos na construção das capacidades matemáticas como: construção de gráficos e tabelas;
    • - Propor desafios com a utilização de diferentes fontes de informações: TV, cartazes, rótulos, códigos de barra, propagandas, manual de instrução, receitas, bulas e outros;
    • - Promover o uso da informática e outras tecnologias para o desenvolvimento do raciocínio lógico como: softwares de jogos e desafios, calculadora, entre outros;
    • - Utilizar diversos recursos tecnológicos para coletar informações que possibilitem a construção de habilidades matemáticas;
    • - Incentivar o uso consciente da internet como fonte de pesquisa;
    • - Analisar tabelas e gráficos de campeonatos de futebol;
    • - Construir planilha de custo com situações do dia a dia;
    • - Trabalhar com vídeos educativos;
    • - Incentivar os alunos a participarem de aulas de informática oferecidas pela escola;
    • - Orientar pesquisas a serem realizadas na sala de informática;
    • - Promover concurso de redação sobre a importância dos recursos tecnológicos;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 26. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.7- Desenvolver a capacidade de análise crítica, selecionando procedimento e verificando sua adequação.  
    • - Desenvolver a capacidade de análise crítica fazendo uso de metodologias e estratégias que levem os alunos a refletir, questionar e fazer inferências em temáticas atuais e de acordo com os interesses dos mesmos;
    • - Usar diferentes recursos, estratégias e metodologias, com vistas à realização de trabalho diferenciado, proporcionando aos alunos a construção de uma aprendizagem significativa;
    • - Promover atividades que estimulem o raciocínio por meio de jogos e desafios matemáticos;
    • - Formular problemas relacionados à realidade dos educando, estimulando, assim, o desenvolvimento da habilidade de interpretação e compreensão;
    • - Utilizar jogos e brincadeiras que estimulem a participação dos educandos;
    • - Promover debate e júri simulado;
    • - Propiciar momentos de pesquisa, utilizando o laboratório de informática da escola;
    • - Realizar trabalho de campo e socializá-lo com todos os alunos da escola;
    • - Visitar com os alunos outros ambientes para observar sua estrutura física, público a ser atendido e seu funcionamento;
    • - Trabalhar o raciocínio com jogos e desafios matemáticos;
    • - Utilizar o material dourado para discussão e trabalho em grupo;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 27. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Levar os alunos a outros ambientes escolares e apresentar situações que os façam refletir criticamente;
    • - Utilizar embalagens para análise da composição do produto, de suas validades e códigos de barra, preço;
    • - Usar folhetos paras a comparar quantidade e qualidade dos produtos apresentados. 
    AÇÕES CONCRETAS
  • 28. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.8- Desenvolver os conceitos matemáticos por meio de atividades lúdicas.
    • - Promover o uso de jogos como boliche, bingo, baralho pedagógico, dominó, jogo da memória, quebra cabeça e dama, para estimular a aprendizagem dos alunos de forma lúdica;
    • - Trabalhar com projetos e jogos que desenvolvam o raciocínio lógico matemático dos alunos e a formação de conceitos; 
    • - Desenvolver com os alunos oficinas com o objetivo de confeccionar jogos matemáticos, com material reciclado;
    • - Incentivar o raciocínio lógico matemático utilizando-se de jogos existentes na escola e confeccionados pelos alunos;
    • - Brincar no pátio utilizando as cantigas de rodas, amarelinhas, pega -pega, entre outros;
    • - Organizar campeonato de xadrez e batalha naval;
    • - Desenvolver as ideias da adição, subtração, divisão e multiplicação por meio de jogos e brincadeiras;
    • - Transformar a sala de aula em oficinas de jogos matemáticos que promovam o desenvolvimento de     conceitos matemáticos;
    • - Promover situações prazerosas com atividades lúdicas estimulando o raciocínio;
    • - Oferecer estratégias diferenciadas de se aprender matemática com a participação ativa dos alunos por meio da realização de gincana ;
    • - Realizar Olimpíadas da Matemática;
    • - Propiciar rodinhas de conversas sobre a importância da aprendizagem dos conceitos matemáticos.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 29. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.9- Despertar nos alunos o desejo de aprender matemática.
    • - Proporcionar aos alunos a história da matemática e sua importância na vida das pessoas;
    • - Promover debate e júri simulado sobre a importância da matemática em nosso dia a dia;
    • - Propiciar momentos de pesquisa sobre temas matemáticos, utilizando o laboratório de informática da escola;
    • - Realizar trabalho de campo e socializá-lo com os alunos da sala;
    • - Levar os alunos a visitar outros ambientes e a observar sua estrutura física, público atendido e seu funcionamento;
    • - Trabalhar o raciocínio com jogos e desafios matemáticos;
    • - Utilizar o material dourado para discussão e trabalho em grupo;
    • - Levar os alunos a outros ambientes escolares e apresentar situações que os façam refletir criticamente sobre as questões pontuadas ;
    • - Proporcionar ao aluno situações- problema para levantamento de dados, produção de tabelas e gráficos e análise dos resultados;
    • - Promover o uso de jogos como boliche, bingo, baralho pedagógico, dominó, jogo da memória, quebra cabeça e dama, com vistas a estimular a observação, reflexão e criatividade.
    • - Criar espaço de oficina em sala de aula com a participação dos alunos para confecção de jogos e brinquedos relativos aos conteúdos matemáticos;
    • - Confeccionar um mural da matemática;
    • - Realizar feira da matemática aberta à comunidade.   
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 30. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.10- Trazer para a sala de aula atividades que permitam ao aluno observar, pensar, refletir e criar.  
    • - Produzir tabela para o campeonato de futebol a ser realizado na escola;
    • - Trabalhar com projetos, pesquisas e jogos que desenvolvam o raciocínio lógico- matemático dos alunos;
    • - Brincar no pátio utilizando as cantigas de rodas, amarelinhas, cordas, gincana da matemática, entre outros;
    • - Promover jogos envolvendo a adição, subtração, divisão e multiplicação;
    • - Transformar a sala de aula em oficinas de jogos matemáticos;
    • - Promover situações prazerosas com atividades lúdicas estimulando o raciocínio;
    • - Utilizar o jogo de xadrez para se trabalhar o raciocínio e concentração;
    • - Confeccionar com os alunos jogos e brincadeiras;
    • - Promover desafio sobre situação- matemáticas;
    • - Realizar oficinas de cálculos orais;
    • - Realizar Olimpíada da Matemática. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 31. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.11- Conhecer a história da matemática,sua importância para a humanidade.  
    •   - Trabalhar com textos sobre a história da matemática;
    • - Recontar a história da matemática e discorrer sobre a importância da mesma em seu cotidiano;
    • - Conhecer a importância dos números representados no CPF, identidade, título e outros;
    • - Contar de forma criativa a história dos números e como eles são importantes na vida do ser humano;
    • - Dramatizar a história da matemática;
    • - Usar bonecos com carinhas de números;
    • - Trabalhar a biografia dos grandes matemáticos para o conhecimento de sua contribuição em nossas vidas;
    • - Fazer uso de cartazes com nomes de alunos, data de aniversários, lista telefônica, receitas culinárias, datas comemorativas, rótulos e embalagens.
