Revista Entre Sem Bater

  • 234 views
Uploaded on

Revista feita pelos alunos da UFSJ no Estúdio de Planejamento e Gestão do Território, orientados pela professora Fernanda Nascimento Corghi.

Revista feita pelos alunos da UFSJ no Estúdio de Planejamento e Gestão do Território, orientados pela professora Fernanda Nascimento Corghi.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
234
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. entre ano 2013 sem bater edição limitada EXTRA! Mapa das Associações de Moradores. Você conhece o Plano Diretor de São João del-Rei? Sabe pra que serve? p. 10 A cidade é sua! Vem fazer parte da gestão de São João del-Rei.
  • 2. orientador Fernanda Nascimento Corghi editores Anne Elize Resende Viegas Gabriela Soares de Freitas Isabela Aparecida Pinto Resende Juliana de Faria Linhares Talles Henrique Silva conselho editorial Ana Carolina Fernandes Gustavo Valle Alves João Paulo Vilela Ribeiro Mariana Silva Melillo Rhaysa Caroline Jacob Santos Camila Martins Silva Jéssyca Ingrid Coutinho Resende Jó Mateus Freitas Leão Paula Caroline das Graças Sarah Aguiar Coelho Thaila Roza Nova Bento Thamires Santos Lage 3
  • 3. Editorial A revista “Entre sem bater” Constituição. Dentre as várias diretrizes desse Estatuto, ele pretende, já com seu título, institui a criação do Plano promover a participação da Diretor, que também será população na gestão da tratado nesse capítulo junto sua cidade. As portas dos à espaços institucionais estão poder público As promovidas pelo participar da gestão pública. Para organização conteúdo desse de campo em bairros de municipal, os espaços de São João del-Rei e algumas gestão e o seu papel social. das histórias relatadas nesses O primeiro capítulo informa locais sobre o funcionamento das foram adaptadas para a revista para que cidades brasileiras. Elas são pudéssemos evidenciar os regularizadas pelo Estatuto contrastes existentes entre a das Cidades, que é um federal o capítulo foram feitas visitas governamental, a legislação decreto seguintes do cidadão e suas formas de Para participar é preciso a páginas esclarecem o papel social e lutem pelos seus direitos. conhecer Plano João del-Rei. que tenham conhecimento ações do Diretor Participativo de São abertas aos cidadãos para das explicação sociedade real e a ideal. baseado Uma das formas do cidadão nos artigos 182 e 183 da 4
  • 4. participar do planejamento aplicação do plano diretor e gestão da sua cidade é de uma maneira justa para conhecendo-a. todos os cidadãos. Essas Para isso é preciso que saiba que experiências podem sua ação interfere na vida tomadas de outras pessoas, já que e serem aplicados na sua o local que você mora faz cidade também. parte de um conjunto de Após corpos d’água que formam revista o que se espera é uma bacia hidrográfica. que ela possa ser atualizada, As cidades já contam com a continuada e aplicada pela participação da população população. O Plano Diretor a como ser exemplos formulação da na gestão do seu território. de São João del-Rei deverá O quarto capítulo evidencia as ações que ser renovado em 2015 e estão você pode participar. acontecendo em São João del-Rei valorizando-as e exemplificando formas de contribuir para a luta pela cidade que queremos. Para concluir foram incluídas informações sobre experiências de as outras cidades brasileiras no que Alunos do curso de diz respeito à formulação e Arquitetura e Urbanismo. 5
  • 5. 6
  • 6. Sumário Como funciona nossa cidade Como participar Você conhece os rios da sua cidade? Quem já está participando Saiba mais sobre o que está dando certo! 7 8 16 32 36 40
  • 7. COMO FUNCIONA NOSSA CIDADE 8
  • 8. LEIS FEDER AIS ESTADUAIS MUNICIPAIS + C I DA D E = DEMOCRÁTICA PARTICIPAÇÃO POPULAR As cidades são regidas por leis federais, estaduais e municipais. O Estatuto da Cidade é a lei federal (10.257/2001) que diz como as cidades do Brasil devem funcionar para atender bem os cidadãos. Para isso, ele determina para os municípios a criação do Plano Diretor.1 1 9 Informações extraídas do Instituto Polis
