• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Histologia vegetal
 

Histologia vegetal

on

  • 1,288 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,288
Views on SlideShare
1,030
Embed Views
258

Actions

Likes
0
Downloads
10
Comments
0

1 Embed 258

http://2d-objetivovila.blogspot.com.br 258

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Histologia vegetal Histologia vegetal Presentation Transcript

    • Histologia vegetal
    • Tipos de tecidos vegetais• Crescimento (jovens) meristema primário meristema secundário - parênquima - sustentação colênquima esclerênquima• Adultos - condução xilema floema - revestimento epiderme súber
    • Tecidos de crescimento Meristema primário• Responsável pelo crescimento em altura nas plantas.• Encontrado nas extremidades dos troncos, galhos e raízes.• O crescimento das plantas, portanto, não ocorre na base e sim nas pontas de cada ramo.
    • Meristema secundário• responsável pelo crescimento em largura nas plantas.• Formados por células dispostas circularmente no tronco, raiz ou galhos.• Encontrados apenas em gimnospermas e em dicotiledôneas.
    • Parênquima• Tecido mais abundante das plantas devido a grande diversidade de funções:• preenchimento• sustentação• fotossíntese (clorênquima) amido (parênquima amilífero)• reserva água (aquífero) ar (aerífero)
    • • As células do parênquima tem um grande poder de diferenciação, podendo voltar a formar tecidos embrionários nas plantas.• As células possuem apenas parede celular primária (composta basicamente de pectina e celulose), sendo muito delgadas.• O parênquima é encontrado em toda a planta, seja na área medular ou na região cortical.
    • Tecidos de sustentação Colênquima• Encontrado geralmente abaixo dos tecidos de revestimento das diferentes partes das plantas como troncos, galhos, pecíolos e nervuras foliares.• Suas células possuem apenas parede celular primária (celulose e pectina) bastante reforçadas, sendo bastante espessas.
    • Esclerênquima• Pode ser encontrado acompanhando os vasos condutores, ou abaixo da epiderme (células vivas alongadas - fibras esclerenquimática).• Podem formar ainda cascas de frutos, caroços, sementes (esclerídeos - células mortas muito rígidas).• Possuem parede celular primária e secundária, sendo que esta última possui depósito de lignina, muito rígido.
    • Tecidos de condução Xilema (lenho)• Responsável pelo transporte de água e sais minerais da raiz para a copa (para cima).• Pode ser formado por células mortas (xilema primário com depósito de lignina) ou células vivas (xilema secundário).• A condução da seiva bruta é realizada por células perfuradas como os elementos de vaso e os traqueídes.
    • • As perfurações facilitam a passagem da água de uma célula a outra devido a grande força de coesão entre as moléculas.• O transporte lateral de água pode ser realizado por células do parênquima, adjacentes às células do xilema.• O xilema funcional, mais novo, é formado pelas células do câmbio, enquanto que o xilema mais antigo (primário) é constituído por células mortas e é encontrado no interior dos troncos (medula), formando a cerne.
    • Floema (líber)• Responsável pela condução da seiva elaborada, rica em matéria orgânica (açúcar, aminoácidos, nucleotídeos, hormônios...).• O transporte ocorre quase sempre de cima para baixo (da copa para a raiz).• As células do floema também são perfuradas, possuindo o que se chama de elementos de tubo crivado.• Cada célula possui ainda uma célula adjacente de parênquima pois não são dotadas de núcleo.
    • Tecidos de revestimento Súber• Células que formam a casca da árvore.• Formadas por várias camadas, sendo muitas de células mortas com impregnação de suberina.• O súber (parte externa) é formado pelo felogênio, assim como a feloderme.• O conjunto súber, felogênio e feloderme formam a periderme, parte mais externa das plantas.
    • As funções do súber são:• Proteção contra choques desidratação• Isolante térmico• Realização das trocas gasosas• Encontrados em raízes respiratórias (mangue), formando estruturas chamadas de lenticelas que formam os poros celulares por onde entra o oxigênio e sai o gás carbônico.
    • Epiderme• Camada de revestimento (mais externa)• Geralmente possui apenas uma única célula, com exceção das plantas adaptadas a clima seco (xerófilas e gimnospermas).• O crescimento lateral dos caules e galhos acabam rompendo esta camada celular, que portanto funciona como protetora apenas em folhas.• Pode ocorrer depósito de cálcio e sílica em algumas plantas tornando-a dura e cortante.
    • Especializações da epiderme Pêlos:• absorção na raiz do contato com o vento em folhas, que provoca uma  da transpiração Tricoma:• secreção de perfume (atração ou repulsão de animais)• secreção de substâncias urticantes (proteção)
    •  Acúleos e espinhos:• Função protetora Estômatos:• Controlam a transpiração da planta (perda de água na forma de vapor) Hidatódios:• Semelhantes aos estômatos, geralmente encontrados em plantas aquáticas• Perda de água na forma líquida