    • - Trabalhar sequência lógica e jogos matemáticos;
    • - Trabalhar com os alunos linha de tempo sobre a história da matemática;
    • - Propor trabalhos com DVDs do Programa TV ESCOLA que discorrem sobre a história da matemática e seus diversos conteúdos;
    • - Realizar análise de filmes relacionados aos conteúdos matemáticos;
    • - Utilizar materiais reciclados na construção de jogos e brincadeiras para a resolução de problemas. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 32. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.12 – Desenvolver a habilidade de o aluno ler, analisar e interpretar as informações matemáticas.  
    •   - Elaborar jogos com materiais reciclados criando suas próprias regras;
    • - Trabalhar com probabilidades, jogo da teia, tangran , triângulo de água, entre outros;
    • - Propiciar atividades que envolvam curiosidades e desafios matemáticos;
    • - Incentivar a participação dos alunos em eventos da matemática na escola e fora dela;
    • - Trabalhar com temas que estão em destaque na mídia e na realidade local que envolvam conhecimentos matemáticos;
    • - Analisar gráficos e tabelas do rendimento dos alunos e da escola, nas avaliações externas;
    • - Identificar na sala de aula as formas geométricas de objetos, espaços, móveis;
    • - Realizar oficinas que proporcionem aos alunos a construção de problemas matemáticos e sua solução, envolvendo situações matemáticas;
    • - Desenvolver atividades de raciocínio utilizando quebra-cabeça, curiosidades e desafios;
    • - Promover Olimpíadas da Matemática;
    • - Confeccionar cartazes, calendários de datas comemorativas e estações do ano junto com os alunos.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 33. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • 2.13- Identificar os alunos com maior defasagem de aprendizagem e proceder à intervenção pedagógica.  
    • - Aplicar avaliação diagnóstica e propor a utilização de metodologias e estratégias diversificadas com vistas a sanar as defasagens de aprendizagem identificadas;
    • - Proporcionar momentos de aprendizagem com a monitoria dos colegas;
    • - Elaborar e implementar, com o professor do Ensino Regular, Plano de Intervenção Pedagógica, para o atendimento sistemático aos alunos com dificuldades de aprendizagem;
    • - Desenvolver, em sala de aula, atividades em grupos diversificados para atendimento às necessidades de aprendizagem dos alunos;
    • - Reunir-se com a família para acompanhamento dos alunos com dificuldades de aprendizagem;
    • - Promover atividades que contemplem resoluções de problemas matemáticos, utilizando; panfletos de supermercados, rótulos, análise de gráficos, linha de tempo, plantas arquitetônicas, quadro mágico, entre outros;
    • - Promover excursões a supermercados, para análise, do valor dos produtos listados previamente pelos alunos e professor e, posteriormente fazer comparações de preços entre eles;
    • - Realizar trabalho coletivo envolvendo resolução de problemas;
    • - Elaborar gráficos e tabela na conclusão de pesquisas de campo realizadas pelos alunos;
    • - Trabalhar e elaborar mapas e croquis da região onde a escola está localizada;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 34. 2 – Resolvendo Situações Problema
    • - Analisar textos que envolvam situações- problema;
    • - Criar o mercadinho simulado em sala de aula e realizar situações de compra e venda;
    • - Promover atividades de análise de tabelas de campeonatos estadual e nacional de futebol;
    • - Trabalhar com jogos que desenvolvam o raciocínio lógico matemático como: dama e xadrez;
    • - Confeccionar junto com os alunos jogos da memória;
    • - Trabalhar com sucatas e materiais recicláveis na confecção de jogos e brincadeiras, para o desenvolvimento das capacidades ainda não consolidadas. 
    AÇÕES CONCRETAS
  • 35. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.1- Educar pela emoção e desenvolver capacidade de pensar através da Arte.
    • - Oferecer oficinas de teatro, música, pintura e artesanato;
    • - Criar coreografias e sequência de movimentos com diferentes ritmos musicais;
    • - Utilizar a música como forma de transmissão de valores;
    • - Realizar dinâmicas e dramatizações;
    • - Analisar obras de arte;    
    • - Conhecer os diferentes tipos de arte;
    • - Promover atividades de pintura, dança, teatro, entre outros;
    • - Trabalhar gêneros textuais como poesia, poema, rimas, prosas, versos, entre outros;
    • - Proporcionar atividades artísticas em que o aluno tenha oportunidade de expressar seus sentimentos;
    • - Trabalhar com DVD , filmes, contação de história, fábulas, leituras de imagens e livros literários;
    • - Promover dinâmicas de sensibilização; 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 36. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.2- Desenvolver o conhecimento da História da Arte
    • - Trabalhar com textos informativos sobre a História da Arte;
    • - Promover pesquisas, no laboratório de informática da escola, sobre os vários tipos de Arte;
    • - Trabalhar com gravuras que permitam ilustrar as várias manifestações artísticas desenvolvidas no município, no Brasil e no mundo;
    • - Visitar museus, bibliotecas escolares, memoriais, praças, igrejas, entre outros;
    • - Apresentação de vídeos, DVDs e livros sobre a história da arte;
    • - Proporcionar pesquisa de campo sobre a vida de artistas regionais;
    • - Promover Feira de Cultura Regional, aberta a comunidade;
    • - Propiciar estudos sobre compositores e cantores famosos e atuais;
    • - Promover Festival de Músicas e Danças Folclóricas;
    • - Confeccionar painéis de acordo com a cultura regional;
    • Desenvolver oficinas de leitura de imagens.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 37. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.3 – Estimular nos alunos atitudes e habilidades para que possam criar e agir de modo crítico e responsável diante das expressões artísticas e culturais encontradas ao seu redor.  
    • - Promover atividades de desenhos a partir da observação de diversas cenas, pessoas e objetos elencados pelos alunos;
    • - Confeccionar painéis de acordo com a cultura regional, representada pela dança e música;
    • - Traçar uma linha de tempo sobre os diversos gêneros musicais;
    • - Realizar excursões pela cidade e museus, para conhecer o patrimônio artístico e cultural;
    • - Incentivar os alunos a participar de eventos culturais em seu meio social, e a preservar o patrimônio artístico cultural;
    • - Conhecer o patrimônio artístico e os artistas da cidade,criando espaços e oportunidades de contato direto com artistas da cidade;
    • - Visitar oficinas de artesanatos;
    • - Incentivar as produções artesanais;
    • - Incentivar pesquisas na internet, sobre obras artísticas e biografia de artistas para serem socializadas em sala de aula e analisá-las;
    • - Promover oficinas de teatro, música, dança, desenho, entre outras;
    • - Desenvolver atitudes e valores humanos por meio de desenho artístico.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 38. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    •     3.4 - Descobrir o que há de melhor no aluno para torná-lo consciente de seus valores e para cultivar e desenvolver seus dons artísticos.
