Your SlideShare is downloading. ×
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Simonsig apresentação de slide
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Simonsig apresentação de slide

776

Published on

A vinícola Simonsig foi fundada por Franz Malan em Stellenbosch, localizada a 45 Km a oeste da Cidade do Cabo. Stellenbosch é uma das principais regiões vinícolas do mundo na atualidade. Sua rota …

A vinícola Simonsig foi fundada por Franz Malan em Stellenbosch, localizada a 45 Km a oeste da Cidade do Cabo. Stellenbosch é uma das principais regiões vinícolas do mundo na atualidade. Sua rota enoturística está entre as 10 mais citadas do mundo, devido à sua esplêndida beleza natural e ao terroir ideal para a produção de diversas uvas viníferas com excelência. A região de Stellenbosch responde por uma produção anual de 116.450 toneladas de uvas.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
776
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Características da Vinícola Simonsig 211 Hectares (518 Acres) na escosta das montanhas Simonsberg. STELLENBOSCH – Região nobre produtora de vinhos da África do Sul (40 kilômetros ao leste da Cidade do Cabo). Solo arenoso, granitos decompostos e xisto. Videiras mais altas a 260 metros (850 pés) acima do nível do mar. Clima Mediterrâneo Marítimo, com média pluviométrica anual de 700 mm. Proximidade ao oceano Atlântico tem efeito moderado no clima. 75% das chuvas concentram-se nos meses de Inverno, entre Maio e Agosto. Período de colheita – Fevereiro a Março. Média de produção de 8 toneladas por hectare. Varietal Hectare Cabernet Sauvignon 44 Shiraz 35 Sauvignon Blanc 31 Chardonnay 31 Pinotage 19 Chenin Blanc 8 Pinot Noir 7 Merlot 6 Other 29
  • 2. SIMONSIG PIONEERING ACHIEVEMENTS Simonsig produziu e engarrafou o primeiro Champenoise (Cap Classique) e o primeiro Chardonnay, Weisser Riesling na África do Sul. Numerosas medalhas Duplo Ouro e Ouro na competição South Africa’s National Veritas. - Primeiro proprietário privado de tanque de aço refrigerado para fermentação na África do Sul (1964) - Primeiro vinho branco maturado em barris de madeira - Vin Fumé (1978) Simonsig é um membro fundador do/da: Rota do vinho Stellenbosch (1971), que hoje tem mais de 130 membros. Cape Estate Wine Producers Association (1968) que foi pioneiro na concepção do vinho de denominação produzido na África do Sul. Associação dos produtores do Método Cap Classique (1992) Associação Pinotage (1995)
  • 3. Simonsig winners VERITAS 2007   DOUBLE GOLD Redhill Pinotage 2005   GOLD Frans Malan Res 2004 Frans Malan 2005 Chardonnay 2005 SILVER Chardonnay 2006 Chenin Avec Chêne 2006 Chenin Blanc 2006 Vin de Liza Chenin 2006 Kaapse Vonkel 2005 Brut Rosé 2006 Tiara 2005 Cabernet Sauvignon 2003 Merindol Syrah 2003 Merindol Syrah 2005   BRONZE Adelblanc 2006 Chenin Blanc 2007 Sauvignon Blanc 2007 Kaapse Vonkel 2003 1,5L Gewürztraminer 2007 Vin de Liza 2006 Tiara 2003 Cabernet Sauvignon 2000 1,5L Shiraz 2003 Simonsig winners VERITAS 2008 DOUBLE GOLD Redhill Pinotage 2006 GOLD Frans Malan 2004 Frans Malan 2005 Chenin Blanc 2007 Chenin Avec Chêne 2006 SILVER Chardonnay 2007 Chenin Avec Chêne 2007 Chenin Blanc 2008 Vin de Liza Sauv. Blanc/Semillon 2006 Kaapse Vonkel 2005 Kaapse Vonkel 2003 1.5L Frans Malan 2006 Merindol Syrah 2006 Adelblanc 2008 BRONZE Sauvignon Blanc 2008 Kaapse Vonkel 2006 Gewürztraminer 2007 Cuvée Royale 1999 Tiara 2004 Tiara 2005 Tiara 2006 Cabernet Sauvignon 2004 As Premiações Veritas dão reconhecimento aos vinhos de excepcional qualidade e o distinto símbolo Veritas expressa excelência e autoridade de qualidade, guias para os conhecedores de vinhos. Prêmios ouro e duplo ouro têm um significado de valor para a indústria, além de oferecer uma imagem prestigiosa ao vinho, vinícola e enólogo e contribuir com crescimento nas vendas.