  • 9. O que é o plano diretor? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? O plano diretor é uma lei municipal que deve ser feito com a participação de toda a população para organizar o crescimento da cidade que queremos.2 2 10 Informações extraídas do Instituto Polis
  • 10. O plano diretor é obrigatório para todos os municípios que tem mais de 20 mil habitantes, fazem parte de regiões metropolitanas, são turísticas ou tem grandes obras que coloquem o meio ambiente em risco ou mudem muito a região.3 E São João del-Rei tem plano diretor? FIQUE LIGADO! O Plano Diretor de São João del-Rei foi criado em 2005 e deverá ser atualizado em 2015. 3 11 Informações extraídas do Instituto Polis
  • 11. ENTENDA O PLANO DIRETOR! O Plano Diretor de SJDR destaca os seguintes direitos sociais: terra urbanizada, moradia, saneamento ambiental, serviços públicos, O Plano Diretor de SJDR destaca os transporte direitos sociais: terra urbanizada, coletivo, mobilidade urbana, seguintes trabalho, cultura e lazer. ambiental, serviços moradia, saneamento públicos, transporte coletivo, mobilidade urbana, A intenção é garantir um território em trabalho, cultura e lazer. que todos tenham boas condições para desenvolver atividades profissionais, acessar A intenção é garantir um território em que uma tenham boas condições para desenvolver todos educação de qualidade, serviços eficientes de saúde, segurança, transporte e atividades profissionais, acessar uma educação lazer. de qualidade, serviços eficientes de saúde, segurança, apontam para: As diretrizestransporte e lazer. - o desenvolvimento socialpara: As diretrizes apontam e econômico; - o desenvolvimento social e econômico; - a proteção do patrimônio ambiental e cultural; - a proteção do patrimônio ambiental e cultural; - o desenvolvimento institucional; - o desenvolvimento institucional; - aa formulação e execução de planos - formulação e execução de planos municipais municipais (saúde, educação, ação social, (saúde, educação, ação social, desenvolvimento desenvolvimento econômico, meio ambiente, econômico, meio ambiente, patrimônio cultural e patrimônio cultural e ordenemanento ordenemanento territorial). territorial). 4 4 Informações extraídas do Plano Diretor Participativo de SJDR. 12
  • 12. Você pode encontrar o Plano Diretor na Prefeitura Municipal ou no Portal Online São João Del-Rei Transparente. Ponte da Cadeia 13
  • 13. O plano já está pronto. O que eu faço agora? Ajude a colocar o plano em prática! Devemos fazer com que saia do papel participando da vida política, já que planos apenas com diretrizes não exigem sua aplicação. FIQUE LIGADO! Para participar é preciso ter acesso a informação: Art. 93 - O poder executivo Municipal promoverá a ampla divulgação dos conteúdos e diretrizes dessa lei utilizando-se de instrumentos e linguagens acessíveis a toda 5 população. 5 Informações extraídas do Plano Diretor Participativo de SJDR. 14
  • 14. ESFERA FEDERAL ESFERA ESTUDAL ESFERA MUNICIPAL (PREFEITURA) CÂMARA MUNICIPAL (COMISSÕES) SAÚDE EDUCAÇÃO TRANSPORTE CASA DOS CONSELHOS LAZER PATRIMÔNIO SOCIEDADE CULTURA SANEAMENTO (ASSOCIAÇÕES DE BAIRRO, ONGS, ETC) 15
  • 15. COMO PARTICIPAR Fotos de reuniões de Associações de Bairros com os alunos. 16
  • 16. Como podemos participar? O Plano prevê que a cidade ofereça aos cidadãos instrumentos de gestão como: ASSEMBLÉIAS CONSELHOS FUNDOS MUNCIPAIS GESTÃO ORÇAMENTÁRIA PARTICIPATIVA AUDIÊNCIAS CONSULTAS PÚBLICAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS PROJETOS DE LEI DE INICIATIVA POPULAR REFERENDO POPULAR PLEBISCITO e ASSOCIAÇÕES DE BAIRRO A POPULAÇÃO TEM O DIREITO DE PARTICIPAR DA FORMULAÇÃO DO PRÓPRIO PLANO DIRETOR!6 6 17 Informações extraídas do Instituto Polis.
