Your SlideShare is downloading. ×
Turismo de Golfe
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Turismo de Golfe

521
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
521
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade Lusíada de Lisboa Turismo 2011Prof. Doutora Manuela SarmentoCamila Gouveia 11050811Patrícia Vitorino 11024911 1
  • 2. Turismo de Golfe 2
  • 3. Destinos de Alojamentos 4* Sol e Praia e 5* Diversas actividadesRepresenta cerca de 70% das viagens de golfe em países como França, Itália e Florida. 3
  • 4. Camposlocalizados em lugares exóticos com Representa 8% das viagens de golfe. ambiente diferentes do golfe habitual Marrocos Turquia Grécia Egipto 4
  • 5. Turista procura Campos comexclusividade muita qualidade Representa 22% nas viagens de golfeIrlanda Inglaterra Escócia 5
  • 6. 6
  • 7. Turismo de Golfe 7
  • 8. 8
  • 9. Turismo de Golfe 9
  • 10. Viagens de golfe ao estrangeiro, 2004 % sobre o total das viagens Total de viagens 10
  • 11. Turismo de Golfe 11
  • 12. 12
  • 13. Turismo de Golfe 13
  • 14. Alojamento Gastos de um Turista Refeições Dependendo do 18% 20% Serviços em destino, os turistas13% campos de gastam em média 18% golfe entre 100 a 600 € diários. 18% 13% Compras e Lazer Vôos Aluguer de Carros 14
  • 15. Golfe&Sun Golfe&Prestígio País Espanha Itália Duração 8 dias e 7 noites 6 noites e 5 voltas Preço 1.854€: Preço médio por pessoa 2.595€: Preço médio por (263 € por dia) pessoa (432 € por dia)Pequeno-almoço X X DiárioClassificação do Hotel de 3* Hotel de 5* Hotel Actividade 1 volta em cada campo Mini Bus Transporte Carro de aluguer Pick Up no aeroporto Locais • Costa do Sol • Costa do Sol • Marbella • Marbella • Málaga • Málaga 15
  • 16. Turismo de Golfe 16
  • 17. Homens 40 ou mais anos (maioria)Níveis económicos Nível de instrução elevadamédios/altos Interesses: Gastronomia,Alojamentos de 4* e 5* compras, actividades ao ar(realizam viagens uma a três livre, competições, socializar,vezes por ano) saídas nocturas, descansar 17
  • 18. Turismo de Golfe 18
  • 19. Países que competem com Portugal ItáliaEspanha FrançaPortugal 0 5 10 15 20 25 30 35 %7 Italianos %5 Alemães %4 Espanhóis 3% Francese %2 % 19
  • 20. Turismo de Golfe 20
  • 21. 21
  • 22. Turismo de Golfe 22
  • 23. 23
  • 24. Turismo de Golfe 24
  • 25. 25
  • 26. 26
  • 27. 18mil jogadores inscritos na Federação Portuguesa de Golfe Existem cerca de 70 campos de golfe distribuídos por Portugal, nomeadamente noAlgarve, em Setúbal, em Lisboa e nas Ilhas 27
  • 28. 28
  • 29. 29
  • 30. 30
  • 31. 31
  • 32. 32
  • 33. Turismo de Golfe 33
  • 34. Forças Fraquezas • Campos de golfe longínquos;• Boa acumulação de experiência, tecnologia e • Desporto direcionado para um certo tipo de segmento; Know-How; • Não há tradição em jogar• A Percepção Portugal golfe; como destino e Golf Travel • Poucas empresas operam no é muito positiva. sector; • Forte dependência do mercado internacional. Ameaças Oportunidades• Estratégias de • Época alta no comercialização e promoção fortemente Verão vinculadas a operadores turísticos. 34
  • 35. Turismo de Golfe 35
  • 36. Alentejo (2ª)Algarve e Grande Madeira Lisboa (3ª) (1ª) Principais Prioridades 36
  • 37. Turismo de Golfe 37
  • 38. Estado actual dos recursos e Deficiências• Estado dos campos muito bom• Campos de golfe com uma boa gestão• Nível medio da formação dos recursos humanos Grau de Cooperação e Coordenação• Difícil cooperação dos operadores;• 7 associações de Operadores turísticos que recebem apoio financeiro da ATA. 38
  • 39. Estado actual dos Recursos e Deficiências• O estado de manutenção dos campos de Lisboa-Estoril é bom. Grau de Cooperação e Coordenação• A falta de cooperação entre os hotéis que não coordenam esforços com os campos de golfe e a oferta relacionada com o Golf Travel 39
