• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Olympia
 

Olympia

on

  • 1,484 views

Apresentação do Programa de Informática Educativa da Secretaria Municipal de Educação de Belém - realizado atraves do Núcleo de Informática Educativa - NIED até 2009.

Apresentação do Programa de Informática Educativa da Secretaria Municipal de Educação de Belém - realizado atraves do Núcleo de Informática Educativa - NIED até 2009.

Statistics

Views

Total Views
1,484
Views on SlideShare
1,352
Embed Views
132

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

5 Embeds 132

http://niedbelem.blogspot.com 99
http://niedbelem.blogspot.com.br 21
http://www.slideshare.net 8
http://www.niedbelem.blogspot.com 3
http://niedbelem.blogspot.it 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Olympia Olympia Presentation Transcript

    • PROGRAMA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
    • DIRETRIZES
      • FERRAMENTAS AUXILIARES NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM E PESQUISA
      • INSTRUMENTOS POSSIBILITADO-RES DE AÇÕES INTERDISCIPLI-NARES
      • RECURSOS POTENCIALIZADORES DA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES
      UTILIZAÇÃO DAS TIC:
    • OBJETIVOS - IMPLEMENTAR AMBIENTES DE APRENDIZAGEM, PRESENCIAIS E VIRTUAIS, SUPORTADOS PELAS TIC, PARA PROFESSORES E ALUNOS DA RME. - INCENTIVAR O USO DE METO-DOLOGIAS QUE FAVOREÇAM O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMEN-TO CRIATIVO, EXPLORATÓRIO E INVESTIGATIVO;
    • OBJETIVOS
      • INCENTIVAR O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE PESQUISA DE MANEIRA A PROPOR NOVAS METODOLOGIAS DE USO DAS TIC NAS ESCOLAS MUNICIPAIS;
    • OBJETIVOS - POTENCIALIZAR A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES; - INCENTIVAR A INTEGRAÇÃO DAS AÇÕES DE SALA DE AULA COM AS DA SALA DE INFORMÁTICA.
    • PÚBLICO-ALVO ALUNOS, PROFESSORES, GESTORES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA RME
    • META RENOVAR E EXPANDIR SALAS DE INFORMÁTICA A TODAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL
    • NIED
      • FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE PROFESSORES
      • DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS EXPERIMENTAIS
      • ASSESSORAMENTO PEDAGÓGICO
      • SUPORTE TÉCNICO
      LINHAS DE ATUAÇÃO
    • NIED 2005 - 2009
      • FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA DO USO DAS TIC NA EDUCAÇÃO I
      • FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA DO USO DAS TIC NA EDUCAÇÃO II
      • INFORMÁTICA BÁSICA PARA GERENCIAMENTO ESCOLAR
      • GESTÃO DAS TIC NA ESCOLA
      CURSOS OFERTADOS
      • O USO DA INFORMÁTICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
      • NOÇÕES DE MANUTENÇÃO DE MICROCOMPUTADORES
      • ANÁLISE DE SOFTWARES EDUCATIVOS
      • GESTÃO DAS TIC NA ESCOLA
      CURSOS OFERTADOS
      • LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTES DE APRENDIZAGEM
      • INFORM@ÇÃO – FORMAÇÃO E AÇÃO NA SOCIEDADE DO CONHECIMENTO
      • INFORMÁTICA EDUCATIVA: UMA ALTERNATIVA PARA A APRENDIZAGEM DE EDUCANDOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NA ÁREA VISUAL
      CURSOS OFERTADOS
      • EXCEL AVANÇADO
      • CONSTRUINDO BLOGS EDUCATIVOS
      • InformArte
      • SISTEMA OPERACIONAL GNU / LINUX OPEN OFFICE
      • LINUX MURIQUI
      • LINUX EDUCACIONAL
      • INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO DIGITAL
      CURSOS OFERTADOS
      • A PRODUÇÃO DE SENTIDO NA LEITURA E NA ESCRITA, A PARTIR DE RELEITURAS DO FOLCLORE LITERÁRIO E LINGUÍSTICO
      • INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: O USO EXPLORATÓRIO DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA
      • O USO DE SOFTWARES EDUCATIVOS NA ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA DE APRENDIZAGEM COLABORATIVA
