Novos formatos de midia online
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Novos formatos de midia online

on

  • 108 views

 

Statistics

Views

Total Views
108
Views on SlideShare
108
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Novos formatos de midia online Novos formatos de midia online Presentation Transcript

  • Training Program – 06 e 07 de março de 2009 Planejamento, Negociação e Gestão de Mídia Online
  • Fred Pacheco - fred@pacheco.inf.br Planejamento, Negociação e Gestão de Mídia Online Novos formatos de mídias online http://blog.pacheco.inf.br/
  • © 2008 JumpEducation F RED P ACHECO http://blog.pacheco.inf.br/ 10.800 resultados 127 assuntos 10 páginas
  • Agenda © 2008 JumpEducation
    • Formas de falar com este novo consumidor
    • Vídeos Online
    • Redes sociais e Viralização
    • Formatos do futuro (e o futuro é agora)
  • © 2008 JumpEducation
  • © 2008 JumpEducation
    • Segmentação contextual
    • Declaração de preferências
    • Segmentação comportamental
    • Reconhecimento do usuário
    • Retargeting
    • Ad sequencing
    RELEVÂNCIA é chave para tudo!
  • © 2008 JumpEducation Habilidade de usar dados sobre o comportamento dos usuários na Internet para criar segmentos e direcionar mídia e/ou conteúdo. O que é Behavioral Targeting? Predicta Behavioral Targeting Integrated Solution
  • © 2008 JumpEducation Benefícios do Predicta BT
    • Aumenta a relevância da publicidade exibida e conseqüentemente a taxa de clicks e de conversão;
    • Atrai um público diferenciado, realmente interessado no produto ou serviço;
    • Maximiza os investimentos em mídia online ajudando agência e anunciante a otimizarem seus planos de mídia;
    • Minimiza a dispersão atingindo o verdadeiro objetivo da campanha;
    • Eleva o nível de satisfação do consumidor, que passa a ter seus interesses compreendidos (relevância).
  • Overview © 2008 JumpEducation
    • Identificar
    • grupos-alvo
    • Criar grupos
    • desejados
    • Criar peças
    • Direcionar
    • Monitorar
    • Analisar
    • resultados
    • Criar
    • inteligência
  • © 2008 JumpEducation Tipos de campanhas Context behavior assignment Usar clusters baseados em comportamento para encontrar a audiência desejada Out-of context Anunciar para clusters propositalmente fora do contexto (ex.: pessoas que gostam de tecnologia, fora das páginas de tecnologia) Re-targeting Atingir com mensagens personalizadas pessoas que desistiram da compra Ad-sequencing Primeira peça com o preço cheio, segunda peça (já no site) com desconto (com medição de ROI) Grupo de Controle Peças genéricas sem segmentação para comparar com demais resultados e mesmas peças das campanhas sem direcionamento para comparação direta
  • © 2008 JumpEducation Cases RELEVÂNCIA O DESAFIO: Sou o maior anunciante do Portal Terra. Não tenho mais espaço publicitário para comprar, mas preciso vender mais através da Internet – meu principal canal. Como vou aumentar o número de vendas, sem aumentar o volume de impressões da campanha? Veículo: Portal Terra
  • Agenda © 2008 JumpEducation
    • Formas de falar com este novo consumidor
    • Vídeos Online
    • Redes sociais e Viralização
    • Formatos do futuro (e o futuro é agora)
  • © 2008 JumpEducation
  • © 2008 JumpEducation O vídeo na Internet
    • Até o próximo ano, o tráfego de vídeos corresponderá a 50% do tráfego total na Internet
    • O YouTube já é o segundo maior buscador da web
    • No Brasil, para cada assinatura de TV a Cabo há dois expectadores de vídeos online
    • As pessoas interagem mais com vídeos, mas têm pouca paciência para vídeos longos
    Fontes: CISCO, Comscore, IAB
  • Principais formatos do YouTube
    • Video diária (home)
    • Display contextual
    • Click-to-play widescreen
    • Auto-play sem som 30”
    • Masterhead (rich media)
    • Brand Channel
    • Torneios de vídeos (promoções)
  • © 2008 JumpEducation Brand Channel no YouTube
    • Página customizada
    • Vídeos exclusivos
    • Listas de reprodução
    • Inscrições
    • Comentários
    • Links de produtos ou promoções
    • Conteúdos relevantes
  • © 2008 JumpEducation Longtail para todos os públicos
  • © 2008 JumpEducation Conteúdo exclusivo e complementar
  • © 2008 JumpEducation Vídeos com ghost marketing
  • © 2008 JumpEducation Conteúdos gerados por usuários
  • © 2008 JumpEducation “ Sequestro de marcas”
  • © 2008 JumpEducation Marcas sendo emprestadas O Crossfox foi divulgado gratuitamente por mais de 400.000 vezes.
  • © 2008 JumpEducation “ Sequestro de marcas” Fique feliz! Sinal que sua ação chamou atenção...
  • © 2008 JumpEducation Cases CRIAR EXPERIÊNCIA Empresa: T-Mobile O DESAFIO: Depois do lançamento do iPhone ficou difícil chamar atenção com um celular. Mas, preciso fazer as pessoas conhecerem e se envolverem com meu novo celular. É possível marcar o público inglês e ainda criar um envolvimento mundial com meu lançamento?
  • Agenda © 2008 JumpEducation
    • Formas de falar com este novo consumidor
    • Vídeos Online
    • Redes sociais e Viralização
    • Formatos do futuro (e o futuro é agora)
  • © 2008 JumpEducation
  • Redes Sociais © 2008 JumpEducation Uma velha novidade... Apenas mudaram os canais.
  • Como funcionam estas redes? © 2008 JumpEducation Através de conexões pessoais/interesses... A tecnologia apenas tornou-as visíveis.