    • - Desenvolver atividades diversificadas para conhecimento das habilidades artísticas dos alunos;
    • - Realizar sondagem junto aos alunos com vistas a conhecer as preferências em relação à arte;
    • - Promover concurso de desenhos;
    • - Realizar apresentações artísticas;
    • - Trabalhar com pinturas variadas: tela, tecido, madeira entre outras;
    • - Elaborar projetos com vista a descobrir talentos, na música, dança, teatro e desenho;
    • - Promover concurso de slogan;
    • - Incentivar a participação dos alunos em festivais de música, dança, teatro, desenho entre outros;
    • - Construir charges;
    • - Desenvolver oficinas variadas de arte.
    • - Promover passeios a museus, bibliotecas, teatros, igrejas, entre outros;
    • - Elaborar projetos artísticos junto aos alunos, com ações e atividades a serem vivenciadas dentro e fora da escola;
    • - Utilizar material reciclável e sucatas para confecção de trabalhos artísticos livres;
    • - Confeccionar mural sobre artes atuais que estão causando impacto na sociedade brasileira e internacional. 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 39. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.5- Desenvolver o potencial intelectual e melhorar a qualidade de vida dos alunos .  
    • - Estimular os alunos a irem ao teatro, cinemas, festivais de música e danças, entre outros;
    • - Trabalhar textos e musicas, com análise de seus conteúdos e de suas mensagens;
    • - Desenvolver oficinas de artes plásticas e visuais, articulando percepção, imaginação, memória, sensibilidade e reflexão, valorizando a habilidade de cada aluno;
    • - Realizar passeios com os alunos ao teatro, cinema e patrimônios históricos;   
    • - Desenvolver atividades de manuseio de diferentes materiais, percebendo marcas, formas e texturas, explorando o espaço físico e a construção por meio de produtos variados do mini mercado;
    • - Propor literatura de cordel, editando livro com as produções da turma.
    • - Desenvolver dinâmicas que possibilitem ao aluno o autoconhecimento e a elevação da autoestima;
    • - Promover palestra de autoestima;
    • - Desenvolver junto aos alunos oficinas sobre valorização pessoal;
    • - Incentivar os alunos a falarem um pouco de si e seus sonhos;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 40. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.6- Dar atenção, cortesia oferecendo um ambiente favorável a construção da autoestima dos alunos, questionando o estresse, o medo e ansiedade.
    •   - Promover rodas de conversas onde os alunos possam expressar seus anseios e pretensões;
    • - Estabelecer parceria com psicólogos para realização de palestra sobre autoestima, medo e ansiedade;
    • - Desenvolver projetos voltados para a construção de valores;
    • - Promover dinâmicas grupais que envolvam a Arte e a Cultura.
    • - Desenvolver oficinas objetivando a valorização do ser humano e suas limitações;
    • - Valorizar a diversidade estética e artística, por meio da observação da arte em geral, produzida pelos colegas;
    • - Promover recital de poesias e entrevistas com artistas da região;
    • - Trabalhar textos voltados para a sensibilidade, valores morais e espirituais;
    • - Realizar excursões a museus, igrejas, aterros sanitários, praças entre outros;
    • - Confecção de cartões de mensagens a serem socializados com os colegas;
    • - Propiciar momentos de contação de história, leitura de imagens e pintura como expressão dos sentimentos;
    • - Proporcionar momentos de troca de informações, em que o aluno fale um pouco de si e de sua família.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 41. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.7- Valorizar sentimentos afetivos e cultivar a sensibilidade, mediante as expressões de Cultura e Arte encontradas em seu entorno e nos livros específicos.  
    • - Estimular a produção de canções, paródias, poemas e acrósticos e posteriormente socializá-la por meio de um festival, organizado pelos alunos;
    • - Proporcionar a realização de trabalho livre pelos alunos, por meio da utilização de recursos variados escolhido pelos mesmos;
    • - Visitar espaços culturais;    
    • - Promover aulas e estimular o conhecimento da dança em seus vários ritmos e culturas;
    • - Desenvolver oficinas e projetos de artes cênicas;
    • - Realizar atividades de colagem, dobradura, sucata e pintura e outros trabalhos manuais;
    • - Buscar parcerias com a comunidade escolar para o desenvolvimento de trabalhos artísticos;
    • - Realizar atividades lúdicas e práticas;
    • -Trabalhar com recursos diversificados e interessantes;
    • - Desenvolver dinâmicas para que alunos manifestem seus gostos culturais e artísticos;
    • - Explorar manifestações artísticas como a dança e a música;
    • - Valorizar e estimular o educando a participar de atividades de socialização.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 42. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.8- Promover a melhoria do ensino da arte nas turmas do PROETI.  
    • - Promover momentos de apreciação de obras de arte, por meio de visitas a museus e igrejas e lojas de artesanato;
    • - Realizar excursões, passeios que possibilitem aos alunos observarem obras de arte em locais fechados e praças públicas;
    • - Analisar obras de artes;    
    • - Palestra de profissionais da arte, abordando temas de interesse dos alunos;
    • - Criar espaços na escola para os alunos expressarem livremente por meio da dança , música, pintura, produções literárias, sarau de poesia, desenho e teatro;
    • - Desenvolver oficinas de dobraduras, tangran, fantoches a serem utilizados para contação de histórias;
    • - Trabalhar mesa redonda, debates, roda de conversa sobre a importância da arte;
    • - Dramatizar obras literárias.
    • - Utilizar dinâmicas diferenciadas de leitura que favoreçam as manifestações de opiniões;
    • - Realizar, semanalmente, roda de conversa sobre temáticas escolhidas pelos alunos;
    • - Trabalhar o envolvimento dos alunos por meio da produção de textos coletivos;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 43. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.9 - Possibilitar aos alunos a construção de conhecimentos que interajam com sua emoção, através do pensar, do apreciar e do fazer Arte.
    • - Propor atividades que estimulem e valorizem a participação dos alunos em diversas situações vividas em salas de aulas e na sociedade;
    • - Trabalhar de forma interdisciplinar;
    • - Acessar sites sobre a arte de artistas famosos para explorar sua história;
    • - Promover visitas a museus, bibliotecas públicas, memoriais, exposições de fotografias e obras de arte;
    • - Desenvolver projetos interdisciplinares;
    • - Realizar oficinas de arte, utilizando de recursos encontrados na região como argila, flores, sementes entre outros;
    • - Trabalhar com jogos diversificados e confeccionados pelos alunos;
    • - Promover festival de música, organizado com os alunos;
    • - Desenvolver dinâmicas de apresentação e integração;
    • - Realizar rodinha de conversa diariamente;
    • - Trabalhar jogos que permitam o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático como: xadrez, dama, quebra cabeça, entre outros;
    • - Desenvolver atividades artísticas em grupo, explorando a criatividade de cada um;
    • - Promover jogos cooperativos;
    • - Propiciar atividades de dramatização, música, dança, objetivando oportunizar a criatividade e a sociabilidade.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 44. 3 - Desenvolvendo o conhecimento e a sensibilidade através da Arte
    • 3.10 – Proporcionar, sempre, a vivência e a reflexão sobre a arte, que deverão se expandir para diferentes áreas do conhecimento.  