  • 4. Prêmios Recentes PLATTER “Superquaffer of the Year 2008” Simonsig Chenin Blanc 2007 PLATTER “Superquaffer of the Year 2009” Simonsig Chenin Blanc 2008 ABSA TOP 10 – Redhill Pinotage 2006 MICHELANGELO INTERNATIONAL WINE AWARDS 2008 Gold Redhill Pinotage 2006 Merindol Syrah 2005 Labyrinth Cabernet Sauvignon 2004 Silver Mr Borio’s Shiraz 2004 WINEMAKERS CHOICE AWARDS 2008 Diamond Awards Redhill Pinotage 2006 Frans Malan 2005 Chenin Avec Chêne 2006 2008 INTERNATIONAL WINE & SPIRITS COMPETITION Frans Malan 2005 Gold Best in Class Merindol 2004 Gold Best in Class Tiara 2001 Gold Chenin Avec Chêne 2006 Silver Cuvee Royale 1999 Bronze Chardonnay 2007 Bronze Redhill Pinotage 2006 Bronze
  • 5. Da esquerda para direita, sentido horário: O Time da Adega Johan Malan, Debbie Burden & Van Zyl du Toit Universidade de Stellenbosch dá apoio ao Centro Simonsig. Uma acolhida recepção ao Centro de Visitas Simonsig. O centro de visitas é aberto de Segunda a Sábado, com degustações diárias e visitas às adegas.
  • 6. Enóloga Sulafricana do Ano 2005 Debbie Thompson pode ser loira e bonita, mas não há nada de romântico sobre essa efervescente enóloga dos vinhos Simonsig. Sua forte prática e filosofia na produção de vinhos, aliada a manter as coisas simples e verdade a sua origem, foram fundamentais para que ela ganhasse o título Enóloga Sulafricana de 2005. “Ninguém deve desafiar o que a Mãe Natureza tem em mente”, diz Debbie, que impressionou um painel de juízes conhecedores e mulheres pioneiras na indústria do vinho com o seu Simonsig Redhill Pinotage 2003. Depois de se graduar como Bacharel em Ciências da Agricultura (BSc Agric) com especialização em Enologia na Universidade de Stellenbosch, ela se juntou ao time de produtores de vinhos da Simonsig em 1999, aonde trabalhou proximamente com o aclamado enólogo Johan Malan. O vinho que ela mais gosta de produzir é o Reserva Frans Malan, um Blend, pela sua natureza desafiadora, imprevisibilidade e adrenalina que evoca, quando chega o momento de misturar uvas de diferentes cultivos “É como cozinhar um novo prato gourmet. Você tem todos ingredientes, e sabe as linhas básicas mas a prova está no resultado final. Um dos maiores prêmios em minha carreira acontece quando essa receita acaba virando uma obra de arte," ela explica. A Enóloga do Ano tem como objetivo atrair atenção para a nova geração de jovens enólogas, dando a elas segurança para assumir um papel de maior visibilidade, muito além dos limites das adegas. Em 2008, 26 enólogas entraram nessa competição, sendo que 6 delas chegaram as semi-finais.
