Your SlideShare is downloading. ×
3º domingo da quaresma   cópia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

3º domingo da quaresma cópia

1,751
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,751
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 9 anos de Fé!
    Comunidade Santa Terezinha
  • 2. 3º Domingo da Quaresma
  • 3. Canção da Chegada
    Estamos aqui, Senhor,viemos de todo lugar.Trazemos um pouco do que somos,pra nossa fé partilhar.
    Trazendo o nosso louvor,um canto de alegria;trazendo a nossa vontadede ver raiar um novo dia.
  • 4. Estamos aqui, Senhor,cercando esta mesa comum.Trazendo ideias diferentes,mas em Cristo somos um.
    E quando sairmos daqui,nós vamos para voltar.Na força da esperançae na coragem de lutar.
  • 5. Ato Penitencial
    Senhor, piedade (bis)
    Cristo, Cristo Piedade
    Senhor tem piedade.
    Preciso voltar ao primeiro amor,
    Voltar a intimidade contigo Senhor
    Senhor piedade, piedade.
  • 6. Primeira leitura (Êxodo 3,1-8a.13-15)
  • 7. Livro do Êxodo:
    Naqueles dias, 1Moisés apascentava o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Madiã. Levou, um dia, o rebanho deserto adentro e chegou ao monte de Deus, o Horeb.
  • 8. Apareceu-lhe o anjo do Senhor numa chama de fogo, do meio de uma sarça. Moisés notouque a sarça estava em chamas, mas não se consumia, e disse consigo: 3“Vou aproximar-me desta visão extraordinária, para ver por que a sarça não se consome”.
  • 9. 4O Senhor viu que Moisés se aproximava para observar e chamou-o do meio da sarça, dizendo: “Moisés! Moisés!” Ele respondeu: “Aqui estou”.
    5E Deus disse: “Não te aproximes! Tira as sandálias dos pés, porque o lugar onde estás é uma terra santa”.
  • 10. 6E acrescentou: “Eu sou o Deus de teus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó”.
    Moisés cobriu o rosto, pois temia olhar para Deus.
    7E o Senhor lhe disse: “Eu vi a aflição do meu povo que está no Egito e ouvi o seu clamor por causa da dureza de seus opressores. Sim, conheço os seus sofrimentos.
  • 11. 8aDesci para libertá-los das mãos dos egípcios, e fazê-los sair daquele país para uma terra boa e espaçosa, uma terra onde corre leite e mel”. 13Moisés disse a Deus: “Sim, eu irei aos filhos de Israel e lhes direi: ‘O Deus de vossos pais enviou-me a vós’. Mas, se eles perguntarem: ‘Qual é o seu nome?’, o que lhes devo responder?”
    14Deus disse a Moisés: “Eu Sou aquele que sou”. E acrescentou: “Assim responderás aos filhos de Israel: ‘Eu Sou’ enviou-me a vós’”.
  • 12. 15E Deus disse ainda a Moisés: “Assim dirás aos filhos de Israel: ‘O Senhor, o Deus de vossos Pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó enviou-me a vós’. Este é o meu nome para sempre, e assim serei lembrado de geração em geração”.
    - Palavra do Senhor.
    - Graças a Deus.
  • 13. Salmo Responsorial
    O Senhor é bondoso e compassivo.
  • 14. Segunda leitura (1º Coríntios 10,1-6.10-12)
  • 15. Primeira Carta de
    São Paulo apóstolo aos Coríntios:
    1Irmãos, não quero que ignoreis o seguinte: Os nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem e todos passaram pelo mar; 2todos foram batizados em Moisés, sob a nuvem e pelo mar; 3e todos comeram do mesmo alimento espiritual,
  • 16. 4e todos beberam da mesma bebida espiritual; de fato, bebiam de um rochedo espiritual que os acompanhava — e esse rochedo era Cristo —.
    5No entanto, a maior parte deles desagradou a Deus, pois morreram e ficaram no deserto.
  • 17. 6Esses fatos aconteceram para serem exemplos para nós, a fim de que não desejemos coisas más, como fizeram aqueles no deserto. 10Não murmureis, como alguns deles murmuraram, e, por isso, foram mortos pelo anjo exterminador. 12Portanto, quem julga estar de pé tome cuidado para não cair.
    - Palavra do Senhor.
    - Graças a Deus.
  • 18. Anúncio da Palavra
    Fala, Senhor! Fala, Senhor!Palavra de fraternidade!Fala, Senhor! Fala, Senhor!És luz da humanidade!
  • 19. A tua PalavraQue a terra alcançaÉ luz, esperançaQue faz caminhar.
    Fala, Senhor! Fala, Senhor!Palavra de fraternidade!Fala, Senhor! Fala, Senhor!És luz da humanidade!
  • 20. Evangelho (Lucas 13,1-9)
  • 21. 1Naquele tempo, vieram algumas pessoas trazendo notícias a Jesus a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado, misturando seu sangue com o dos sacrifícios que ofereciam.
    2Jesus lhes respondeu: “Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem sofrido tal coisa? 3Eu vos digo que não. Mas se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo.
