Sua equipe está preparada para atender um cliente ágil?
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Sua equipe está preparada para atender um cliente ágil?

  • 2,597 views
Uploaded on

Palestra realizada primeiramente na abertura do evento JUGDAY do Grupo de Usuários JAVA (RSJUG) da SUCESU-RS, em 24/10/2009 (Porto Alegre, RS, Brasil) e atualizada para um evento promovido pelo......

Palestra realizada primeiramente na abertura do evento JUGDAY do Grupo de Usuários JAVA (RSJUG) da SUCESU-RS, em 24/10/2009 (Porto Alegre, RS, Brasil) e atualizada para um evento promovido pelo SEPRORGS/CENTRO SOFTWARE de Santa Maria, RS, em 22/04/2010. Questiona a realização do cenário inverso comumente encontrado no mercado de software brasileiro: o cliente se tornou ágil e o fornecedor ainda é tradicional. Quais são os princípios básicos que devem ser atendidos por parte do fornecedor.

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
2,597
On Slideshare
2,586
From Embeds
11
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
83
Comments
1
Likes
2

Embeds 11

http://www.slideshare.net 10
http://www.linkedin.com 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. SEPRORGS e Centro Software Santa Maria, RS, 22/04/2010 está Sua equipe está preparada para atender um cliente ágil? Luiz Claudio Parzianello parzianello@suryatec.com.br http://twitter.com/lcparzianello/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 1 de 57
  • 2. Quem sou eu? CLÁ LUIZ CLÁUDIO PARZIANELLO http://parzianello.blogspot.com/ Assessoria e treinamento em Lean, Scrum e Extreme Programming Palestrante em eventos nacionais e internacionais Mestre em Engenharia de Sistemas pela USP Engenheiro Eletricista (Eletrônica) pela PUCRS + 25 anos de experiência profissional em informática (todas as posições) + 12 anos atuando em Engenharia de Software + 8 anos de experiência com Metodologias Ágeis Vice-Coord. do Grupo de Usuários de Métodos Ágeis da Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações do RS (SUCESU-RS) Atuou para organizações como Instituto do Coração (INCOR/HCFMUSP), SCS Consulting (Citibank, EUA), BANRISUL, SICREDI, ThyssenKrupp Elevadores, Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP/Petrobrás), FAURGS, FIERGS, Ministério do Planejamento (Angola), Neogrid, FUNTEC (Argentina), Universidade Nacional de La Plata (Argentina), etc. Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 2 de 57
  • 3. Evoluç A Evolução da Agilidade Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 3 de 57
  • 4. O Manifesto Ágil http://agilemanifesto.org/ Estamos descobrindo melhores formas de desenvolver software, fazendo e ajudando os outros a fazerem o mesmo. Ao longo deste trabalho, passamos a valorizar: 1. Indivíduos e suas interações mais que processos e ferramentas 2. Software que funciona mais que documentação abrangente 3. A colaboração com o cliente mais que a negociação de contratos 4. Responder à mudança mais que seguir um plano Ou seja, mesmo havendo valor nos itens da direita, valorizamos ainda mais os da esquerda. Assinado por 17 gurus da área de software Utah (EUA), fevereiro de 2001 Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 4 de 57
  • 5. Um Novo Manifesto “Como aspirantes a Artesãos de Software estamos elevando o nível do desenvolvimento de software profissional praticando e ajudando os outros a aprenderem a arte do ofício Através deste trabalho, passamos a valorizar: ofício. Não somente um software que funciona, mas também um software bem acabado acabado; Não somente responder à mudança, mas também agregar valor constantemente constantemente; Não somente indivíduos e interações, mas também uma comunidade de profissionais profissionais; Não somente a colaboração com o cliente, mas também a formação de parcerias produtivas formaç produtivas. Ou seja, na busca dos itens da esquerda, descobrimos que os itens da direita são indispensáveis.” http://manifesto.softwarecraftsmanship.org Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 5 de 57
  • 6. Declaraç Declaração de Interdependência Somos uma comunidade de líderes de projeto altamente bem sucedida na entrega de resultados. Para conquistarmos esses resultados, nós: Aumentamos o retorno de investimento tornando o fluxo contínuo de valor o nosso principal foco. contí Entregamos resultados confiáveis pelo envolvimento de nossos clientes em interações frequentes e pela propriedade compartilhada. Esperamos pela incerteza e a gerenciamos por meio de iterações, antecipação e adaptação iteraç antecipaç adaptação. Liberamos a criatividade e a inovação, reconhecendo que os indivíduos indiví são a melhor fonte de valor e criamos um ambiente onde eles possam fazer a diferença. Melhoramos o desempenho pela avaliação de resultados do grupo e pela responsabilidade compartilhada para a eficácia da equipe. Melhoramos a eficácia e confiabilidade mediante estraté especí práticas. estratégias situacionais específicas, processos e práticas http://pmdoi.org/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 6 de 57