      PROJETOS EXPERIMENTAIS DESENVOLVIDOS
      • SOFTWARES EDUCATIVOS E INTERNET NA APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA
      • A INFORMÁTICA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DAS ARTES VISUAIS
      • RÁDIO ESCOLA NA WEB
      • RÁDIO ESCOLA SOM DA AMAZÔNIA
      • ALFAMAT: ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA, LEITURA E ESCRITA
      PROJETOS EXPERIMENTAIS DESENVOLVIDOS
    • PROGRAMA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA 2005 - 2009
    • PROGRAMA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA RELATÓRIO SÍNTESE 2005-2009 Fonte: NIED/SEMEC/PMB 100 106 53 Professores 144 39 16 Internet 102 97 48 Impressoras 239 770 227 Computadores 168 59 22 Escolas 2009 2005 % ANO QUANTITATIVO
    • EM 2010, 46 ESCOLAS DA REDE RECEBERÃO 59 KITS TECNOLÓGICOS (8 GABINETES, 17 MONITORES LCD E 1 IMPRESSORA) DO PROINFO -MEC 472 GABINETES, 1.003 MONITORES LCD E 59 IMPRESSORAS
    • ALFAMAT Alfabetização matemática, leitura e escrita
    • JUSTIFICATIVA
      • Baixo IDEB;
      • Reconhecimento do potencial das TIC no processo de aprendizagem;
      • Necessidade de desenvolver metodologias, apoiadas pelas TIC, voltadas para Língua Portuguesa e Matemática;
      • Atendimento ao desafio da SEMEC: Integrar as ações dos professores de sala de aula e de informática com vistas à aplicação da Prova Brasil.
    • OBJETIVO
      • A APRENDIZAGEM DOS ALUNOS EM LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA, A PARTIR DO USO DAS DIVERSAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS NO ESPAÇO ESCOLAR .
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Contribuir para a melhoria do desempenho dos alunos do Ciclo II- 2º ano nas áreas da Língua Portuguesa e Matemática, na perspectiva de refletir positivamente nos resultados da Prova Brasil;
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Integrar as ações educativas desenvolvidas pelos professores de sala de aula e de informática da RME, com base nas matrizes de referência e nos descritores de Língua Portuguesa e de Matemática especificados para a Prova Brasil;
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Oportunizar aos professores de sala de aula e de informática a vivência de atividades que exemplifiquem uma prática pedagógica pautada na resolução de problemas e na concepção discursivo-interacionista;
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Elaborar e orientar a aplicação de testes, a fim de que os alunos se familiarizem com as questões de múltipla escolha e com a folha de respostas que caracterizam a Prova Brasil;
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Realizar avaliação diagnóstica a partir da análise dos resultados dos testes aplicados aos alunos, utilizando-os como referencial para o planejamento de atividades visando à superação das dificuldades dos alunos.
    • De abril a dezembro (12 oficinas)‏ Período HP 6.362 alunos 172 prof. Estratégia Abrangência Vagas
    •  
    • ALFAMAT Participação dos docentes 19,1% 8% 0 presenças (0%)‏ 7% 9% 1 presenças (16,67%)‏ 12,2% 11% 2 presenças (33,33%)‏ 16% 12% 3 presenças (50%)‏ 19% 19% 4 presenças (66,67%)‏ 14,5% 24% 5 presenças (83,33%)‏ 12,2% 17% 6 presenças (100%)‏ 106 (61,7%)‏ 124 (72%)‏ Participação (3-6 presenças)‏ 172 172 Previsto para participação 1º sem 2º sem
    • Nº de professores de sala de aula nas oficinas 172 previsão 115
    • Frequênciade dos professores de sala de aula nas oficinas 50% a 74% 75% a 100% - 50%
    • 94 previsão Nº de professores de sala de informática nas oficinas 68
    • Frequência dos professores de sala de informática nas oficinas 50% a 74% 75% a 100% - 50%
    •  
    • ALFAMAT Nº de alunos (C2-2º ano) na Rede Municipal = 6.362 (SIGA)‏ JUNHO OUTUBRO ABRIL DEZEMBRO 1755 (27,5% )‏ 5.452 (86%)‏ 4.603 (72% )‏ 5.311 (83%)‏ Alunos participantes do teste ALFAMAT