  • 7. A PRIMEIRA VINÍCOLA EM FORMATO LABIRINTO Cabernet Sauvignon (estabelecido em Agosto de 2003)   O Labirinto Simonsig foi desenvolvido como uma ferramenta para pessoas de todas as crenças a vir e receber, refletir, meditar, orar e descobrir os seu próprio espaço sagrado. O mistério do labirinto está no efeito que causa em cada pessoa – é um símbolo externo de uma jornada interna. Andar no labirinto significa trazer paz e cuidado espiritual ao nosso dia-a-dia moderno e agitado. O andar de cada pessoa é uma experiência pessoal. A forma como cada um caminha e recebe difere de outras caminhadas. Alguns utilizam a caminhada para limpar a mente e centralizar, enquanto outros entram com questões pessoais pertinentes. A trilha única do Labirinto demonstra confiança, referência e reflexão. Sua caminhada pode ser uma cura e às vezes uma experiência bastante profunda ou somente prazeirosa. O Labirinto é, portanto, uma ferramenta espiritual sem conotação religiosa. Fatos Sobre o Labirinto Cabernet Sauvignon Estabelecido em Agosto de 2003 Raio 17,8 metros Número de Vinhas – 350 Diâmetro 35,6 metros Espaço entre vinhas – 1,2 metros Tamanho da Coluna - 420 meter GPS coordinates - 33º 52’ 14.19 S and 18º 49’ 34.92 E
  • 8. Simonsig Cuvee Restaurant apresenta um ambiente herdado da influência francesa da família Malan. Alguns pratos preferidos de origem do Cabo/ Holandesa com modernidade, feitos com os mais frescos ingredientes locais. Um prato clássico é o fillet servido ao estilo “Café Paris”, além do salmão, atum do mar e saborosos “terrines”. Delicie-se com as surpreendentes sobremesas e deixe nosso sommelier harmonizar essa experiência com um vinho Simonsig. Simonsig Cuvee Restaurant Contact cuvee@simonsig.co.za Telephone +27 (0) 21 888 4932 Tuesday - Thursday: 11:00 - 15:00 Friday & Saturday: 11:00 - 15:00 & 19:00 - 22:00 Sunday: 11:00 - 14:00
  • 9. KAAPSE VONKEL Cap Classique É o primeiro espumante método “Champenoise”, Kaapse Vonkel, que significa “Espumante do Cabo” em Afrikaans. Mistura clássica do Chardonnay 45%Pinot Noir 49%e Pinot Meunier 6%. Alcool 12,1%. Açucar residual 6,8 g/l. Acidez 7,1 g/l. PH 3,2. Safra 2007. O único espumante método champenoise que inclue essas 3 variedades de uva. Lento processo de maturação durante a fermentação, adiciona sabor profundo e complexo. Um prazeiroso aroma de “red berries” com maças assadas e uma complexidade e acidez de massa de pão. A refinada cremosidade do seu mousse refresca o paladar e realça o aroma cítrico e o sabor de pão recentemente assado. Preenche a boca com corpo amplo, limpeza persistente e final seco. Pronto para beber assim que disponível no mercado, mas o envelhecimeto depois de engarrafado adiciona complexidade e riqueza. Saboreie com ostras frescas ou patê. Excelente com sopas leves e ideal para acompanhar sobremesas, pois é perfeito para limpar o paladar. - Campeão do WINE Magazine Cap Classique Challenge. - Revista Weinwirtschaft, Alemanha: ranqueado entre os 3 Top Internacionais Vinhos Espumantes em 2006. 2007 Revista de Vinhos Cap Classique Challenge: 4 estrelas -2007 Veritas: Medalha de Prata.
