PAULA CARINA DE ARAÚJO   O BIBLIOTECÁRIO E  A FORMAÇÃO DE LEITORES Orientadora: Profª. Msc. Fernanda de Sales FLORIANÓPOLI...
OBJETIVOS <ul><li>OBJETIVO GERAL </li></ul><ul><ul><li>Conhecer a percepção dos bibliotecários das escolas da Rede Municip...
METODOLOGIA <ul><li>Pesquisa Exploratória e Descritiva </li></ul><ul><li>Abordagem Qualitativa </li></ul><ul><li>População...
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA <ul><li>Leitura </li></ul><ul><ul><li>Almeida Junior (1997), Silva (2003), Pandini (2004); </li></ul...
RESULTADOS <ul><li>IMPORTÂNCIA DA LEITURA </li></ul><ul><ul><li>Fator condicionante para a formação de verdadeiros cidadão...
RESULTADOS <ul><li>ATIVIDADES DE INCENTIVO À LEITURA </li></ul><ul><ul><li>Função da Biblioteca escolar; </li></ul></ul><u...
RESULTADOS <ul><li>FORMAÇÃO DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Prática importante, complexa e que deve ter continuidade; </...
RESULTADOS <ul><li>RESPONSABILIDADE DO BIBLIOTECÁRIO COM RELAÇÃO À FORMAÇÃO DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>São responsá...
RESULTADOS <ul><li>INTERAÇÃO ENTRE O BIBLIOTECÁRIO E O CORPO DOCENTE </li></ul><ul><ul><li>Prática importante, complexa e ...
RESULTADOS <ul><li>BIBLIOTECÁRIO COMO FORMADOR DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Reflexão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Form...
RESULTADOS <ul><li>HABILIDADES NECESSÁRIAS PARA A ATUAÇÃO COMO FORMADOR DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Ser um leitor; <...
RESULTADOS <ul><li>CONVERSA INFORMAL </li></ul><ul><ul><li>Trabalho em Rede; </li></ul></ul><ul><ul><li>Interação entre bi...
CONSIDERAÇÕES FINAIS <ul><li>Foi muito gratificante perceber que o sonho de dispor de bibliotecas escolares longe da misér...
REFERÊNCIAS <ul><li>ALMEIDA JUNIOR, Oswaldo Francisco de.  Sociedade e Biblioteconomia . São Paulo: Polis ; APB, 1997. (Co...
REFERÊNCIAS <ul><li>PANDINI, Carmen Maria Cipriani. Ler é antes de tudo compreender: uma síntese de percepção e criação.  ...
<ul><li>[email_address]   </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

O bibliotecário e a formação de leitores

10,128

Published on

Apresentação do trabalho de conclusão do curso de Biblioteconomia com Hab. em Gestão da Informação na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,128
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
190
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O bibliotecário e a formação de leitores