  • 7. Prá O Manifesto na Prática http://pm.versionone.com/AgilePoster.html http://pm.versionone.com/AgilePoster.html Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 7 de 57
  • 8. E se o cliente fosse ágil? Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 8 de 57
  • 9. Algumas regras para atender um Cliente Ágil Baseadas nos 12 princípios do Manifesto Ágil http://agilemanifesto.org/principles.html Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 9 de 57
  • 10. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 1 Nº Como fornecedor, sua maior prioridade será satisfazer minhas necessidades através da entrega rápida e contínua de software que agregue valor para meus interesses de negócio. “Não tente me convencer do quanto sua equipe é incrivelmente encantadora ... Ao invés disso, mostre-me como sua equipe irá transformar meu negócio em algo incrível e encantador aos olhos dos meus clientes!” Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 10 de 57
  • 11. Pensamento Enxuto Valor é visto através dos olhos daqueles que pagam pelo uso e que se beneficiam com os sistemas que desenvolvemos. Desperdício é qualquer coisa que deprecie os recursos no tempo, esforço, espaço ou dinheiro sem acrescentar valor ao cliente. Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 11 de 57
  • 12. Transformaç A Transformação C1 C2 AS IS E1 S1 Um projeto é um F1 D1 A1 A2 A4 A5 transformaç processo de transformação! E2 A3 S2 F2 D2 M1 M2 C1 C2 TO BE E1 S1 F1 D1 A2 Onde você pode A1 A4 A5 E2 A3 S2 reclamaç encontrar reclamações ... F2 D2 Onde você espera M1 M2 encontrar elogios ... Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 12 de 57
  • 13. Retorno de Investimento Custo ROI Investimento Total Agile Waterfall Time Time R1 R2 R3 R4 R5 Iní Início do Final do Final da Break- Break-even Iní Início do Final do Final da Break- Break-even Projeto Projeto Transiç Transição Projeto Projeto Transiç Transição Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 13 de 57
  • 14. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 2 Nº Como fornecedor, você deve estar preparado para atender às mudanças de meus requisitos, durante toda a duração do projeto. Imediato Próximo Distante Longínquo Futuro Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 14 de 57
  • 15. No Mundo da Incerteza Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 15 de 57
  • 16. Me Engana que Eu Gosto! Preciso de uma Não tenho a mínima Duvido! Você vai colocá- estimativa de custo Não se preocupe, não la num plano e vai se idéia! Ainda não do seu projeto! vou considerá-la um esquecer que tivemos levantei os requisitos compromisso ... esta conversa. Depois, com os usuários! irá me despedir quando estourar o orçamento! Se você já Para saber O que você Me dê um número ou Ok! Ele vai custar sabia quanto se estava vou despedi-lo agora! acha de US$ 10 milhões! É muito ia custar, por abaixo do US$ 500 mil? caro! que me pediu previsto! um número? Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 16 de 57
  • 17. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 3 Nº Como fornecedor, você deve estar preparado para entregar uma versão do produto de software em perfeito funcionamento a cada uma ou quatro semanas, de preferência, todos os dias. Scrum Mike Cohn [http://www.mountaingoatsoftware.com/scrum] Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 17 de 57
  • 18. O Fluxo de Trabalho Visão Baseada em Grandes Lotes (Waterfall) Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 18 de 57
  • 19. O Fluxo de Trabalho Fluxo Unitário de Criação Visão Baseada em Pequenos Lotes (Just in Time) Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 19 de 57
  • 20. O Fluxo de Trabalho … ou lenta eetumultuada? … ou lenta tumultuada? t3 3 rriin t n Sp Sp t 2 2 iin t n Sp S pr r Você prefere uma viagem t1 Você prefere uma viagem rin ápida confortável … rrápidaeeconfortáável… ?? confortá confort Sp Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 20 de 57
