Mensalão - Para não esquecer.

2,821 views
2,691 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,821
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,803
Actions
Shares
0
Downloads
44
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mensalão - Para não esquecer.

  1. 1. •Apurou-se que o esquema foi planejado em 2002, durante a campanha presidencialde Lula.•Na época, o PT precisava fazer uma aliança com o PL para lançar a chapa de Lula àPresidência, tendo como vice o senador José Alencar (PL). A união do sindicalistacom o empresário era uma estratégia para ganhar a confiança dos setores maistradicionais da sociedade.
  2. 2. •Mas, para isso acontecer, o presidente doPL, Valdemar Costa Neto, teria pedido R$10 milhões ao PT. Os dirigentes do PTteriam então procurado Marcos Valério,que havia montado um sistema definanciamento clandestino semelhante,segundo a investigação, para o PSDB deMinas Gerais, durante a campanha deEduardo Azeredo.
  3. 3. •Nos dois anos seguintes, o esquema beneficiou outros partidos e se transformou emum pagamento regular aos políticos da base aliada.
  4. 4. •Em maio de 2005, o ex-diretor dos Correios, Maurício Martinho, foi mostrado emuma reportagem da revista Veja recebendo propina de R$ 3 mil. Martinho era ligadoao PTB. O então presidente do partido, Roberto Jefferson, sentindo-se acuado pelospetistas, denunciou o caso em 6 de junho ao jornal Folha de S. Paulo.
  5. 5. •Jefferson detalhou o funcionamento do mensalão na CPI dos Correios. Ele tambémfoi acusado de receber R$ 4 milhões das empresas de Marcos Valério e se tornouréu no processo.
  6. 6. •Atividade •Faça em seu caderno um fichamentotentando relacionar osprincipais acusados aos crimes cometidos.

×