Usabilidade na tv digital

  • 805 views
Uploaded on

 

More in: Technology , Travel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
805
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
21
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Usabilidade na TV Digital Em busca do usuário engajado com a TV interativa
  • 2. Palavras-chave
    • Design Interativo
    • Interface
    • Usuário
    • Usabilidade
  • 3. Design Interativo
    • Busca entender o engajamento humano com a tecnologia
    • Para desenvolver o design de ferramentas mais úteis e gratificantes
    • Permitindo a conversação entre o usuário e um sistema, através de interfaces gráficas
  • 4. Interface
    • Graphical User Interface (GUI)
      • meio pelo qual o usuário se comunica com um sistema
      • Utiliza formas diversas para a comunicação com o usuário (símbolos, textos, gráficos, imagens, sons)
      • Deve ser projetada e administrada com o objetivo de satisfazer as necessidades e expectativas do usuário de forma amigável.
  • 5. Usuário
    • Conceito de usuário
      • Human-Computer Interaction (HCI)
      • Computer Supported Collaborative Work (CSCW)
    • “ From human factors to human actors”
    • BANNON
    • Ergonomia da atividade (escola francesa)
      • Do usuário passivo ao atuante
      • sobrepõe Fatores Humanos(escola americana): cada indivíduo reage de uma maneira particular.
      • Exige maior flexibilidade do sistema
  • 6. Usuário
    • Teoria da Atividade – entender a unidade da atividade e da consciência humana.
      • Atividade: uma atividade sempre responde a necessidades e motivações, desencadeando ações objetivas, dentro de contextos específicos.
      • Consciência: produto da interação individual com pessoas ou artefatos
  • 7. Usuário
    • Outros conceitos surgem a partir do usuário, afim de contribuir para o design interativo
      • Human-Centred Design (HCD)
      • Usabilidade
    • Esses conceitos podem ser adaptados para o desenvolvimento de aplicações interativas para televisão
  • 8. Usuário
    • Human-Centred Design
      • Busca caracterizar o usuário e saber seus objetivos ao usar um sistema, para minimizar o mau uso de interfaces e as frustrações ao interagir.
    • “ Qualquer que seja o dispositivo, quanto mais simples for de usar, é mais provável que as pessoas usem – desde que preencha o rol de necessidades do usuário”
    • KAPTELININ e NARDI
  • 9. Usabilidade
    • Human-Centred Design para TVi
      • Assistir TV é bem diferente de ler um livro, enviar uma mensagem através de um dispositivo móvel um utilizar um computador pessoal.
      • O usuário (ex-telespectador), a televisão por si só e o contexto em que estão inseridos afetam a maneira como é feito o design de serviços para TV interativa
  • 10. Usabilidade
    • A metodologia utilizada para desenvolver sistemas para Mobile HCI pode ser empregada no desenvolvimento de aplicações e sistemas da TV interativa.
    • Desenvolvimento Cíclico de Sistemas (HCD)
      • Contexto de uso (na sala, no quarto, no carro, no ônibus)
      • Características do usuário (Personas)
      • Requisitos de usabilidade (Cenários – projetando o uso do sistema em situações e tarefas específicas – ARTEFATOS: O quê? Como? Por quê? Consciência?)
      • Soluções e protótipos (feedback do usuário)
      • Avaliações (interação do usuário, funcionamento do sistema)
      • Melhorias
  • 11. Usabilidade
    • “As pessoas agem com a tecnologia; tecnologias são desenvolvidas e utilizadas dentro do contexto de pessoas com intenções e desejos”
    • KAPTELININ e NARDI
  • 12. Usabilidade
    • Usabilidade busca alcançar os objetivos traçados para o usuário de um sistema.
    • Três aspectos satisfeitos:
      • O sistema operacional
      • A atividade do usuário
      • O próprio usuário
  • 13. Usabilidade
    • Requisitos de Usabilidade de um Sistema