  1. 1. PAULA CARINA DE ARAÚJO O BIBLIOTECÁRIO E A FORMAÇÃO DE LEITORES Orientadora: Profª. Msc. Fernanda de Sales FLORIANÓPOLIS–SC 2007
  2. 2. OBJETIVOS <ul><li>OBJETIVO GERAL </li></ul><ul><ul><li>Conhecer a percepção dos bibliotecários das escolas da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis-SC enquanto formadores de leitores. </li></ul></ul><ul><li>OBJETIVOS ESPECÍFICOS </li></ul><ul><ul><li>Apresentar a importância da leitura desde a infância como fator de transformação pessoal, social e política; </li></ul></ul><ul><ul><li>Contextualizar e entender no que consiste a formação de um leitor; </li></ul></ul><ul><ul><li>Reconhecer as características de um formador de leitores </li></ul></ul><ul><ul><li>Levantar as dificuldades encontradas pelos bibliotecários acima referidos com relação à formação de leitores. </li></ul></ul>
  3. 3. METODOLOGIA <ul><li>Pesquisa Exploratória e Descritiva </li></ul><ul><li>Abordagem Qualitativa </li></ul><ul><li>População : Bibliotecários responsáveis pelas bibliotecas escolares da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis – SC. </li></ul><ul><li>Amostra: Dois bibliotecários atuantes em cada uma das regiões norte, sul, leste e centro, além de um bibliotecário atuante na região continental. </li></ul><ul><li>ICD Entrevista semi – estruturada </li></ul><ul><li>Categorização </li></ul>
  4. 4. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA <ul><li>Leitura </li></ul><ul><ul><li>Almeida Junior (1997), Silva (2003), Pandini (2004); </li></ul></ul><ul><li>Biblioteca Escolar </li></ul><ul><ul><li>Caldin (2003); Souza, Marinho e Araújo (1993), </li></ul></ul><ul><li>Formação de Leitores </li></ul><ul><ul><li>Villardi (1999), Yunes (1984), Bamberger (2004) </li></ul></ul><ul><li>Bibliotecário como Formador de Leitores </li></ul><ul><ul><li>Caldin (2005), Cavalcante (2005), Sales (2004) </li></ul></ul>
  5. 5. RESULTADOS <ul><li>IMPORTÂNCIA DA LEITURA </li></ul><ul><ul><li>Fator condicionante para a formação de verdadeiros cidadãos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Lazer – “escape das próprias vidas” </li></ul></ul><ul><ul><li>Leitura + Conhecimento + Cidadania </li></ul></ul>
  6. 6. RESULTADOS <ul><li>ATIVIDADES DE INCENTIVO À LEITURA </li></ul><ul><ul><li>Função da Biblioteca escolar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dia da troca de livros, hora do conto, projeto de leitura coletiva (ensino pelo exemplo); </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados: maior freqüência na biblioteca, aumentos do número de empréstimos, consciência de leitura, maior interação com a biblioteca e o bibliotecário, amadurecimento em sala de aula; </li></ul></ul><ul><ul><li>Proposição das atividades: bibliotecário + professores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dificuldades: falta de funcionários, o fato do bibliotecário fazer parte do Quadro Civil de funcionários da PMF. </li></ul></ul>
  7. 7. RESULTADOS <ul><li>FORMAÇÃO DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Prática importante, complexa e que deve ter continuidade; </li></ul></ul><ul><ul><li>Iniciação sos alunos na prática de leitura (Orientação); </li></ul></ul><ul><ul><li>Participação dos pais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados positivos; </li></ul></ul>
  8. 8. RESULTADOS <ul><li>RESPONSABILIDADE DO BIBLIOTECÁRIO COM RELAÇÃO À FORMAÇÃO DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>São responsáveis junto com os professores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Biblioteca  espaço de ensino-aprendizagem; </li></ul></ul><ul><ul><li>Entendem que o bibliotecário deve atuar como educador, apoiado pelo corpo docente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dificuldades: espaço físico inadequado, pouca interação com os professores, falta de pessoal para auxiliar nas atividades, fazer parte do Quadro Civil; </li></ul></ul>
  9. 9. RESULTADOS <ul><li>INTERAÇÃO ENTRE O BIBLIOTECÁRIO E O CORPO DOCENTE </li></ul><ul><ul><li>Prática importante, complexa e que deve ter continuidade; </li></ul></ul><ul><ul><li>Iniciação dos alunos na prática de leitura (Orientação); </li></ul></ul><ul><ul><li>Participação dos pais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados positivos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Professores de 5ª à 8ª série; </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo de atuação na escola: ponto positivo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas informatizadas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Reuniões pedagógicas </li></ul></ul>
  10. 10. RESULTADOS <ul><li>BIBLIOTECÁRIO COMO FORMADOR DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Reflexão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Formadores de leitores em potencial; </li></ul></ul><ul><ul><li>Quadro Civil; </li></ul></ul><ul><ul><li>Consideram-se formadores de leitores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Contação de histórias; </li></ul></ul><ul><ul><li>Reconhecem seu papel de educadores. </li></ul></ul>