    • - Resgatar músicas, danças, brincadeira de queimada, boca de forno, pique esconde, entre outras;
    • - Promover aulas de capoeira;
    • - Estimular os alunos a criar e confeccionar jogos pedagógicos a serem utilizados pelos professores;
    • - Pesquisar brincadeiras populares;
    • - Estabelecer a parceria com família, convidando-a a participar de eventos, contando história, cantando e dançando;
    • - Realizar o dia da família na escola, promovendo jogos, gincanas, campeonatos, entre outros;
    • - Promover trabalhos em equipe;
    • - Realizar festival de Arte;
    • - Realizar feira cultural com a participação de toda comunidade escolar;
    •   - Apresentar atividades teatrais com temas que envolvam comédia, vida familiar e sexualidade;
    • - Trabalhar com objetos tridimensionais com vistas a modelar objetos;
    • - Utilizar a arte como forma de expressão;
    • - Confeccionar jogos utilizando materiais recicláveis.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 45. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • 4.1- Desenvolver a inteligência, a criatividade e a sociabilidade.  
    • - Desenvolver atividades de recreação e jogos que possibilitem aos alunos a percepção da importância do trabalho em grupo ;
    • - Analisar as diferentes realidades sociais a partir do próprio espaço escolar;
    • - Realizar jogos cooperativos;
    • - Elaborar coletivamente normas de convivência;
    • - Promover jogos de adivinhações com o objetivo de desenvolver a criatividade e o raciocínio dos alunos;
    • - Realizar desafios sobre temáticas atuais como: Copa do mundo, Jogos Escolares, Trânsito, Ecologia;
    • - Trabalhar jogo da memória;
    • - Incentivar os alunos a frequentar cinemas e teatros e desenvolver oficinas de teatro;
    • - Utilizar estratégias diversificadas e desafiadoras na elaboração das atividades a serem desenvolvidas com os alunos;
    • - Promover gincanas, envolvendo alunos e pais ;
    • - Realizar festival de desenho, música, dança, teatro;
    • - Apresentar situações desafiadoras presentes no dia a dia dos alunos;
    • - Criar lube de leitura com os alunos, como desenhar o itinerário da escola;
    • - Propiciar momentos de construção coletiva de regras para jogos que serão vivenciados na escola;
    • - Realizar atividades lúdicas como dança da cadeira, boca de forno, curiosidades e desafios;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 46. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • - Desenvolver dinâmicas de apresentação e integração;
    • - Realizar atividades em grupo explorando a criatividade de cada um, como Show de Calouros;
    • - Promover rodinhas de conversas, diariamente, sobre acontecimento e fatos atuais;
    • - Trabalhar com jogos de dama, xadrez, peteca, totó, vôlei, futebol, entre outros.
    • - Desenvolver o Jogo do Dado. ( p.45 Dinâmicas de Recreação e Jogos – Silvino José Fritzem.
    AÇÕES CONCRETAS
  • 47. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • 4.2- Criar um espaço de convivência que proporcione aos alunos interações espontâneas e sem preconceitos.  
    • - Organizar e realizar com os alunos, oficinas de artes, teatro, música, brinquedos;
    • - Realizar dinâmicas que intensifiquem o convívio e o respeito às diferenças;
    • - Utilizar jogos que promovam a interação;
    • - Trabalhar temas que abordam o preconceito, por meio de atividades leitura, debates e a realização de trabalhos artísticos;
    • - Desenvolver atividades de dança, música e teatro;
    • - Realizar palestras sobre temas que abordem as relações interpessoais, preconceito;
    • - Organizar festival de dança, música, teatro e poesia junto com os alunos;
    • - Trabalhar em grupos diversificados;
    • - Criar momento para discutir e socializar os trabalhos realizados em sala de aula;
    • - Organizar debates variados, em que todos tenham a oportunidade de expressar suas opiniões;
    • - Desenvolver atividades que possibilitem o contato físico entre os alunos;
    • -Usar e valorizar o diálogo na escola ,como instrumento de práticas interativas;
    • - Promover a construção de livro sobre dinâmicas de práticas coletivas vivenciadas pelos alunos;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 48. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • 4.3- Incentivar a valorização dos jogos e da recreação como atividade geradora de desenvolvimento emocional, social e intelectual.  
    • - Incentivar os alunos a participarem de Jogos Escolares;
    • - Desenvolver atividades de história em quadrinhos;
    • - Trabalhar com gráficos e tabelas a partir de resultados de jogos realizados pelos alunos;
    • - Promover debate e júri simulado sobre acontecimentos atuais;
    • - Realizar rodinhas de conversa para a realização a compreensão e análise de gravuras;
    • -Trabalhar com dramatizações e brincadeiras envolvendo a expressão corporal;
    • - Promover peças teatrais com a participação dos alunos;
    • - Realizar concursos de música e dança entre os alunos;
    • - Confeccionar fantoches e criar diálogo para encenação de histórias;
    • - Construir jogos com material reciclável;
    • - Desenvolver oficinas de confecção de jogos pedagógicos;
    • - Realizar concurso de desenho, pintura, modelagem e dobraduras;;
    • - Realizar festival de música, desenho e dança;
    • - Promover palestra sobre a importância de se trabalhar o lúdico nas práticas pedagógicas;
    • - Trabalhar com jogos diversificados;
    • -Resgatar brincadeiras antigas de rua;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 49. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • - Desenvolver gincanas esportivas com a participação de todos os alunos;
    • - Desenvolver os jogos:
    • - Os Vencedores (p.53);
    • - Futebol entre garrafas ( P.60 );
    • (Dinâmicas de Recreação e Jogos – Silvio José Fritzen ).
    • - Desenvolver os jogos: No banco dos réus (p.30), Expressão de Amizade (p.53), Cara a Cara (p66) - Dinâmicas de Recreação e Jogos, Silvio José Fritzen;
    • - Trabalhar com jogos de raciocínio lógico, banco imobiliário, xadrez, dama, quebra-cabeça e outros;
    • - Realizar atividades esportivas variadas;
    • - Elaborar de forma coletiva as normas de convivência a serem vivenciada em sala de aula.
    • - Desenvolver dinâmicas de desafios em grupos, objetivando as boas relações interpessoais na escola;
    • - Realizar gincanas, campeonatos e festivais de dama, peteca, xadrez, música, dança, teatro, entre outros;
    • - Realizar jogos que promovam o desenvolvimento do cooperativismo, solidariedade, ética, entre outros;
    AÇÕES CONCRETAS BOA PRÁTICA 4.4- Construir hábitos de relações interpessoais.  