  • 17. MORO NO BAIRRO BONFIM. ONDE POSSO PEDIR PARA QUE ARRUMEM O BURACO DA MINHA RUA? PROCURE A ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO BONFIM PARA FACILITAR O DIÁLOGO COM A PREFEITURA. FIQUE LIGADO! Esta Associação está ativa desde 1986 e hoje é coordenada pelo Sr. Juscelino. As reuniões são as 19h na quadra da Praça Guilherme Milward. Dados segundo visita feita pelos alunos da Arquitetura e Urbanismo da UFSJ. 18
  • 18. Associações de bairro de São João del-Rei: Perfil, localização e pontos de referência Perfil das Associações Ativas 19
  • 19. 3 ALTO DAS MERCÊS 1 BARRO PRETO Tejuco SÃO GERALDO 5 GUARDA-MÓR 2 Centro BONFIM 4 Localização das Associações de Bairro 1- Associação Pró-Melhoramentos do Barro Pio XII 2- Associação de Moradores e Amigos do Bairro Guarda Mor 3- Renascença do Bairro Alto das Mercês 4- Associação dos Moradores Bairro do Bonfim 5- Associação de Moradores do Bairro 20 São Geraldo 6- Associação de Moradores e Amigos do Bairro Fábricas/Rodoviária 7- Associação de Moradores do Bairro São Dimas 8- Associação de Moradores do residencial JK-IAPI 9- Associação de Moradores do Bairro Vila
  • 20. O 7 SÃO DIMAS 6 FÁBRICAS ida n Ave 8 JK-IAIPI Le o astr eC ite d 9 10 N. SENHORA DE FÁTIMA V. SANTO ANTÔNIO Matozinhos 11 12 INOCOOP BOM PASTOR 13 PIO Xll Nossa Senhora de Fátima 10- Associação de Moradores da Vila Santo Antônio 11- Associação do Conjunto Habitacional Tancredo Neves (INOCOOP) 12- Associação Donas de Casa Bom Pastor 13- Associação Pró-Melhoramentos do Bairro Pio XII 21
  • 21. Onde procurar e como chegar nas Associações? 1- Associação de Moradores do Bairro São Dimas Endereço: Rua Dom Aquino, 60, São Dimas. Contato: Telefone do presidente: (32) 88232734 (Claudionísio) / Telefone do vice-presidente: (32) 88482652 (Miguel Veríssimo) Como chegar: O bairro São Dimas está localizado atrás do Campus Dom Bosco. 2- Renascença do Bairro Alto das Mercês Endereço: Rua Toledo, 143, Alto das Mercês. Contato: (32) 99149922 Antônio Francisco da Silva (apelido Galiu) Como chegar: O bairro Alto das Mercês fica próximo ao centro da cidade. 3- Associação dos Moradores Bairro do Bonfim Endereço: Praça Guilherme Milward, s/n (dentro da quadra) Contato: associacao.amobonfim@hotmail.com (email da associação) Como chegar: A associação fica no Bairro Bonfim que é próximo ao centro da cidade. Chegando a Igreja São Francisco de Assis e ao Campus Santo Antônio da UFSJ, suba um morro íngreme direto e você chegará a uma praça, onde está localizada a associação. 22
  • 22. 4- Associação do Conjunto Habitacional Tancredo Neves (INOCOOP) Endereço: Rua Jatobá , 271. Matosinhos. Contato: Telefone da vice-presidente: (32) 33724732 / (32) 88444732 (Lourdes) Como chegar: Esta localizado na Avenida 7 de Setembro. 5- Associação de Moradores do residencial JK-IAPI Contato: Telefone do Presidente: (32) 3371-3249 ou (32) 9921-6676 Antídeo (Tide) Como chegar: Use como ponto de referência a Avenida Leite de Castro, é a primeira rua paralela a esquerda para quem vem no sentido centro, próximo ao Supermercado Bahamas. 6- Associação de Moradores e Amigos do Bairro Guarda Mor Endereço: Rua Vereador Vicente Cantelmo,255, Bairro Guarda Mor Contato: Telefone do presidente: (32) 84514065 (Alexandre) Como chegar: Subindo direto o morro da praça Biquinha você já se encontra na rua destinada, a associação se reúne no salão atrás da igreja no lado esquerdo da rua pra quem está subindo. 7- Associação Pró-Melhoramentos do Bairro Pio XII Endereço: Rua Jose dos Santos, 80, Pio XII Como chegar: Seguindo a avenida Josué de Queiroz sentido trevo vire a esquerda com a sinalização para a APADEC. 23
