V E L O C I D A D E D A S R E A Ç Õ E SCINÉTICA QUÍMICA
RAPIDEZ DE UMA REAÇÃO• A + B  C + D• A e B precisam ser consumidos para que C e D sejamformados.• Pode-se medir• Velocida...
RAPIDEZ E CONCENTRAÇÃO
RAPIDEZ E CONCENTRAÇÃO
TEORIA DAS COLISÕESH2 + Cl2  XChoque mal orientado - Colisão não-efetiva
TEORIA DAS COLISÕESH2 + Cl2  2 HClChoque bem orientado - Colisão efetivaEnergia suficiente
REAÇÃO EXOTÉRMICA
REAÇÃO ENDOTÉRMICA
ENERGIA DE ATIVAÇÃO
FATORES QUE INFLUEM NAVELOCIDADE DAS REAÇÕES• Superfície de contato• Natureza dos reagentes• Temperatura• Catalisador• Con...
SUPERFÍCIE DE CONTATO• Maior fragmentação• Maior superfície de contato• Maior a velocidade da reaçãopara arestas x, x, x:s...
NATUREZA DOS REAGENTESRompimento deuma ligação O=ORompimento dequatro ligaçõesC-H e duas O=Oreação mais lenta
TEMPERATURA• Maior temperatura• Maior a energia nas colisões• Maior a chance de colisões efetivas• Maior a velocidade da r...
CATALISADOR• Não altera reagentes e produtos na reação global.• Diminui a energia de ativação (EA) da reaçao.• Aumenta a v...
EXEMPLOS DE CATÁLISE• Catalisador automotivo
EXEMPLOS DE CATÁLISE
EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DOSREAGENTES NA VELOCIDADE DAREAÇÃOPara reações elementares (que não ocorrem em etapas):
REAÇÃO EM ETAPAS• A velocidade dareação global,em uma reaçãoem etapas, é avelocidade daetapa lenta.
DETERMINAÇÃO EXPERIMENTAL DALEI DA VELOCIDADE
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Cinética química 2 em (1)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cinética química 2 em (1)

927 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
927
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
328
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cinética química 2 em (1)

  1. 1. V E L O C I D A D E D A S R E A Ç Õ E SCINÉTICA QUÍMICA
  2. 2. RAPIDEZ DE UMA REAÇÃO• A + B  C + D• A e B precisam ser consumidos para que C e D sejamformados.• Pode-se medir• Velocidade de consumo de A ou B• Velocidade de formação de C ou D• Vm =∆ quantidade∆ 𝑡𝑒𝑚𝑝𝑜• quantidade normalmente é expressa em mols
  3. 3. RAPIDEZ E CONCENTRAÇÃO
  4. 4. RAPIDEZ E CONCENTRAÇÃO
  5. 5. TEORIA DAS COLISÕESH2 + Cl2  XChoque mal orientado - Colisão não-efetiva
  6. 6. TEORIA DAS COLISÕESH2 + Cl2  2 HClChoque bem orientado - Colisão efetivaEnergia suficiente
  7. 7. REAÇÃO EXOTÉRMICA
  8. 8. REAÇÃO ENDOTÉRMICA
  9. 9. ENERGIA DE ATIVAÇÃO
  10. 10. FATORES QUE INFLUEM NAVELOCIDADE DAS REAÇÕES• Superfície de contato• Natureza dos reagentes• Temperatura• Catalisador• Concentração dos reagentes
  11. 11. SUPERFÍCIE DE CONTATO• Maior fragmentação• Maior superfície de contato• Maior a velocidade da reaçãopara arestas x, x, x:superfície de contato: 6x2superfície de contato:4x2 + 4x2 = 8x2
  12. 12. NATUREZA DOS REAGENTESRompimento deuma ligação O=ORompimento dequatro ligaçõesC-H e duas O=Oreação mais lenta
  13. 13. TEMPERATURA• Maior temperatura• Maior a energia nas colisões• Maior a chance de colisões efetivas• Maior a velocidade da reaçãoRegra de van’t Hoff:“Um aumento de 10ºC natemperatura duplica outriplica a velocidade deuma reação.”
  14. 14. CATALISADOR• Não altera reagentes e produtos na reação global.• Diminui a energia de ativação (EA) da reaçao.• Aumenta a velocidade da reação.
  15. 15. EXEMPLOS DE CATÁLISE• Catalisador automotivo
  16. 16. EXEMPLOS DE CATÁLISE
  17. 17. EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DOSREAGENTES NA VELOCIDADE DAREAÇÃOPara reações elementares (que não ocorrem em etapas):
  18. 18. REAÇÃO EM ETAPAS• A velocidade dareação global,em uma reaçãoem etapas, é avelocidade daetapa lenta.
  19. 19. DETERMINAÇÃO EXPERIMENTAL DALEI DA VELOCIDADE

×