  • 50. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • - Apresentar situações-problema relacionadas ao dia a dia dos alunos para serem solucionadas em duplas ou grupos;
    • - Desenvolver o hábito de ouvir música de ritmos lentos, orquestrados e suaves para realização de oficinas;
    • - Realizar brincadeira de telefone sem fio, para bate papo entre os colegas;
    • - Promover trabalhos manuais e artísticos em grupo;
    • - Incentivar Comunicação entre os colegas por meio de carta, bilhete, MSN e Orkut;
    • - Assistir a vídeos educativos sobre semelhança e diferença;
    • - Desenvolver com os alunos, ginástica historiada;
    • - Desenvolver pesquisa sobre os valores, ética, respeito;
    • - Realizar dinâmicas de grupos sobre os “valores”;
    • - Desenvolver a pesquisa e o intercâmbio entre os alunos da sala com os de outras turmas.
    AÇÕES CONCRETAS
  • 51. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • 4.5- Desenvolver o conhecimento mútuo e a participação grupal . 
    • - Trabalhar com jogos cooperativos;
    • - Promover dinâmica sobre autoconhecimento e conhecimento do outro;
    • - Realizar dramatizações e brincadeiras com mímicas;
    • - Promover rodas de conversas;
    • - Realizar debates sobre os textos estudados, criando oportunidade para que os alunos possam identificar os fatos e colocar seus pontos de vista;
    • - Desenvolver Projeto: Diálogo na escola;
    • - Realizar entrevista com os professores sobre temáticas estudadas.
    • - Planejar aulas utilizando o computador;
    • - Consultar os Cadernos Pedagógicos do Projeto Escola de Tempo Integral para planejamento das atividades a serem desenvolvidas;
    • - Trabalhar com jogos recreativos, tendo como suporte os cadernos Jogos e Brincadeiras, do PROETI, e estimular a confecção de brinquedos com sucatas;
    • - Desenvolver atividades com bambolê, corda e peteca;
    • - Utilizar o kit esportivo disponibilizado pelo Projeto Escola de Tempo Integral;
    • - Promover palestras sobre Ética e Participação;
    • - Desenvolver o jogo: Perguntas e respostas (p 56 ) Dinâmicas de Recreação e Jogos – Sílvio José Fritzen.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 52. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • 4.6- Construir normas de comportamento éticomoral e de combate à discriminação, junto com os alunos.  
    • - Construir regras de convivência com os alunos e aplicá-las em sala de aula;
    • - Realizar rodas de conversa e palestras que abordem o comportamento ético e moral;
    • - Realizar debates e dinâmicas sobre preconceito;
    • - Assistir a filmes, cujos temas envolvam comportamento ético e moral e preconceito;
    • - Trabalhar direitos e deveres do cidadão, no trânsito, no esporte, no dia a dia;
    • - Estudar o Estatuto da Criança e do Adolescente, Direitos e Deveres dos Alunos estabelecidos no Regimento Escolar;
    • - Realizar atividades envolvendo as modalidades esportivas, enfatizando a ocupação de espaços e o respeito às regras;
    • - Promover dinâmicas diversificadas e lúdicas para trabalhar: Comportamento Ético, Moral e Discriminação;
    • - Desenvolver Projetos Interdisciplinares sobre: Ética , Cidadania, Trânsito, Meio Ambiente;
    • - Trabalhar os Temas Transversais;
    • - Promover rodízio dos alunos nas atividades em grupos;
    • - Trabalhar a questão: vencedor x vencido;
    • - Realizar dinâmicas diversificadas que permitam aos alunos a reflexão sobre a importância da não discriminação;
    • - Estudo de letras de músicas que falem sobre a discriminação;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 53. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • - Promover peças de teatro sobre o comportamento ético-moral no combate a discriminação;
    • - Realizar festivais de música e dança, contemplando a pluralidade cultural;
    • - Organizar eventos esportivos;
    • - Realizar visitas com os alunos a orfanatos, asilos e APAE.
    • - Promover estudos sobre o combate às drogas.  - Estimular o aprendizado da Língua de Sinais;
    • - Oportunizar a comunicação explorando a linguagem verbal e não-verbal;
    • - Utilizar placas de sinalização dentro da escola;
    • - Analisar os sinais de trânsito no entorno da escola; - Trabalhar brincadeiras como telefone sem fio, mímicas, adivinhações, explorando o corpo;
    • - Realizar peças teatrais;
    • - Desenvolver atividades de música e dança;
    • - Promover com os alunos apresentações de histórias , por meio de diferentes formas de linguagem: poesia, dramatização, mímica, fantoches, modelagem, desenho e pintura;
    AÇÕES CONCRETAS BOA PRÁTICA 4.7- Desenvolver a comunicação verbal e não-verbal.  
  • 54. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • - Utilizar baú de textos com os diversos gêneros textuais;
    • - Promover excursão ao cinema para assistir a filmes com cenas mudas: Charles Chaplin, entre outros;
    • - Trabalhar a placas de sinais de trânsito, e outras placas, ícones e símbolos;
    • - Estimular a transmissão de; recados;
    • - Criar e utilizar a Rádio Recreio;
    • - Desenvolver atividades com histórias em quadrinhos, em que o aluno criará o diálogo de acordo com os personagens;
    • - Trabalhar com parlendas, paródias, campeonato de adivinha, debates, trava-línguas, leitura de imagens e mímicas. 
    • - Promover momentos de leitura de textos em tirinha
    • - Desenvolver os jogos: O Semáfaro (p.16), Jogo da Criatividade (p.20), Uma história sem fim (p.24), A Mensagem telefônica (p.31), O Jogo das cadeiras (p. 33), Contar histórias (p.34), Os pombos voam (P.37), do livro Dinâmicas de Recreação e Jogos – Sílvio José Fritzen;
    • - Desenvolver brincadeiras envolvendo a mímica como: Seguindo o Mestre.  
    AÇÕES CONCRETAS
  • 55. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • 4.8- Descobrir habilidades lúdicas e construir jogos e suas regras na aprendizagem de outras disciplinas.
    • - Confeccionar jogos com os alunos que auxiliem na aprendizagem dos conteúdos trabalhados;
    • - Propor brincadeiras e jogos que facilitem a aprendizagem dos alunos em todas as áreas do conhecimento;
    • - Trabalhar com jogos e solicitar que os alunos criem suas próprias regras;
    • - Promover Festival de Jogos e brincadeiras a serem utilizados em uma perspectiva interdisciplinar;
    • - Criar estratégias diferenciadas e lúdicas na consolidação das habilidades da leitura e da escrita em todos os conteúdos;
    • - Elaborar atividades interdisciplinares por meio de oficinas de jogos e brincadeiras;
    • - Realizar com alunos excursões a um jogo de futebol, a um estádio, para assistir a jogo de futebol, com o objetivo de observar as regras do jogo;
    • - Desenvolver projeto interdisciplinar sobre jogos e brincadeiras;
    • - Construir jogos com sucatas e materiais recicláveis, como perna de pau, boliche, pé de lata, telefone sem fio e outros;
    • - Elaborar regras de jogos e brincadeiras de forma coletiva;
    • - Criar normas de comportamento coletivamente; 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 56. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação 
    • 4.9- Dar evasão ao excesso de energia e aumentar a capacidade mental. 