  • 23. 8- Associação de Moradores do Bairro Vila Nossa Senhora de Fátima Contato: Telefone do vice-presidente: (32) 99253111 (Ronaldi) Obs: Não foi possível mostrar como chegar por eles não terem um local fixo para a reunião. 9- Associação de Moradores e Amigos do Bairro Fábricas/Rodoviária Contato: Telefone do presidente: (32) 91281931 (Aparecida) Como chegar: A Associação de Moradores e Amigos do Bairro Fábricas/Rodoviária se localiza no Bairro Fábricas e abrange a rodoviária nova, o morro do Dom Bosco, o supermercado Salles e a rua que fica ao lado deste. 10- Associação de Moradores do Bairro São Geraldo Endereço: Rua Urbano Ribeiro de Carvalho, 192 Contato: Telefone do presidente: (32) 88542115 | (32) 99031046 (Sérgio) Como chegar: Associação de Moradores do Bairro São Geraldo se localiza no bairro São Geraldo. As reuniões acontecem no Salão do São Geraldo. O bairro está localizado acima do bairro Bela Vista e próximo ao campus Dom Bosco da UFSJ. 11- Associação Donas de Casa Bom Pastor Endereço: Rua Expedicionários Lucindo Martins, s/n, Bom Pastor. Contato: Telefone do Presidente: (32) 33724027 (Ângela) Como chegar: Subindo a Avenida Sete Setembro depois que passar a rua Antonio Pedro da Trindade entrar a primeira direita e depois a segunda direita 24
  • 24. próximo ao campo. 12- Associação de Moradores e Amigos do Barro Preto Endereço: Rua Juvenal Vaz Guimarães (perto da praça). Contato: Procurar a Senhora Neuza - Vice Presidente ou o Senhor Luiz (Maradona) - Presidente Como chegar: Partindo da Avenida General Osório você chega a Igreja de São José, atravessa a ponte que tem em frente a ela e sobe o morro, o prédio da associação fica próximo ao Residencial São Lucas da Minha Casa, Minha Vida. 13- Associação de Moradores da Vila Santo Antônio Endereço: Rua Antônio Firmino de Paula, 13, Vila Santo Antônio. Contato: Procurar a presidente Cléa ou o Vice Presidente Willian. Como chegar: No começo da avenida Sete de Setembro entre na rua cuja a esquina esta a loja LELE Cosméticos, seguindo até o fim. Pronto você está de frente ao salão comunitário. 14- Associação de Artesãos, Moradores e Amigos do Rio das Mortes Endereço: Se reúnem na Escola Estadual Evandro Ávila. Contato: Telefone do antigo presidente: (32) 3372-2081 (Ernandes) Como chegar: Por se tratar de um distrito de São João del Rei, não consta no mapa, mas o modo mais fácil de chegar é por ônibus da linha “Rio das Mortes” da Viação presidente, pois lá o local é pequeno, havendo maior facilidade de encontrar a associação. 25
  • 25. NO NOSSO BAIRRO TEMOS PROBLEMAS COM O ESGOTO QUE ESTÁ VOLTANDO E ALAGANDO AS NOSSAS CASAS. ISSO É UM ABSURDO, NÃO PODE CONTINUAR ASSIM! A GENTE PRECISA PROCURAR ALGUÉM PARA RESOLVER ISSO. CLARO! A ASSOCIAÇÃO PODE SE REUNIR COM O PREFEITO E COM VEREADORES. COM A NOSSA AJUDA, PODEMOS MUDAR ESSA REALIDADE E TRAZER BENEFÍCIOS PARA TODO O BAIRRO E A CIDADE. VAMOS NOS REUNIR COM A ASSOCIAÇÃO DO BAIRRO PARA IRMOS ATRÁS DESSAS MELHORIAS. REALMENTE. A POPULAÇÃO ESTÁ MUITO DESMOTIVADA. COM A NOSSA INICIATIVA, AS MUDANÇAS VÃO ACONTECER. Dados segundo visita feita pelos alunos da Arquitetura e Urbanismo da UFSJ. 26
  • 26. Existem diversos casos aonde as Associações de A participação de todos os segmentos Moradores, ao invés de se unir, atrapalham umas da sociedade é de o bom funcionamento as outras dificultando extrema importância ao processo de gestão. desses espaçosde gestão. Atualmente está sendo elaborado o Plano de Saneamento Básico e Resíduos Sólidos de São João del-Rei, informe-se no site da Prefeitura da cidade sobre as audiências públicas. 27
  • 27. NÓS, ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BONFIM, PINTAMOS A QUADRA E FABRICAMOS E DISTRIBUIMOS FRALDAS GRATUITAMENTE PARA AS MÃES CARENTES DO NOSSO BAIRRO. SIM, NÓS ATÉ VAMOS NAS REUNIÕES DA PREFEITURA, MAS NÃO CONSEGUIMOS EXPRESSAR NOSSAS OPINIÕES POR CAUSA DA BUROCRACIA E DO NOSSO DESCONHECIMENTO DAS LEIS. VOCÊS FAZEM ISSO POR CONTA PRÓPRIA? E O QUE VOCÊS GOSTARIAM DE PEDIR NAS REUNIÕES? NO MOMENTO DESEJAMOS A AMPLIAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE OU A CONSTRUÇÃO DE UMA NOVA UNIDADE E A REVITALIZAÇÃO DA NOSSA PRAÇA. Dados segundo visita feita pelos alunos da Arquitetura e Urbanismo da UFSJ. 28