  • 21. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 4 Nº Como fornecedor, sua equipe de desenvolvimento deve aceitar e incentivar a colaboração diária de meus representantes de negócio, durante todo o projeto. será Por que será que ainda precisamos desta ponte? Karl E. Wiegers More About Software Requirements Microsoft Press, 2006 Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 21 de 57
  • 22. Té seus” Usuá Os Técnicos e “seus” Usuários Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 22 de 57
  • 23. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 5 Nº Como fornecedor, você deve garantir a alocação de profissionais motivados e um ambiente de trabalho adequado para a realização de um processo criativo. • Ambiente • Conhecimento • Habilidade • Atitude Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 23 de 57
  • 24. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 6 Nº Como fornecedor, você deve garantir a comunicação direta de meus profissionais com sua equipe de desenvolvimento, de preferência, de forma presencial, mas aceitamos o uso de ferramentas de colaboração. COMUNICAÇ IMPACTO DA COMUNICAÇÃO Palavras 7% Verbal Sons 38 % Não-Verbal Fisiologia 55 % Mehrabian and Ferris (1967) ¨Inference of attitutes from nonverbal communication in two channels¨ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 24 de 57
  • 25. Comunicaç A Comunicação Humana Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 25 de 57
  • 26. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 7 Nº Como fornecedor, sua principal medida de desempenho e progresso será “software em funcionamento”. Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 26 de 57
  • 27. No Mundo da Incerteza Por que vários programadores que possuem: Resposta: Resposta: A mesma capacitação técnica Conhecimento Conhecimento As mesmas especificações de produto Experiência Experiência O mesmo plano de desenvolvimento Inspiraçção Inspiração A mesma configuração dos computadores Inspiraç Inspira Criatividade Criatividade As mesmas ferramentas de desenvolvimento etc. O mesmo ambiente de trabalho etc. E a mesma alimentação (pizza!) Irão produzir um código fonte diferente de seus colegas de profissão? Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 27 de 57
  • 28. Qualidade Objetiva • Cloc • Checkstyle • PMD • Emma • ... http://xradar.sourceforge.net/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 28 de 57
  • 29. Codificaç Padrões de Codificação http://blogs.sun.com/geertjan/entry/checkstyle Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 29 de 57
  • 30. Codificaç Maturidade na Codificação http://www.javapassion.com/handsonlabs/javadebugpmd/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 30 de 57
  • 31. Cobertura de Testes http://www.mountainminds.com/products/eclemma/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 31 de 57
  • 32. Testes de Unidade http://p.blog.csdn.net/images/p_blog_csdn_net/erylee/ http://p.blog.csdn.net/images/p_blog_csdn_net/erylee/ p.blog Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 32 de 57
  • 33. Testes Funcionais http://www.theautomatedtester.co.uk/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 33 de 57
  • 34. Integraç Contí Integração Contínua Pode ajudar a reduzir as suposições feitas sobre o produto de software mediante sua reconstrução sempre que uma mudança ocorrer no sistema de controle de versões do código fonte. Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 34 de 57
  • 35. Integraç Contí Integração Contínua Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 35 de 57
  • 36. Integraç Contí Integração Contínua Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 36 de 57
  • 37. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 8 Nº Como fornecedor, você deve garantir um ritmo sustentável de qualidade e produtividade no processo de desenvolvimento de software. • Duração de tarefas • Jornadas diárias • Compartilhamento • Substituições • Expectativas • Cobranças Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 37 de 57
  • 38. Métricas Ágeis Tí Comportamento Típico da Velocidade (Capacidade) de uma Equipe Ágil David Starr (http://elegantcode.com/2008/01/24/on-sprint-planning-and-velocity/) Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 38 de 57
  • 39. Métricas Ágeis Iteration Burndown Chart Iteration Burndown Chart Product Burndown Chart Project Burndown Chart 160 120 100 80 Iterations Source: Danube (ScrumWorks) Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 39 de 57
  • 40. Métricas Ágeis Source: Danube (ScrumWorks) Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 40 de 57
