• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Dez dicas para_acompanhamento_de_bugs
 

Dez dicas para_acompanhamento_de_bugs

on

  • 659 views

Dez Dicas para administrar bugs ...

Dez Dicas para administrar bugs
Bugs são uma realidade na criação de produtos de software.
O autor, Joel Spolsky - http://www.fogcreek.com - neste artigo, divide conosco a sua grande experiencia no assunto.
Acesse agora o link e comece a usar gratuítamente: http://try.fogbugz.com
Se você é fã de games e ou de futebol visite www.futweb.com.br
Veja este artigo completo e, outros a respeito de desenvolvimento de Software e gerencia de projeto em: http://www.scribd.com/groups/view/10541-desenvolvimento-e-gerencia-de-software
Veja filme do fogbugz, legendado em português em: http://media.fogcreek.com/fogcreek.com/FogBugz/60movie/pt/fogbugz6demo.htm

Statistics

Views

Total Views
659
Views on SlideShare
659
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Dez dicas para_acompanhamento_de_bugs Dez dicas para_acompanhamento_de_bugs Document Transcript

    • Dez dicas para acompanhamento de “bugs”e OutrosArtigo original em inglês escrito por Joel Spolsky - http://www.fogcreek.comOs dez pontos que devem ser considerados pelo programador1. Um bom testador se preocupa em reduzir, ao mínimo, o número de passos para reproduzirbugs; isto é muito útil para o programador que tiver que encontrar o defeito.2. Lembrete: a única pessoa que pode atribuir status de resolvido a um bug é aquela que oreportou primeiro. Qualquer um pode solucioná-lo mas só quem o descobriu pode ter acerteza de que foi realmente resolvido.3. Não reprodutível informa que o programador não conseguiu recriar o bug. Este status énormalmente usado pelos programadores quando enviam de volta o bug ao testador com ainformação de que o relatório não contém algum passo crítico para reproduzi-lo. Bonstestadores encaram isto como um desafio, não uma desculpa para encerrar o caso.4. Acompanhe cuidadosamente as versões. Cada versão do software que você passa aostestadores deve carregar um identificador de versão que pode ser colocado no campo deVersão do FogBugz. Quando um programador resolve o bug ele deve indicar em queversão a correção se aplica para que o pobre testador não reteste o bug numa versão dosoftware em que a correção não se aplica.5. Se você é um programador e está enfrentando problemas para conseguir que os testadoresusem o FogBugz, não aceite nenhum bug reportado por qualquer outro meio. Assim se ostestadores lhe enviam e-mails com os relatórios de bugs, mande de volta os e-mails com amensagem: “Por favor coloque isto no banco de dados de bugs. Eu não consigo dar contados meus e-mails”.6. Se você é um testador e está enfrentando problemas para conseguir que os programadoresusem o FogBugz, não os informe sobre qualquer bug - coloque-os no FogBugz e deixeque o FogBugz os informe.7. Se você é um programador e somente alguns dos seus colegas usam o FogBugz, comece alhes designar bugs. Cedo ou tarde eles entenderão.8. Se você é um gerente, designe bugs à sua equipe no FogBugz. Cedo ou tarde elesentenderão que em vez de chegar em seu escritório de vez em quando dizendo “que devofazer agora?” eles simplesmente vão ver o que lhes foi designado no FogBugz.9. Crie o hábito de escrever todos seus relatórios de bug com três seções: passos para areprodução, o bug em si, e o que era esperado.10. Fuja da tentação de adicionar novos campos ao FogBugz. De tempos em tempos, alguémvirá com a maravilhosa idéia de um novo campo, por exemplo, um para acompanhar oarquivo onde o bug foi encontrado, ou quão freqüentemente o bug é reprodutível, ou quaisas exatas versões de cada DLL estavam instaladas quando o bug aconteceu. Não adicionecampos. Se o fizer, sua nova tela de entrada de bugs terá uma centena de campos quedeverão ser preenchidos. De repente, usar o FogBugz será algo tão cerimonioso queninguém irá querer fazê-lo pelo trabalho que será preencher todos os campos. Para oFogBugz funcionar, todos precisam usá-lo. E se a formalidade de registrar um bug dermuito trabalho, as pessoas vão começar a trocar e-mails, e os casos vão se perder.11. (Bônus grátis) Não tenha raiva dos bugs! Se um bug lhe for designado, não significa umacrítica pessoal, é apenas uma forma de melhorar o software. Depois que você passar pelos