    •  
    • ALFAMAT Nº de turmas (C2-2º ano) na Rede Municipal = 198 JUNHO OUTUBRO Nº de turmas (C2-2º ano) que mudaram regência no 2º semestre 23 (12%)‏ ABRIL DEZEMBRO 59 ( 30%)‏ 194 (98%)‏ 181 (91%)‏ 196 (99%)‏ Turmas participantes do teste
    • Acertos 41,47% Erros 49,96% Vazio 8,57% Acertos 45% Erros 50,5% Vazio 4,5% ALFAMAT Desempenho dos alunos no teste de Língua Portuguesa Acertos 55% Erros 42% Vazio 3% Abril Junho Outubro Dezembro Acertos 58,1% Erros 40,8% Vazio 1,1%
    • EXEMPLOS DE QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA
    • Questão 6: (D5 - 71%)‏ http://jboscocartuns.blogspot.com/2009/07/som-visceral.html A charge acima trata, PRINCIPALMENTE, do problema: (A) da violência. (B) da fome. (C) da pedofilia. (D) da saúde pública.
    • Questão 18: (D13 - 63%)‏ Medo infantil A professora pergunta aos alunos: ― Pedrinho, do que você tem mais medo no mundo? ― Da Mula-sem-cabeça, fessora! ― E você, Mariazinha? Do que tem mais medo? ― Ai, fessora, eu morro de medo do Saci-pererê! ― Joãozinho, do que você tem mais medo? ― Ai, tia... Eu tenho medo do Malamem!!! ― Malamem? Quem é esse tal de Malamem, menino? Pergunta a professora, abismada. ― Olha, quem é eu não sei, mas todos os dias, antes de dormir, minha mãe pede a Deus: "Não nos deixe cair em tentação, mas livrai-nos do Malamem!" Adaptado de http://criancagenial.blogspot.com/2008/08/piada-medo-infantil.html O traço de humor no texto é percebido quando: (A) Pedrinho diz que tem medo da Mula-sem-cabeça. (B) a professora pergunta aos alunos sobres seus medos. (C) Joãozinho explica porque tem medo do Malamem. (D) Mariazinha afirma que tem medo do Saci-pererê.
    • Questão 16: (D12 - 43%) Na história em quadrinhos, o trecho usado por Cebolinha “Hum! Este nó está muito mal dado!” indica: (A) modo. (B) lugar. (C) causa. (D) adversidade. http://www.monica.com.br/comics/tirinhas/tira54.htm
    • EXEMPLOS QUESTÕES DE MATEMÁTICA
    • QUESTÃO 3: (D4 - 50%)‏ Observe os quadriláteros: Trapézio Quadrado Losango Retângulo Qual quadrilátero NÃO apresenta todos os lados paralelos? (A) Trapézio. (B) Quadrado. (C) Losango. (D) Retângulo.
    • QUESTÃO 19: (D24 - 42%)‏ Hoje, no horário do recreio, havia para vender na cantina da escola um bolo de chocolate cortado em 12 fatias de mesmo tamanho. Se durante o recreio foram vendidas 7 fatias, que fração do bolo sobrou na cantina? (A) 1/12 (B) 3/12 (C) 5/12 (D) 7/12
    • QUESTÃO 21: (D26 - 43%)‏ Acertei 25% das questões do meu dever de Geografia. Sabendo que o meu dever tinha 20 questões, quantas acertei? (A) 25 (B) 20 (C) 5 (D) 2
    • QUESTÃO 22: (D28 - 72%)‏ Foi realizada na minha escola uma pesquisa sobre os filmes preferidos dos alunos. O resultado pode ser observado no gráfico abaixo: Quais os filmes que os alunos MAIS gostaram? (A) “Aladim” e “A Era do Gelo” (B) “A Era do Gelo”e “Harry Potter” (C) “Tarzan” e “Madagascar” (D) “Harry Potter” e “Aladim”
    • Acertos 37% Erros 54% Vazio 9% Acertos 40% Erros 55% Vazio 5% ALFAMAT Desempenho dos alunos no teste de Matemática Acertos 50% Erros 48% Vazio 2% Abril Junho Outubro Dezembro Acertos 51,4% Erros 46,9% Vazio 1,7%
    • Reportagem Alfamat
      • Tv Cultura, dia é horário
    • INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO DIGITAL: LINUX EDUCACIONAL
    • OBJETIVO GERAL
      • Contribuir para a inclusão digital de professores, instrumentalizando-os para o uso das TIC na sua prática pedagógica.
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Refletir sobre o impacto da tecnologia e suas contribuições na vida cotidiana e na atuação profissional;
      • Incentivar práticas pedagógicas apoiadas pelos recursos tecnológicos disponibilizados no computador e na Internet;
    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