  • 28. Segundo o Estatuto da Cidade, toda a população deveria ter acesso à informações em uma linguagem democrática para que possa cobrar seus direitores do poder executivo, além de participar ativamente das Assembléias públicas e lutar pela cidade que queremos. 29
  • 29. COMPREI UM TERRENO NO ALTO DE UM MORRO. APESAR DE NÃO CONSTRUIR AGORA, AMANHÃ MESMO VOU CONTRATAR ALGUÉM PARA CAPINÁ-LO. NÃO FAÇA ISSO! FAZEMOS PARTE DE UMA BACIA HIDROGRÁFICA, ONDE O RIO É O PRINCIPAL AGENTE DO RELEVO. QUANDO TIRAMOS A COBERTURA VEGETAL DE UM TOPO DE MORRO, IMPACTAMOS DIRETAMENTE NO RIO, POIS ESTE PODERÁ RECEBER SEDIMENTOS DE TODO TIPO. ALÉM DISSO, AS BOCAS-DELOBO TAMBÉM PODEM ENTUPIR FAZENDO COM QUE HAJA ALAGAMENTOS E HÁ O RISCO OCORRER DESLIZAMENTOS DE TERRA. FAÇA A CAPINA SOMENTE QUANDO FOR CONSTRUIR. DESSA FORMA SOMOS RESPONSÁVEIS UNS PELOS OUTROS. NÃO FAÇA A SEU VIZINHO AQUILO QUE NÃO QUER PRA VOCÊ! Dados segundo visita feita pelos alunos da Arquitetura e Urbanismo da UFSJ. 30
  • 30. Grande parte de tragédias relacionadas a alagamentos, deslizamentos de terra e assoreamento do rio é responsabilidade do homem. Em ocupações em topos de morro, a preocupação é ainda maior pois tudo o que se faz no alto, impacta na parte baixa. Um exemplo disso é a Av. Leite de Castro, que recebe tudo o que vem dos morros a seu redor. Por isso é importante que o cidadão tenha consciência de seu papel dentro da bacia hidrográfica formada pelo rio e seu entorno. 31
  • 31. 1 2 4 6 3 5 7 VOCÊ CONHECE O S R IO S DA SUA CIDADE? 1- Rio Carandaí; 2- Rio das Mortes; 3- Córrego do Água Limpa; 4 e 5- Córrego do Lenheiro; 6- Córrego Ribeirão 7- Córrego do Rio Acima Mapa desenhado pelos alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo UFSJ 32
  • 32. Para evitar enchentes você precisa saber: RIOS PRINCIPAIS + RIOS AFLUENTES = CASA DO RIO = BACIA HIDROGRÁFICA Bacias Hidrográficas são as áreas drenadas por um rio principal e seus afluentes. Essas áreas tem características naturais semelhantes. Um mesmo braço de rio pode ser ocupado por mais de um bairro. Você sabe quais são os bairros que fazem parte da Bacia Hirográfica do rio que passa perto da sua casa? Consulte o mapa de São João del-Rei dividido por bacias hidrográficas e se localize! 7 7 Informações extraídas do Livro: Erosão e conservação dos solos. Conceitos, temas e aplicação; Antônio José Teixeira Guerra; 1999. 33
  • 33. 34
  • 34. VOCÊ SABE QUE SUAS AÇÕES TRAZEM CONSEQUÊNCIAS PARA SUA CIDADE? Isso acontece porque você está inserido em uma Bacia Hidrográfica. E assim, se você reside na parte mais alta do seu bairro, a maneira que você trata o rio pode afetar aqueles que moram na parte mais baixa, que sofrerão com as enchentes. 35
  • 35. “Fazemos rifas para arrecadar dinheiro” “Fizeram um quebra-mola mas nós queríamos um sinal” “Nós não vamos muito atrás de leis e do plano diretor, corremos atrás do que precisamos” “A população não é muito participativa” QUEM J Á E ST Á PARTICIPANDO “As construções da periferia são sem projeto, sem planejamento e acabamento” “As reuniões aconteciam na rua e se chovesse iríamos para a casa de algum membro” “A gente fica na associação porque se uma pessoa não puxar aí que vai desbarrancar tudo” Depoimentos de moradores da cidade relatados pelos estudantes da UFSJ 36
  • 36. Sou o José, eu e minha esposa Maria moramos aqui no bairro e toda semana varremos a nossa rua. Além disso, plantamos várias árvores que estão aqui até hoje. Gostaria que as ruas fossem mais limpas e que a cidade tivesse mais áreas verdes preservadas! Depoimentos de moradores da cidade relatados pelos estudantes da UFSJ 37