  • 10. Brut Rosé Cap Classique    Um Rosé seco com sabor robusto, feito pelo método Cap Classique por fermentação na garrafa. Cuidadoso blend de uvas vermelhas para criar um vinho harmônico e suave no paladar. Mistura clássica do Pinotage 90% e Pinot Noir 10%. Alcool 12,4% vol. Açucar residual 6 g/l. Acidez 6,6 g/l. PH 3,3. Safra 2007. Delicioso quando jovem e refrescante quando o primeiro bouquet de uva está no seu melhor. Coloração salmão que contrasta com a linha de borbulhas pérolas. Os aromas de pétalas e de “berries”vermelhas dominam o olfato e indicam a sua origem de uvas tintas. Aprecie com pratos adoçicados e levemente ácidos, carneiro, sobremesas quentes, saladas de frutas com frutas vermelhas e “berries”. - Revista Wine & Spirits e Wine Enthusiast – 90-points - Platter rating ()  
  • 11. CHENIN BLANC   Crocante e intensamente frutado, de cor palha com aromático olfato de pêras, maças e flores com um toque de mel. Refrescante e intenso sabor preenche o paladar com deliciosa riqueza no “aftertaste”. Chenin Blanc 100%. Alcool 13,97% vol. Açucar residual 5,9 g/l. Acidez 6,2 g/l. PH 3,41. Safra 2008. O adoçicado de maturação tardia das uvas colhidas Chenin está maravilhosamente complementado pelas floridas frutas tropicais em sua juventude. Evoluções futuras na garrafa cria um vinho rico e complexo. É recomendado que este vinho seja consumido após 2 anos de sua safra. Deve ser consumido como aperitivo, perfeito para saladas e peixes leves. Disponível também em Stelvin screwcap John Platter’s Superquaffer do ano de 2009 Prêmio de Ouro na competição “Rendezvous dy Chenin” Loire Valley France. 2004 & 2003 Veritas medalha de prata. Servidos nas classes Primeira e Executiva na North West Airlines, USA. Maio de 2005, classificado pela Wine Spectator 2004 Chenin Blanc em 87 pontos.
  • 12. SAUVIGNON BLANC   Uma crocante acidez combina com ricos sabores de frutas tropicais e um toque de pimentas verdes. Sauvignon blanc 100%. Alcool 13,4%. Açucar residual 2,3 g/l. Acidez 6,2 g/l. PH 3,3. Safra 2008. Coloração palha com toques de verde, fruta tropical fresca e pimentas verdes no olfato. Deliciosa concentração do Sauvignon preenche o paladar mostrando figos verdes , kiwis e groselha. Refrescantemente crocante na sua juventude, deve desenvolver aspecto sedoso e redondo com o passar do tempo. Simonsig Sauvignon Blanc, também denominado Sunbird, é um vinho vivo que combina refrescantes notas tropicais verdes parecidas com o vibrante Malachite Sunbird, que é atraído para as colinas indígenas do Cabo aonde o superbo Sauvignon Blanc cresce.   Perfeito para saladas e leves frutos do mar. Aperitivo ideal para um dia quente de verão. Disponível em Stelvin screwcap Platter rating () Bastante sabor. Rankeado pelo Wine Spectator na safra de 2004 com 89 pontos.
  • 13. PINOTAGE    Orientado para frutas, um vinho não envelhecido em barris originado de vinhas selvagens com baixa produtividade. Pinotage é um cruzamento do Pinot Noir e Cinsaut feito pelo Professor A.I. Perord em 1924. Pinotage 100%. Alcool 14,7% vol. Açucar residual 3,7 g/l. Acidez 4,9 g/l. PH 3,6. Safra 2005. Vermelho escuro tapete persa começando a abrir até mesmo no centro. Profundo e escuro, ameixa e amora preta com pistas de terra e da floresta úmida revelam a verdadeira característica do Pinotage. Sedosos, polidos taninos prestam apoio à plena maturação. Generosos e complexos, com um acabamento suave seco para equilibrar os doces frutos deste Pinotage, de uma safra superba de vinho tinto.   Bem harmonizado com pratos ricamente temperados e aromáticos.   Deve ser servido levemente refrigerado no verão. Maturação traz delicioso adoçicado de frutas e suaves taninos (4 – 6 anos) Platter rating (   ) Steady performer steers clear of Pinotage