      • Desenvolver habilidades necessárias ao manejo do computador e de programas que possibilitem a elaboração e a edição de textos, de planilhas eletrônicas e de apresentações multimídia, a comunicação interpessoal, a interatividade, a navegação e a pesquisa de informações, a produção, a cooperação e a publicação de textos na Internet.
    • CONTEÚDO
      • Navegação na Internet; comunicação mediada por computador; correio eletrônico ;
      • Características e funcionamento do computador;
      • Introdução ao ambiente Linux;
      • Editor de textos – Writer;
      • Apresentações multimídia – Impress;
      • Planilha eletrônica – Calc;
      • Criação de blogs.
    • Introdução à Educação Digital (40h)‏ PERÍODO DE REALIZAÇÃO: de 14/09 a 21/12/2009 Obs: 7 escolas não participaram do curso – Alzira Pernambuco, Ângelus Nascimento, Edson Luis, Ernestina Rodrigues, José Alves Cunha, Maria Amoras de Oliveira e Terezinha Souza 49 Escolas 93 134 223 Concluintes Inscritos Estimativa
    • AVALIAÇÃO  frequência;
      • participação efetiva nas aulas: elaboração de textos e/ou propostas, interação virtual, exploração de softwares diversos e debates;
      • domínio dos temas e recursos
      • tecnológicos apresentados e/ou
      • estudados .
    • “ Educação digital é uma temática, de certa forma, nova no contexto escolar, e que ao mesmo tempo nos dá medo também nos desafia a dominá-la. É justamente o desafio, o desejo de desvelar o novo que nos impulsiona e nos conduz até aqui (NIED). Sair da escola, e chegar a este espaço, é quebrar a rotina e enfrentar o novo, é correr o risco de aprender, ou não, novos conhecimentos. Inicialmente, parece fácil, depois, vira uma grande confusão cerebral, o que já sabíamos perdeu a validade. Bate o desejo de desistir, mas e o cotidiano pedagógico, que depende de novas práticas e novos saberes? Não resta outra alternativa senão enfrentar o novo, perder o medo de errar, de perguntar e respirar aliviada quando acertar algo. Que bom que tivemos bons mestres neste curso, o Roberto tranquilo e muito competente, a Jamile, com uma segurança e propriedade de conhecimentos de dar inveja. Parabéns a vocês mestres, que souberam nos conduzir nestes caminhos de erros e acertos, nos mostrando que insistir é melhor do que desistir. Muito obrigada. Eliene”
    • “ Estou chegando ao final do curso com muita satisfação pelos conhecimentos construídos no decorrer do mesmo. Foi interessante, não só pela instrumentalização em relação ao uso das ferramentas, mas pelos sites educativos que nos foram apresentados, tivemos a chance de conhecer espaços virtuais nos quais educadores socializam experiências e conhecimentos, além de outros criados pelo governo federal para viabilizar as reformas e orientações curriculares propostas. A relevância do curso, deve-se também aos momentos de discussão sobre as tecnologias e o poder que vêm assumindo numa sociedade, em que as relações se reconfiguram devido a velocidade e o acesso quase ilimitado às informações. O curso foi bem aproveitado por nós, mas sabemos que ele tem um caráter introdutório, o que deixa em nós novas expectativas para continuar conhecendo os recursos da informática para a educação. ” Helane Cibele
    • “ A oportunidade como a de participar do curso de Introdução à Educação Digital, deve ser aproveitada por todo educador que percebe que a mudança do educar já aconteceu, que os meios de acesso ao conhecimento se multiplicaram muito além das nossas expectativas e , principalmente, não há possibilidade para parar. Mesmo aqueles educadores que não costumam fazer uso da informática como instrumento de acesso ao conhecimento, devem ver neste curso a oportunidade de refletirem em cima de uma experiência , agora real, e reverem seus preconceitos, compreendendo que já estamos em uma nova era, onde o conhecimento não vem exclusivamente do professor e do livro; era na qual o próprio aluno pode ir em busca do conhecimento através dos mais diversos meios. (...) Participar deste curso permitiu-me exercitar de forma sistematizada os conhecimentos assistemáticos de informática que já possuía ao longo de anos como usuário de computador e internet. Saudações, Jorge Oliveira”