  • 37. Sou a Dona Joana e eu cuido da minha rua. Fico de olho em quem coloca o lixo para coleta na hora errada! Além disso não existem lixeiras adequadas nas ruas e as pessoas jogam lixo nos jardins. Elas fazem muita falta! Depoimentos de moradores da cidade relatados pelos estudantes da UFSJ 38
  • 38. Eu sou Henrique e só ando pela cidade de bicicleta. Além de reduzir a emissão de poluentes, fico de olho nas intervenções que estão acontecendo na cidade e contribuo para um trânsito mais tranquilo, andando na mão certa. Sugiro que no próximo Plano Diretor de São João del-Rei seja feita uma ciclovia! Depoimentos de moradores da cidade relatados pelos estudantes da UFSJ 39
  • 39. Saiba mais sobre o que está dando certo! Bauru O Plano Diretor Participativo de Bauru propõe que a gestão da cidade seja feita com participação direta da população nos processos decisórios e na condução da política urbana. O processo de elaboração do Plano Diretor de Bauru contou com a participação dos moradores da cidade em reuniões, “bate papo” sobre os problemas do dia-a-dia e na divulgação para todos os habitantes sobre o Plano Diretor. Houve grupos de cidadãos que participaram da setorização da cidade de acordo com os limites das bacias hidrográficas do Rio Bauru. Além disso, fizeram leituras comunitárias, reuniões de sensibilização e participaram da elaboração de propostas e eleição de delegados das comunidades para que assim cada região tenha sua particularidade levada em conta. O poder público, as equipes de trabalho e os colaboradores da cidade de Bauru receberam capacitação técnica para prepararem o Plano Diretor do município, já que a gestão participativa requer novas posturas, novas formas de agir e de compartilhar responsabilidades e o conhecimento do Estatuto da Cidade, seus princípios e objetivos. 40
  • 40. Campinas A cidade de Campinas, em São Paulo, é dividida em macrozonas. Cada macrozona representa um conjunto de bairros dentro de determinada região.Essa divisão foi feita para que cada região tenha sua particularidade respeitada e seu planejamento e gestão seja baseado em suas características. O Plano Local de Gestão é uma ferramenta complementar de ordenamento do território a ser desenvolvido pelo Executivo para as 9 macrozonas do município de Campinas com a participação da sociedade organizada. Um exemplo disso é a macrozona 1 que através da participação dos moradores conseguiu preservar uma área verde de importância significativa que compreende uma grande bacia hidrográfica, preservando assim o rio e seus afluentes além da fauna e flora local. Esse sistema de gestão também conta com a colaboração UNICAMP e PUCCAMP, envolvendo, na sua efetivação, pesquisadores destas universidades, técnicos da própria administração e de instituições colaboradoras. Curitiba A atualização do Plano Diretor de Curitiba, capital do Paraná, foi feita a partir de estudos sobre a história da cidade. Ou seja, o planejamento e a gestão dessa cidade tem características que retratam seu passado e o valorizam no presente, imprimindo as marcas da identidade do seu povo. Além disso, esse Plano dá grande ênfase ao transporte coletivo, os ciclistas e os pedestres. A população de Curitiba tem acesso online a todas as ações executadas pelo poder público e privado; Todos os bairros da cidade são mapeados, com seus limites e condições de infra-estrutura para que a população se entenda como bairro e como um todo. 41
  • 41. Se tiver dúvidas ou quiser saber mais, PROCURE: r mais sjdrativa.blogspot.com.br 42
  • 42. Faça suas anotações e leve pa ra a Associação de Moradores do seu bairro!!! 43
  • 43. Essa edição foi produzida pelos alunos do 3o ao 6o período da disciplina “Planejamento e Gestão do Território” do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de São João del-Rei.