  • 14. MR BORIO’S SHIRAZ Alessandro Borio, um prisioneiro da Segunda Guerra Mundial, adotou a África do Sul como sua casa. Um mestre em na arte do cimento, sua halilidades maçons e grande personalidade fez dele um amigo próximo a família Simonsig’s Malan. Começando todo dia cozinhando o próprio café da manhã, com sua enxada, ele construiu o primeiro tanque de cimento na vinícola. Essa pasrte mais antiga da adega é ainda usada hoje para produzir o mais famoso Simonsig Shiraz. Shiraz 100%. Alcool 14,96 % vol. Açucar residual 3,3 g/l. Acidez 4,8 g/l. PH 3,67. Safra 2004.   Um encorpado Shiraz com suaves taninos fornecem uma grande estrutura ao fruto (baga). Ele demora no “aftertaste” e o ligeiro final sêco e ideal para saborear com com carnes temperadas. Profundo tapete persa vermelho com centro escuro. Aromas de mistura de ervas com camadas de pimenta, ameixas e Proteas sêcas, contra um pano de fundo sutil, doce tempêro de baunilha do barril.   Maturado por 17 meses em combinação de barris franceses e americanos, dando fundação a complexidade dos sabores.   Potencial de guarda na adega é de 8 a 10 anos da safra do vinho.   Recomendado com carnes, veados e queijos cheddar maturados. Platter rating (½);      
  • 15. CABERNET SAUVIGNON Labyrinth     Atraente cor de vermelho profundo com jovialidade indicam um excelente vinho tinto. Maduro, frutas sabor amora e groselha, com pitadas de aromas de charutos. Barris franceses aromatizados suportam o paladar frutado e adicionam um delicioso “aftertaste”. Os taninos suaves dão bastante estrutura para este Cabernet e permitem futura evolução, nos próximos anos. Cabernet Sauvignon 100%. Alcool 13,94 % vol. Açucar residual 1,9 g/l. Acidez 5,4 g/l. PH 3,63. Safra 2005. 20 meses de maturação em barris franceses de carvalho. Vai evoluir nos próximos 4 para 5 anos. Um vinho que harmoniza bem com roastbeef, carneiro e queijos Veritas 2006 Medalha de Ouro Platter Platter rating (½)
  • 16. A LINHA PREMIUM – TIARA – MARCA DA SIMONSIG         Um blend tipo Bordeaux de Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Cabernet Franc.   Amadurecido 15 meses em barris 94% franceses e 6% americanos. Novos barris 60% e segunda utilização 40%. Mistura clássica do Cabernet Sauvignon 67% , Merlot 29%, Cabernet Franc 2%, Petit Verdot 2%. Alcool 14,47% vol. Açucar residual 3,1 g/l. Acidez 5,3 g/l. PH 3,69. Safra 2005.   Cor escura de cereja. O olfato mostra aromas de cassis e “blackcurrant” madura, com sutil influência de torrado amadeirado de baunilha e canela. Delicadas frutas “berries” esmagadas ficam no paladar bem balanceado pela clássica maturação da estrutura do tanino. A impressão geral é de elegância, com muitos sabores escondidos que devem emergir com a futura maturação. Acompanhamento perfeito com carnes vermelhas e de veado.   Feito para amadurecimento entre 6 – 8 anos antes de atingir sua plenitude, mas deve durar muito mais que isso.. Platter rating () Excelente blend Bordeaux, degustação regular – paladar amigável no início, exige ±7 anos para que as cerejas e “berries” vermelhas penetrem no denso tanino.   Ano após Ano, um campeão Veritas
  • 17. Industrial de Vinhos da Africa do Sul   Primeira produção de vinhos foi registrada em 1.657, no Cabo da Boa Esperança Atualmente, 105 500 hectares de vinhas são cultivadas na África do Sul. Varietais brancos contituem 68% das vinícilas nacionais, com Chenin Blanc representando 21,4% deste total. Os varietais tintos contituem 32% da produÇão das vinícolas nacionais. O vaietal tinto mais plantado é o Cabernet Sauvignon, que representa 8,4% do total, seguido pelo Pinotage, que é indígena a África do Sul, o segundo maior varietal, representando 6,2%. O total de uvas colhidas no Stellenbosch é de 116,450 tons. Source; SAWIS, www.savis.co.za

×