    • FORMAÇÃO E APRENDIZAGEM NO CICLO BÁSICO II 2010 Prefeitura Municipal de Belém Secretaria Municipal de Educação Núcleo de Informática Educativa
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 EDUCAÇÃO DIGITAL (3ª-2009) => ALFAMAT (3ª-2010)‏ ALFAMAT (4ª-2009) => EDUCAÇÃO DIGITAL (4ª-2010) ALFAMAT II
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO DIGITAL Público Alvo: Professores de CII 2º ano ( sala de aula)‏ Período de realização: De 08/03 a 18/06 Horário: das 7h30 às 11h / das 11h30 às 15h /das 15h30 às 19h – de 2ª a 6ª - HP
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 ALFAMAT Público Alvo: Professores de CII 1º ano (sala de aula e sala de informática)‏ Período das oficinas 1, 2 e 3: de 15 a 19/03 – de 22 a 26/03 - de 05 a 09/04 Período das oficinas 4, 5 e 6: de 03 a 07/05 - de 10 a 14/05 - de 17 a 21/05 Horário: das 7h30 às 11h / das 11h30 às 15h /das 15h30 às 19h – de 2ª a 6ª - HP
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 ELABORAÇÃO DE PROJETOS Público Alvo: Professores de Sala de Informática – CIII e CIV Encontros Presenciais: 29/01, 01/02, 19/03 e 07/05 (sextas-feiras)‏ Horário: das 8h às 12h OU das 15h às 19h
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 GESTÃO DAS TIC NA ESCOLA Público Alvo: Gestores das escolas da Rede Período de realização: de 06/04 a 03/06 Horário: das 19h às 22h
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 OFICINA DE JCLIC Público Alvo: Professores de SI Dias de realização: 19/03, 26/03 e 09/04 Horário: das 8h às 12h OU das 15h às 19h
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 OFICINA DE HOT POTATOES Público Alvo: Professores de SI Dias de realização: 23/04, 30/04 e 07/05 Horário: das 8h às 12h OU das 15h às 19h
    • FORMAÇÃO CONTINUADA 2010 OFICINA DE HAGAQUÊ Público Alvo: Professores de SI Dias de realização: 21/05, 28/05 e 04/06 Horário: das 8h às 12h OU das 15h às 19h
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • ADESÃO DAS ESCOLAS AOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO CONTINUADA
      • PERMANÊNCIA DA LOTAÇÃO DOS PROFESSORES DE CII
      • GARANTIA DA FREQUÊNCIA DOS PROFESSORES NAS FORMAÇÕES QUE UTILIZAM HP
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • HP DO PROFESSOR DE CII CONCENTRADA EM APENAS 1 DIA DA SEMANA
      • MAIOR PRECISÃO E AGILIDADE NA APURAÇÃO DOS RESULTADOS DOS TESTES DO ALFAMAT (LEITORA ÓTICA DE CARTÃO RESPOSTA)‏
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • VINCULAR OS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO COM O SIGA E O GRH
      • OTIMIZAÇÃO DA IMPRESSÃO DOS TESTES DO ALFAMAT, ENTRE OUTROS
      • PUBLICAÇÃO DO CADERNO DE ATIVIDADES DO ALFAMAT
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • PARTICIPAÇÃO DOS PROFESSORES DE SALA DE LEITURA NO ALFAMAT
      • EVENTO PARA DIVULGAÇÃO DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DO NIED (FEV-2010)‏
      • AQUISIÇÃO DE ACERVO DE LIVROS DIDÁTICOS E DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • CONHECIMENTO DO PERFIL DO ALUNO QUE CHEGA AO CII
      • AMPLIAÇÃO DO QUADRO DE RECURSOS HUMANOS DO NIED
      • EXPANSÃO DA ÁREA FÍSICA DO NIED
      • AVALIAÇÃO EXTERNA DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO DA SEMEC
      • NECESSIDADES PARA AS AÇÕES DE FORMAÇÃO
      • INVESTIMENTO EM AÇÕES DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
      • SISTEMA DE GERENCIAMENTO PARA O ALFAMAT
    •