PIRÂMIDES
Pirâmide de número
PRODUTIVIDADE:
•PPL (Produtividade Primária Líquida): é toda a energia que os
produtores armazenam a partir da fotossíntes...
Produtividade secundária líquida
PSL (Produtividade Secundária Líquida): é a energia que o consumidor
•

primário consegui...
PSL (Produtividade Secundária
Líquida):
1 BEZERRO                                           300 COELHOS
500 kg            ...
Exercícios
1)Uma teia alimentar representa a complexidade das trocas energéticas de um ecossistema. Considere a teia hipot...
2) Observe a cadeia alimentar típica de lagoa, apresentada a seguir.




A ocorrência de poucos níveis tróficos deve-se ao...
3) Ao deixarem de ser nômades, caçadores e coletores, os humanos se
    estabeleceram em áreas determinadas e começaram a ...
1o ano   fluxo  e pirâmides de energia
1o ano   fluxo  e pirâmides de energia
1o ano   fluxo  e pirâmides de energia
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

1o ano fluxo e pirâmides de energia

2,601 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,601
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
82
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

1o ano fluxo e pirâmides de energia

  1. 1. PIRÂMIDES
  2. 2. Pirâmide de número
  3. 3. PRODUTIVIDADE: •PPL (Produtividade Primária Líquida): é toda a energia que os produtores armazenam a partir da fotossíntese(PPB) menos o que eles gastam na respiração (R), assim a PPL é o que o consumidor primário vai ter disponível do produtor. •(A) A produtividade primária líquida é relativamente maior nos ecossistemas marinhos que nos terrestres. Isso porque os produtores do fitoplâncton (B) têm crescimento rápido e acumulam pouca matéria orgânica em seus corpos. O inverso ocorre em uma floresta (C), em que as árvores crescem lentamente e acumulam muita matéria em seus troncos. •Fonte: Amabis e Martho - Biologia 3
  4. 4. Produtividade secundária líquida PSL (Produtividade Secundária Líquida): é a energia que o consumidor • primário conseguiu retirar dos produtores (PPL) menos o que ele gastou no metabolismo (M): sendo assim o que estará disponível para os consumidores secundários
  5. 5. PSL (Produtividade Secundária Líquida): 1 BEZERRO 300 COELHOS 500 kg Peso Corporal 500kg 8,3 kg Consumo diário de feno 33,3 kg 120 dias Duração do feno 30 dias 0,9 kg Ganho de peso por dia 3,6 kg 109 kg Ganho de peso com 1 t de feno 109 kg 20.000 kcal Perda diária de calor 80.000 kcal A produtividade secundária líquida (PSL) dos coelhos é cerca de quatro vezes maior que a do gado. O cálculo de produtividade leva em conta que coelhos, com a mesma quantidade de alimento, ficam prontos para o abate em um quarto do tempo necessário ao gado. (Dados de Philipson, em Ecologia energética. São Paulo, Companhia Editora Nacional/EDUSP, 1969.)
  6. 6. Exercícios 1)Uma teia alimentar representa a complexidade das trocas energéticas de um ecossistema. Considere a teia hipotética a seguir. Com base nesse esquema, considere as seguintes afirmativas: I. A espécie A é um produtor e base de sustentação do fluxo energético no ecossistema; proporcionalmente, deve representar a espécie de maior biomassa. II. Nessa teia, somente B poderia ser considerado potencialmente competidor de C. III. Alterações drásticas (aumento ou diminuição) na população C devem resultar em impacto sobre A e D, mas não nas demais. IV. O tipo de fonte de energia é importante na manutenção ou extinção de uma comunidade. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras. b) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. e) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
  7. 7. 2) Observe a cadeia alimentar típica de lagoa, apresentada a seguir. A ocorrência de poucos níveis tróficos deve-se ao fato de: a) o produtor garantir o fornecimento contínuo de biomassa para um contingente grande de animais. b) a distribuição geográfica de animais ser condicionada à disponibilidade de território. c) a competição entre duas espécies conduzir à extinção ou à expulsão de uma delas. d) o fluxo decrescente e unidirecional de energia limitar o potencial biótico do sistema. e) a quantidade de indivíduos em cada nível trófico diminuir à medida que servem de alimento ao nível seguinte.
  8. 8. 3) Ao deixarem de ser nômades, caçadores e coletores, os humanos se estabeleceram em áreas determinadas e começaram a cultivar plantas. Nesse processo, as paisagens naturais foram modificadas, sendo retirada a cobertura vegetal original para dar lugar às plantas cultivadas. Ao mesmo tempo, começou-se a domesticar animais, dentre estes, os gatos. Estudos paleontológicos recentes mostraram que os felinos se aproximavam atraídos por roedores, dentre estes, os ratos, que por sua vez eram atraídos pelos grãos que eram colhidos e armazenados. Aponte o gráfico que melhor representa o fluxo de energia da interação entre grãos, ratos e gatos.

×