Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Motivação dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas para publicar em periódicos científicos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Motivação dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas para publicar em periódicos científicos

  • 152 views
Published

Pôster apresentado durante o XIV ENANCIB em Florianópolis, SC.

Pôster apresentado durante o XIV ENANCIB em Florianópolis, SC.

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
152
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação Informação e Interação: ampliando perspectivas para o desenvolvimento humano Florianópolis, 29 de outubro a 1º de novembro de 2013 GT 7: Produção e Comunicação da Informação em CT&I MOTIVAÇÃO DOS DOCENTES DO SETOR DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PARA PUBLICAR EM PERIÓDICOS CIENTÍFICOS Paula Carina de Araújo¹ paula.carina.a@gmail.com 1 RESUMO 1. OBJETIVO GERAL 2 OBJETIVO GERAL Verifica as motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná para publicar em periódicos científicos. Descreve do Setor de Ciências e comunicação Verificar as motivações dos docentes a importância da produção Jurídicas da científica no âmbito das universidades Federal do Paraná (UFPR) mais importante para os docentes a oportunidade de Universidade públicas. Aponta como motivação para publicar em periódicos disseminar científicos.informações e conhecimentos. Outras motivações citadas com destaque são: a possibilidade de contribuir com fontes de informação para novas pesquisas, o reconhecimento acadêmico advindo da produção intelectual e/ou científica e a oportunidade de submeter a produção intelectual à revisão e avaliação dos pares. 3 TRAJETÓRIA METODOLÓGICA População: Tipo de pesquisa: exploratória Verificar as motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para publicar em periódicos científicos. quantitativa descritiva 17 docentes (21,5%) 79 docentes do Setor de responderam à pesquisa. Ciências Jurídicas da UFPR. Instrumento de coleta de dados: Questionário eletrônico composto por 16 perguntas: seis de múltipla escolha, três abertas e sete nas quais foram diluídas em itens as motivações e dificuldades. Nestas, o respondente deveria indicar seu grau de concordância/importância por meio da Escala Likert de cinco pontos - onde 0 é considerado menos importante e 5, mais importante. 24% # PERFIL DOS PARTICIPANTES 6% • Regime de trabalho: 12% 3% Núcleo de Prática Jurídica Revistas tradicionais (Ex: Revista dos Tribunais, Revista de Direito Público de Economia, etc) Revistas de Acesso Livre (Revista da Faculdade de Direito da UFPR, Revista Direito GV) Revistas tradicionais e Revistas de Acesso Livre 2% Direito Privado 18% 18% • Publicação em Periódicos Científicos (tipos): • Departamento em que atua: 4 RESULTADOS E DISCUSSÕES • Formação: O questionário foi formulado a partir dos 14 itens motivacionais propostos por Ferreira, Marchiori e Cristofoli (2005) e os dados estão apresentados em quatro categorias motivacionais estabelecidas na pesquisa de Marchiori e Adami (2006), com destaque para as motivações consideradas mais importantes (pontuação 5 na Escala Likert) pelos respondentes para a análise dos dados. Direito Civil e Processual Civil 53% 71% Direito Público 18% • Publicação em Periódicos de Acesso Livre: • Coordena ou atua em algum grupo de pesquisa: 29% 53% 71% Doutorado em andamento Doutorado 20 horas semanais Pós-doutorado Não 6% Sim Não 88% # MOTIVAÇÕES PARA PUBLICAR EM REVISTAS CIENTIFÍCAS • Científico-Profissionais Oportunidade de disseminar informações e conhecimentos: 76% • Tecnológica Revistas impressas - respeitado o tempo para a avaliação por pares: 29% • Financeiras / De recompensa Participação em programas de pós-graduação: 41% • Outras motivações Entendimento de que a pesquisa é a mais importante função do docente de uma instituição de ensino pública; Oportunidade de fazer valer outras teorias além das tradicionalmente conhecidas; Possibilidade de aprofundamento dos assuntos em menor tempo do que em livros. • Pessoais Reconhecimento acadêmico advindo da produção intelectual e/ou científica: 53% científicos como o principal meio de comunicação científica. 12% 94% 40 horas semanais (dedicação exclusiva) 40 horas semanais 59% consideram os artigos Sim # DIFICULDADES PARA PUBLICAR EM REVISTAS CIENTIFÍCAS • De ordem pessoal Baixa disponibilidade de tempo para pesquisar e escrever: 47% O que se explica pelo fato de o maior número de respondentes ter um regime de trabalho de 20 horas. • De ordem diversa Alto grau de dispersão de artigos sobre um mesmo tema entre as revistas da área: 29% • Outras dificuldades Revistas temáticas que limitam a publicação; Excessiva demora até a aprovação do artigo para publicação; Ausência de clareza quanto aos critérios de avaliação do periódico; Ausência de linha editorial forte; A forma de avaliação dos periódicos por meio do Qualis. 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS As motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná estão de acordo com as constatações da literatura sobre as funções da produção e comunicação científica. Esse fator é percebido ao identificar como principal motivação a oportunidade de disseminar informação e conhecimento e em segundo lugar a possibilidade de contribuir com fontes de informação para novas pesquisas, assim como foi constatado em outros estudos, como em Ferreira, Marchiori, Cristofoli (2005) e Adami e Marchiori (2005). Surpreendente foi encontrar como motivação adicional o entendimento de que a pesquisa é a mais importante função do docente de uma instituição de ensino público. Percebe-se que há um entendimento, ainda que da minoria, da importância do professor atuar também como um pesquisador. Entre as dificuldades apontadas, destaca-se a forma de avaliação dos periódicos por meio do Qualis. Esse também é um ponto comum com pesquisas realizadas em outras áreas do conhecimento. Afirma-se que a forma pouco clara de avaliação dos periódicos e a falta de adequação às diferentes áreas também limitam a publicação por parte dos pesquisadores. (FERREIRA; MARCHIORI; CRISTOFOLI, 2005). 6 REFERÊNCIAS FERREIRA, S. M. S. P.; MARCHIORI, P. Z.; CRISTOFOLI, F.. Motivação para publicar em revistas científicas: estudo nas áreas de ciências da comunicação e ciência da informação.In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINO, Maria das Graças (Org.). Acessibilidade e visibilidade de revistas científicas eletrônicas. São Paulo: Ed. Senac São Paulo; Cengage Learning, 2005. p. 79-118. MARCHIORI, P.Z; ADAMI, A. Motivação e produção científico-acadêmica: o impacto das novas tecnologias da informação e da comunicação sob o ponto de vista dos autores". In: INTERCOM SUL. SIMPÓSIO DE PESQUISA EM COMUNICAÇÃO, 7., 2006. Livro de programas e resumos, v.1, Curitiba: UFPR, 2006. ¹Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação (UFPR), Bacharel em Biblioteconomia – Hab. Gestão da Informação (UDESC). Bibliotecária da Biblioteca de Ciências Jurídicas da UFPR e Professora do Curso Técnico em Biblioteconomia da PUC/PR.