    • - Criar atividades para o desenvolvimento da expressão corporal como: dança ,teatro e esporte;
    • - Promover jogos, brincadeiras e outras atividades que envolvam competição e interação entre os alunos;
    • - Realizar Campeonatos de futebol, vôlei, basquete e handebol;
    • - Promover Olimpíadas da Matemática e de todos os conteúdos;
    • - Incentivar a prática de capoeira e outras danças;
    • -Desenvolver dinâmica de relaxamento com música instrumental;
    • - Trabalhar com jogos de xadrez e dama, objetivando o desenvolvimento da concentração dos alunos nas atividades escolares;
    • - Criar jogos e elaborar regras para a execução do mesmo;
    • - Realizar atividades de cálculos orais;
    • - Promover desafios matemáticos;
    • - Desenvolver atividades físicas;
    • - Realizar dinâmica que desenvolva a expressão corporal;
    • - Sensibilizar os alunos da importância de se praticar exercícios diários;
    • - Promover momento de relaxamento;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 57. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • 4.10- Desenvolver a capacidade de dialogar com pessoas ao seu redor.  
    • - Realizar pesquisa de campo, com vistas a entrevistar os moradores mais antigos da comunidade em que a escola está inserida;
    • - Promover a Roda da Novidade, onde os alunos estarão socializando suas experiências;
    • - Propiciar debates sobre temáticas que sejam do interesse dos alunos;
    • - Trabalhar com história em quadrinhos;
    • - Desenvolver momentos de leitura em que os alunos possam relatar histórias de livros lidos;
    • - Fazer entrevista com os profissionais da escola e membros da comunidade sobre temáticas a serem sugeridas pelos alunos;
    • - Trabalhar com jogos em grupo;
    • - Promover dramatizações;
    • - desenvolver atividades que permitam o diálogo;
    • - Criar o diário de bordo da turma; 
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 58. 4 - Aprendendo por meio de Jogos e Recreação  
    • 4.11- Utilizar os materiais disponibilizados pela SEE nas atividades lúdicas com os alunos.  
    • - Planejar oficinas utilizando a Matriz Curricular do PROETI, Cadernos da SEE/CEALE, como material de apoio;
    • - Utilizar o Caderno 1 e 2 sobre Jogos e Recreação disponibilizados aos professores de Educação Física do PROETI;
    • - Desenvolver atividades utilizando o Kit de Material Esportivo: mesa de totó, ping-pong, cama elástica e jogo de xadrez, dama, bambolês, colchonetes, bastões, bolas, entre outras, disponibilizado na escola;
    • - Trabalhar com fantoches, material dourado, blocos lógicos, tangran, lego, entre outros;
    • - Planejar atividades de jogos matemáticos na sala de informática, pátio, campo esportivo;
    • - Organizar jogos recreativos, tais como xadrez e dama;
    • - Acessar o Ambiente Virtual do PROETI;
    • - Promover campeonatos de totó, ping-pong, dama e xadrez. A organização ficará por conta dos alunos como também as regras: quem joga , arbitra organiza, decide.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 59.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.1- Conhecer o próprio corpo, valorizando e adotando hábitos saudáveis de como um dos aspectos básicos da qualidade de vida.
    •   - Solicitar que os alunos façam o desenho do próprio corpo humanos, compará-lo com o do colega, identificando semelhanças, diferenças entre os corpos desenhados, falando dos hábitos saudáveis que cada um costuma praticar para manter o corpo em boa forma ;
    • - Promover debates sobre a valorização do corpo humano;
    • - Trabalhar com os alunos formação de bons hábitos e saúde;
    • - Estimular as crianças a praticarem exercícios físicos;
    • - Promover palestras em parceria com os profissionais da área da saúde e de esporte;
    • - Fazer o mapeamento do corpo humano;
    • - Utilizar o espelho para identificar seu próprio corpo;
    • - Formar grupos de estudos entre os alunos, com a orientação do professor para pesquisar e informar-se sobre sexualidade, valorização do corpo, hábitos de higiene;
    • - Pesquisar e divulgar junto à escola e comunidade hábitos alimentares e de higiene importantes para conservação da saúde;
    • - Trabalhar com os alunos textos informativos, vídeos e promover palestras sobre hábitos saudáveis de vida;
    • -Desenvolver atividades de análise das reações do corpo humano, após a realização de exercícios físicos;
    • - Ler com os alunos a poesia “O meu corpo, Ruth rocha. São Paulo: Melhoramentos. 2000. Após ler o texto, procurar as palavras, que são nomes de partes do corpo, contornando-os. Em seguida, fazer a ilustração do texto lido.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 60.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.2- Zelar pelos hábitos de higiene indispensáveis à saúde dos alunos.  
    • - Manter as janelas e porta da sala sempre aberta;
    • - Realizar oficinas sobre hábitos alimentares e de higiene;
    • - Convidar especialistas da saúde e esporte para fazerem palestras sobre hábitos de saúde, e higiene e de prevenção;
    • - Realizar oficinas de formação pessoal;
    • - Confeccionar cartazes com os alunos que estimulem a conscientização da importância dos bons hábitos de higiene.
    • - Conversar com os alunos informalmente e com frequência sobre hábitos alimentares e de higiene;
    • - Estabelecer parcerias com dentistas, psicólogos e agentes da saúde, para a realização de campanhas; palestras sobre hábitos de higiene indispensáveis á saúde, com a participação de toda a comunidade escolar;
    • - Trabalhar com textos informativos: Educação e Saúde;
    • - Assistir a vídeos educativos;
    • - Promover dramatizações sobre higiene e saúde;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 61.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • - Desenvolver oficinas sobre formação de hábitos de higiene e saúde;
    • - Trabalhar saneamento básico, como também as políticas públicas voltadas para esses serviços;
    • - Realizar exposições de cartazes contendo os diversos hábitos alimentares e sua importância na vida dos seres humanos.
    • - Montar com os alunos um mural de gravura de pessoas realizando atividades que proporcionam saúde;
    • - discutir com os alunos hábitos básicos de higiene, indispensáveis a saúde como:
    • Tomar banho todos os dias, com sabonete;
    • Usar sempre o fio dental;
    • Lavar as mãos antes das refeições, depois de usar o banheiro e quando voltar da rua;
    • Tomar água filtrada;
    • Manter as unhas limpas e cortadas;
    • Dormir cerca de oito horas por dia, em quarto limpo e arejado;
    • Caminhar, fazer exercícios e praticar esportes.
    AÇÕES CONCRETAS
  • 62.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.3- Valorizar a alimentação como fonte de saúde física, bem - estar e energia.  