    • Dez dicas para acompanhamento de “bugs”e Outrosprimeiros três mil bugs, você deixará de se sentir deprimido e começará a apreciar o gostodos quebra-cabeças que lhe trarão os bugs. Algumas pessoas pagam por livros de quebra-cabeças e os resolvem na praia ou na rede. Você vai solucioná-los no trabalho e será pagopara isto. O que pode ser mais divertido?Veja também, aqui no scribd1 - Make Better Software : Visite http://goo.gl/Bc8zUMake Better Software é um programa de seis semanas para o treinamento abrangente de equipes desoftware de qualquer tamanho.Você vai aprender alguns conceitos chave de desenvolvimento de software, os mesmos que Joel prega emseu site, Joel on Software, e vê-lo em ação na Fog Creek Software, a empresa que ele criou em New York.O curso é dividido em seis módulos e, cada módulo inclui:• material impresso que deve ser lido com antecedência• um DVD de uma hora para toda assistir junta (com legendas em Português)• material de leitura adicional para as áreas em que se deseje um maior aprofundamento• sugestões de tópicos para discussão com a equipeÉ uma excelente forma para equipes de desenvolvimento dominarem as técnicas que fizeram aFog Creek obter sucesso.A Olympya também é representante deste produto da FogCreek. Este novo produto foi lançado desde o inicioem Português2 - Gerencia de Projetos e outras Funcionallidades - FogBugz 8.0Visite e use gratuitamente por 45 dias http://goo.gl/7tkljO FogBugz é um sistema completo de gerência de projeto e da vida do produto concebido para auxiliar acomunicação nas equipes de software.Este sistema ajuda as equipes a trabalharem juntas controlando, priorizando e coordenando milhares depequenas tarefas que realizam no dia-a-dia e propicia a produção de softwares melhores. É um produto web e,por isso, toda equipe tem sempre a perspectiva global do projeto. Solicitações de novas funcionalidades,email para clientes e bugs são facilmente registradas e acompanhadas.O FogBugz é uma criação de Joel Spolsky, do famoso blog Joel on Software.Pode ser instalado num servidor Web dedicado ou pode ser usado sob assinatura diretamente dos servidoresda Fogcreek.
    • Dez dicas para acompanhamento de “bugs”e OutrosO FogBugz é um sistema integrado que inclui:• Um wiki, onde se pode criar e compartilhar documentos e especificações técnicas;• Um sistema de gerenciamento de projetos, em que se pode acompanhar o progresso do trabalho,inclusive os bugs e o desenvolvimento de novas funcionalidades;• O premiado sistema de acompanhamento de bugs, incluindo geração automática de inúmeros relatóriospara acompanhamento de projeto.• Planejamento baseado em evidências, um sistema sofisticado para gerar um cronograma e estimar aprobabilidade de cumprí-lo no parágrafo XIII incluímos um gráfico de probabilidades da etapa 1 extraídodo sistema;• Grupos de discussão e email, para se comunicar com clientes.• Completa integração com o Kiln, cujas funcionalidades serão descritas a seguir.Estes recursos funcionam de modo a manter toda equipe atualizada e permitir que os projetos sejam,literalmente, autogerenciados.
    • Dez dicas para acompanhamento de “bugs”e OutrosA recém-lançada versão 8.0 do FogBugz representa uma revisão completa do produto para melhorar ainda maisSeu desempenho e facilidade de uso. Sugestões de clientes resultaram em centenas de aprimoramentos nestaÚltima versão.O sistema Kiln (http://fogcreek.com/kiln/) fornece uma solução integrada para controle de versão baseado natecnologia de código livre Mercurial (http://mercurial.selenic.com/). O Kiln adota o novo paradigma de controledeversão distribuído, permitindo uma colaboração mais flexível e robusta entre os diversos analistas/programadores envolvidos no projeto.A alta integração do Kiln com o FogBugz permite também um processo estruturado (porém simples) de revisãode código — prática essencial para o controle contínuo de qualidade ao longo de todo o processo dedesenvolvimento.Joel Spolsky é autor de vários livros sobre desenvolvimento de software, gerência, negócios e Internet.Tem uma reputação internacional de guru na área de usabilidade. Sua empresa Fog Creek Software publica,alémdo FogBugz, o Fog Creek Copilot e o Kiln.No Brasil e em Portugal, a Olympya Software é a parceira exclusiva da Fog Creek Software(http://www.fogcreek.com.br) e provê suporte aos seus produtos para os clientes brasileiros e portugueses.Você pode usar gratuitamente por 45 dias o produto FogBugz 7.0, totalmente web, para gerencia de projetose outras funcionalidades, clicando aquiFogbuguz 8.0: Visite www.fogcreek.com.br e aprenda mais sobre este novo releaseAprenda mais sobre a Olympya Software, empresa que representa a Fogcreek noBrasil, visitando www.olympya.com .A nossa empresa também desenvolve games e, se você se interessa por esta áreavisite o site do FutWeb: MMO game de futebol que estamos desenvolvendo –www.futweb.com.br• Sumário da Olympya e seus produtos em inglês• Mais detalhes dos games e produtos da Olympya em português e inglêsSobre o Tradutor:Paulo André de Andrade é Engenheiro Eletrônico e Diretor da OLYMPYA TI, responsável, no Brasil, pelacomercialização dos softwares da Fog Creek - www.fogcreek.com.brPaulo André atua em Informática desde 1971 em setores que vão de Engenharia de Qualificação deComponentes para Hardware, Engenharia de Produtos de Hardware, Desenvolvimento de Hardware eSoftware, Desenvolvimento de Negócios, Marketing e Vendas de Software e Consultoria em Gerência deProjetos e em Serviços de Informática.