  • 22. 4E aqueles dezoito que morreram, quando a torre de Siloé caiu sobre eles? Pensais que eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? 5Eu vos digo que não. Mas, se não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo”.
    6E Jesus contou esta parábola: “Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha. Foi até ela procurar figos e não encontrou.
  • 23. 7Então disse ao vinhateiro: ‘Já faz três anos que venho procurando figos nesta figueira e nada encontro. Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?’
    8Ele, porém, respondeu: ‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e colocar adubo. 9Pode ser que venha a dar fruto. Se não der, então tu a cortarás’”.
    - Palavra da Salvação.
    - Glória a vós, Senhor.
  • 24. Ofertório
    É prova de amor junto a mesa partilhar.
    É sinal de humildade nossos dons apresentar.
  • 25. Acolhei as oferendas deste vinho e deste pão, e o nosso coração também!
    Senhor, que vos doastes totalmente por amor, fazei de nós o que convém!
  • 26. Quem vive para si, empobrece o seu viver; quem doar a própria vida, vida nova há de colher.
  • 27. Acolhei as oferendas deste vinho e deste pão, e o nosso coração também!
    Senhor, que vos doastes totalmente por amor, fazei de nós o que convém!
  • 28. Oferta é bem servir, por amor ao nosso irmão.
    É reunir-se nesta mesa, celebrar a redenção.
  • 29. Acolhei as oferendas deste vinho e deste pão, e o nosso coração também!
    Senhor, que vos doastes totalmente por amor, fazei de nós o que convém!
  • 30. Ofertório
    Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício para a glória do seu nome para o nosso bem e de toda a Santa Igreja.
  • 31. Oração Eucarística II
  • 32. Santificai nossa oferenda ó Senhor!
  • 33. Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição!
  • 34. Recebei, ó Senhor a nossa oferta!
  • 35. Fazei de nós um só corpo e um só espírito!
  • 36. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa igreja!
  • 37. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!
  • 38. Concedei-nos o convívio dos eleitos!
  • 39. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!
  • 40. O amor de Cristo nos uniu!
  • 41. Senhor, eu não sou digno(a) que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a)!
  • 42. Adoração
    Pai de amor, aqui estamosCelebrando a unidade.Somos teus filhos amadosnesta mesa da igualdade.Somos uma só família,Somos um só coração.Eis que a graça da partilhaEntre nós faz-se oração!
  • 43. No raiar de um novo tempoVida nova então se faz.A esperança do teu povoÉ justiça, amor e paz!
  • 44. Ó Jesus, Senhor da vidaVem trazer libertação!Desta gente tão sofridaVem mostrar-te Deus-Irmão.Tua cruz é rumo certoJunto a ti vamos seguirPois teu Reino está bem perto:As sementes vão florir!
  • 45. No raiar de um novo tempoVida nova então se faz.A esperança do teu povoÉ justiça, amor e paz!
  • 46. Santo Espírito de AmorFaz em nós tua morada.E na luta contra a dorGuia nossa caminhada!És a fonte da VerdadeVem mostrar a direção:Vida plena, dignidade.Povo livre, mundo irmão!
  • 47. No raiar de um novo tempoVida nova então se faz.A esperança do teu povoÉ justiça, amor e paz!
  • 48.
    • O Senhor esteja convosco!
    • 49. Ele está no meio de nós!
    • 50. Abençoe vos Deus Todo-poderoso, Pai e filho e Espírito Santo.
    • 51. Amém!
    • 52. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe!
    • 53. Graças a Deus.
  • Hino da Campanha Fraternidade 2010
  • 54. Jesus Cristo
    anunciava por primeiroUm novo Reino de justiça
    e seus valores:Vós não podeis servir
    a Deus e ao dinheiroE muito menos agradar
    a dois senhores.
  • 55. Voz de um profeta
    contra o ídolo e a cobiça:Endireitai hoje
    os caminhos do Senhor!Produzi frutos de partilha
    e de justiça! Chegou o Reino:
    Convertei-vos ao amor!
  • 56. Jesus Cristo
    anunciava por primeiroUm novo Reino de justiça
    e seus valores:Vós não podeis servir
    a Deus e ao dinheiroE muito menos agradar
    a dois senhores.
  • 57. Não é a riqueza
    nem o lucro sem medidaQue geram paz
    e laços de fraternidade; Mas todo o gesto
    de partilha em nossa vidaQue faz a fé se
    transformar em caridade.
  • 58. Jesus Cristo
    anunciava por primeiroUm novo Reino de justiça
    e seus valores:Vós não podeis servir
    a Deus e ao dinheiroE muito menos agradar
    a dois senhores.
  • 59. No evangelho
    encontrareis a luz divina,Não no supérfluo,
    na ganância e na ambição.Ide e vivei a Boa-Nova
    que ilumina E a palavra da
    fraterna comunhão.
  • 60. Jesus Cristo
    anunciava por primeiroUm novo Reino de justiça
    e seus valores:Vós não podeis servir
    a Deus e ao dinheiroE muito menos agradar
    a dois senhores.