    • - Orientar os alunos quanto às atitudes ao se alimentar: mastigar bem os alimentos, comer devagar, utilizar de forma correta os talheres e pratos, não falar de boca cheia;
    • - Orientar sobre a importância de uma alimentação saudável;
    • - Identificar os alimentos ricos em carboidratos, proteínas e vitaminas;
    • - Analisar o cardápio da merenda escolar e do almoço do PROETI servido na escola, fazendo o levantamento da quantidade e qualidade de gêneros alimentícios consumidos;
    • - Pesquisar o valor nutricional dos alimentos;
    • - Desenvolver oficinas sobre o valor nutricional dos alimentos;    
    • - Trabalhar com os alunos a formação de bons hábitos de alimentação por meio da leitura de textos informativos, livros, vídeos educativos, entre outros;
    • - Convidar nutricionista para ministrar palestra sobre a importância de se alimentar bem;
    • - Confeccionar mural com desenhos ou gravuras de alimentos ricos em proteínas e vitaminas;
    • - Promover na escola a realização da Semana Saudável, com práticas esportivas, lanches, refeições especiais e sucos naturais;
    • - Confeccionar com os alunos um personagem que represente a boa saúde física;
    • - Incentivar os alunos a comer verduras no almoço da escola e nas refeições feitas em casa;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 63.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • - Realizar pesquisa na comunidade sobre os alimentos de maior consumo na comunidade, origem e os preços dos mesmos, com o objetivo de avaliar o custo de vida;
    • - Incentivar o cultivo da horta escolar e familiar;
    • - Evitar o consumo de guloseimas, na escola e em casa;
    • - conscientizar os alunos da importância de comer frutas e verduras e legumes, comer ovos, feijão, carne, tomar leite.
    AÇÕES CONCRETAS
  • 64.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.4- Valorizar a alimentação servida na escola para os alunos.
    • - Visitar a cantina da escola com os alunos;
    • - Manter os alunos atentos quanto ao cardápio da merenda escolar e do almoço;
    • - Estudar os nutrientes contidos nos alimentos oferecidos na merenda escolar e a importância dos mesmos para a saúde;
    • - Trabalhar com os alunos receitas nutritivas e desenvolver na escola, receitas trazidas de casa pelos alunos;
    • - Orientar sobre a necessidade de uma refeição balanceada;
    • - Construir um Livro de Receitas com os alunos e oferecê-lo às cantineiras da escola e aos pais;
    • - Elaborar cardápio da merenda escolar dos alunos e o valor nutricional do mesmo;
    • - Visitar a cantina da escola e entrevistar as cantineiras da escola sobre o trabalho no preparo da merenda escolar;
    • - Convidar nutricionista para explanar sobre a importância da merenda escolar e após a palestra, confeccionar um cardápio com os alunos;
    • - Propiciar momentos de interação entre cantineiras e alunos;
    • - Orientar sobre a conservação dos alimentos perecíveis e não perecíveis;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 65.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.5- Alertar os alunos sobre lixo escolar e doméstico e as consequências desastrosas de seu armazenamento incorreto.  
    • - Incentivar e ensinar a importância de fazer a coleta seletiva do lixo escolar e do lixo doméstico para preservar a natureza;
    • - Levar os alunos para observarem a coleta do lixo na escola e pesquisarem o destino do mesmo;
    • - Promover pesquisas sobre o desequilíbrio ambiental, lixo orgânico, lixo inorgânico, saúde, saneamento e criar momentos para a discussão dos dados e resultados da pesquisa;
    • - Trabalhar o tema Ambiente por meio de textos, vídeos e livros;
    • - Desenvolver oficinas de reciclagem;
    • - Visitar usinas de reciclagem do lixo ou aterro sanitário;
    • - Realizar pesquisa de campo com vista a ter conhecimento sobre o destino do lixo da cidade;
    • - Promover Feira de Ciências de forma interdisciplinar, intitulada: “Lugar de Lixo é no Lixo”;
    • - Trabalhar junto aos alunos com pinturas de tambores, para coleta seletiva do lixo da escola;
    • - Propiciar debates sobre o lixo e sua consequência para a sociedade;
    • - Trabalhar a manutenção da limpeza da sala de aula e de todas as dependências da escola;
    • - Exibi r o filme O Rei Leão e discutir sobre a biodiversidade, o desequilíbrio ambiental, e as formas de reversão, estabelecendo o equilíbrio entre os seres humanos.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 66.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.6- Transformar a sala de aula em um espaço para ações que despertem o interesse dos alunos, possibilitando a interação entre a escola e sua realidade social.
    • - Estabelecer parceria com a família;  
    • - Discutir sobre direitos e deveres do cidadão, realizando projeto interdisciplinar;
    • - Criar momentos de conversas informais em que os alunos possam relatar suas necessidades e anseios;
    • - Trabalhar textos que retratem a realidade dos alunos;
    • - Promover palestras sobre realidade social que ora vivenciamos;
    • - Elaborar texto referente à família: descrição da moradia, dos membros que a compõe e convivência;
    • - Realizar projetos interdisciplinares sobre a escola e seu entorno;
    • - Realizar gincanas sobre direitos e deveres do cidadão;
    • - Trabalhar valores, respeito, colaboração, ética e cidadania. 
    • - Conscientizar e elaborar combinados com os alunos para as boas atitudes de convivência: falar baixo, manter a sala limpa, as janelas abertas, as carteiras organizadas e conservadas, usar a lixeira.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 67.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.7- Sensibilizar os alunos para agirem de modo responsável na preservação do patrimônio púbico .
    • - Construir, com os alunos, pais, placas, sugerindo a conservação do patrimônio público e fixá-las em locais públicos, na comunidade;
    • - Desenvolver projetos interdisciplinares que visem à limpeza, conservação e os cuidados com as salas de aulas e as demais dependências da escola;
    • - Visitar lugares públicos para identificar suas funções e a importância em preservá-los;
    • - Elaborar combinados para a preservação do patrimônio público, tendo como foco a escola;
    • - Confeccionar maquetes de lugares públicos e realizar exposição das mesmas em feira cultural;
    • - Promover uma enquete com os alunos, para que eles proponham ações de como preservar o patrimônio público;
    • - Realizar concursos de musicais que falem sobre a importância da valorização e da conservação do patrimônio público;
    • - Confeccionar cartazes e faixas a serem fixados sobre a importância de sua preservação e conservação da escola, fixá-los no pátio ou em local visível a todos;
    • - Zelar pela conservação dos jardins e praças da escola e comunidade;
    • - Trazer para discussão em sala de aula notícias de jornais, revistas sobre atos de vandalismo cometidos no patrimônio público.
    • - Pesquisar sobre os bens móveis e imóveis do município. (patrimônio).
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 68.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.8- Promover o engajamento dos pais e comunidade escolar nas atividades desenvolvidas com os alunos. 
    • - Promover jogos, gincanas e campeonatos com a participação da família;
    • - Promover peças teatrais na escola com a presença de toda a comunidade;
    • - Propiciar abertura da escola nos finais de semana para a realização de atividades esportivas e culturais;
    • - Promover o dia da Família na Escola;                        
    • - Desenvolver oficinas de artesanato, dança, música, entre outras, com a participação dos pais;
    • - Promover plantões pedagógicos com a participação da família;
    • - Realizar mutirão para pequenos reparos com a participação de pais e comunidade;
    • - Realizar Feira Cultural aberta aos pais e comunidade escolar. 