  • Qual é o grande ganho? © 2008 JumpEducation Existem elos entre grupos e influenciadores ... Você pode utilizá-los para potencializa a comunicação. e agora podem ser observadas e medidas pelas empresas....
  • Como encontrálos? © 2008 JumpEducation
    • São geradores de conteúdos...
    • Blogueiros;
    • Membros ativos em comunidades;
    • Publicadores bem avaliados;
    • Recebem muitos links;
    • Early adopters.
  • © 2008 JumpEducation Cases DIVULGAÇÃO Divulgar o pré-lançamento do novo hidrotônico da empresa, através de formadores de opinião. Empresa: Coca-Cola Solução: Enviar o produto em primeira mão para 9 blogueiros-chave no Brasil, para que experimentem antes dos demais e tenham vontade de comentar sobre o lançamento. Fornecendo conteúdos que possam gerar a viralização da campanha. Desafio de Negócio: Obtenção no Brasil de 16.400 posts comentando o lançamento e a ação
  • Campanhas Virais © 2008 JumpEducation Outra velha novidade... Apenas tornou-se mais rápido e forte. não é um fenômeno tecnológico; é um fenômeno sociológico...
  • O que a viralização não é? © 2008 JumpEducation
    • Viral não é briefing.
    • Viral não é coisa engraçada sem a logomarca no final.
    • Viral não tem que ser barato.
    • Viral não tem que ser tosco.
  • E o que é afinal? © 2008 JumpEducation
    • Viralização é uma consequência.
    • Viral tem um conteúdo interessante para o seu público.
    • Viral compartilha de repertórios com o público-alvo.
    • É mais forte que publicidade...
  • Quais são as certezas? © 2008 JumpEducation
    • Pode ter certeza que o viral será sempre imprevísivel...
    • É certo que não há regras infaliveis para a viralização.
    • É garantido que a maioria das tentativas não é bem sucedida.
    Não quer brincar, não desce pro play
  • © 2008 JumpEducation O viral certo para sua marca
    • Do’s
    • Domine o repertório
    • Seja democrático
    • Respeite a cultura e os valores da marca
    • Lembre-se do residual de comunicação
    • Integre no mix
    • Faça o viral contar uma história (ou parte de uma história maior)
    • Faça porque é estratégico, não porque é modinha
    • Dont’s
    • Não replique simplesmente o discurso publicitário
    • Não faça graça pela graça
    • Não seja desrespeitoso com seu público
    • Não conte uma história de fôlego curto
    • Não encare o “viral” isoladamente
    • Não encare o viral como formato
    • Não faça porque é barato, mas por estratégia
    Fonte: Tulio Paiva Giovanni+FCB
  • © 2008 JumpEducation O DESAFIO: Um usuário encontrou um bug em um dos meus títulos de maior sucesso e colocou em um vídeo no Youtube. Este viralizou-se para quase 1 milhão de exibições. Este título é muito importante e deverá ter continuações. Posso fazer alguma coisa para controlar? O que? Cases VIRALIZAÇÃO Empresa: EA Sports
  • Agenda © 2008 JumpEducation
    • Formas de falar com este novo consumidor
    • Vídeos Online
    • Redes sociais e Viralização
    • Formatos do futuro (e o futuro é agora)
  • © 2008 JumpEducation
  • Estamos sempre conectados! © 2008 JumpEducation
  • Convergência de Mídias © 2008 JumpEducation A comunicação nunca mais será a mesma!
  • © 2008 JumpEducation Convergência de Mídias A comunicação nunca mais será a mesma!
  • Um canal de comunicação. para consultar uma informação. O celular está onde o seu consumidor está. Está sempre ligado e ninguém desgruda dele. É imediato e pode ser acessado a qualquer momento. O consumidor não precisa chegar em casa Está presente no ponto alto do impulso de consumo. É um canal de massa e cresce a cada dia. Mobile Marketing
  • Fonte: Nielsen Mobile Tamanho deste mercado hoje
  • Fonte: eMarketer Mobile Marketing O celular está com você o tempo todo, a qualquer hora Web Mobile
  • O usuário está cada vez mais multimídias e interativo. Como este usuário se comporta?
  • Fonte: Predicta Consultoria Digital Como este usuário se comporta? acesso fixo acesso móvel O acesso a dispositivos móveis aumentam no final de semana, ao contrário dos acessos tradicionais.
  • Case: Jaguar Desafio: Comunicar o lançamento do Jaguar XF Sedan para apaixonados por automóveis. Goal: Entregar tráfico qualificado para o site móvel do XF para gerar interesse pelo produto. Resultados: O vídeo foi assistido 11.468 vezes e gerou 2.447 leads. 1.478 cadastros e 969 pessoas buscaram um revendedor. Tática: A campanha foi feita através do Yahoo! Para público-alvo segmentado.
  • Dicas para produção mobile
    • Adapte-se: será sempre lento e as telas pequenas
    • Esteja no lugar certo: escolha onde anunciar
    • Keep it simple: menos é mais
    • Crie campanhas integradas; messa os resultados de forma individual
    • Click to Call:Facilite a comunicação
    • Tenha expectativas reais: aprenda com o meio
    • Entenda a complexidade: tecnologias diferentes
  • © 2008 JumpEducation Cases ACOMPANHAR O PÚBLICO Empresa: NBC Heroes O DESAFIO: Sou a série mais assistida da TV americana e tenho um público bastante jovem que está ligado em diversas outras mídias que podem disputar sua atenção. Posso aproveitar o interesse deles através de outros canais fora do horário do meu programa?
  • Dúvidas? Fred Pacheco - [email_address]
  • Obrigado! Fred Pacheco - [email_address]