  11. 11. RESULTADOS <ul><li>HABILIDADES NECESSÁRIAS PARA A ATUAÇÃO COMO FORMADOR DE LEITORES </li></ul><ul><ul><li>Ser um leitor; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser paciente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser comunicativo, estar bem informado, ser articulado e dinâmico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecer as preferências dos seus usuários; </li></ul></ul><ul><ul><li>Perseverança, ser convincente, conhecer os livros de literatura, gostar do que faz, gostar de criança e ter poder de alteridade </li></ul></ul><ul><ul><li>Estudar sobre a área de educação; </li></ul></ul>
  12. 12. RESULTADOS <ul><li>CONVERSA INFORMAL </li></ul><ul><ul><li>Trabalho em Rede; </li></ul></ul><ul><ul><li>Interação entre bibliotecários e professores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Reuniões periódicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Bibliotecas menos formais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Iniciar o aluno no processo de leitura </li></ul></ul>
  13. 13. CONSIDERAÇÕES FINAIS <ul><li>Foi muito gratificante perceber que o sonho de dispor de bibliotecas escolares longe da miséria apontada por Silva (1995), vem se tornando realidade. As precárias instalações físicas e outros problemas ainda são visíveis, mas o fato da leitura estar cada dia mais presente nesse espaço de produção de conhecimento e do ato de ler estar ligado ao conhecimento e à cidadania, possibilitando a formação de cidadãos conscientes de seu papel na sociedade, aptos a cobrar seus direitos e exercer seus deveres é o que revitaliza a biblioteca escolar e dá destaque ao profissional bibliotecário que nela atua. </li></ul>
  14. 14. REFERÊNCIAS <ul><li>ALMEIDA JUNIOR, Oswaldo Francisco de. Sociedade e Biblioteconomia . São Paulo: Polis ; APB, 1997. (Coleção Palavra Chave, 7). </li></ul><ul><li>BAMBERGER, Richard. Como incentivar o hábito da leitura. 7.ed. São Paulo : Ática, 2004. (Educação em ação). </li></ul><ul><li>CALDIN, Clarice Fortkamp. A função social da leitura na literatura infantil. Encontros Bibli: r. eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação. Florianópolis, n.15, 2003. Disponível em: http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/147/14701505.pdf Acesso em: 10 abr. 2007. </li></ul><ul><li>______. Reflexões acerca do papel do bibliotecário de biblioteca escolar. Rev. ACB: biblioteconomia em Santa Catarina. Florianópolis, v.10, n.2, p.162-168, 2005. Disponível em: http://www.acbsc.org.br/revista/ojs/printarticle.php?id=130&layout=html Acesso em: 12 mar. 2007. </li></ul><ul><li>CAVALCANTE, Lídia Eugênia. Biblioteca escolar e dinamização da leitura: diferencial da escola de qualidade. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 21, 2005. Anais... Curitiba: FEBAB, 2005a. 1 CD-ROM. </li></ul><ul><li>______. Capacitação de bibliotecários para a formação de leitores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 21, 2005b. Anais... Curitiba: FEBAB, 2005b. 1 CD-ROM. </li></ul>
  15. 15. REFERÊNCIAS <ul><li>PANDINI, Carmen Maria Cipriani. Ler é antes de tudo compreender: uma síntese de percepção e criação. Linhas . Florianópolis, v.5, n.1, p. 97-107, p.97 – 106. jan./jun. 2004. </li></ul><ul><li>SALES, F. de. O ambiente e a atuação bibliotecária: o olhar da educação e o olhar da biblioteconomia. Encontros Bibli: r. eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação. Florianópolis, n.18, p. 40-57, jul/dez 2004. Disponível em: http://www.encontros-bibli.ufsc.br/edição_18/3_O_ambiente_escolar.pdf Acesso em: 12 jul. 2004. </li></ul><ul><li>______. O bibliotecário escolar da rede municipal de ensino de Florianópolis (SC). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 21, 2005. Anais... Curitiba: FEBAB, 2005. 1 CD-ROM. </li></ul><ul><li>SILVA, Ezequiel Theodoro. Leitura em curso: trilogia pedagógica. Campinas: Autores Associados, 2003b. (Coleção linguagens e sociedade). </li></ul><ul><li>SOUZA, Francinete Fernandes de ; MARINHO, Vanildo Mousinho ; ARAUJO, Walkíria Toledo de. Biblioteca, leitura e desenvolvimento: algumas considerações. Informação & Sociedade. Paraíba, v.3, n.1, 1993. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/171/165 Acesso em: 11 abr. 2007. </li></ul><ul><li>VILLARDI, Raquel. Ensinando a gostar de ler e formando leitores para a vida inteira . Rio de Janeiro: Qualitymark ; Dunya, 1999. </li></ul><ul><li>YUNES, Eliana (coord.) A leitura e a formação do leitor : questões culturais e pedagógicas. Rio de Janeiro: Antares, 1984. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>[email_address] </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×