  • 41. Métricas Ágeis Daily Burndown Chart Daily Burndown Chart Source: Mike Cohn User Stories Applied for Agile Software Development, 2004 Cohn, Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 41 de 57
  • 42. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 9 Nº Como fornecedor, você deve dar atenção permanente à excelência técnica e ao bom design de produto. http://www.jacoozi.com/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 42 de 57
  • 43. Refactoring http://claudiosvirgens.files.wordpress.com/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 43 de 57
  • 44. Pair Programming At Crisp we take Pair Programming very seriously... As professional consultants we always adapt to our customer's corporate culture. When in Rome... Secret CCC convent (Crisp Code Camp) captured by paparazzi... Historians found evidence that pair programming has been around for longer than we previously thought... Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 44 de 57
  • 45. Pair Programming OBSERVER (NAVIGATOR) Benefí ícios Benefícios Benefí Benef ••Superação de problemas difíceis Superação de problemas difíceis ••Aprendizagem eetreinamento Aprendizagem treinamento ••Design com melhor qualidade Design com melhor qualidade ••Aumento da satisfação Aumento da satisfação ••Aumento da disciplina Aumento da disciplina ••Melhor controle do tempo Melhor controle do tempo ••Menores interrupções Menores interrupções ••Redução do risco com equipe Redução do risco com equipe ••Redução do risco de LER Redução do risco de LER ••Redução no custo de desenv. Redução no custo de desenv. DRIVER Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 45 de 57
  • 46. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 10 Nº Como fornecedor, você tem a obrigação de simplificar o que deve ser feito a fim de diminuir a quantidade de software necessário para atender minhas necessidades. Standish Group (Chaos Report 2002) http://www.poppendieck.com/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 46 de 57
  • 47. Comunicaç Comunicação x Complexidade “É assim que eu quero meu produto!” “Ok! Entendi perfeitamente que você deseja um balanço para brincar com as crianças!” Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 47 de 57
  • 48. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 11 Nº Como fornecedor, você deve garantir a formação de uma equipe auto-organizada, pois é dos profissionais que compõem essas equipes que costumam surgir as melhores soluções técnicas e de negócio. http://www.bestbrains.dk/ Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 48 de 57
  • 49. Atendendo um Cliente Ágil Regra Nº 12 Nº Como fornecedor, você deve fazer com que sua equipe reflita periodicamente à respeito de seus resultados, investigando como ela e/ou minha empresa podem se tornar mais eficientes e eficazes no atendimento das necessidades. Aprendizagem organizacional Aprendizagem organizacional contínua através do Kaizen! contínua através do Kaizen! Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 49 de 57
  • 50. relaç Como ficaria nossa relação? Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 50 de 57
  • 51. Cé Uma Célula Remota Testador (QA) Testador (QA) Desenvolvedores Desenvolvedores Analista de Analista de Usuários-Chave Usuários-Chave Negócios Negócios Fornecedor Scrum Master Scrum Master Cliente Analista Analista de Sistemas de Sistemas Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 51 de 57
  • 52. Cé Uma Célula Remota Cliente Ágil Cliente Ágil Fornecedor Fornecedor • Demandas de projeto SCRUM • Demandas de produto Célula Remota • Demandas de suporte Áreas de Negócio • Especificação de Escopo Área de Sistemas • Protótipos Visuais • Informações de Negócio • Soluções Tecnológicas • Sistemas de Informação • Melhorias de Software • Informações de Suporte • Questionamentos • Componentes de Software • Releases de Produto Integração Contínua é feita no cliente, XP com SLA’s para níveis de maturidade em relação à qualidade do código. Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 52 de 57
  • 53. Adotando a Agilidade Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 53 de 57
  • 54. Adotando a Agilidade Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 54 de 57
  • 55. Adotando a Agilidade Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 55 de 57
  • 56. Muito obrigado! Luiz Claudio Parzianello parzianello@suryatec.com.br http://twitter.com/lcparzianello/ http://www.slideshare.net/parzianello http://www.scribd.com/parzianello Copyright © 2010 LUIZ C PARZIANELLO Slide 57 de 57