  • 40. Estado actual dos Recursos e Deficiências•Os campos de golfe de S. Miguel e as estruturas estão em boas condições;•Os edifícios do campo de golfe da Terceira demonstram a sua antiguidade e falta de manutenção;•Escassa acessibilidade das ilhas (frequência dos voos);•Falta de ligações directas com as principais cidades dos mercados estratégicos.Grau de Cooperação e Coordenação•O nível de cooperação não é muito elevado;•Não existem acordos quanto aos problemas que afectam a competitividade do sector.Regulamentações que afectam o Desenvolvimento dosector nos Açores• Incentivos financeiros e estruturas de alojamento;• Desenvolvimento de novas unidades de alojamento e serviços complementares anexados aos campos de golfe. 40
  • 41. Turismo de Golfe 41
  • 42. O Turista poderá voltarSegurança Aproveitamento ao país da Viagem receptor novamente 42
  • 43. Turismo de Golfe 43
  • 44. 44
  • 45. Turismo de Golfe 45
  • 46. Para se ter uma decisão das localizações prioritáriaspara o desenvolvimento deste sector, os seguintesfactores são: Desenvolvimento de regiões onde existem uma concentração e variedade de campos de golfe; Proximidade de aeroporto para atrair turistas de Golf Travel; Qualidade da organização empresarial e o bom funcionamento da cadeia; Desenvolver as zonas consideradas secundárias 46
  • 47. Turismo de Golfe 47
  • 48. (1ª Fase) • Cria condições básicas para o desenvolvimento do Planeamento produto (2ª Fase) • Onde se estruturam as condições básicas para Desenvolvimento da oferta articular um volume significativo da oferta (3ª Fase) • Onde se propõe uma melhoria do valor do produto Reforço da Competitividade através da inovação tecnológica (5ª Fase) • onde se tenta diversificar as escolhas de umDiversificação e Aprofundamento da Oferta produto pretendendo aliar a satisfação dos clientes (6ª Fase) • Facilita a introdução de um novo produto no Marketing Mercado 48
  • 49. Turismo de Golfe 49
  • 50. Concentrar esforços na melhoria dos factores-chaves Concentração territorial (Algarve, Grande Lisboa) O sector do Turismo de Golf Travel está abaixo do potencialO Golfe em Portugal dispõe de uma variedade deprodutos muito atractivos 50
  • 51. Turismo de Golfe 51
  • 52. Maior Estabelecer cooperaçã linhas de o entre financiame Criar Ter em Expandir a Criar cadeiras nto e apoio operadores conta os oferta de melhores hoteleiras e para o turísticos impactos golfe emcondições o desenvolvi especializa ambientais Portugal para as compromiss mento dos neste desta internacionempresas; o dos deste sector; actividade; almente agentes sector a públicos e todos os privados; níveis; 52
  • 53. Turismo de Golfe 53
  • 54. Comunicar uma nova oferta turísticaatravés de campanhas de MarketingFacilitar as reservas de compra deserviços 54
  • 55. Melhorar os instrumentos Desenvolver uma oferta de actividadesTecnológicos e Humanos competitivas • Variar na oferta de campos aos• Inventariar os campos de golfe e hotéis praticantes de golfe; com campos de golfe, para uma melhor gestão destes; • Criar uma certificação ambiental de qualidade para melhorar a gestão;• Promover a assistência ao cliente; • Ampliar o público-alvo dos praticantes;• Formação contínua dos empregados; • Melhorar as infra-estruturas para turistas• Reconhecer os actuais estados do tanto nos hotéis como nos campos de Turismo de Golfe a fim de melhorar as golfe; suas condições. • Criar packs que incluam não só a oferta como também de outros serviços; wellness, termalismo. 55
  • 56. Universidade Lusíada de Lisboa Turismo 2011Prof. Doutora Manuela SarmentoCamila Gouveia 11050811Patricia Vitorino 11024911 56