A
V
I
S
O
S
DESTAQUE
Avaliação do Ano Pastoral 2012/2013
Tema: Alegria da Reconciliação.
Este ano vivemos o 22º ano de cam...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

14 07-2013

194 views
175 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
194
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
141
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

14 07-2013

  1. 1. A V I S O S DESTAQUE Avaliação do Ano Pastoral 2012/2013 Tema: Alegria da Reconciliação. Este ano vivemos o 22º ano de caminhada pastoral, segundo o projeto do Movimento Mundo Melhor, vivendo e celebrando também a Missão Jubilar, por ocasião dos 75 anos de restauração da Diocese de Aveiro. De 19 a 25 de Julho Tenda de Deus na Torreira – O espaço em forma de tenda preparado pelos Arciprestados da Murtosa e Estarreja, pretende ser um ponto de encontro dos cristãos da Diocese, onde várias atividades estarão preparadas para quem a visitar. Às quartas-feiras, pelas 20h30, na Capela de S. Silvestre, Hora de Oração p/ Vocações Religiosas. 33º Festival de Folclore da Beira Ria Sábado 27 de Julho, pelas 22h, próximo da Junta de Freguesia do Bunheiro, o Rancho Folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria”, organiza o 33º Festival da Beira Ria. Entrada gratuita. Venha assistir! Semana de 14 a 20 de julho Folha Semanal nº 28 / 2013 Domingo XV do Tempo Comum “Cristo é o princípio e o Fim” Esta leitura prepara-nos para melhor compreendermos a do Evangelho: a palavra de Deus que há-de nortear toda a nossa vida não está longe do nosso alcance. E nós escutamo-la e cumprimo-la na vida concreta do dia a dia. Ela vem aliás ao encontro dos anseios mais profundos do nosso coração. É que é o mesmo Deus que nos fala na palavra e que já nos falou no coração. Nesta leitura como que se faz a apresentação de Nosso Senhor Jesus Cristo. Sabemos d’Ele muitas coisas, mas, no fundo, o que é que n’Ele constitui a razão de ser daquilo que Ele é para os cristãos? Cristo é o princípio e o Fim, Aquele por Quem tudo foi criado, e para Quem tudo existe. Para além de tudo aquilo que os olhos exteriormente podem observar está o campo infinito que a fé nos revela. Ele é o Primeiro na ordem da criação e o Primeiro na ordem da ressurreição. A parábola do bom samaritano serve a Jesus para explicar ao doutor da lei quem é o próximo e como o amor a Deus e ao próximo são, no fundo, o mesmo e único amor: “o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo”. Segundo a explicação dos antigos Padres da Igreja, o homem caído nas mãos dos salteadores é toda a humanidade, e o bom samaritano é a imagem de Jesus, Ele que nos encontrou feridos pelo pecado à beira do caminho aonde desceu, usou de compaixão para connosco, e nos introduziu na estalagem da sua Igreja e assim nos salvou. LEITURA I – Deut 30, 10-14 LEITURA II – Col 1, 15-20 SALMO: 68 (69) Refrão: Procurai, pobres, o Senhor e encontrareis a vida. EVANGELHO – Lc 10, 25-37 ALELUIA - cf. Jo 6, 63c.68c Aleluia. As vossas palavras, Senhor, são espírito e vida: Vós tendes palavras de vida eterna.

×