Inteligencia Competitiva

2,080 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,080
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
40
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Inteligencia Competitiva

  1. 1. TRABALHO SOBRE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMPRESARIAL III PROFº. CRISTIANO ALUNOS Ornei, Alexandre,Wilian
  2. 2. o que é inteligência competitiva? <ul><li>A inteligência competitiva é uma importante ferramenta </li></ul><ul><li>no incentivo a competitividade das empresas no mercado atual. </li></ul>
  3. 3. Objetivos típicos <ul><ul><li>Antecipar mudanças no ambiente de negócios </li></ul></ul><ul><ul><li>Descobrir concorrentes novos ou potenciais </li></ul></ul><ul><ul><li>Antecipar as ações dos atuais concorrentes </li></ul></ul><ul><ul><li>Aprender sobre mudanças políticas, regulatórias ou legislativas que possam afetar seu negócio </li></ul></ul><ul><ul><li>Abertura ou definição de um novo produto ou negócio </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumentar a qualidade das atividades de fusão, aquisição e alianças estratégicas </li></ul></ul>
  4. 4. O desenvolvimento da inteligência competitiva <ul><li>No Brasil, se desenvolveu com a abertura do mercado no início da década de 90 </li></ul>
  5. 5. Alguns órgãos governamentais <ul><li>SERPRO </li></ul><ul><li>SUPRM </li></ul>
  6. 6. Ética na Inteligência Competitiva <ul><li>Código de Ética (SCIP – Society of Competitive Inteligence Professionals): </li></ul><ul><ul><li>Respeitar todas as leis nacionais e internacionais aplicáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar exatamente toda a informação relevante, incluindo sua identidade e organização, antes de todas as entrevistas </li></ul></ul>
  7. 7. <ul><li>O Código de Ética da ABRAIC (Associação Brasileira dos Analistas de Inteligência Competitiva ) </li></ul><ul><ul><li>Exercer a profissão com zelo, diligência e honestidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Preservar sua dignidade, prerrogativas e independência profissional. </li></ul></ul>
  8. 8. Novas oportunidades <ul><ul><li>Uns dos principais desafios é a identificação de novas oportunidades de negócios que ofereçam novas facilidades aos clientes; o monitoramento do mercado de atuação do SERPRO é o acompanhamento dos movimentos dos concorrentes. </li></ul></ul>
  9. 9. A SUPRM <ul><li>Vem promovendo ciclos de palestras, com a intenção de garantir a construção do entendimento sobre o tema e apresenta casos de empresa bem sucedidas com o uso de I.C e mostrando uma visão pratica de suas aplicabilidades. </li></ul>
  10. 10. O Benchmarking <ul><li>É utilizado como pratica eficaz para a captação de conhecimento de forma rápida, proporciona a interação por várias empresas que se encontram em estagio mais avançados no desenvolvimento da I.C. </li></ul>
  11. 11. GCTAD <ul><li>É muito importante para o processo de I.C </li></ul><ul><li>Encontra-se estruturado em três grupos conforme o diagrama. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Os informativos de inteligência competitiva gerados no final do processo resultante do trabalho das três áreas. Pode ser divididos nas seguintes perspectivas; mercado, cliente e tecnologia. </li></ul>
  13. 14. PEM <ul><li>(Panorama Estratégico de Mercado) apresenta relato sucinto sobre ameaças/oportunidades relativas aos negócios do SERPRO, tendo sua distribuição restrita devido ao seu conteúdo estratégico. </li></ul>
  14. 15. CRM <ul><li>Expresso tem distribuição livre e é um informativo do ponto de vista do cliente. </li></ul>
  15. 16. TEC <ul><li>É um informe tecnológico com distribuição livre voltado as unidades de produtos e serviços, oferece elementos para integração, tecnologia x negocio. </li></ul>
  16. 17. COLETAS <ul><li>As coletas desses dados sao feitas por meio de fontes primaria e secundaria, como mídia especializada, internet/serpronet,relatórios de benchmarking da SUPRM. </li></ul>

×