    • - Promover jogo de futebol, entre os pais de alunos, na escola;  
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 69.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.9- Conscientizar os alunos para a importância da limpeza e conservação do ambiente escolar.  
    • - Criar combinados com os alunos para conservação da limpeza da escola;
    • - Promover palestra sobre a importância de se conviver em um ambiente limpo;
    • - Desenvolver com os alunos projetos de melhoria da limpeza na escola;
    • - Valorizar os responsáveis pela limpeza da escola;
    • - Propor estudo de textos diversificados sobre importância da limpeza e conservação do ambiente escolar;                                      
    • - Criar com os alunos, ações de conservação da limpeza da escola;
    • - Confeccionar lixeiras, para serem colocadas nas salas de aulas e em alguns locais da escola e cartazes de boas maneiras;
    • - Promover gincanas para a conservação da limpeza da escola;
    • - Desenvolver projetos interdisciplinares sobre conservação do ambiente escolar;
    • - Assistir a vídeos educativos;
    •                                
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 70.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.10- Associar o conhecimento científico às práticas sociais dos alunos do PROETI. 
    • - Promover Feira de Ciências e exposição de trabalhos realizados em sala de aula, pelos alunos;
    • - Realizar gincanas, campeonatos e festivais com a participação da família;
    • Promover rodas de conversa que possibilitem aos alunos expressarem suas opiniões e idéias sobre assuntos estudados;
    • - Trabalhar com júri simulado, debates sobre temáticas sugeridas pelos alunos;
    • - Desenvolver dinâmicas de interação com os alunos;
    • - Realizar leitura de livros literários abordando temas de interesses dos alunos, realizando debates, encenações;
    • - Incentivar o aluno a produzir sua autobiografia e socializá-la com a turma;
    • - Elaborar um jornal em sala de aula, para os alunos publicarem notícias da sala e da comunidade onde a escola está inserida;
    • - Desenvolver jogos diversificados que promovam a conscientização dos alunos sobre a importância do saber ouvir e o respeito à fala do colega;
    • - Promover trabalhos em grupo visando à maior interação entre os alunos;
    • - Utilizar atividades diversificadas e lúdicas que promovam maior envolvimento dos educandos de forma crítica e participativa.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 71.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.11- Valorizar as opiniões dos alunos para que tenham disponibilidade para ouvir idéias e os argumentos do outro, para rever os próprios pontos de vista.
    • - Promover momentos de relatos de experiências;
    • - Apresentar filmes aos alunos e em seguida promover análise dos mesmos, oportunidade em que os alunos expressarão suas opiniões, ouvindo os colegas e consensarão pareceres;
    • - Promover debates sobre temáticas de interesse dos alunos, sobre temas estudados, livros lidos;
    • - Estimular a comunicação entre professor/aluno e aluno/aluno, para que possam se fazer ouvir e ouvir o outro;
    • - Incentivar a livre expressão;
    • - Realizar trabalhos em dupla e em grupo;
    • - Apresentar peças teatrais;
    • - Propiciar atividades que contemplem o diálogo entre os alunos, professores, família;
    • - Promover atividades que promovam a elaboração de regras de jogos e brincadeiras, de combinados, de plano para ações a serem desenvolvidas.   
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 72.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.12- Reforçar o desenvolvimento de estilos interessantes de vida e oferecer opções viáveis e interessantes para a prática de ações que promovam a saúde.    
    • - Promover debates sobre educação e saúde;
    • - Criar um jornalzinho: ”Saúde é Tudo”
    • - Desenvolver projetos interdisciplinares sobre Hábitos Saudáveis;
    • - Realizar momentos de palestras a serem ministradas pelos profissionais da saúde;
    • - Promover caminhada ecológica;
    • - Propiciar prática de esportes, danças e outras expressões corporais e artísticas que favoreçam a saúde e o bem estar;
    • - Realizar atividades diversificadas e lúdicas sobre Qualidade e Valorização da Vida;
    • - Incentivar o estudo das letras de músicas que tenham por tema drogas, violência, preconceito;
    • - Organizar rodas de conversas, para os alunos falarem sobre seu meio social;
    • - Propor estudos de casos sobre pessoas viciadas em drogas;
    • - Promover leitura e discussão de textos informativos;
    • - Trabalhar autoestima, conceitos, valores, por meio da promoção de gincanas e outras atividades;
    • - Elaborar projetos sobre valores;   
    • - Promover ações que visem à participação da família, possibilitando maior conhecimento dos alunos e seus hábitos, das relações familiares e com a comunidade, troca de experiências, divulgação e formação de valores e atitudes.  
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 73.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.13- Trabalhar e desenvolver ações de cunho pedagógico, de maneira interdisciplinar, de prevenção ao uso de drogas.    
    • - Apresentar filmes, documentários e vídeos educativos que favoreçam a formação do sujeito, de valores e atitudes;
    • - Promover gincanas sócio-educativas;
    • - Estimular atividades como rodas de conversas, para os alunos expressarem suas crenças, valores e sonhos;
    • - Desenvolver Projetos Interdisciplinares, objetivando o conhecimento, conscientização e combates as drogas;
    • - Estabelecer parceria com o PROERD.
    • - Promover palestras sobre drogas;
    • - Estudar e analisar documentários de pessoas que já usaram drogas;          
    • - Promover Campanha: “Não às Drogas”;
    • - Realizar passeatas de conscientização sobre o uso maléfico das drogas;
    • - Realizar seminários com a participação da policia militar e agentes da saúde, entre outros profissionais, cujo temas sejam as drogas, seus malefícios e sobre as doenças decorrentes de seu uso;
    • - Exposição de cartazes, trabalhos, pesquisas, elaborados nos projetos sobre drogas, seus malefícios e sobre doenças decorrentes de seu uso;
    • - Desenvolver na escola o PEAS.
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS
  • 74.   5 - Desenvolvendo Bons Hábitos Sociais e de Higiene
    • 5.14- Ajudar os alunos a construir sua personalidade, pois, ninguém se constrói sozinho.  
    • - Trabalhar textos informativos sobre personalidade, cidadania, ética, valores;
    • - Promover debates sobre sexualidade, relações humanas;
    • - Implantar e implementar na escola o Programa de Educação Afetivo Sexual;
    • - Realizar oficinas sobre direitos e deveres, tendo por instrumento a Declarações dos Direitos Humanos, Estatuto da Criança e do Adolescente e Regimento escolar;
    • - Promover palestra sobre Ética, cidadania;
    • - Realizar atividades diversificadas sobre solidariedade, companheirismos, amor ao próximo e respeito;
    • - Promover trabalhos em grupo objetivando o desenvolvimento do espírito cooperatividade, da solidariedade e da fraternidade entre os alunos;
    • - Estimular o trabalho em equipe;
    • - Desenvolver brincadeiras e jogos que estimulem o diálogo entre os alunos;
    • - Ampliar as discussões sobre os Temas Transversais em sala de aula;
    • - Fortalecer a parceria entre Escola e Família;
    • - Realizar momentos cívicos;
    BOA PRÁTICA AÇÕES CONCRETAS

×