      • Facilidade de aprendizagem e uso
      • Eficácia
      • Facilidade de memorização
      • Eficiência
      • Satisfação
  • 14. Usabilidade
    • Facilidade de aprendizagem e uso
      • Capacidade da aplicação de fazer com que o usuário consiga explorar o sistema sem dificuldades ao realizar suas tarefas
  • 15. Usabilidade
    • Eficácia
      • Capacidade da aplicação de fazer com que o usuário atinja seus objetivos com exatidão, de acordo com o contexto de uso
  • 16. Usabilidade
    • Facilidade de memorização
      • Capacidade da aplicação de permitir modelos mentais para que o usuário possa utilizar novamente um sistema sem ter que reaprender como interagir com ele.
  • 17. Usabilidade
    • Eficiência
      • Capacidade da aplicação de permitir que, já sabendo interagir com um sistema, o usuário atinja níveis altos de produtividade na realização de suas tarefas.
  • 18. Usabilidade
    • Satisfação
      • Capacidade da aplicação de fazer com que o usuário considere agradável a interação com o sistema e se sinta subjetivamente satisfeito com ele
  • 19. Usabilidade
    • Padrão ISO sobre Usabilidade
      • “Usabilidade deve prover um sistema eficaz , eficiente e satisfatório com que os usuários interajam.”
  • 20. Usabilidade
    • Alguns fatores afetam a percepção do usuário da usabilidade do serviço
      • Aceptividade Social
      • Facilidade de uso
      • Demanda Cognitiva
      • Experiências prévias
      • Velocidade do Serviço
    • Taxonomia de Usabilidade
      • Para ser eficiente, a interface de um sistema não pode ser incompleta, ambígua ou inteligível.
  • 21. Usabilidade
    • Requisitos relacionados à exibição da informação
      • Consistência
        • Apresentação visual (cores e formas)
        • Uso de diversos nomes ou ícones para um mesmo assunto
      • Feedback
      • Habilidades e comportamento do usuário
      • Percepção humana
      • Metáforas
        • Signos (produção, organização e compreensão de signos)
      • Minimização de carga de memória
  • 22. Usabilidade
      • Eficiência no diálogo, movimento e pensamentos
      • Classificação funcional dos comandos
      • Manipulação direta
      • Exibição apenas da informação relevante ao contexto
      • Uso de Rótulo, abreviações e mensagens claras
      • Uso adequado de janelas e abas
      • Projeto independente da resolução do monitor
        • Um dos maiores desafios da TV digital
  • 23. Usabilidade
    • Requisitos relacionados à Entrada de Dados
      • Mecanismos de ajuda
      • Prevenção de erros
        • Ocultar itens não válidos
        • Orientações adequadas para entrada correta de dados
        • Minimizar a quantidade de dado a ser entrada
        • Interação flexível
        • Customização
  • 24. Usabilidade
    • Utilizar o método HCD para o desenvolvimento de aplicações para TV interativa, busca aproximar o usuário, suas necessidades e intenções do processo produtivo, para compreender melhor as possibilidades das pessoas usarem esta tecnologia.
  • 25. Usabilidade
    • Fases de apreensão tecnológica
      • 1. Medo / receio (novas tecnologias)
        • Muito próximo do atual = idiota
        • Intermediário (entre novo e atual) = melhor aceitação
        • Muito diferente = receio do desconhecido
      • 2. Deslumbramento
        • O novo é legal! Mas se não for usual, logo cai em desuso
      • 3. Incorporação
        • De acordo com a usabilidade, as pessoas passam a aceitar normalmente a nova tecnologia
  • 26. Desafios da usabilidade na TVi
    • Como motivar o telespectador a tornar-se um usuário atuante de sistemas interativos na televisão?
    • Como transformar a TV em um eletrodoméstico inteligente, interessante e charmoso?
    • Design de interfaces para Cross-media (Convergência de Mídias)
    • Inovação Tecnológica = Novos Formatos